New Zealand Governor General Patsy Reddy, left, assisted by the Deputy Clerk of the House, Suze Jones, at Government House in Wellington, Thursday, April 11, 2019, signs into effect sweeping gun laws outlawing military-style weapons, less than a month after a man used such guns to kill 50 people and wounded dozens at two mosques in Christchurch. (Mark Mitchell/New Zealand Herald via AP)

Novas leis de armas entram em vigor na Nova Zelândia

Na quinta-feira, a governador geral da Nova Zelândia assinou formalmente as leis de armas que proíbem o uso de armas

Anúncios
Ler mais
People attend the national remembrance service for victims of the mosque attacks, at Hagley Park in Christchurch, New Zealand March 29, 2019. REUTERS/Jorge Silva

Nova Zelândia faz memorial nacional para vítimas de massacre de Christchurch

Milhares ficaram em silêncio em um parque de Christchurch na sexta-feira, quando os nomes de 50 pessoas mortas em duas

Ler mais

Manifesto causa debate sobre liberdade de expressão na Nova Zelândia

Os neozelandeses estão debatendo os limites da liberdade de expressão depois que seu principal censor proibiu o manifesto de 74

Ler mais

Facebook não bloqueou a live do massacre na Nova Zelândia

O massacre que tirou a vida de 50 pessoas na Nova Zelândia, na semana passada, foi transmitido ao vivo pelo

Ler mais

Nova Zelândia proíbe venda de armas de assalto e semiautomáticas

A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, anunciou nesta quinta-feira a proibição imediata da venda de fuzis de assalto e

Ler mais

Facebook diz que removeu 1,5 milhões de vídeos do tiroteio em massa da Nova Zelândia

Nas primeiras 24 horas após o tiroteio em massa mortal na Nova Zelândia, o Facebook diz que removeu 1,5 milhões

Ler mais

Trump criticado por apoio “passivo” a grupos supremacistas

Democratas liderados por uma parlamentar árabe-americano atacaram o “silêncio” do presidente Donald Trump sobre a ascensão da supremacia branca no

Ler mais

40 mortos em tiroteios nas mesquitas da Nova Zelândia

Massacres em massa em duas mesquitas cheias de fiéis mataram 40 pessoas no que o primeiro-ministro chamou de “um dos

Ler mais