O secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, dá uma entrevista coletiva no dia em que os Estados Unidos vão retirar o Tratado de Força Nuclear de Intermediário (INF), em Bruxelas, Bélgica, em 2 de agosto de 2019. Foto: REUTERS / Francois Walschaerts

OTAN precisa enfrentar a ascensão da China, diz Stoltenberg

A Otan precisa entender as implicações da ascensão da China à medida que Pequim expande seu poder em todo o

Ler mais
Anúncios