Leandro Neto

Leandro Neto
Foto acima : Após se tornar o terceiro campeão da categoria peso galo do RIZIN, Kai Asakura irá lutar com Shoji Maruyama, atleta ainda ativo no DEEP Impact. ( Créditos | Cortesia : @RIZINFF | Divulgação ).

A Saitama Super Arena receberá o RIZIN 24 em 27 de setembro ( domingo ). O show de MMA contará com a participação do público, que poderá prestigiar as lutas ‘ao vivo’ no ginásio, mas este será limitado a 5.000 pessoas e os ingressos já estão esgotados. 

Esta será a primeira vez que um show será realizado lá em nove meses.
 
O CEO do Rizin Fighting Federation ( RIZIN ), Nobuyuki Sakakibara, confirmou que o show começará às 16:00, horário local, e que duas horas do evento serão transmitidas na Fuji TV.
 
Os fãs também receberão o ‘card’ completo via ‘Pay-Per-View’ na página de “crowdfunding” por 5.000 ienes adiantados ou 5.500 ienes no dia do show.
 
O RIZIN já havia voltado à ação no início mês de agosto, após um hiato de seis meses e agora alguns dos maiores nomes da promoção estarão em ação nesse ‘card’ de 27 de setembro. 
 
Kai Asakura ( 15-2 ), o novo campeão da categoria peso galo do RIZIN irá lutar com Shoji Maruyama ( 18-12-1 ), um ex-“Rei do Pancrase” e lutador que vem de uma vitória sobre Kosuke Terashima no Deep 96 Impact. Contudo, parece-nos que o cinturão de campeão dos galos não estará em jogo nesta luta.
 
Vinda de vitória no RIZIN 21, a “estrela” Rena Kubota ( 10-3 ) terá pela frente Emi Tomimatsu ( 15-16 ), ex-campeã na categoria peso palha do Deep-Jewels.
 
Enquanto isso, Tsuyoshi Sudario irá encarar Dylan James em uma luta de pesos pesados. Os dois estão fazendo sua estreia no MMA. O primeiro é lutador de Sumô, enquanto o segundo é veterano do Pro Wrestling ( Telecatch ).
 
O ‘card’ também contará com um confronto no peso leve entre Takasuke Kume ( 23-6-3 ) - cuja última luta foi uma vitória no ONE Championship, ainda no ano passado - e Satoru Kitaoka ( 42-20-10 ), este último vindo de empate com Sho Kogane, no iSMOS.1, realizado em julho no Japão. 
Ainda no peso leve Yusuke Yachi ( 21-10-0 ) enfrenta Juri Ohara ( 26-18-3 ).
 
Como anunciado anteriormente, a “superestrela” do Kickboxing, Tenshin Nasukawa, fará seu retorno ao RIZIN contra o ex-lutador do K-1, Koji Tanaka, em duelo marcado para ser realizado em peso combinado de 55kgs.
 
Por falar nisso, mais outras duas lutas de Kickboxing foram adicionadas ao ‘card’, também em peso combinado. Yuki Kitagawa enfrenta Taishi Hiratsuka ( até 60kgs ) enquanto Mutsuki Ebata luta com Rasta ( até 55kgs ).
 
RIZIN 24
27 de setembro de 2020
Saitama Super Arena
Saitama, Tóquio, Japão
 
Kickboxing : Tenshin Nasukawa vs. Koji Tanaka 
MMA : Takasuke kume vs. Satoru Kitaoka 
MMA : Yusuke Yachi vs. Juri Ohara 
MMA : Takahiro Ashida vs. Kyohei Hagiwara 
MMA : Tsuyoshi Sudario vs. Dylan James 
MMA : Koji Takeda  vs. Yuki Kawana 
MMA : Kai Asakura  vs. Shoji Maruyama 
MMA : Rena Kubota  vs. Emi Tomimatsu 
Kickboxing : Yuki Kitagawa  vs. Taishi Hiratsuka 
Kickboxing : Mutsuki Ebata  vs. Rasta 
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 17/09/2020
Foto acima : Após se tornar o terceiro campeão da categoria peso galo do RIZIN, Kai Asakura irá lutar com Shoji Maruyama, atleta ainda ativo no DEEP Impact. ( Créditos | Cortesia : @RIZINFF | Divulgação ).
 
Abaixo : Tenshin Nasukawa fará seu retorno contra o ex-lutador do K-1, Koji Tanaka, no RIZIN 24.  ( Créditos | Cortesia : @RIZINFF | Divulgação ).
Tenshin 2 368ac
Foto acima : Bruno Marega ( esq. ), Vitor Toffanelli ( centro ) e Danilo Zanolini ( dir. ). Após vencer no Fight Dragon e no HEAT 47, Vitor Toffanelli lutará no K-1 World GP no Japão, em novembro. ( Cortesia | Créditos :  AP Danilo Zanolini | @HEATofficialcom | Divulgação ).  
Lançado em fevereiro de 2005, o HEAT é uma promoção de ‘artes marciais mistas’ baseada em Nagoya cujo intuito é lançar lutadores da “região central do Japão” e projetá-los para o mundo inteiro em confrontos de MMA, kickboxing, Muay Thai, Karatê e Pro Wrestling, entre outras modalidades de artes marciais, sempre com os temas “de Nagoya para o mundo” e “Japão vs. o mundo”.
O torneio também acontece em Tóquio e Osaka.
 
Atualmente, o HEAT tem seguido ativo como um evento misto de Kickboxing e MMA, segundo o organizador Tamio Shimura, um estilista do Kempo japonês ( Shorinji Kenpo ).
 
O mais recente show da franquia, o HEAT 47, foi realizado no domingo ( 13 de setembro ), na Star Rise Tower, em Tóquio, capital do Japão.
Nesta edição, os brasileiros Jairo Kusunoki ( Freelancer ) e Vitor Toffanelli ( Brazilian Thai / Danilo Zanolini ) disputaram e venceram em lutas emocionantes de Kickboxing contra adversários japoneses.
 
Mas este ‘card’ também contou com um brasileiro campeão de MMA na ‘terra do Sol Nascente’ : João Batista Yoshimura ( Brazilian Thai / Danilo Zanolini ), que venceu o japonês Go Hishinuma ainda no início do primeiro round.
 
Confira os resultados do “HEAT 47 : MMA & Kiboxing”, que incluem :
 
 
HEAT47
13 de setembro de 2020
Star Rise Tower
Tóquio, Japão
 
MMA : Shigeaki Kusayanagi venceu Ukyo Abe aos 1 minuto e 5 segundos do segundo round por TKO
Kickboxing : Henry Cejas venceu Fumio Ujihara aos 1 minuto e 56 segundos do quarto round por TKO
Kickboxing : Abiral Ghimire venceu Ryuya aos 1 minuto e 44 segundos do primeiro round por TKO
MMA : Shigeaki “Kusa MAX” Kusayanagi venceu Ukyo Abe aos 1 minuto e 5 segundos do segundo round por TKO
Kickboxing : Izaya Matsushima venceu Takuya “T-98” Imamura aos 30 segundos do terceiro round por TKO
Kickboxing : Mohan  “Dragon” Maharjan venceu Tomomi Hosogoe por decisão majoritária ( 29-28,30-29,30-29 ) após três rounds
Kickboxing : Jairo Kusunoki venceu Kentaro Ishikawa aos 2 minutos e 35 segundos do segundo round por KO
MMA : João Batista Yoshimura venceu Go Hishinuma aos 1 minuto e 13 segundos do primeiro round por TKO
Kickboxing : Vitor Toffanelli venceu Yukio Yasukawa por decisão majoritária ( 28-29,28-30,29-30 ) após três rounds
MMA : Kaoru Hashimoto venceu Yoon Tae-sun por decisão majoritária ( 27-30,27-30,27-30 ) após três rounds
MMA : Takuya Kuramoto venceu Yuji Akiyama aos 1 minuto e  6 segundos por TKO
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 14/09/2020
_
Foto acima : Bruno Marega ( esq. ), Vitor Toffanelli ( centro ) e Danilo Zanolini ( dir. ). Após vencer no Fight Dragon e no HEAT 47, Vitor Toffanelli lutará no K-1 World GP no Japão, em novembro. ( Cortesia | Créditos :  AP Danilo Zanolini | @HEATofficialcom | Divulgação ).
 
Abaixo : Vitor Toffanelli lutará com Noiri Masaaki no K-1 World GP no Japão, em novembro. ( Cortesia | Créditos : ( C ) K-1 Japan Group | ( C ) M-1 Mídia Esportiva | Divulgação ).
119072163 1762663053892188 5852787870229517373 n a27fd
Foto : A estreia de Supergirl Fairtex, irmã de apenas 16 anos da “estrela” Wondergirl Fairtex, foi um dos destaques do ‘card’. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).
Na sexta-feira, 11 de setembro, o ONE Championship continuou sua série “A New Breed” com a segunda edição na Impact Arena, em Bangkok, Tailândia. O evento composto por três lutas de MMA, duas de Muay Thai e uma de kickboxing foi muito bom para os lutadores tailandeses, em quatro das cinco lutas em que estiveram envolvidos.
 
O ‘main event’ ( ou “evento principal” ) do ONE Championship: “A New Breed II” contou com o duelo entre Pongsiri PK.Saenchaimuaythaigym e Sean Clancy.
 
Pongsiri, quatro vezes campeão mundial de Muay Thai, tentava voltar às vitórias depois de perder por decisão unânime para Sorgraw Petchyindee Academy, no mês passado, no ONE: “No Surrender II”. 
Seu adversário, o irlandês Sean Clancy, fazia sua estreia no ONE, mas já havia conquistado o título de campeão mundial dos super leves do WBC, além de ter sido eleito o ‘lutador do ano’ de Muay Thai pela mesma organização, no ano passado.
 
A luta, válida pela divisão dos pesos galos do ONE, foi bastante movimentada e disputada. Após o término do tempo regulamentar, Pongsiri acabou vencendo na decisão unânime dos juízes laterais.
 
Já o ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) marcou a estreia no Kickboxing do tailandês Superlek Kiatmoo9 que venceu Fahdi Khaled, da Tunísia, também por decisão unânime dos juízes laterais.
 
Também digna de destaque, a estreia promocional de Supergirl Jaroonsak Muay Thai, a irmã de apenas 16 anos da ‘estrela’ Wondergirl Fairtex, que nocauteou a lutadora Milagros Lopes, da Argentina, em menos de um minuto de seu confronto de Muay Thai.
 
Lutadora mais jovem da promoção, Supergirl Fairtex definiu a luta com uma bela combinação ‘um-dois’ que levou a sul-americana “à lona”.
 
A próxima adversária da adolescente tailandesa poderá ser Alma Juniku, uma australiana de 19 anos, campeã mundial de Muay Thai do WBC e IPCC.
 
Todas as três lutas de MMA da noite terminaram em finalização, com o russo Abu Muslim Alikanov derrotando o francês Pascal Jaskiewiez no segundo round do segundo confronto da noite.
 
Alikanov, que treina no Tiger Muay Thai com os irmãos Hickman, mostrou seu Wrestling dominante e garantiu a vitória com uma chave de perna para elevar seu ‘recorde’ para 3-0.
 
O ONE Championship retornará na próxima sexta-feira à noite com o ONE : “A New Breed III”, que trará Petchmorakot Petchyindee Academy defendendo seu título de Muay Thai do ONE no peso pena contra Magnus Andersson, da Suécia, no evento principal.
 
Por agora, confira os resultados do ONE : “A New Breed II” que incluem : 
 
ONE: “A New Breed”
11 de setembro de 2020
Impact Arena
Bangkok, Tailândia
 
Muay Thai : Pongsiri PK.Saenchai MuayThaiGym derrotou Sean Clancy por decisão unânime dos juízes
Kickboxing : Superlek Kiatmoo9 derrotou Fahdi Khaled por decisão unânime dos juízes
Muay Thai : Supergirl Jaroonsak MuayThai derrotou Milagros Lopez por nocaute técnico no primeiro round
MMA : Brogan Stewart derrotou Prach Buapa por finalização com um mata-leão no primeiro round
MMA : Abu Muslim Alikhanov derrotou Pascal Jaskiewiez por finalização com um leg lock no segundo round
MMA : Witchayakorn Niamthanom derrotou Khalid Friggini por finalização com um mata-leão no primeiro round
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 12/09/2020
_
Foto : A estreia de Supergirl Fairtex, irmã de apenas 16 anos da “estrela” Wondergirl Fairtex, foi um dos destaques do ‘card’. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).
Foto acima : Após a vitória Shinya Aoki declarou querer lutar no RIZIN. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Susumu Nagao | ( C ) Abema TV | ( C ) ONE Championship | ( C ) Professional Shooto MMA Japan | Divulgação ).  
O ONE Championship retomou com sucesso as suas atividades com dois eventos na China no final do mês de junho ( ONE Hero Series 13 e 14, nos dias 20 e 21, respectivamente ), para em seguida retornar com sucesso à Bangkok ( à partir de 31 de julho ). Desde então, a franquia já realizou mais três eventos na capital da Tailândia.
 
No início desta semana, Chatri Sityodtong, fundador e CEO do ONE Championship, informou que os eventos internacionais do ONE serão retomados no próximo mês.
Além de retornar com os ‘megaeventos’ no mês de outubro, Chatri também revelou que “havia a possibilidade de realização de um evento do ONE nos EUA, em um futuro próximo”.
 
A notícia foi recebida com entusiasmo pelos japoneses que acompanham tudo o que acontece com relação às lutas em todo o mundo, principalmente os atletas participantes do “Road to ONE 3rd : Tokyo Fight Night”. 
O evento marcou o retorno da promoção à ‘terra do Sol Nascente’ - logo após o sucesso do “Road to ONE: 2nd”, realizada dia 17 de abril - e desde que a pandemia global do novo coronavírus causou restrições de viagens em todo o mundo.
 
Assim sendo, o “Road to ONE 3rd : Tokyo Fight Night” teve lugar no Shibuya Tsutaya O-East, em Tóquio, capital do Japão, na noite de quinta-feira ( 10 de setembro ).
 
O ‘card’ quase todo composto por atletas japoneses teve um total de seis lutas; quatro de MMA, uma de Muay Thai e uma de Kickboxing.
 
A “ex-desafiante ao título do ONE”, Mei Yamaguchi, estava presente fazendo às vezes de ‘announcer’ enquanto Itsuki Hirata e Yoshihiro ‘Sexyama’ Akiyama eram os convidados “ vip’s ” da programação.
 
No ‘main event’ ( ou “evento principal” ) vimos Shinya Aoki dominar Kimihiro Eto por três rounds para vencer por decisão unânime dos juízes. 
Após a luta, Aoki, coroado por duas vezes como o ‘rei do peso leve’ do ONE Championship, declarou -“querer lutar um evento na Saitama Super Arena pela primeira vez em cinco anos e que irá fazer isso acontecer”,- em clara referência ao seu desejo de retornar ao RIZIN, organização pela qual não compete desde a sua luta com Kazushi Sakuraba.
 
Já o ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) foi uma verdadeira batalha entre dois ex-campeões na categoria peso palha do ONE. Após 15 minutos completos, Yosuke Saruta lutou o suficiente para garantir a vitória por decisão dos juízes sobre Yoshitaka Naito. E ao fazer isso, ‘The Ninja’ colocou-se na “pole position” para desafiar o atual campeão dos pesos palha do ONE, Joshua Pacio, luta que deverá vir na sequência.
 
Confira os resultados do “Road to ONE 3rd : Tokyo Fight Night” que incluem :
 
Road to ONE 3rd : Tokyo Fight Night
10 de Setembro de 2020
Shibuya Tsutaya O-East
Tóquio, Japão
 
MMA : Shinya Aoki venceu Kimihiro Eto por decisão
MMA : Yosuke Saruta venceu Yoshitaka Naito por decisão
MMA : Hiroyuki Tetsuka venceu Gunther Kalunda por “TKO” no primeiro turno ( 1:16 )
MMA : Yuta Nezu venceu Masakazu Imanari por decisão
Muay Thai : Asahi PK.SaenchaiMuayThaiGym venceu KING Kyosuke por decisão
Kickboxing : Arii Shoa venceu Naoya Kuroda por “KO” no segundo round  ( 2:20 )
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 11/09/2020
_
Foto acima : Após a vitória Shinya Aoki declarou querer lutar no RIZIN. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Susumu Nagao | ( C ) Abema TV | ( C ) ONE Championship | ( C ) Professional Shooto MMA Japan | Divulgação ).
 
Abaixo : Os organizadores garantiram uma ótima estrutura para acomodar o público presente. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Abema TV | ( C ) ONE Championship | ( C ) Professional Shooto MMA Japan | Divulgação ).
119082126 3317090695037984 3584575694186492055 o 73c2a
Foto : Hiroto Kyoguchi defenderá seu título de campeão do peso mosca da WBA diante do tailandês Thanongsak Simsri, na cidade de Osaka. ( Cortesia | Créditos : ( C ) Naoki Fukuda | ( C ) Ring TV | Divulgação ).
O pugilista japonês Hiroto Kyoguchi, campeão mundial pela World Boxing Association ( WBA ) nas categorias dos pesos leves e mosca, anunciou em uma conferência de imprensa na sua academia que colocará o seu título dos moscas em jogo no dia 3 de novembro, em luta que será realizada no Intex Osaka, na cidade de Osaka.
 
A luta - que marcará a primeira disputa de um título mundial masculino de boxe a ser realizada no país desde o início da pandemia - será transmitida ‘ao vivo’ no canal de Kyoguchi no YouTube.
 
Esta é uma nova tentativa de Kyoguchi, que também é “YouTuber” e atualmente possui 120.000 inscritos em seu canal. Embora não tenham sido divulgados detalhes sobre a visualização, para torná-la rentável, além de anunciar no programa, está sendo considerada uma função que permitirá ao telespectador enviar dinheiro como uma moeda com a função de ‘chat’ enquanto assiste.
 
Além disso, o Intex Osaka espera receber até 2.000 fãs no dia da luta, ou seja, metade da capacidade da arena, com assentos escalonados para que os espectadores não fiquem sentados um ao lado do outro ou imediatamente na frente ou atrás uns dos outros. Assim sendo, a promoção seguirá todos os protocolos que um grande evento nestas circunstâncias exige.
 
Kyoguchi, que estava programado para fazer uma defesa do título em maio e teve a sua luta cancelada devido à pandemia, agora fará sua terceira defesa de título contra o desafiante e 11º colocado no “ranking” do WBA, Thanongsak Simsri.
 
Tanomsak ( atleta de 20 anos ), que participou da conferência de forma remota, também é um campeão dos pesos leves e mosca na Tailândia e é um forte e invicto lutador que já venceu 14 lutas profissionais ( 12 “KO” ).
 
Não se sabe quando Thanongsak chegará ao Japão, mas os promotores disseram que já tinham uma logística para esse propósito e, caso o lutador tailandês não consiga entrar no país a tempo, já há um oponente substituto e que estará disponível no dia do evento.
 
Não custa lembrar que Kyoguchi, de 26 anos, também está invicto como profissional e assim como seu adversário acumula um ‘recorde’ de 14-0 ( sendo 09 “KO” ).
 
Kyoguchi também já cruzou a ‘barreira’ do boxe e tem colaborado com Nobuyuki Sakakibara e Miki Asakura, representantes do RIZIN, maior show de MMA do Japão na atualidade. O pugilista admite que ganhou reconhecimento principalmente no mundo das artes marciais, e que tem recebido mais atenção da mídia geral do que antes, principalmente devido ao seu trabalho como “YouTuber”.
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 09/09/2020
_
Foto : Hiroto Kyoguchi defenderá seu título de campeão do peso mosca da WBA diante do tailandês Thanongsak Simsri, na cidade de Osaka. ( Cortesia | Créditos : ( C ) Naoki Fukuda | ( C ) Ring TV | Divulgação ).
Foto acima : Takeru Segawa e Kizaemon Saiga farão uma luta de exibição em setembro. ( Cortesia | Créditos : ( C ) K-1 Japan Group | ( C ) M- 1 Mídia Esportiva | Divulgação ).  
O K-1 Japan Group anunciou que o aguardado evento do K-1 World Grand Prix Japan 2020 será realizado no Fukuoka International Center, em Fukuoka, no dia 3 de novembro ( terça-feira ). 
O ‘card’ ainda está em andamento com mais lutas a serem adicionadas em breve, mas com as restrições de viagens atuais, parece improvável que haja qualquer lutador baseado fora do Japão em ação.
 
Contudo, uma parte interessante do programa já está acertada. 
Estará no ‘card’ a primeira mulher campeã na categoria peso mosca do K-1, Kana, que enfrentará Kotomi, a “estrela” do Krush ( promoção afiliada ao K-1 ).
 
No ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) teremos a presença de Sina Karimian, um lutador iraniano e campeão do K-1 na categoria “cruiserweight”, que lutará com K-Jee em uma luta que não será válida por disputa de título. Este será o segundo confronto entre eles, sendo que Karimian venceu K-Jee por decisão dos jurados em 2018.
 
Já o ‘main event’ ( ou “evento principal” ) trará Takeru Segawa defendendo o título dos penas contra Leona Pettas.
 
Takeru está fora de ação desde março, quando nocauteou o lutador tailandês Petchdam Petchkiatpetch no segundo assalto do “K’Festa.3”, evento que foi realizado na Saitama Super Arena. 
Já Leona Pettas, por sua vez, é o atual campeão dos penas do Krush e vem de uma vitória por decisão sobre Tatsuya Oiwa, quando defendeu o seu título em junho.
 
Antes disso, porém, Takeru Segawa participará de outra edição do K-1 World Grand Prix Japan 2020 em 22 de setembro, show que terá lugar no 1st Stadium Edion Arena Osaka, em Osaka. Na ocasião, ele fará uma luta de exibição contra Saiga Kizaemon. 
Nesse mesmo ‘card’, Rukiya Anpo e Hideaki Yamazaki disputarão o título de campeão da categoria até 65 kg.
 
 
K-1 World Grand Prix Japan 2020
22 de setembro de 2020
Edion Arena Osaka
Osaka, Japão
 
 
Takeru Segawa vs Kizaemon Saiga
Rukiya Anpo vs Hideaki Yamazaki
Yuki Egawa vs Tatsuya Tsubakihara
Koya Urabe vs Yuto Shinohara
Mio Tsumura vs Miho Takanashi
Hiromi Wajima vs Raseasing Weerasakreck
Fukashi Mizutani vs Jin Hirayama
Hisaki Kato vs Hitoshi Sugimoto
Shuji Kawarada vs Seiya Ueda
Tetsu vs Narufumi Nishimoto
Kensei Kondo vs Taito
Yuto Kuroda vs Hiroki Mitsui
Naoki Takahashi vs Ryota Ishida
Kaito Yamawaki vs Riki
Rioya Nasu vs Takumi Nagai
Tsubasa Yamawaki vs Yuki Toyota
 
 
K-1 World Grand Prix Japan 2020
3 de novembro de 2020
Fukuoka International Center
Fukuoka, Japão
 
 
Takeru Segawa vs Leona Pettas
Sina Karimian vs K-Jee
Kana vs Katomi
Hirotaka Asahisa vs Tatsuya Oiwa
Masahiro Yamamoto vs Nariai Satoru
Make Yamada vs Yu
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 08/09/2020
_
Foto acima : Takeru Segawa e Kizaemon Saiga farão uma luta de exibição em setembro. ( Cortesia | Créditos : ( C ) K-1 Japan Group | ( C ) M- 1 Mídia Esportiva | Divulgação ).
 
Abaixo : O campeão Takeru Segawa e o desafiante Leona Pettas lutarão pelo título dos penas em novembro. ( Cortesia | Créditos : ( C ) K-1 Japan Group | ( C ) M- 1 Mídia Esportiva | Divulgação ).
118167745 2668922473372696 4429349089258603526 n 0615d
Foto acima : A luta entre Rina ‘Panchan’ e Misaki Morita foi uma das principais atrações do ‘card’. ( Créditos | Cortesia : ( C ) REBELS(レベルス)| Divulgação ).   

Tradicional promoção de Kickboxing e Muay Thai da ‘terra do Sol Nascente’, o REBELS está de volta.

Após ser anunciado durante uma conferência de imprensa em 18 de fevereiro - quando estava programado para ser realizado em 24 de abril - e posteriormente adiado para 10 de maio, o “REBELS.65” finalmente aconteceu no Domingo, 30 de agosto. A competição teve lugar no Korakuen Hall, em Tóquio, capital do Japão.Uma das lutas mais aguardadas desse ‘card’ foi sem dúvida o ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) em que estava em jogo o título feminino do REBELS na categoria até 46 kg, disputado pelas atletas Rina ‘Panchan’ Okamoto ( 26 anos - 45,95 kg - 1,64 cm ) e Misaki Morita ( 24 anos - 45, 90 kg - 1, 56 cm ) sob as regras REBELS-BLACK ( sem cotoveladas ). 

A disputa entre ambas movimentou a mídia especializada japonesa e até mesmo a mídia geral, como o Yahoo.Classificada pelos repórteres japoneses com uma “linda Kickboxer”, Rina Okamoto ou simplesmente Rina ‘Panchan’, tem um cartel de 7 vitórias ( 1 KO ) e estreou  profissionalmente no Kickboxing durante o Pancrase : “REBELS Ring 1”, em fevereiro de 2019. De lá para cá, ela lutou em eventos como o K.O CLIMAX , KNOCK OUT, SOUL IN THE RING CLIMAX e o próprio REBELS, permanecendo invicta.Já Misaki Morita ostenta um ‘record’ profissional composto por 21 lutas, 14 vitórias ( 2 KO ), 6 derrotas e 1 empate, de acordo com o site oficial do REBELS. Ela estreou profissionalmente em 2016 e suas conquistas incluem o título mini mosca do 18º J-Girls, Vice-campeã do 19º Shoot Boxing Girls S-Cup e finalista da competição feminina S-cup World Tournament Best 4.As atletas alternaram bons momentos na luta do dia 30 de agosto, mas Rina ‘Panchan’ ( STRUGGLE ) acabou vencendo Misaki Morita ( TEAM FOREST ) por decisão dos jurados, que anunciaram o placar ( 30-29, 30-28, 30-28 ), após os três rounds de três minutos cada.

Como prova da sua popularidade, Misaki recebeu inúmeros comentários de encorajamento dos fãs em sua conta no Twitter após a luta. A atleta, originária do Shoot Boxing, prometeu seguir adiante nas competições de artes marciais e disse que na próxima vez que ela subir ao ringue mostrará toda a sua evolução, ao estilo “Billing Rush”.Quanto à Rina ‘Panchan’ - já famosa no Japão por seu trabalho como uma “You Tuber” desde que lançou o “Pan Channel” em maio deste ano - também prometeu seguir adiante em sua carreira nas artes marciais, prometendo fazer novas lutas no REBELS, mas não escondeu que seu principal objetivo é lutar no RISE ( show de Kickboxing promovido pelo Sr. Takashi Ito, e principal concorrente do K-1 no Japão. Não confundir com o “RIZIN”, promovido por Nobuyuki Sakakibara ).Quem também estava feliz da vida após a competição era o Sr. Tsuneji Mori, o criador do Mangá “Genesis Taiga”, que forneceu um bônus de 200.000 de ienes para a luta entre ‘Panchan’ e Misaki.
Como um grande fã de REBELS & KNOCK OUT, o Sr. Tsuneji Mori disse que os produtores do REBELS deveriam realizar um grande torneio feminino ( com lutadoras atraentes ) em um futuro próximo.
Ele se comprometeu em dar um grande bônus para a vencedora da competição e acrescentou que não está preocupado porque este é realmente um grande negócio e também há um efeito publicitário.Como todos podem perceber, parece que está havendo uma interação cada vez maior entre o universo dos Mangá e Animês e as competições de artes marciais no Japão.

Confira os resultados do “REBELS.65” que incluem :

REBELS.65

30 de agosto de 2020
Korakuen Hall
Bunkyo, Tóquio, Japão

Kickboxing : Bazooka Koki venceu Keisuke Niwa por decisão unânime.
Kickboxing : Rina Okamoto venceu Misaki Morita por decisão unânime.
Muay Thai : Yusei Shirahata venceu Takumi Hamada por decisão unânime.
Muay Thai : Ryusei venceu Yuki Chiba por KO / TKO ( regras de três “Knockdowns” ), R1.
Kickboxing : Erika❤️ venceu Koto Hiraoka por decisão unânime.
Kickboxing : Tsukino Yamagami venceu Kiho Noriho por decisão majoritária.
Muay Thai : Masahiro Onoda venceu Daisuke Ibi por KO / TKO ( gancho de esquerda ), R1.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 03/09/2020

_

Foto acima : A luta entre Rina ‘Panchan’ e Misaki Morita foi uma das principais atrações do ‘card’. ( Créditos | Cortesia : ( C ) REBELS(レベルス)| Divulgação ).

Abaixo : Durante a pesagem, as atletas exibiram o cinturão de campeã da categoria feminina até 46 kg que esteve em disputa no “REBELS.65”. ( Créditos | Cortesia : ( C ) REBELS(レベルス)| Divulgação ).

image 1598688489 383c1

Foto : Francesa venceu no WLC 12: “Hideout Battle” para se tornar a primeira campeã mundial de Lethwei na categoria peso galo. ( Cortesia | Créditos : ( C ) World Lethwei Championship | ( C ) Mandalay Export | Divulgação ).  
Na sexta-feira, 28 de agosto, o World Lethwei Championship ( WLC ) promoveu a edição batizada de “Hideout Battle”. O ‘card’ - que teve lugar em Yangon, Mianmar ( Birmânia ) - foi o primeiro após um hiato de seis meses.
 
Para quem não sabe, o Lethwei é considerado por muitos como o esporte de combate mais brutal do mundo, pois os competidores lutam sem luvas e são permitidos socos e chutes, assim como cotoveladas, joelhadas e cabeçadas, além de uma variedade de quedas.
 
Lethwei é um esporte nativo de Mianmar e o WLC é a principal promoção da modalidade no mundo. Os shows da franquia costumam ser transmitidos no UFC Fight Pass até porque o WLC deverá fazer a sua estreia nos Estados Unidos em 5 de novembro deste ano.
 
Outras estreias internacionais do show deverão incluir países como a Tailândia e o Camboja.
 
Enquanto isso, o WLC 12: “Hideout Battle” como um todo apresentou uma noite divertida de lutas insanamente brutais. Foram nocautes, lutas disputadas e muito mais.
 
No ‘main event’ ( ou “evento principal” ), a lutadora Souris Manfredi, da França, fez história como a primeira mulher a se tornar campeã mundial de Lethwei ao derrotar a espanhola Maisha Katz por nocaute técnico.
 
Manfredi foi eficaz em seus socos diretos que consistentemente romperam a guarda de Katz. No final do quarto round, o árbitro parou a luta, concedendo a vitória à lutadora francesa por nocaute técnico e o título mundial de Lethwei feminino na categoria peso galo.
 
No ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ), So Mi Ong Luktupfah,  de Mianmar, e Artur Te, do Uzbequistão, proporcionaram um verdadeiro espetáculo em que So Mi Ong Luktupfah acabou vencendo por decisão dividida. Os dois atletas alternaram bons momentos durante toda a luta com incrível precisão e capacidade atlética. Então Mi Ong Luktupfah conseguiu levar Artur Te várias vezes ao knock down e provou ser merecedor de uma vitória por decisão dividida.
 
Lembrando que existe uma diferença entre ‘knock out’  e  ‘knock down’.
 
Confira os resultados oficiais do WLC 12: “Hideout Battle”, abaixo :
 
WLC 12: “Hideout Battle”
28 de agosto de 2020
Yangon, Mianmar
 
Souris Manfredi venceu Maisha Katz por TKO ( interrupção do árbitro, aos 3:00 do quarto round )
So Mi Ong Luktupfah venceu Artur Te por decisão dividida
Kristof Kirsch venceu Gligor Stojanov por decisão unânime
Nabil Anane venceu Vi Phoe Khwar por decisão unânime
Sherzod Kabutov venceu Nakha por decisão unânime
Omar Mahir venceu Tophik Abdullaev por KO ( aos 1:24 do primeiro round )
Myagmasuren Borkhuu venceu Nur Muhammad por KO (  aos 2:20 do quarto round  )
 
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 01/09/2020
_
Foto : Francesa venceu no WLC 12: “Hideout Battle” para se tornar a primeira campeã mundial de Lethwei na categoria peso galo. ( Cortesia | Créditos : ( C ) World Lethwei Championship | ( C ) Mandalay Export | Divulgação ).
 
Foto acima : Momento da consagração da cearense Allycia Hellen Rodrigues em Bangkok, Tailândia. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).  
O ONE Championship encerrou o mês de agosto com mais um evento ocorrendo em Bangkok, capital da Tailândia. A edição batizada de ONE : ‘A New Breed’ foi realizada na sexta-feira - dia 28 de agosto - e a noite foi de total felicidade para o Brasil, pois o nosso país agora tem uma nova campeã mundial.
Depois de dominar os três rounds, Allycia Hellen Rodrigues - cearense da cidade de Caucaia - destronou a estrela tailandesa Stamp Fairtex e se tornou a nova campeã do peso átomo ( até 52 kg ) de Muay Thai do ONE Championship.
 
A brasileira, que possui um cartel profissional de 30 vitórias e cinco derrotas, foi a lutadora mais potente da noite, e seu uso agressivo de “teeps”, seus grandes socos diretos e cotoveladas foram o suficiente para impressionar os juízes e lhe dar o cinturão com a vitória por decisão da maioria.
 
O resultado foi um grande choque para Stamp Fairtex, pois ela perdeu seu segundo título mundial em seis meses. Após ter perdido seu cinturão de kickboxing na categoria do peso átomo em fevereiro para Janet Todd, agora ela perdeu seu título de Muay Thai do peso átomo para Allycia Rodrigues.
 
Mas nem tudo foram más notícias para Stamp, até porque a sua carreira no MMA ainda está avançando. Ela mantêm um registro de 5-0 como lutadora de MMA, e está sendo amplamente anunciada como uma futura desafiante para a campeã de MMA do ONE no peso átomo Angela Lee.
 
Quanto à Allycia Rodrigues, por sua vez, ela provavelmente deverá fazer lutas futuramente com nomes como Janet Todd ( campeã do Glory que assinou com o ONE ), Wondergirl Fairtex, Anne Line Hogstad e Alma Juniku, além de, claro, uma revanche com Stamp Fairtex.
 
No evento co-principal do ONE : ‘A New Breed’, Kulabdam Sor. Jor. Piek Uthai enfrentou Rodlek PK.Saenchai Muaythaigym na tão aguardada final do torneio bantamweight ( peso galo ) de Muay Thai do ONE Championship. A série se desenrolou ao longo dos últimos poucos ‘cards’, e o vencedor teria o direito de enfrentar o campeão Nong-O Gaiyanghadao pelo título. 
Rodlek PK Saenchaimuaythaigym ( 5-1 ) venceu Kulabdam Sor.Jor.Piek-U-Thai ( 2-2-0 ) por decisão unânime.
 
Em um dos badalados confrontos de MMA da noite, Denice Zamboanga elevou seu recorde para 8-0 com uma vitória por finalização no primeiro round sobre Watsyapinya Kaewkhong ( 0-1-0 ).
 
Seu irmão mais velho, Drex Zamboanga ( 9-5-0 ), veterano do Shooto e do URCC, iniciou sua carreira no ONE com uma vitória por estrangulamento sobre Detchadin Sorsirisuphathin ( 8-6-0 ) nos últimos segundos do segundo round.
 
A noite começou com mais um clássico “striker” x “grappler” - duelos que fazem o gosto dos fãs de MMA desde os primórdios do esporte - com Yodkaikaew Fairtex ( 6-2-1 ) vencendo Alex Schild ( 5-4-0 ) por nocaute técnico no terceiro round.
 
ONE: “A New Breed”
28 de agosto de 2020
Impact Arena
Bangkok, Tailândia
 
Muay Thai : Allycia Hellen Rodrigues derrotou Stamp Fairtex por decisão majoritária ( Campeonato Mundial de Muay Thai Peso Átomo )
Muay Thai : Rodlek PK.Saenchai Muaythaigym derrotou Kulabdam Sor. Jor. Piek Uthai por decisão unânime ( Final do Torneio de Muay Thai Peso Galo )
MMA ( peso átomo ) : Denice Zamboanga derrotou Watsapinya Kaewkhong por finalização ( Keylock ) aos 1:28 do primeiro round
Muay Thai ( peso palha ) : Wondergirl Fairtex derrotou KC Carlos por nocaute técnico aos 1:06 do segundo round
MMA ( peso mosca ) : Drex Zamboanga derrotou Detchadin Sornsirisuphathin por finalização ( mata-leão ) aos 4:58 do segundo round
Muay Thai ( peso mosca ) : Sok Thy derrotou Ding Huang por nocaute aos 2:52 do primeiro round
MMA ( peso mosca ) : Yodkaikaew “Y2K” Fairtex derrotou Alex Schild por nocaute técnico aos 1:21 do terceiro round
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 29/08/2020
_
Foto acima : Momento da consagração da cearense Allycia Hellen Rodrigues em Bangkok, Tailândia. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).
 
Abaixo : Allycia Rodrigues derrotou Stamp Fairtex para se tornar a nova campeã mundial de Muay Thai na categoria peso átomo do ONE Championship. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).
RodriguesONE 1 61680
«May 2021»
MonTueWedThuFriSatSun
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      

DMCA.com Protection Status

Go to top