Leandro Neto

Leandro Neto
Foto : O Grupo J-Pop chamado “Itazura Joker” é formado por 7 garotas e atua principalmente em Kansai. ( Cortesia | Créditos : (C) Itazura Joker Official | (C) Instagram | Divulgação ).
Em 29 de novembro de 2020 ( Domingo ), será realizado mais um ‘card’ do “Deep & Pancrase Osaka Tournament”, co-promoção das duas tradicionais franquias de artes marciais mistas do Japão. No ‘ato de abertura’ do show de MMA - que terá lugar no Sumiyoshi Ward Center, no distrito de Sumiyoshi, em Osaka - teremos uma apresentação ‘ao vivo’ de um Grupo J-Pop chamado ‘Itazura Joker’ ( イタズラ ). 
 
No Japão existem muitos Grupos J-Pop e este estilo é um verdadeiro fenômeno por lá.
 
O ‘Itazura Joker’ é um grupo feminino de dança e vocal composto por 7 membros que atua principalmente em Kansai.
 
Apenas dois meses após sua formação, o “Itazura Joker” experimentou um grande sucesso na sequência do lançamento do seu primeiro ‘single’ solo digital.
 
O grupo de meninas - cujos shows são produzidos por RoB.inc - se tornou um “tema quente” para os adolescentes graças à sincronização de dança e música, mas principalmente, devido à individualidade das suas integrantes.
 
Na verdade, uma dessas integrantes, chamada Yuki, também é uma modelo que já trabalhou para o site do “RIZIN”, maior show de MMA do Japão na atualidade, além de estar envolvida com artes marciais há muito tempo. 
 
Desta feita, Yuki terá a função de “aquecer” o local antes do início das lutas.
 
-“Todas as integrantes do grupo querem ver as lutas de MMA na sequência da nossa apresentação.”-disse a garota, membro do ‘Staff’ do “Itazura Joker”.
 
A apresentação ‘ao vivo’ do “Itazura Joker” está agendada para ser realizada durante a abertura do “Deep & Pancrase Osaka Tournament” ( início à partir das 13:30 ).
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 28/11/2020
_
Foto : O Grupo J-Pop chamado “Itazura Joker” é formado por 7 garotas e atua principalmente em Kansai. ( Cortesia | Créditos : (C) Itazura Joker Official | (C) Instagram | Divulgação ).
Foto : O Governador Steve Sisolak poderá cancelar os próximos eventos do UFC no estado de Nevada ( EUA ) devido à piora da pandemia de coronavírus. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Las Vegas Review-Journal | @KMCannonPhoto | Divulgação ). 
Em 10 de novembro de 2020, o governador Steve Sisolak ( D ), pediu aos cidadãos do estado de Nevada ( EUA ), que ficassem em casa por duas semanas ou o máximo possível, para retardar a disseminação do novo coronavírus ( Sars-Cov-2 ), responsável pela doença Covid-19, em meio à outro surto.
 
Mas, passados mais de 15 dias, o estado tem registrado novos ‘recordes’ em sua média móvel de novos casos relatados em um único dia, além do aumento das hospitalizações.
 
Desde então tem surgido novos ‘rumores’ nos EUA dando conta de que o governador Steve Sisolak poderia pedir o cancelamento dos eventos de MMA e de boxe em seu estado, mesmo com estes sendo realizados em ambientes fechados ( ou seja, ‘sem a presença do público’ ), como parte das ‘novas medidas’ para conter a disseminação da Covid-19.
 
Entretanto, o governador não detalhou quando faria o tal anúncio nem tão pouco quais seriam os setores mais afetados pelas novas restrições, limitando-se à dizer que o seu governo “está explorando todas as opções de mitigação disponíveis para controlar o novo surto”.
 
Sisolak disse ainda que a sua equipe está reunindo informações e trabalhando com funcionários estaduais de saúde e gestão de emergências e líderes econômicos no desenvolvimento dessas medidas e que o público “deve esperar ouvir sobre as novas decisões nos próximos dias”.
 
Mas, ao responder à outras perguntas sobre a possibilidade de manter os cassinos abertos ( onde tradicionalmente são promovidas as milionárias lutas de MMA e boxe nos EUA ) , o governador assim se manifestou :
 
-“Espero não termos que enfrentar outra paralisação econômica como na primavera, e manter algum tipo de economia aberta enquanto os cidadãos fazem a sua parte para reduzir a possibilidade de disseminação da Covid-19 em nosso estado.”-disse Sisolak, diretamente de sua residência em Carson City.
 
A possibilidade da implantação de novas restrições no estado de Nevada foram reportadas pelo jornalista Colton Lochhead, do Las Vegas Review-Journal.
 
Um novo encerramento dos shows em Nevada afetaria até mesmo o UFC e a Top Rank, líderes nos segmentos de MMA e boxe, respectivamente.
 
Na coletiva de imprensa ‘pós-luta’ do UFC 255, Dana White foi questionado pelo jornalista esportivo Kevin Iole, sobre a possibilidade do governador cancelar os próximos programas do UFC, agora que a situação da pandemia de coronavírus está piorando novamente no estado.
 
-“Nunca ouvi nada nem remotamente perto disso. Veja o que fizemos. Isso seria uma loucura.”- respondeu White.
 
Embora a solução óbvia para uma possível suspensão dos eventos esportivos em Nevada seja a transferência dos shows para Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, ( no Oriente Médio ), onde vários ‘cards’ do UFC já foram realizados nesse ano, também há rumores de que as mesmas restrições estariam sendo consideradas pelas autoridades locais, novamente devido à pandemia.
Portanto, agora, como aconteceu durante a maior parte deste ano, a incerteza reina.
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 26/11/2020
_
Foto : O Governador Steve Sisolak poderá cancelar os próximos eventos do UFC no estado de Nevada ( EUA ) devido à piora da pandemia de coronavírus. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Las Vegas Review-Journal | @KMCannonPhoto | Divulgação ). 
Foto acima : A lutadora brasileira Maira Mazar está de volta ao círculo dos vencedores em MMA. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).  

Na sexta-feira, 20 de novembro de 2020, o ONE Championship : “Inside The Matrix-Parte IV”, foi realizado “à portas fechadas” no Singapore Indoor Stadium, em Singapura. O evento, composto por lutas de Kickboxing, Muay Thai e MMA, foi transmitido em plataformas de ‘streaming’ para os fãs americanos ‘ao vivo’ e no canal do ONE no YouTube para o restante do mundo.

 
Na luta de abertura da noite, a brasileira Maíra Mazar ( 7-3 ) derrotou a sul-coreana Choi Jeong Yun ( 2-1 ) por nocaute técnico no terceiro round, após sequência de golpes no “ground and pound”. O duelo marcou a primeira vitória de Maíra sob a bandeira do ONE Championship.
 
Já o japonês Ryogo Takahashi ( 14-4 ) se redimiu em grande forma ao vencer por nocaute o sul-coreano Chang Min Yoon ( 4-1 ) no segundo round. O combate foi válido pela categoria dos leves do ONE.
 
Dando sequência às lutas de MMA deste ‘card’, Bruno Pucci ( 7-5 ) foi nocauteado ainda no primeiro round ao ser encurralado na grade e receber uma série de golpes aplicados pelo atleta sul-coreano Won Il Kwon ( 9-3 ). O peso pena brasileiro sofreu assim o segundo revés seguido na companhia.
 
No ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) desse ONE : “Inside The Matrix-Parte IV”, tivemos uma luta de Muay Thai em que o italiano Joseph Lasiri venceu o australiano Rocky Ogden por decisão dividida dos juízes.
 
O duelo de Kickboxing previamente registrado como ‘main event’ ( ou “evento principal” ) da noite teve o mesmo desfecho, com Aslanbek Zikreev, da Rússia, vencendo Wang Junguang, da China, também por decisão dividida dos juízes, após o término do tempo regulamentar.
 
Os resultados do ONE : “Inside The Matrix-Parte IV” incluem :
 
ONE Championship : Inside The Matrix-Parte IV
Sexta-feira, 20 de novembro de 2020
Singapore Indoor Stadium
Singapura
 
Kickboxing: Aslanbek Zikreev venceu Wang Junguang por decisão dividida
Muay Thai: Joseph Lasiri venceu Rocky Ogden por decisão dividida
MMA : Kwon Won Il venceu Bruno Pucci por TKO aso 2:00 do primeiro round 
MMA : Ryogo Takahashi venceu Yoon Chang Min por TKO ( golpes ) aos 2:52 do segundo round  
MMA : Maira Mazar venceu Choi Jeong Yun por TKO aos 4:26 do terceiro round
 
O ONE Championship retornará em 4 de dezembro com um novo show, já apelidado de ONE: “Big Bang”.
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 24/11/2020
_
Foto acima : A lutadora brasileira Maira Mazar está de volta ao círculo dos vencedores em MMA. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).
 
Abaixo : O ‘Kickboxer’ chinês Wang Junguang foi a “figura” do ‘card’. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).
126425927 3833902023299691 1932571642140338242 o f1a6e
Foto : O evento, programado para 28 de fevereiro de 2021, marcará o retorno do famoso pugilista norte-americano aos ringues japoneses. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Peter Young | TMT | Divulgação ).
O ex-campeão mundial de boxe Floyd Mayweather Jr fará o seu retorno aos ringues japoneses no dia 28 de fevereiro de 2021, de acordo com o anúncio feito em uma conferência de imprensa realizada na segunda-feira ( 16 ), em Yokohama, no Japão.

O evento batizado de “Mega2021” terá lugar no Tokyo Dome Stadium, na capital japonesa e será realizado pelo “comitê de produção do Mega”. Eles operam uma empresa chamada Trustline Co. Ltd., que desenvolve negócios de marketing na WEB e negócios de comércio eletrônico. Mayweather está desenvolvendo um negócio de alimentos saudáveis em colaboração com a empresa, paralelamente.

Além da participação ‘online’ do famoso pugilista norte-americano, a conferência de imprensa também contou com a participação do Sr. Kohei Tokuhiro, diretor representante do “comitê de produção do Mega” e responsável pela execução das funções, e do Sr. Takuma Kurose, advogado do ‘comitê’. Eles disseram que este poderá ser um dos maiores eventos do Japão e do mundo, até pelo fato das Olimpíadas de 2021 serem realizadas em Tóquio e, esperam, aproveitar a ocasião para promover um show grandioso.

Embora os promotores do evento já tenham confirmado a presença de Mayweather, o nome do seu adversário ainda não foi anunciado.
Por outro lado, especula-se nos bastidores que o oponente de Floyd será um atleta japonês. 
 
Quanto às regras desse confronto, estas ainda não foram definidas, mas estarão ‘em algum lugar’ entre o MMA e o boxe, pois o evento não estará sob a jurisdição da JBC ( Japan Boxing Comission ).

Com relação à quantia de dinheiro que Floyd receberá, é bom lembrar que Mayweather avisou em maio passado que não entraria em um ringue novamente por menos de 600 milhões de Dólares, embora não possamos confirmar nada ainda.

Além da luta de Mayweather, outros lutadores campeões de várias organizações de luta também estarão competindo sob regras variadas. O ‘card’ completo será anunciado posteriormente.

Embora este seja um evento em grande escala, todas as diretrizes governamentais em relação ao enfrentamento da pandemia serão seguidas. Parte do lucro será doado aos profissionais da área médica que estão trabalhando na linha de frente no combate ao novo coronavírus.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 19/11/2020
_
Foto : O evento, programado para 28 de fevereiro de 2021, marcará o retorno do famoso pugilista norte-americano aos ringues japoneses. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Peter Young | TMT | Divulgação ).
Foto : A chinesa Meng Bo venceu Priscilla Hertati Lumban Gaol, da Indonésia, em luta válida pela categoria do peso átomo feminino. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).
Na sexta-feira, 6 de novembro de 2020, o ONE Championship - maior organização de MMA da Ásia - promoveu o seu segundo show em Cingapura desde a pausa causada pela pandemia do novo coronavírus ( Sars-Cov-2 ), responsável pela doença Covid-19. 
O ‘card’, que teve lugar no Singapore Indoor Stadium, pode ser considerado a sequência notável do maior evento da franquia no ano até agora. As lutas foram transmitidas em plataformas de ‘streaming’ para os fãs americanos ‘ao vivo’ e no canal do ONE no YouTube para o restante do mundo. 
 
Iniciando os trabalhos do ONE Championship: “Inside The Matrix II” ( composto por cinco duelos de MMA ) tivemos uma luta feminina entre a chinesa Meng Bo ( 15-5 ) que atropelou a desafiante da Indonésia, Priscilla Hertati Lumban Gaol ( 7-5 ), levando-a à nocaute em apenas 90 segundos do round inicial. O duelo definiu a tendência do restante do ‘card’, com lutas definidas antes do término do tempo regulamentar, por nocaute ou finalização, sendo que apenas uma destas foi para a decisão dos jurados.
 
Na sequência, o guerreiro da Indonésia, Eko Roni Saputra ( 4-1 ), finalizou o ‘Karateca’ das Filipinas, Ramon Gonzales ( 4-4 ), com um estrangulamento ( mata-leão ) aos 04 minutos e 07 segundos do primeiro round.
 
Já o peso-mosca japonês Yuya Wakamatsu ( 13-4 ) derrotou o sul-coreano Kim Kyu Sung ( 10-4 ) por nocaute após acertar um potente golpe de encontro no adversário também no primeiro round. Foi a terceira vitória seguida da “pequena piranha” que “mordeu de novo” desde o revés para Demetrious Johnson, em março de 2019.
 
No ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) desse ONE : “Inside The Matrix II”, Timofey Nastyukhin ( 14-4 ) dominou Pieter Buist ( 17-5  ) para vencer por decisão unânime dos juízes e chegar ao seu segundo triunfo seguido. Ironicamente, essa era a única luta do ‘card’ que todos pensavam que terminaria em nocaute, mas foi a mais demorada da programação.
 
Encerrando a noite, no ‘main event’ ( ou “evento principal” ), o quirguistanês Kiamrian Abbasov ( 23-4 ), teve trabalho, mas com o decorrer dos rounds conseguiu impor seu jogo diante do norte-americano James Nakashima ( 12-1 ) até anotar o nocaute técnico no quarto round.
 
Os resultados do ONE : “Inside The Matrix II” incluem :
 
ONE Championship 119: Inside The Matrix II
Sexta-feira, 6 de novembro de 2020
Singapore Indoor Stadium
Cingapura
 
Kiamrian Abbasov derrotou James Nakashima por nocaute técnico no quarto round
Timofey Nastyukhin derrotou Pieter Buist por decisão unânime dos jurados
Yuya Wakamatsu derrotou Kim Kyu Sung por nocaute no primeiro round 
Eko Roni Saputra finalizou Ramon Gonzales com um mata-leão no primeiro round 
Meng Bo derrotou Priscilla Hertati Lumban Gaol por nocaute no primeiro round
 
O ONE Championship retornará na próxima sexta-feira com o ONE: “Inside The Matrix 3”, que contará com Kevin Belingon vs John Lineker no evento principal.
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 09/11/2020
_
Foto : A chinesa Meng Bo venceu Priscilla Hertati Lumban Gaol, da Indonésia, em luta válida pela categoria do peso átomo feminino. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).
Foto : A americana assinou um contrato milionário com o Bare Knuckle Fighting Championship, evento presidido por David Feldman. ( Créditos | Cortesia : Acervo pessoal Paige VanZant | ( C ) Bare Knuckle Fighting Championship | Divulgação ).

Depois de terminar seu contrato com o UFC, Paige VanZant - estrela do MMA de 26 anos - optou por assinar com a maior promoção de boxe ‘sem luvas’ ou “Bare Knuckle Boxing” do mundo na atualidade.

A notícia foi divulgada em primeira mão pelo consagrado jornalista Ariel Helwani, da “ESPN americana” e confirmada por sites especializados como o “MMA Fighting” e o “Fight Bananas”, entre outros.

Após sofrer uma derrota para a brasileira Amanda Ribas na ‘Ilha da Luta’ ( UFC 251, na Ilha Yas ), no mês passado, a americana concluiu o seu contrato com o Ultimate Fighting Championship e chegou à recursar uma oferta do Bellator MMA - promoção de propriedade da ViacomCBS - preferindo assinar com o Bare Knuckle Fighting Championship ( BKFC ), show de boxe ‘sem luvas’, cujo presidente é David Feldman.

O que pesou na decisão de Paige, segundo o que vem sendo reportado pela mídia norte-americana, é que a negociação ultrapassou a marca de US$ 1 milhão de dólares, além de outros ganhos atrelados. O valor é bem superior ao que VanZant ganhava no UFC.

O contrato milionário com a promoção baseada na Filadélfia prevê que a americana faça a sua estreia no boxe ‘sem luvas’ ainda esse ano, provavelmente em novembro.

O ‘cartel’ de Paige no MMA é composto por oito vitórias e cinco derrotas, enquanto dentro do UFC foram cinco vitórias e quatro derrotas. Ela competiu no octógono como peso palha e peso mosca.

Não custa lembrar que a atual campeã da categoria feminina do BKFC, Bec Rawlings, já perdeu para VanZant por nocaute no UFC, ainda em 2016.

Curiosamente, já faz algum tempo que VanZant virou celebridade nos EUA e agora ela poderá elevar o esporte do “Bare Knuckle Boxing” à um novo patamar.
Quem pode assistir ao reality show de dança “Dancing With the Stars” - equivalente aqui no Brasil ao ‘dança dos famosos’ - sabe do seu poder junto ao público na terra do Tio Sam.

Outra prova de sua popularidade é o número de seus seguidores no Instagram ( 2.7 milhões ), mais do que Gina Carano ( 1.1 milhão ), atriz de cinema e ex-lutadora de MMA, com muito prestígio naquele país.
Por falar nisso, Paige sempre comentava que ganhava mais dinheiro com suas postagens no Instagram do que lutando no UFC ( e com certeza devia ser verdade ) ...

 

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 13/08/2020
_
Foto : A americana assinou um contrato milionário com o Bare Knuckle Fighting Championship, evento presidido por David Feldman. ( Créditos | Cortesia : Acervo pessoal Paige VanZant | ( C ) Bare Knuckle Fighting Championship | Divulgação ).

Foto : Evento na comunidade Chico Mendes terá lutas com os professores e consagrados lutadores Mestre Wado, Alessandro Custódio, Mauricio “Bad Boy”, Ronaldo “Felino” , “Tonhão ” e Jorge Missil, entre outros. ( Cortesia | Créditos : ( C ) Titãs Fight Comunidades | Divulgação ).

Aos poucos voltamos à ver alguma movimentação na cena do MMA brasileiro. Inspirados nos eventos de MMA realizados atualmente no Japão e em alguns outros países do continente asiático - além dos EUA, é claro - promotores, atletas e técnicos prometem para o dia 9 de agosto, em Florianópolis-SC, o Titãs Fight Comunidades, com lutas de MMA, Boxe, Kickboxing, Muay Thai e Jiu-Jítsu ( com e sem kimono ).

Já confirmaram presença no ‘card’ atletas vindos dos estados do Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo. Ainda existe a possibilidade de inclusão de dois lutadores vindos de Cuba.

O evento terá lugar na comunidade Chico Mendes, carente desse tipo de entretenimento e o intuito dos organizadores é fomentar o esporte como forma de inclusão social, além de revelar novos nomes para o MMA mundial, à exemplo do lutador internacional Mauricio “Bad Boy”, que até hoje mantém o Projeto CT Guetto Diamond Chico Mendes Fight. Além disso, os promotores também irão arrecadar alimentos para quem necessita, pois enquanto muitas pessoas estão retornando aos poucos às suas atividades e outras continuam seguras em casa, há milhares nas periferias que perderam seus empregos e estão desassistidas de várias maneiras.

O Titãs Fight Comunidades - que tem o apoio do presidente da comunidade Chico Mendes Edson Jesus - será o 1o evento à voltar em Florianópolis depois da paralisação total da cidade por causa da pandemia do coronavírus e será feito com responsabilidade.

O evento poderá ser realizado com público e os seus idealizadores irão colocar as cadeiras afastadas à uma distância segura, como parte das medidas de segurança necessárias, além de exigir o uso de máscaras pelos fãs do esporte e colocar álcool na bilheteria à disposição de todos.

Segundo o organizador Thiago Lapolli Fiorenzano da Silveira, também conhecido como “Tubarão”, o Titãs Fight Comunidades tem tudo para ser um dos eventos mais bonitos já organizados na região Sul do Brasil.

APOIE JÁ, POIS MUDANDO UMA VIDA VOCÊ GERA UMA REAÇÃO EM CADEIA QUE MUDA A REALIDADE :

Os atletas participantes aceitaram lutar de graça para promover o esporte e estão custeando suas vindas para a competição, pois o evento está funcionando sem receita financeira, como ingresso ou inscrições, e está dependendo inteiramente de trabalhos voluntários e doações de materiais. Já existem alguns poucos apoiadores.

Ainda assim, os organizadores precisam custear uma ambulância para garantir a segurança dos lutadores, bem como os serviços de um socorrista profissional, aluguel do octógono, cadeiras para o público presente, compra de material de higiene, entre outros itens.

Toda essa movimentação é importante porque dará oportunidade aos jovens que sonham seguir o caminho do esporte, pois se uma criança não é orientada pelas pessoas certas desde cedo, toda a sociedade poderá sofrer depois.

Por isso mesmo, os idealizadores da competição estão abertos para realizar parcerias com patrocinadores que queiram vincular sua marca ao Titãs Fight e também ao Projeto CT Guetto Diamond Chico Mendes Fight ( projeto social ).

-“E quem puder ajudar com qualquer valor, por favor, contribua para a nossa Vakinha. Não tenha vergonha de doar o valor mínimo, tudo é valioso para o evento existir e muitos objetivos estão em jogo. Muito obrigado.”-agradece Thiago Lapolli, o “Tubarão”.

Titãs Fight Comunidades
Data : 9 de agosto de 2020
Local : Ginásio da Comunidade Chico Mendes
Ingresso : Apenas 1 quilo de alimento
Horário : Jiu-Jitsu e NoGi de manhã / MMA, Boxe e Muay-Thai e K-1  ( Kickboxing ) a tarde.
Realização : Thiago Lapolli “Tubarão” / Apoio : Mauricio Machado e Edson Jesus.

CARD IMPERDÍVEL COM 40 LUTAS

( * O CARD É SUJEITO À ALTERAÇÕES ).

MMA:

[Main Event 66kg] Lucas Oliveira (CT Lagomar / Macaé - Rio de Janeiro) VS. Allan Guerra (Guerra Team São Paulo / Fadda JJ)

[Co-Main Event 75kg] Willian Fernandes “Mutante” - 07 vitórias (CT Strong) VS. Pedro Finger - 06 vitórias (CT Finger)

[77kg] Elvis Cubano (Guetto Diamond) X Thiago Moikano (Moikano Gold Team / Pelé Team)

[58kg] Daiane Trentin (Thiago Tubarão / Daiane Team) X SILVANIA “LEOA” (Wado DeLaRiva)

[61kg] Tiago “PitBull” Xavier (CT Lagomar / Macaé - Rio de Janeiro) X Ariel Chips (Black Top Team – Lages)

[77kg] Sandro “PitBull” (Guetto Diamond) X Jhonny Bran (Moikano Gold Team / Pelé Team )

[75kg] Brigido “Soldado Universal” (Wado DeLARiva) X Matheus Souza (OCSJJ / CT Finger)

[91KG] WELLINTON ALVES DO AMARAL (prof. Glautus) X RAFAEL “PANTERA” (prof. Guilherme Coutinho)

[61kg] Lucas Forquim (CT Finger) X Jack Quilante (Black Top Team – Lages)

[75k] Lucas “Japa” Santana (Japa MMA) X Dionata Machado (Winners MMA - Felino)

[85kg] CRISTIAN “CHACAL” (Thiago Tubarão) X EDUARDO SANTOS MAIA (Shotobushin)

KICKBOXING (Regras do K-1, sem cotovelos e duas joelhadas no ‘clinch’):

[75KG Master] MESTRE WADO (CT DeLaRiva Floripa) X FABIO ALEX (CT Strong/Overhand - CANOAS/SC)

[84kg] Alex Trindade (Anjos do Tatame) X Celso Rodrigo (Felino – Criciúma)

[Pesados] VICTOR EMANUEL (Tonhão Biguaçu) X RENAN SALVADOR (School Fight)

MUAY-THAI (Estilo Tailandês, com uso de cotovelos e ‘clinche’):

[75 Kg] João Vitor Senem (Tonhão Biguaçu) X Luiz (King Boxing Floripa)

[57kg, estreantes] Jhonatan “Açougueiro” (Marafiga Thai) X Adriano Santos (Mega Fight Team)

[63kg, 15 anos] Nicolas “Draco” Langher (Mega Fight Team) X Darwin Oliveira (King Boxing Floripa)

[43kg, 12 anos] Jeniffer Nascimento (Mega Fight - prof. Leandro Frederico) X Crislaine Marquesotti (Master Fight - prof. Cristiano / Blumenau)

[Infantil, 06 aninhos] NOAH (Mega Fight - prof. Leandro Frederico) X ISAC “SPIDER" (Anjos do Tatame)

BOXE (Válido pro Ranking do Titãs Boxe):

[Título 66kg] LUCIAN CLAUDIO (Marafiga Claudio Costa) - Vencedor do torneio Titãs 4 VS Desafiante: DANIEL PIKO (Felinos do Sul) -  Invicto na Copa Dojokai.

[Título 75kg] NATHANAEL MESQUITA (Flávio Alexandre) VS LEANDRO FREDERICO “LESTATT” (Mega Fight)

[95KG] VINICIUS KUMMER (Guetto Diamond) X EDGAR FARIAS (CM System)

[80kg] Alessandro Custódio (Wado DeLaRiva) X João Nunes (School Fight)

[66 kg] Luiz Hilário (Felinos do Sul) X Clevinho Motta (School Fight)

[63 Kg] Gustavo “Parazinho” (Tonhão Boxe) X Kelvem “Cascudo” (Felinos do Sul)

[42kg JUVENIL FEMININO] Heloísa Demérito (Mega Fight Team / Leandro Frederico) X Brenda Luiza (Marafiga Boxe / Claudio Costa

SEM KIMONO:

[100kg] Elton “Monstrão” Kimura (GFTEAM Palhoça) X Carlos André “Black” (Black Top Team – Lages)

JIU-JITSU

[76kg] Mauricio “BadBoy” Machado (Guetto Diamond) X Ronaldo Oliveira “Kako” (Fadda Jiu-Jitsu)

[74kg Master] Ronaldo “Felino” (ASM BJJ TEAM – Criciúma) X João Paulo (Team Bronx – Curitiba)

[74kg] Jorge Marcelo Missil (GFTEAM Palhoça) X Douglas Gonçalves (Infynit Brotherhood - Lages)

[84KG] Fernando “Sherek” (Sherek JJ – Curitiba) X Fabrício Tives (Infynit Brotherhood - Lages)

[61kg] Fabiano Crispim (Crispim Jiu-Jitsu) X Welinton (Infynit Brotherhood - Lages)

[Marrom 86kg] Alysson Santos (Ricardo Mello) X Jaisson Machida (Black Top Team – Lages)

[Roxa 79kg] Sandro Buralde (Guetto Diamond) X Thiago Branco (Rillion Gracie – Lages)

[Roxa 93kg] Ricardo “Tatau” Alexandre (Guetto Diamond) X MAX (Infynit Brotherhood - Lages)

[Azul até 90kg MASTER] ANTÔNIO JOÃO “TONHÃO” (Little John JJ) X ADRIANO “GAÚCHO” (ASM BJJ TEAM - Felino)

[Azul 65kg] MICHAEL (GFTEAM Palhoça) X Ariel Chips (Black Top Team – Lages)

[Azul 85kg] IGOR (GFTEAM Palhoça) X Carlos “PitBull” (The Brothers)

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/titas-fight-comunidades-nocauteando-a-fome

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 01/07/2020
_
Foto : Evento na comunidade Chico Mendes terá lutas com os professores e consagrados lutadores Mestre Wado, Alessandro Custódio, Mauricio “Bad Boy”, Ronaldo “Felino” , “Tonhão ” e Jorge Missil, entre outros. ( Cortesia | Créditos : ( C ) Titãs Fight Comunidades | Divulgação ).

Foto : Souris Manfredi, “a rainha do Lethwei”, está empolgada com a retomada das competições do WLC. ( Cortesia | Créditos :  ( C )  World Lethwei Championship | Divulgação ).

À medida que o mundo aceita a convivência com a pandemia global do novo coronavírus, os esportes estão retornando lentamente. Da mesma forma, o Lethwei está buscando retomar o seu crescimento e expansão, e para isso, a organização líder do esporte birmanês, o World Lethwei Championship ( WLC ), está de volta à atividade.

O Lethwei, para quem não conhece, é amplamente visto como o esporte de combate mais brutal do mundo. Os competidores lutam sem luvas. São permitidos socos e chutes, assim como cotoveladas, joelhadas e cabeçadas, além de uma variedade de quedas.
Os eventos do World Lethwei Championship são exibidos no UFC Fight Pass na América do Norte.

Quem está de olho nesse retorno da modalidade é a lutadora Souris Manfredi, natural de Besançon, na França, que tem feito história e está subindo no ‘ranking’ do World Lethwei Championship, após conquistar a primeira vitória na recém-criada divisão feminina do WLC ainda em 2019.

Manfredi, conhecida como “a rainha do Lethwei”, lutou recentemente em 31 de janeiro, no estádio Thein Pyu em Yangon, Mianmar, durante o WLC 11: “Battlebones”. Na ocasião, ela venceu a atleta Tran Thi Lua, do Vietnã, por nocaute no segundo round.
Agora a francesa quer voltar à exibir o seu estilo de luta único para os fãs do UFC Fight Pass.

Enquanto isso, Manfredi planeja lutar todos os meses, alternando as modalidades :

-“ Olá, mundo do Muay Thai e K-1 !
Estou procurando lutar em qualquer lugar do mundo, eu posso pagar minhas passagens de avião !
Eu preciso lutar !
Eles dizem que as mulheres não são poderosas o suficiente, aqui está o meu ‘record’ no esporte
35 Lutas - 29 W ( 17 KO ) - 5 L - 1 D
Acho que isso mostra quem eu sou.
Eu posso fazer o show para você ! ”- escreveu Souris Manfredi, em sua página oficial no Facebook.

Quem também deverá figurar nos próximos ‘cards’ do WLC são os lutadores europeus Diogo “tKD” Calado e Nauzet Trujillo, recém-contratados pela promoção.

O português Diogo Calado ( 39-17-0 ), 29 anos, conquistou os títulos de Campeão Mundial do Enfusion, Campeão Europeu WBC, Campeão Europeu ISKA e Campeão da Liga Strikers.

Já o espanhol Nauzet Trujillo ( 40-7-1 ), conquistou os títulos de campeão pela ISKA, IPCC e WMC.

Os maiores astros do Lethwei também estão ansiosos para voltar e os próximos eventos estarão repletos de talentos, que estão animados por finalmente voltar ao ringue.

Ainda como parte das novidades, o World Lethwei Championship acaba de anunciar o calendário completo para a sua temporada 2020 / 2021, começando com um evento em 7 de agosto que marcará o retorno da promoção após um breve hiato.

A temporada do WLC contará com nove eventos de grande sucesso em sete cidades em cinco países, incluindo as estreias da organização no Japão e nos EUA.

Confira abaixo o calendário da temporada 2020 / 2021 do WLC ( sujeito à alterações ) :

7 de agosto de 2020 (provisório)
Yangon, Mianmar

18 de setembro de 2020 (provisório)
Phnom Penh, Camboja

27 de novembro de 2020
Mandalay, Myanmar

8 de janeiro de 2021
Bangkok, Tailândia

12 de março de 2021
Yangon, Mianmar

1 de maio de 2021
Hpa An, Mianmar

6 de agosto de 2021
Tóquio, Japão

5 de novembro de 2021
TBD, EUA

3 de dezembro de 2021
Mandalay, Myanmar

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 24/06/2020
_
Foto : Souris Manfredi, “a rainha do Lethwei”, está empolgada com a retomada das competições do WLC. ( Cortesia | Créditos :  ( C )  World Lethwei Championship | Divulgação ).

Foto : Ze Lang Zha Xi superou Liang Hui no ONE Hero Series 13. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).

O ONE Championship sediou seu primeiro evento ‘ao vivo’ após uma pausa de quatro meses devido a pandemia do novo coronavírus ( Sars-Cov-2 ), o vírus responsável pela doença Covid-19, que levou a organização a interromper temporariamente os seus shows programados para os meses de março à maio. Mas agora a franquia retornou à ação no coração da China.

Hua Fung Teh, presidente do grupo do ONE Championship na China, ficou encantado ao ver o retorno da organização ao seu país.

Na retomada de suas atividades, a promoção realizou dois ‘cards’ de lutas sem público em Xangai, com o ONE Hero Series 13 acontecendo no sábado à noite ( 20 de junho ), enquanto o ONE Hero Series 14 foi realizado na noite de domingo ( 21 de junho ).

O ‘card’ do ONE Hero Series 13 foi composto por três lutas de MMA e duas lutas de kickboxing do ONE Super Series. Já o ONE Hero Series 14 apresentou três lutas de MMA e duas kickboxing.

Destaque para o ‘main event’ ( ou “evento principal” ) do ONE Hero Series 13 protagonizado pelo nativo de Sichuan, Ze Lang Zha Xi, e o novato no ONE, Liang Hui.

Os dois já haviam lutado algumas vezes em eventos chineses de artes marciais mistas e novamente os atletas da categoria peso médio deram “tudo de si” dentro do ringue.

Após o término do confronto, o lutador Ze Lang Zha Xi obteve uma nova vitória sobre Liang por decisão unânime dos juízes.

Com o resultado, o representante do Enbo Gedou melhorou seu registro nas artes marciais mistas para 13-4-1, enquanto Liang caiu para um recorde profissional de 5-5-1.

Nas demais lutas de MMA da programação, quem brilhou foi Wang Zhen ( 3-5 ), que emergiu triunfante em sua luta na categoria peso mosca contra Zou Jin Bo ( 4-7 ), obtendo a vitória por decisão dividida depois de quase terminar a luta com um mata-leão no último minuto do duelo.

O destaque do kickboxing foi Yang Hua que passou os três rounds da sua luta com Wei Zi Qin em uma “trocação” franca de socos e chutes para obter a vitória por decisão dividida dos juízes.

Ao término da programação, as palavras de Hua Fung Teh mostravam otimismo :
-“Nós do ONE Championship temos o prazer de receber novamente os mais emocionantes eventos de artes marciais do mundo. Gostaria de agradecer pessoalmente a todos os fãs pelo apoio contínuo à nossa organização e aos nossos atletas. Xangai serviu como pano de fundo perfeito para o retorno do prestigiado ONE Hero Series, que visa mostrar o melhor dos jovens talentos de artes marciais da China. Ao impor rigorosas medidas sanitárias e de segurança, garantimos a prioridade à saúde e ao bem-estar de todos que fizeram desses eventos consecutivos um enorme sucesso.”-analisou o presidente do grupo do ONE Championship na China.

As lutas foram transmitidas nas plataformas de vídeo : Toutiao / Xigua da ByteDance, bem como no Douyin. A Qinghai TV e a Shenzhen TV5 também transmitiram os dois eventos de lutas, mas ambas as redes televisivas exibiram os dois ‘cards’ apenas na China.

O próximo evento do ONE já foi batizado de “Fists of Fury” e está programado para o dia 03 de julho.
O mesmo deverá ser realizado no Singapore Indoor Stadium, em Singapura.

Resultados do ONE Hero Series 13 :

MMA : Ze Lang Zha Xi venceu Liang Hui por decisão unânime
Kickboxing: Luo Chao venceu Zhao Jun Chen por decisão dividida
Kickboxing: Yang Hua venceu Wei Zi Qin por decisão dividida
MMA : Wang Zhen venceu Zou Jin Bo por decisão dividida
MMA : Fu Kang Kang venceu Wang Hu por finalização ( mata-leão ) aos 3:29 minutos do segundo round

Resultados do ONE Hero Series 14 :

Kickboxing : Xu Liu venceu Zhao Xiao Yu por decisão unânime
MMA : Zhu Kang Jie venceu Ayijiake Akenbieke por decisão unânime após três rounds
Kickboxing : Fu Qing Nan venceu Yuan Peng Bin por decisão dividida
MMA : Zhang Ze Hao venceu Gao Bo por nocaute aos 3:43 minutos do primeiro round
MMA : Li Zhe venceu Mo Hao Xiong por finalização ( mata-leão ) aos 3:16 minutos do primeiro round

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 22/06/2020
_
Foto : Ze Lang Zha Xi superou Liang Hui no ONE Hero Series 13. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).

Foto : Lenda vs. lenda. Demetrious Johnson vs. Bruce Lee, em concepção artística do ONE Championship. Lee continua à inspirar a nova geração de lutadores da China. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).

Após acumular enormes perdas - que aumentam a cada ano - o ONE Championship anunciou na segunda-feira que estava cortando 20% de sua equipe em todo o mundo como forma de ‘garantir a sua longevidade’.

No entanto, Josh Gross - um jornalista especializado em MMA - comentou que as demissões vão muito além dos 20% que o ONE anunciou, com um número “mais próximo de 50% - 60% de seus trabalhadores, que inclui todos os contratados freelancers”.

Não custa lembrar que, somente em 2018, a empresa teve perdas de quase US $ 59 milhões, totalizando US $ 126 milhões em perdas acumuladas.

Também na segunda-feira, o CEO do ONE Championship, Chatri Sityodtong, anunciou um aumento de US $ 70 milhões em fundos de investidores institucionais. Apesar dessa injeção de dinheiro, ele disse que os cortes de empregos em áreas “não essenciais” são necessários para isolar a empresa contra uma desaceleração econômica esperada.

O financiamento extra veio de patrocinadores existentes e de um novo investidor institucional - um “fundo de US $ 20 bilhões” dos Estados Unidos cuja identidade será revelada nas próximas semanas.

A organização sediada em Singapura, que promove ‘cards’ de MMA, Muay Thai e kickboxing em toda a Ásia, tem entre 201 e 500 funcionários, de acordo com o seu perfil no LinkedIn.

Contudo, a promoção que não sediava um evento desde fevereiro, poderá retomar à promoção de shows de lutas já à partir do mês de Julho, de acordo com comentários do CEO Chatri Sityodtong concedidos à AFP : Agence France-Presse, ainda na segunda-feira.

Mas antes mesmo do retorno dos shows do ONE Championship no mês que vem, o One Hero Series, um torneio eliminatório que seleciona lutadores para os eventos principais da franquia, voltará à ser realizado em Xangai ( ou Shanghai ) já nos próximos dias 20 e 21 de junho, com o ONE Hero Series 13 e o ONE Hero Series 14, respectivamente.

O ‘main event’ ( ou “evento principal” ) do ONE Hero Series 13 será uma revanche entre Ze Lang Zha Xi e Liang Hui. Os dois já lutaram algumas vezes na cena chinesa das artes marciais mistas.

Zha Xi ( 12-4-1 ) está vindo de uma vitória por decisão sobre Bu Huo You Ga no ONE Hero Series 12, em dezembro passado. Foi a terceira vitória consecutiva para o veterano do WLF.

Por sua vez, Hui ( 5-4-1 ), fará sua estréia no ONE Hero Series. Ele enfrentou Zha Xi pela primeira vez no Kunlun Fight 45 em 2016 e na ocasião a luta terminou empatada.

Anteriormente, todos os eventos do ONE Hero Series eram transmitidos no YouTube. O público em todo o mundo podia assistir ao evento completo ‘ao vivo’ bem como a sua reprodução na plataforma de “streaming” de vídeo gratuita.

Mas tanto o ONE Hero Series 13 quanto o ONE Hero Series 14 serão transmitidos apenas na China. Resta aos fãs de MMA fora daquele país buscar os resultados dos eventos posteriormente, em sites especializados.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 17/06/2020
_
Foto : Lenda vs. lenda. Demetrious Johnson vs. Bruce Lee, em concepção artística do ONE Championship. Lee continua à inspirar a nova geração de lutadores da China. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).

«May 2021»
MonTueWedThuFriSatSun
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      

DMCA.com Protection Status

Go to top