Primeiros casos de vírus mutante em Aichi

Foram confirmados em 8 pessoas testadas positivo para o novo coronavírus.

Na segunda-feira (22) o governo da província de Aichi informou sobre a confirmação do vírus mutante em 8 pessoas.

São os primeiros casos da variante na província, com faixa etária que varia de criança a idoso. Pelo menos até 2 semanas antes dos sintomas de contágio do novo coronavírus nenhuma dessas pessoas tem histórico de viagem para o exterior.

Dentre eles, um menino com idade inferior a 10 anos e uma mulher, na faixa dos 40, tiveram contato próximo com uma pessoa infectada.

Na terça-feira (23) as amostragens serão enviadas para o NIID-Instituto Nacional de Doenças Infecciosas para investigação dos tipos de cepa mutante.

Na região central do país já foram confirmados 40 casos de infecção pelas variantes, incluindo esses 8 casos em Aichi. São 19 em Gifu, 6 em Mie, 4 em Shiga, 2 em Fukui e 1 em Nagano.

Fontes: Chunichi e CBC TV

Visitantes terão de apresentar exame negativo de covid para entrar em Ilhabela

Medida vai vigorar a partir da sexta-feira, 26, e durante os feriados nas cidades de São Paulo e do ABC paulista

SOROCABA – A prefeitura de Ilhabela, um dos principais destinos turísticos do litoral norte de São Paulo, vai exigir que os visitantes apresentem exame negativo de covid-19 para ter acesso à ilha. A medida, divulgada na tarde desta terça-feira, 23, vai vigorar a partir de sexta-feira, 26, e durante os feriados nas cidades de São Paulo e do ABC paulista. Conforme decreto municipal, o exame RT-PCR negativo terá de ser apresentado como forma de prevenir a transmissão do vírus.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, Ilhabela é a primeira cidade paulista a exigir exame para o acesso de visitantes. No decreto, o prefeito Antônio Colucci (PL) leva em conta que a Baixada Santista decretou lockdown até o dia 4 de abril e que os prefeitos de São Paulo, Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano decretaram dez dias de feriados entre 26 de março e 4 de abril, o que poderá levar turistas a buscarem o litoral norte. "O grande fluxo de turistas durante os feriados consecutivos pode afetar o avanço da infecção humana pelo corovanírus, impactando o sistema de saúde pública municipal", diz o decreto.

A apresentação do exame será exigida a partir das 8h, no dia 26, no bolsão do embarque da travessia de balsas e catamarãs, único acesso de veículos e pessoas à cidade. A barreira contará com apoio da Polícia Militar, em especial os policiais em atividade delegada, segundo a prefeitura. Sem o exame negativo, o turista será impedido de embarcar. O exame deverá ter sido realizado no máximo 48 horas antes do embarque.

A prefeitura disse que a exigência é excepcional, com o objetivo de resguardar o interesse da coletividade na prevenção do contágio. Estão isentos da apresentação do exame os moradores do arquipélago, as pessoas vacinadas com a segunda dose e os prestadores de serviços essenciais, desde que apresentem documentação comprovatória.

Fonte: Estadão

https://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,visitantes-terao-de-apresentar-exame-negativo-de-covid-para-entrar-em-ilhabela,70003658038

Vacinados contra a covid-19 no Brasil chegam a 12,79 milhões, 6% da população

Nas últimas 24 horas, 514.178 receberam a primeira dose do imunizante. O Amazonas é o Estado onde mais vacinas foram aplicadas em números proporcionais à população

A quantidade de pessoas vacinadas contra a covid-19 com ao menos uma dose no Brasil chegou nesta terça-feira, 23, a 12.793.737, segundo dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa. O número representa 6,04% da população total do País. Nas últimas 24 horas, 514.178 receberam a primeira dose do imunizante.

Entre os 12,7 milhões, 4.334.905 receberam a segunda dose da vacina. O número representa 2,05% da população brasileira com a vacinação completa contra a covid-19. Nas últimas 24 horas, 92.380 pessoas receberam a dose de reforço do imunizante. Somando a quantidade de doses aplicadas pela primeira e segunda vez nos brasileiros, o País aplicou 606.558 no último dia, segundo dados fornecidos por 26 Estados.

O Amazonas é o Estado onde mais vacinas foram aplicadas em números proporcionais à população: 9,59% dos habitantes foram imunizados com ao menos a primeira dose. A porcentagem mais baixa até aqui é a do Pará, com 3,56% da população local vacinada. Em números absolutos, São Paulo vacinou 3,67 milhões de pessoas, seguido por Minas e Bahia, com 1 milhão de vacinados.

OLX é notificada por anúncio falso

Procon de SC identifica anúncio, feito a partir de Florianópolis, e cobra que a empresa responda solidariamente por propaganda enganosa; golpista cobrava R$ 5 mil por dose

FLORIANÓPOLIS - O Procon de Santa Catarina notificou o site de vendas on-line OLX por permitir a veiculação de um anúncio falso de vacina contra a covid-19. Na verdade, o que o órgão descobriu é que se tratava de um golpe e que as pessoas que eventualmente compraram o produto não receberam nenhuma vacina.

No anúncio, o vendedor afirma que trouxe algumas doses da vacina Coronavac e cobra R$ 5 mil uma dose e R$ 9 mil por duas. A localização dele é de Florianópolis, o que motivou a fiscalização do órgão estadual de proteção ao consumidor.

No documento, o órgão pede para que o OLX, que responde solidariamente pelo anúncio, suspenda imediatamente a veiculação sob pena de multa diária de R$ 100 mil e sanções administrativas. O órgão argumenta que o anúncio, entre outras infrações, fere o Código de Defesa do Consumidor, oferecendo um produto que ainda não está disponível para venda no mercado, caracterizando propaganda enganosa.

“Nós entramos em contato e tentamos fazer uma compra, foi aí que verificamos que se tratava de um golpe, por isso notificamos a OLX imediatamente para retirar do ar”, afirmou Tiago Silva, diretor do Procon SC. “No nosso entendimento isso não pode ocorrer. Apesar dos alertas, todos querem a vacina, por isso cobramos também que o site responda solidariamente”, completou.

O Procon encaminhou a notificação para as autoridades identificarem o golpista. A OLX informou que retirou o anúncio do ar “logo após sua publicação e bloqueou a conta do usuário” e se pronunciou sobre o episódio.

“A OLX esclarece que até o momento não foi notificada pelo Procon-SC, retirou o anúncio da plataforma logo após sua publicação e bloqueou a conta do usuário. A plataforma reforça ainda que não permite anúncios que ferem as regras de uso do site, os remove e bloqueia os usuários. A OLX está à disposição das autoridades para colaborar na apuração dos fatos e caso o usuário perceba que as políticas da plataforma estão sendo infringidas, conta com denúncias para investigar anúncios irregulares e removê-los”.

Fonte: Estadão

https://brasil.estadao.com.br/noticias/geral,olx-e-notificada-por-anuncio-falso-de-venda-da-vacina-contra-covid-19-coronavac,70003657906

Terça-feira: 1,5 mil testados positivo

Embora 9 províncias tenham registrado 0, a soma das 38 passou de 1,5 mil novos casos.

O total de pessoas testadas positivo na terça-feira (23) foi de 1.503, elevando o cumulativo para 459.016 pessoas infectadas pelo novo coronavírus no Japão.

Na região Kanto foram 136 em Saitama, 33 em Ibaraki, 74 em Chiba, 72 em Kanagawa, 337 em Tóquio, 20 em Tochigi e 18 em Gunma.

Em Osaka foram 183 e em Hyogo, 84. Nas províncias vizinhas, 15 em Nara e 7 em Shiga.

Na região Tokai os registros foram de 7 em Mie, 12 em Gifu, 22 em Shizuoka e 63 em Aichi.

Em Miyagi, a província com o maior índice de 1/100 mil habitantes do país, foram confirmados 121 casos. Em Okinawa, a segunda maior desse índice, 75 testaram positivo.

Estão em tratamento 13.915 pacientes, sendo que 320 necessitam de UTI.

A soma dos óbitos em 18 províncias foi de 53, elevando o total cumulativo para 8.922 perdas.

Até terça-feira a soma das pessoas recuperadas aumentou para 436.179.

No domingo (21) foram realizados 8.489 testes PCR.

Em relação à vacinação, o total de doses aplicadas é de 699.126. Na terça-feira foram 46.428, das quais 2.627 foram da segunda dose.

Fontes: NHK e News Digest

Imagem - divulgação

Quinta: 1.537 casos de Covid-19 no Japão

Na sexta-feira, as autoridades no Japão registraram 1.539 casos e 76 mortes.

Na quinta-feira (18), foram confirmados 1.537 novos casos de coronavírus em 37 províncias e nos aeroportos do Japão.

76 pessoas morreram em decorrência da Covid-19, e o número total de mortes sobe para 7.298.

Segundo dados do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar, os pacientes em estado grave totalizam 564, uma queda de 43 em relação ao dia anterior.

Tóquio confirmou 445 novos casos de coronavírus entre pessoas de diversas idades. Foram confirmadas 27 mortes de pessoas entre 60 e 100 anos. O número de pacientes graves é de 84 pessoas.

Em Osaka, foram confirmados 89 casos e 4 mortes. Em Fukuoka, foram registrados 101 devido a foco de contágio (cluster) com 48 pessoas em hospital de Kita Kyushu.

O número de recuperados sobe para 395.339.

Fonte: NHK, Yomiuri e News Digest

Cidade oferecerá cartões-presente aos residentes que forem vacinados

O cartão-presente poderá ser usado em pequenos estabelecimentos na cidade.

Uma cidade na província de Saitama anunciou que fornecerá a cada residente que receber a vacina contra Covid-19 um cartão-presente no valor de ¥1.000.

O Governo Municipal de Miyashiro separou ¥60 milhões (cerca de $570 mil) para o esquema em seu orçamento do ano fiscal de 2021.

De acordo com a divisão de saúde da cidade, cerca de 30 mil residentes com idade igual ou superior a 16 são elegíveis para receber as vacinações.

Cada pessoa imunizada receberá um “cartão-presente de agradecimento” no valor de ¥1.000, emitido pela câmara do comércio da cidade. O cartão-presente poderá ser usado em pequenos estabelecimentos na cidade.

Como as pessoas que receberem a vacina produzida pela companhia farmacêutica dos EUA, Pfizer, serão inoculadas com duas doses, elas receberão dois cartões-presente, totalizando ¥2.000.

O governo municipal está considerando oferecer os cartões-presente aos residentes nos locais de vacinação.

“Implementaremos esse esquema como projeto único a esta cidade a fim de aumentar a taxa de vacinação e vitalizar a economia”, disse um funcionário do governo.

Fonte: Mainichi

Japão inicia vacinação com 40 mil profissionais da saúde

Grupo inicial de 40 mil profissionais da saúde começam a ser vacinados nesta quarta-feira (17), o dobro do número anteriormente planejado.

O Japão começa a administrar vacinas contra Covid-19 para um grupo inicial de 40 mil profissionais da saúde nesta quarta-feira (17), o dobro do número anteriormente planejado, disse na terça-feira (16) o ministro responsável pelos esforços de vacinação.

Mais 3,7 milhões de profissionais da saúde de linha de frente começarão a receber a vacina em março, seguidos por 36 milhões de pessoas com idade igual ou superior a 65 anos a partir de abril.

Pessoas com condições pré-existentes, como diabetes ou doença cardíaca e aqueles que trabalham em instalações para cuidado de idosos virão em seguida, então, finalmente, a população em geral.

“Espero que muitas pessoas tomem a vacina com a compreensão dos benefícios e riscos”, disse Kono.

O Japão recebeu o primeiro lote de 400 mil doses da fábrica da Pfizer na Bélgica na sexta-feira (12) e garantiu aprovação rápida no domingo (14) baseado em dados em sua maioria de ensaios clínicos do exterior.

Fonte: News and Culture

Temporada de kafunsho chega em meio à pandemia de coronavírus

Temporada de kafunsho chega em meio à pandemia de coronavírus

Desde domingo (14), a temporada do pólen de cedro teve início em 34 das 47 províncias do Japão.

A temporada de polinose (kafunsho) chegou ao Japão, expondo os alérgicos a um desafio a mais em meio à pandemia de coronavírus, visto que o ato de esfregar os olhos que coçam e limpar narizes com coriza podem aumentar o risco de infecção viral.

Abrir portas e janelas para melhorar a ventilação também pode aumentar a quantidade de pólen que adentra os ambientes.

Desde domingo (14), a temporada do pólen de cedro teve início em 34 das 47 províncias do Japão, cobrindo a região Kyushu no sudoeste e a área metropolitana de Tóquio, causada por um aumento nas temperaturas de acordo com o Weathernews.

O pólen que causa alergia deve começar a se dispersar na região Tohoku no nordeste, assim como na área Hokuriku no fim deste mês, disse.

O pólen de cipreste japonês começará a atormentar os alérgicos no fim de março, enquanto muitas pessoas alérgicas ao pólen de bétula sentirão os efeitos em Hokkaido no fim de abril.

Dentre as 47 províncias do Japão, com exceção de Hokkaido, Aomori e Okinawa, devem registrar maiores contagens de pólen comparado ao ano anterior, disse a Weathernews. Em Okinawa, cedro e cipreste são raros.

Nas províncias de Toyama, Fukui, Gifu, Aichi, Hiroshima e Oita, em particular, onde as emissões de pólen do ano passado contaram por somente um terço do nível em um ano médio, a quantidade de pólen de cedro deve ser mais do que o dobro daquela em 2020.

Fonte: News and Culture

Terça: 1.308 casos de Covid-19 no Japão

Na terça-feira, as autoridades no Japão registraram 1.308 casos e 101 mortes.

No terça-feira (16), foram confirmados 1.308 novos casos de coronavírus em 40 províncias e nos aeroportos.

101 pessoas morreram em decorrência da Covid-19, e o número total de mortes sobe para 7.143.

Segundo dados do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar, os pacientes em estado grave totalizam 644, uma queda de 14 em relação ao dia anterior.

Coronavirus Terca Info

Tóquio confirmou 350 novos casos de coronavírus entre pessoas de diversas idades. A média de casos diários nos últimos sete dias é de 369,7, que é 69,1% menor do que na semana anterior. A capital japonesa confirmou 27 mortes. Em fevereiro, morreram 278 pessoas em decorrência do coronavírus. O número já é maior do que o número óbitos do mês de janeiro inteiro, que foi de 259.

Em Osaka, foram confirmadas 98 casos e 9 mortes. Este é o teceiro dia consecutivo com menos de 100 infectados.

Fonte: NHK, Yomiuri e News Digest

«April 2021»
MonTueWedThuFriSatSun
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

DMCA.com Protection Status

Go to top