Confira os resultados do Shooto realizado Domingo no Japão

 

Apesar do prolongamento do estado de emergência na capital do Japão, o Shooto produziu um show com a presença de público que pode prestigiar o evento ‘ao vivo’ no ginásio naquele domingo, ( 16 de maio de 2021 ). A edição que teve lugar no Korakuen Hall, em Tóquio, reuniu a velha e a nova geração do MMA que convergiram no ‘card’ deste Shooto 2021 Volume 3.
 
O ‘main event’ ( ou “evento principal” ) da programação foi uma luta entre o prodígio Yamato Nishikawa, de 18 anos, que finalizou Nobumitsu Osawa, ex-campeão dos meio-médios do Shooto, em um confronto de tirar o fôlego.
 
A luta teve início com Osawa acertando alguns chutes em Nishikawa. O adolescente pressionou para frente buscando acalmar a luta até que resolveu puxar para a guarda. Foi então que Osawa - também um veterano do Rizin FF - fez uso do ‘ground and pound’ enquanto seu oponente procurava finalizar com um triângulo.
 
A finalização com o famigerado golpe viria, porém, já no segundo round, quando Nishikawa - após atacar com os cotovelos - “encaixou” o triângulo e fazendo com que o oponente batesse, faltando sete segundos para o final do round.
 
A vitória foi a nona consecutiva de Nishikawa que ampliou seu ‘recorde’ para 14-3-5. Já Osawa, por sua vez, cai para 13-6.
 
Já no ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) vimos o pioneiro do MMA japonês Caol Uno ( 34-21-5 ) - que comemorava 25 anos como lutador - em um “confronto de gerações” com Taison Naito ( 11-8 ), aluno do seu ex-adversário ( e também ex-professor ) Rumina Sato. 
O veterano de 46 anos acabou sendo derrotado por nocaute com um “gancho” de direita aos 4min e 59seg do segundo round.
 
Em outro “confronto de gerações” deste ‘card’, o invicto Yuto Uda ( 5-0 ) derrotou o ex-rei do Pancrase ( peso mosca ), Kiyotaka Shimizu ( 24-15 ), por decisão unânime dos juízes após três rounds.
 
Destaque para o duelo entre Yamato Hiranuma e Daisuke Murayama, que teve um significado histórico, ao menos para os japoneses. O primeiro é discípulo de Satoru Sayama ( fundador do evento Shooto, em 1985 ) e a luta marcava o retorno de um representante do Sayama Dojo ao Korakuen Hall, local sagrado onde foi realizada a primeira competição profissional do Shooto, em 18 de maio de 1989. 
Atualmente, o evento é de propriedade de Noboru Uruta.
 
Hiranuma, que em sua ilustre carreira no Judô acumula um histórico empate com Hifumi Abe - representante japonês das Olimpíadas de Tóquio - acabou vencendo Daisuke Murayama ( Master Japan Tokyo ) por decisão unânime dos juízes após dois rounds de luta.
 
Já entre as mulheres o destaque ficou para Megumi Sugimoto ( 6-3 ) que voltou à vencer, após perder para Seika Izawa, no DEEP Jewels, ( em março deste ano ), e também para Satomi Takano, no Shooto, ainda em novembro de 2020. A sua “ressurreição” se deu diante de Mikiko Hiyama.
 
No início do primeiro round, Sugimoto bateu em sua adversária repetidamente após uma queda. A vitória veio com um “mata-leão” passados 1min e 31seg do período inicial. Hiyama ainda não conheceu a vitória no MMA. Essa foi a oitava derrota de sua carreira.
 
O ‘card’ do Shooto 2021 Volume 3 teve quatro lutas femininas e sete desafios masculinos. 
 
Confira os resultados do “Shooto 2021 Volume 3” que incluem :
 
Shooto 2021 Volume 3
16 de Maio de 2021
Korakuen Hall
Bunkyo, Tóquio, Japão
 
Yamato Nishikawa venceu Nobumitsu Osawa por finalização ( triângulo ) aos 4:53 do primeiro round
Taison Naito venceu Caol Uno por “KO” ( soco ) aos 4:59 do segundo round 
Yuto Uda venceu Kiyotaka Shimizu por decisão unânime
Kenji Kato venceu Kaito Sakamaki por “TKO” ( socos ) aos 4:43 do terceiro round 
Hayato Ishii x Yasuyuki Nojiri terminou em empate ( unânime )
Kota Onojima venceu Takahiro Ichijo por decisão unânime
Yamato Hiranuma venceu Daisuke Murayama por decisão unânime
Megumi Sugimoto derrotou Mikiko Hiyama por finalização ( “mata-leão” ) aos 1:31 do primeiro round 
Miku Nakamura venceu Kyu Kitano por “TKO”  ( paralisação ) aos 3:07 do segundo round 
Yuki Onoyuki vs. Chihiro Sawada terminou em empate ( unânime )
Norika Ryu venceu Momoka Hoshuyama “TKO”   ( socos ) aos 1:47 do segundo round 
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 17/05/2021
_
Legenda : Megumi Sugimoto voltou à vencer em um ‘card’ marcado por “confrontos de gerações”.
Foto acima : ( Créditos | Cortesia : ( C ) Professional Shooto Japan | ( C ) Japan Shooto Association | ( C ) Sustain | ( C ) AbemaTV ).
 
Legenda : Megumi Sugimoto finalizando a sua adversária com um “mata-leão”.
Foto abaixo : ( Créditos | Cortesia : ( C ) Professional Shooto Japan | ( C ) Japan Shooto Association | ( C ) Sustain | ( C ) AbemaTV ).
image 1621158048 eb27a

Confira os resultados do “Monster War 01” realizado na Coréia do Sul

Para continuar promovendo o crescimento do MMA, os organizadores dos eventos da modalidade apostam até mesmo em “bizarrices” e - se depender das pessoas por trás do The Beast Championship 1 - a Coréia do Sul poderá entrar com força na disputa com a Rússia como uma das protagonistas de cenas inusitadas no esporte.

 
Dohyung Kim, o ‘announcer’ ( ou “locutor” ) do evento sul-coreano “Monster War 01”, foi o destaque do ‘card’ realizado no sábado ( 01 de maio ), na cidade de Paju. Com um sobretudo, óculos escuros e bastante empolgação no anúncio de cada luta, nem mesmo os atletas resistiram aos risos.
 
Por outro lado, não faltou emoção nas lutas propriamente ditas. 
 
O ‘main event’ ( ou “evento principal” ) da programação foi uma luta entre os pesos pesados Jun Soo Lim e Ik Tae Jin, que terminou em uma finalização raramente vista. 
A luta teve início com os dois gigantes ‘trocando’ chutes e socos que ecoaram no estádio Unjeong Team Ace. Mas, limitados em suas combinações, a precisão de seus ataques era mínima.
 
Já no segundo round, Lim puniu Jin com socos curtos ( no chão ), próximo à grade do ‘cage’. Foi então que Lim utilizou uma técnica grosseira, conhecida como “estrangulamento de bulldog”, para chegar à finalização.
 
Lim ( 13-12 ), lutador de 38 anos e conhecido pela alcunha de “Urso Coreano”, consegue sua primeira vitória por finalização desde sua estreia profissional em 2005. Enquanto isso, Jin ( 2-3 ) é finalizado pela primeira vez em sua carreira e perde sua segunda luta seguida.
 
Já no ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) vimos Dong Gyu Kim e Han Gil Choi em disputa válida pela categoria dos pesos galos. A luta só foi definida após três rounds de muita “trocação” e Choi acabou vencendo por decisão unânime dos jurados. Ele melhorou o seu ‘recorde’ para 4-2, enquanto Kim caiu para 8-4.
 
Em outra luta de destaque da programação - também entre os pesos pesados - Jae Woong Youn venceu Sung Jun Lee, do Korean Top Team, desferindo um gancho de esquerda que derrubou o seu adversário e complementando com uma sequência de golpes sem resposta no chão.
 
Kim ( 2-3 ) retornava após um ‘hiato’ de quase sete anos e reverteu uma seqüência de três derrotas seguidas, enquanto Lee ( 1 -4 ) continua em uma “curva descendente” com sua quarta derrota consecutiva.
 
Confira os resultados do “Monster War 01” que incluem :
 
Monster War 01 : “Stars Wars”
01 de Maio de 2021
Estádio Unjeong Team Ace
Paju, Coréia do Sul
 
Jun Soo Lim venceu Ik Tae Jin por finalização ( estrangulamento de “bulldog” ) no segundo round 
Han Gil Choi venceu Dong Gyu Kim por decisão unânime após três rounds
Combat Wrestling: Sung Jong Lee venceu Jong Ki Ahn por finalização ( Ankle Lock ) no segundo round
Seong Chan Hong venceu Jong Hwan Lee por decisão unânime após três rounds
Jae Woong Youn venceu Sung Jun Lee por “TKO” ( socos ) no segundo round
Jun Yeong Lee venceu Dong Hyeon Seo por “TKO” ( interrupção médica) no primeiro round  
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 12/05/2021
_
Legenda : A luta principal do Monster War 01 : “Stars Wars” foi um duelo entre os pesos pesados Jun Soo Lim e Ik Tae Jin.
Foto acima : ( Créditos | Cortesia :  ( C ) Monster War | ( C ) The Beast Championship | Divulgação ).
 
Legenda : Jun Soo Lim venceu Ik Tae Jin com um estrangulamento “bulldog”, em Paju, na Coréia do Sul.
Foto abaixo : ( Créditos | Cortesia :  ( C ) Monster War | ( C ) The Beast Championship | Divulgação ).
Jun Soo Lim chokes out Ik Tae Jin cfd03
 
 

Confira os resultados do “ZST.70” realizado domingo no Japão

 No domingo, 18 de abril de 2021, o Fighting Network ZST promoveu o “ZST.70”. O show de MMA de propriedade de Shuichiro Katsumura teve lugar no GEN Sports Palace, em Tóquio, no Japão.

 
O ponto alto da programação seria o duelo Yutaka Shimamura vs. Asuka Tsubaki, mas esta luta acabou sendo cancelada devido à “uma discrepância no acordo dos termos do contrato”, de acordo com um comunicado lançado pelo Comitê Executivo do ‘ZST’.
 
Os organizadores pediram profundas desculpas aos clientes que estavam ansiosos por esta luta, aos atletas envolvidos ( Yutaka Shimamura e Asuka Tsubaki ), bem como à todos aqueles envolvidos nas artes marciais mistas.
 
Assim sendo, o ‘main event’ ( ou “evento principal” ) do “ZST.70” passou à ser a luta envolvendo os atletas Sho Kogane ( 17-3-2 ) e Hiroki Kishino ( 8-11-1 ). Kogane vinha de um empate com Satoru Kitaoka no ‘iSMOS.1’, realizado em julho de 2020, enquanto Kishino, por outro lado, conquistou quatro vitórias consecutivas no ‘ZST’ e no “Fighting NEXUS” desde dezembro de 2019.
 
Nesta luta - válida pela categoria peso leve - do último domingo, ambos os atletas trocaram socos e chutes em pé durante todo o round inicial. Kogane não permitiu as tentativas de quedas do seu adversário e, já no segundo período, acabou vencendo por decisão unânime após o término dois rounds estipulados para a luta.
 
Já no ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) vimos Yuta Hamamoto ( 1-1-0 ) e Ryutaro Watanabe ( 5-2-3 ) em uma batalha no peso mosca. 
Hamamoto - que trocou o Muay Thai pelo MMA e fez sua estreia profissional no ano passado - ostentava o registro de 1-1 nas artes marciais mistas, enquanto Watanabe, por sua vez, retornava pela primeira vez desde agosto de 2014. 
No entanto, Watanabe - que tem o trabalho de ator como a sua principal atividade atualmente - não sentiu esse período afastado dos ‘cages’ e octógonos e após 4 anos e 8 meses acabou vencendo por nocaute ( com um “gancho de direita” ) aos 3 minutos e 49 segundos do segundo round.
 
Em outra luta bastante comentada deste ‘card’, Keisuke Tamaru ( 13-21-5 ) e Masahiro Nagano ( 3-2-0  ) competiram sob regras semelhantes às do ‘KOK’ ( King Of Kings ) que era promovido pelo antigo RINGS e proíbem socos no rosto quando no solo. 
No 1º round, Nagano, que é discípulo de Hideo Tokoro, defende-se dos ataques de Tamaru, tenta uma chave de braço e também tenta finalizar nas costas do seu adversário, que é salvo pelo gongo.
No round seguinte, os atletas também não desenvolveram muito a luta em pé e partiram para o jogo de solo, onde Tamaru tentou chaves de joelho mas Nagano agüentou e continuou tentando o mata-leão e a chave de braço, como no round inicial.
Após o término do dois rounds, a luta foi para os juízes e Nagano acabou vencendo por decisão unânime ( 3-0 ).
 
O “ZST.70” contou com 10 lutas, sendo 08 realizadas sob as regras profissionais unificadas de MMA e descritas neste evento como “ZST rules”, uma nas regras do ‘KOK’ ( King Of Kings ) e outa nas regras ‘SWAT!’ ( o atleta luta no mesmo dia da pesagem ).
 
Confira os resultados do “ZST.70” que incluem :
 
ZST.70
18 de Abril de 2021
GEN Sports Palace
Shinjuku, Tóquio, Japão
 
Sho Kogane venceu Hiroki Kishino por decisão unânime dos juízes após dois rounds
Ryutaro Watanabe venceu Yuta Hamamoto por ‘KO’ aos 3min e 49s do segundo round
Masahiro Nagano venceu Keisuke Tamaru por decisão unânime dos juízes após dois rounds
Nobuyuki Kanaizuka venceu Masahiro Takasu por decisão unânime dos juízes após dois rounds
Yuya Kodama venceu Ryota Teshigawara por arm-lock aos 4min e 23s do segundo round
Teppei Suwabe venceu Daisuke Matsumoto por decisão dividida após dois rounds
Yasuhiro Wakabayashi venceu Yukito Morinaga por decisão unânime dos juízes após dois rounds
Hiroo “FUMA” Tsumaki venceu Hirotaka Fukuyama por decisão dividida após dois rounds
Shinichi Taira venceu Takashi Morishima por ‘TKO’ aos 2min e 23s do segundo round
Yoshinori venceu Kenta Motohashi por decisão dividida após dois rounds
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 19/04/2021
_
Legenda : Foto após o término do evento com os participantes do “ZST.70”.
Foto acima : ( Créditos | Cortesia : ( C ) Fighting Network ZST | Divulgação ).
 
Legenda : Luta sob as regras do ‘KOK’ ( King Of Kings ) que era promovido pelo antigo RINGS e proíbem socos no rosto quando no solo. 
Foto abaixo : ( Créditos | Cortesia : ( C ) Fighting Network ZST | Divulgação ).
 
210418zst 07 naganoshota 61c9b

 

Onefel Mackeumbou vs John Caseneuil. ( Créditos | Cortesia :  ( C ) Acervo pessoal Mathieu Nicourt | ( C ) FFA Challenge | Divulgação ).

Confira os resultados do evento de MMA FFA Challenge 1 realizado Sábado na França

 Depois do evento de Mixed Martial Arts organizado em Vitry-sur-Seine ( Val-de-Marne ) e do outro no Accor Arena ( Paris XII ), promovido pelos americanos do Bellator, em outubro do ano passado, foi realizado na noite do último sábado, ( 11 de abril de 2021 ), o 3º evento de MMA na França.
 
Promovido por Mathieu Nicourt e Yann Lamothe, o FFA Challenge 1 foi sancionado pela FMMAF - French Mixed Martial Arts Federation e contou com onze lutas de MMA.
 
Proprietário da Free Fight Academy e pioneiro do MMA naquele país, Mathieu Nicourt mostrou-se satisfeito com o sucesso do evento.
-“Tenho esse evento em mente desde outubro ou novembro do ano passado, pois a nossa disciplina só foi autorizada na França há um ano, quando estourou a pandemia.”-disse Nicourt, revelando os motivos do adiamento do seu evento.
 
E foi ainda devido à crise de saúde pública na França que o FFA Challenge 1 aconteceu à ‘portas fechadas’, no Centro SDLC, em Maurepas, ( Yvelines ). 
Mas os fãs do esporte ainda foram presenteados com a  transmissão das lutas ‘ao vivo’ à partir das 20h30 na plataforma de mídia do “Fight Nation”.
 
O ponto alto da programação foi a primeira luta feminina de MMA na França entre a judoca olímpica Rizlen Zouak ( 3-2-0 em MMA ) e a holandesa Senna Van Der Veerdonk, que tem um registro de 2-0-0 nos ‘cages’ e octogónos. Não por acaso, a luta foi o ‘main event’ e portanto “atração principal” do FFA Challenge 1. 
Zouak acabou vencendo por decisão unânime.
 
Após o término do show, Nicourt, 48 anos, 25 nos esportes de combates - incluindo a conquista de 2 títulos europeus de Vale Tudo, antecessor do MMA - anunciou que seus planos consistem em realizar 6 eventos por ano.
Uma meta ainda modesta, em comparação aos Estados Unidos e outros “polos” do esporte nos quatro cantos do planeta, onde se realizam promoções de MMA todas as semanas.
 
Mal foi legalizado, a França já quebra barreiras e pousa como exemplo para o esporte. Vive la France!
 
Confira os resultados do “FFA Challenge 1” que incluem :
 
FFA Challenge 1
10 de Abril de 2021
Maurepas, ( Yvelines )
Paris, França
 
Rizlen Zouak venceu Senna Van Der Veerdonk por decisão unânime
Younes Najid vs David Karp
Helder Fernandes vs Florian Samy
Lois Laurent vs Matthieu Letho
Onefel Mackoumbou venceu John Caseneuil por decisão dividida
Wissame Akhmouch venceu Teddy Hamelin por finalização no primeiro round
Bourama Camara venceu Idriss M’roivili por nocaute técnico no segundo round
Thomas Glot venceu Maxime Dumas por finalização ( mata-leão ) no terceiro round
Maximillien Vallot venceu Anass Mehraz por decisão unânime
Irvin Bared venceu Julien Sault por decisão unânime
Abdallah Bellaoui venceu Rosco Robin por decisão
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 12/04/2021
_
Legenda : O FFA Challenge 1 contou com onze lutas de MMA. No flagrante, Onefel Mackeumbou vs John Caseneuil.
Foto acima : ( Créditos | Cortesia :  ( C ) Acervo pessoal Mathieu Nicourt | ( C ) FFA Challenge | Divulgação ).
 
Legenda : A judoca olímpica Rizlen Zouak é a nova promessa da França no MMA. 
Foto abaixo : ( Créditos | Cortesia :  ( C ) Acervo pessoal Rizlen Zouak | ( C ) DR / Aares Fighting | Divulgação ).
7GQPLLOLDNEKDEUYRIXB62KP7M 2460f
 
( Créditos | Cortesia : ( C )  Wu Lin Feng | ( C )  WLF | ( C )  Henan TV | Divulgação ).

Confira os resultados da 1ª fase do Wu Lin Feng 2021: World Contender League realizado na China

 Criado em 2003, o Wu Lin Feng é o show de artes marciais mistas ( MMA, na sigla em inglês para Mixed Martial Arts ) e “trocação” ( termo que designa todos os estilos de ‘lutas em pé’ ) mais antigo da China e carrega as memórias juvenis de uma geração de fãs de lutas em geral. A promoção tornou-se mais internacional à partir de 2007, quando resolver trazer novos desafiantes de outros países e iniciou filmagens no exterior, inclusive na Holanda, Alemanha, Reino Unido, Portugal, Romênia, Rússia, Nova Zelândia, Tailândia, Laos, Emirados Árabes Unidos, Canadá e Estados Unidos.

O perfil dos participantes dos shows do Wu Lin Feng incluem lutadores de K-1, profissionais de MMA e lutadores de Muay Thai, além de praticantes de Wushu ( Kung Fu ) e Sanda ( Boxe Chinês ).

Já em 2013, a promoção foi classificada entre os 100 programas ‘mais vistos na China’ com transmissão de televisão por satélite e cabo.

Apesar de promover mais as lutas de Kickboxing, o WLF também realizava esporadicamente algumas lutas de MMA, em eventos sob o nome “EPIC”, que significava ‘Elimination Power In Cage’.
Em 2017 tais eventos foram renomeados para ‘WARS’ ( ou “Warriors Arena of Ruthless Submission” ).
O mais recente show do “braço” de MMA da franquia, o WLF MMA 50 foi realizado em 14 de janeiro deste ano.

No sábado, 27 de março de 2021, Zhengzhou ( capital e maior cidade da província de Henan ), recebeu o Wu Lin Feng 2021: World Contender League ( 1ª fase ).
O evento foi transmitido ‘ao vivo’ pela Henan TV às 7 horas da manhã, ( horário do leste dos EUA ).

A “atração principal” e portanto ‘main event’ deste WLF foi a disputa entre Wei Rui - listado por alguns sites especializados como um dos melhores ‘lutadores peso por peso’ do planeta - diante do seu compatriota Liu Wei, em uma competição até 64 Kg.

Já no ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) vimos Feng OuYang e Wenbao Han que lutaram pelo título de melhor lutador da China até 70 kg.

Os resultados da transmissão da TV chinesa estão abaixo. Houveram lutas adicionais no ‘card’ deste WLF, mas estas não foram incluídas na transmissão.

Wu Lin Feng 2021: World Contender League ( 1ª fase )
27 de Março de 2021
Zhengzhou, Henan
China

Wei Rui venceu Liu Wei por decisão após round extra
Ouyang Feng venceu Han Wenbao por decisão - até 70 kg
Yi Yuxuan venceu Zhang Jun por decisão
Zhu Shuai venceu Wei Weiyang por decisão unânime - até 63 Kgs
Yang Yang venceu Guo Chengru por decisão
Jin Ying venceu Shun Li por decisão - Válido pelo World Contender League até 63 Kgs
Zheng Jungfeng venceu Wang Zhiwei por decisão após round extra - até 63 quilos
Xu Yuanqing venceu Cheng Jungfeng por decisão unânime

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 29/03/2021
_
Legenda : O WLF é a promoção de Kickboxing e MMA mais antiga da China.
Foto acima : ( Créditos | Cortesia : ( C ) Wu Lin Feng | ( C ) WLF | ( C ) Henan TV | Divulgação ).

Legenda : As mulheres estão conquistando cada vez mais espaço nas competições de artes marciais e esportes de contato na China.
Foto abaixo: ( Créditos | Cortesia : ( C ) Wu Lin Feng | ( C ) WLF | ( C ) Henan TV | Divulgação ).

166409302 494160708629350 7746090874206322960 n 14d6a

Confira os resultados do Double G 6 que foi realizado no final de semana em Seul

 

O show de MMA Double G 6 ( ou Double G FC 6 ) aconteceu na noite de sexta-feira, ( 19 de março ), no Sindorim Techno Mart Grand Ballroom, em Seul, capital da Coréia do Sul. O evento contou com a presença de público no ginásio, embora em número limitado.

No ‘main event’ ( e portanto “evento principal” ) da programação, vimos Yong Joo Lim vencer Jong Ki Ahn e conquistar a sua chance de disputar o título de campeão do peso meio médio diante de Tae Ho Jin, o que deverá ocorrer em uma data futura.

Ahn iniciou a luta mantendo o seu adversário junto à grade do ‘cage’. Na sequência, ele desferiu uma saraivada de socos até derrubar Lim com um curto “gancho” de esquerda.

Na sequência, “The Korean Wonderboy” usou o seu “footwork” ( ou ‘jogo de pernas’, se preferir ) para tomar o centro do ‘cage’. Na metade do primeiro round, Lim foi derrubado novamente, mas foi capaz de se levantar rapidamente, só para ser novamente castigado por seu oponente. Lim, no entanto, acertou um contra-ataque direito que derrubou Ahn já no final do período inicial.

Iniciado o segundo round, Lim - que é especialista em Karatê - conectou novamente um direto de direita que levou Ahn ao nocaute, passado pouco mais de um minuto do segundo período.
Com a vitória, Lim elevou o seu recorde profissional de MMA para 3-3 enquanto Ahn caiu para 2-2.

Já o ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) do ‘card’ nos trouxe Se Hyun Kim em luta de peso combinado ( 58 kg ) diante de Hyun Sung Park.

Kim só soube da luta com uma semana de antecedência e voou da Ilha de Jeju para substituir Chang Ho Lee, que sofreu uma lesão durante o treinamento.

O confronto se iniciou de forma inesperada, com os dois “strikers” insistindo no trabalho de ‘clinch’. Park pressionou Kim contra o ‘cage’ trabalhando com golpes curtos e joelhadas sempre que podia, mas que não foram suficientes para impedir a interrupção pelo árbitro, que os separou.

À partir daí, Park tentou levar a luta para o chão, quando conseguiu uma bela queda e estabeleceu o controle lateral. Kim ainda resistiu após levar alguns socos no rosto, mas acabou finalizado com um estrangulamento.

Park ( 4-0 ) se estabeleceu como uma das maiores prospectos dos pesos moscas enquanto Kim ( 3-2 ) voltou ao estaleiro.

Outro lutador que teve uma atuação de destaque no ‘card’ foi o jovem peso leve Hoon Lee ( 5-3 ) que vinha de uma derrota por finalização no último evento ( Double G 5 ), mas se redimiu ao vencer Byung Seok Kim ( 3-2 ) com uma sequência de golpes que levaram o seu adversário ao nocaute no terceiro round.

Confira os resultados do “Double G 6” que incluem :

Double G 6
19 de Março de 2021
Sindorim Techno Mart Grand Ballroom
Seul, Coréia do Sul

Yong Joo Lim venceu Jong Ki Ahn por “KO” ( soco ) aos 1:05 do segundo round
Hyun Sung Park venceu Se Hyun Kim por finalização ( mata-leão ) aos 3:58 do primeiro round
Seung Min Shin venceu Jae Hyeok Bang por decisão unânime após três rounds de cinco minutos cada
Burenzorig Batmunkh venceu Sung Kwon Kim por decisão unânime após três rounds de cinco minutos cada
Young Hoon Lee venceu Byung Seok Kim por “TKO” ( golpes ) aos 3:50 do terceiro round
Kyung Sup Lee vs Dong Hyun Seo terminou em empate
Tserendash Azjargal venceu Ho Jun Lee por decisão unânime após três rounds de cinco minutos cada

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 24/03/2021
_
Legenda : Yong Joo Lim disputará o título de campeão dos meio médios após vencer por nocaute no Double G 6.
Foto : ( Créditos | Cortesia : ( C ) Double G | Divulgação ).

 

«May 2021»
MonTueWedThuFriSatSun
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      

DMCA.com Protection Status

Go to top