Camila Rivarola retornará ao MMA no Zeus FC 4 em Seul

Embora a ameaça do “COVID-19” - anteriormente denominado “coronavírus Wuhan” - esteja cancelando eventos em toda a Ásia, a Coréia do Sul aparentemente conteve a disseminação do vírus dentro do país e as preocupações com a segurança diminuíram, com o governo incentivando publicamente os cidadãos a continuar suas vidas diárias “normalmente”.

Assim sendo, o Swiss Grand Hotel Convention Hall ( antigo Grand Hilton Hotel ) em Seul, capital da Coréia do Sul, será palco do Zeus FC 4, no próximo dia 29 de fevereiro.

A promoção de MMA já anunciou três confrontos que apresentam uma mistura de promissores lutadores locais e talentosos atletas internacionais.

Kwon Hye Lin ( 2-3 ) enfrentará Camila Rivarola ( 2-2-1 ) em um confronto da categoria peso palha. Kwon, 27 anos, é uma lutadora de Taekwondo com um ataque pesado. Na última aparição da atleta de 27 anos, ela venceu com joelhadas no segundo round de uma luta de Kickboxing no Max FC 20.

Já Rivarola, uma lutadora da Suécia que agora treina em Paris, França, é um veterana do Bellator MMA e campeã de Kickboxing. Apesar de ter apenas dois anos de carreira no MMA, a ‘kickboxer’ tem muita experiência em competir no território inimigo.
Com passagens por promoções do porte do 100% Fight, Le ROI DU FIGHT 2019 e XFN, entre outras, a atleta figura entre as primeiras colocadas dos principais ‘rankings’ femininos peso por peso da França, Reino Unido e Irlanda.

Além disso, uma luta intrigante na categoria peso mosca entre Choi Seung Guk ( 3-1 ) e Kerwin Tan ( 0-0 ) também está programada. Choi, um discípulo do Zumbi coreano no MMA, passou muito tempo competindo nas ligas amadoras e se tornou profissional em 2018.

Depois de acumular um ‘recorde’ de 1 a 1 em seu primeiro ano, ele melhorou e obteve duas vitórias consecutivas no ano seguinte.

Seu oponente, Tan, é uma promessa das Filipinas que representa o Hitman MMA, onde treina com o veterano do ONE Championship, Burn Soriano.

Por fim, Jo Jung Yong ( 0-0 ) e Jung Ho Won ( 0-2 ) se enfrentarão em um confronto no peso leve. Enquanto Jo fará sua estréia na promoção, Jung entrará nessa luta vindo de uma sequência de duas derrotas.

Apesar de ter anunciado apenas três lutas para esse ‘card’, o Zeus FC já está pensando no futuro e promete fazer novos shows em um ritmo mais acelerado daqui para a frente.

Zeus FC 4
29 de fevereiro de 2020
Swiss Grand Hotel Convention Hall
Seul, Coréia do Sul

Kwon Hye Lin vs Camila Rivarola ( peso palha )
Choi Seung Guk vs Kerwin Tan ( peso mosca )
Jo Jun Yong vs Jung Ho Won ( peso leve )

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 17/02/2020
_
Foto acima : Veterana do Bellator MMA, Camila Rivarola também é campeã de Kickboxing. Na imagem, Rivarola aparece com o cinturão do Battle Arena. ( Créditos | Cortesia : Arquivo pessoal Camila Rivarola | Zeus FC | Bellator MMA | Battle Arena ).

Abaixo : Veterana do Bellator MMA, Camila Rivarola também é campeã de Kickboxing. Na imagem, Rivarola aparece na pesagem antes da sua luta no XFN. ( Créditos | Cortesia : Arquivo pessoal Camila Rivarola | Zeus FC | Bellator MMA | XFN ).

Camila ranking f8752

Excursão - Coreia - Busan - Seul

Por: Fotógrafo - Mario Hirano | Japan Tour.

 MHH0101 9fc83

 MHH0009 0b550

 MHH0127 49756

Galeria de fotos aqui

Excursão da Coreia - Seul 2018

Por: Mario Hideaki Hirano - Fotógrafo.

No dia 14 de julho de 2018, sábado, excursão para Coreia.

MHH 0012 db2ff

Excursão de 3 dias.

Saindo de Osaka - Kansai para Seul - Incheon.

A Japan Tour - fez o roteiro da excursão:

1- Shopping em Seul Myeongdong.

2- Palácio de Seul.

3- Torre de Seul.

4- Visita ao Cassino.

5- Passeio Noturno e compras.

MHH 0105 2ec7d

Incluso: passagem aérea, 2 noites em Hotel com café da manha, transporte aos pontos turísticos.

A Japan Tour, convidou um brasileiro que mora no Seul, há 7 anos, que esta fazendo faculdade de engenharia, que domina a língua coreana e escrita.
Nome do guia - tradutor: Leonardo Ferreira - também é professor de escrita coreana.
Link: www.facebook.com/brasilcoreia

Nome do proprietário do Hotel: Chang Yoon-Bai, morou 20 anos no Brasil, sendo assim fala bem o português.

MHH 0398 8f984

Nome do Hotel: NamSan Hill Hotel.
Imagens: Fotógrafo Mario Hideaki Hirano.

Galeria de fotos aqui

Confira os resultados do Double G 6 que foi realizado no final de semana em Seul

 

O show de MMA Double G 6 ( ou Double G FC 6 ) aconteceu na noite de sexta-feira, ( 19 de março ), no Sindorim Techno Mart Grand Ballroom, em Seul, capital da Coréia do Sul. O evento contou com a presença de público no ginásio, embora em número limitado.

No ‘main event’ ( e portanto “evento principal” ) da programação, vimos Yong Joo Lim vencer Jong Ki Ahn e conquistar a sua chance de disputar o título de campeão do peso meio médio diante de Tae Ho Jin, o que deverá ocorrer em uma data futura.

Ahn iniciou a luta mantendo o seu adversário junto à grade do ‘cage’. Na sequência, ele desferiu uma saraivada de socos até derrubar Lim com um curto “gancho” de esquerda.

Na sequência, “The Korean Wonderboy” usou o seu “footwork” ( ou ‘jogo de pernas’, se preferir ) para tomar o centro do ‘cage’. Na metade do primeiro round, Lim foi derrubado novamente, mas foi capaz de se levantar rapidamente, só para ser novamente castigado por seu oponente. Lim, no entanto, acertou um contra-ataque direito que derrubou Ahn já no final do período inicial.

Iniciado o segundo round, Lim - que é especialista em Karatê - conectou novamente um direto de direita que levou Ahn ao nocaute, passado pouco mais de um minuto do segundo período.
Com a vitória, Lim elevou o seu recorde profissional de MMA para 3-3 enquanto Ahn caiu para 2-2.

Já o ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) do ‘card’ nos trouxe Se Hyun Kim em luta de peso combinado ( 58 kg ) diante de Hyun Sung Park.

Kim só soube da luta com uma semana de antecedência e voou da Ilha de Jeju para substituir Chang Ho Lee, que sofreu uma lesão durante o treinamento.

O confronto se iniciou de forma inesperada, com os dois “strikers” insistindo no trabalho de ‘clinch’. Park pressionou Kim contra o ‘cage’ trabalhando com golpes curtos e joelhadas sempre que podia, mas que não foram suficientes para impedir a interrupção pelo árbitro, que os separou.

À partir daí, Park tentou levar a luta para o chão, quando conseguiu uma bela queda e estabeleceu o controle lateral. Kim ainda resistiu após levar alguns socos no rosto, mas acabou finalizado com um estrangulamento.

Park ( 4-0 ) se estabeleceu como uma das maiores prospectos dos pesos moscas enquanto Kim ( 3-2 ) voltou ao estaleiro.

Outro lutador que teve uma atuação de destaque no ‘card’ foi o jovem peso leve Hoon Lee ( 5-3 ) que vinha de uma derrota por finalização no último evento ( Double G 5 ), mas se redimiu ao vencer Byung Seok Kim ( 3-2 ) com uma sequência de golpes que levaram o seu adversário ao nocaute no terceiro round.

Confira os resultados do “Double G 6” que incluem :

Double G 6
19 de Março de 2021
Sindorim Techno Mart Grand Ballroom
Seul, Coréia do Sul

Yong Joo Lim venceu Jong Ki Ahn por “KO” ( soco ) aos 1:05 do segundo round
Hyun Sung Park venceu Se Hyun Kim por finalização ( mata-leão ) aos 3:58 do primeiro round
Seung Min Shin venceu Jae Hyeok Bang por decisão unânime após três rounds de cinco minutos cada
Burenzorig Batmunkh venceu Sung Kwon Kim por decisão unânime após três rounds de cinco minutos cada
Young Hoon Lee venceu Byung Seok Kim por “TKO” ( golpes ) aos 3:50 do terceiro round
Kyung Sup Lee vs Dong Hyun Seo terminou em empate
Tserendash Azjargal venceu Ho Jun Lee por decisão unânime após três rounds de cinco minutos cada

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 24/03/2021
_
Legenda : Yong Joo Lim disputará o título de campeão dos meio médios após vencer por nocaute no Double G 6.
Foto : ( Créditos | Cortesia : ( C ) Double G | Divulgação ).

 

( Créditos | Cortesia : ( C ) Yohap | ( C )  The Korea Times | ( C ) Road FC | Divulgação ).

AFC 15, TBC 1, Double G 6, ARC 4 e Road FC movimentam o MMA sul-coreano

 O MMA sul-coreano iniciou o ano de 2021 em grande estilo, com uma variedade de shows já realizados e outros tantos ‘cards’ programados para um espaço de semanas apenas.

Entendemos que os fãs gostariam de ler sempre coberturas pontuais e completas, contudo, devido à diversidade das nossas atividades, “pescamos” apenas os maiores destaques dos eventos já realizados para ilustrar o nosso artigo de maneira justa e enxuta. Também daremos espaço para os próximos torneios, de forma que o leitor possa ter uma ideia do desenvolvimento da cena sul-coreana do MMA. Uma miríade de promoções movimentam o esporte no país.

Jae Young Kim encabeçou o AFC 15 e defendeu com sucesso o cinturão de campeão do peso médio ao ‘demolir’ Sang Il Ahn com socos - que levaram à interrupção do árbitro - passados apenas 47 segundos do round inicial de sua luta, na noite de 26 de fevereiro, ( sexta-feira ), em Seul, capital da Coréia do Sul.

No dia seguinte ( 27 de fevereiro ), foi a vez do show batizado como “The Beast Championship 1” ( TBC 1 ), ser realizado em Paju. No evento principal da nova franquia, vimos Min Hyeok Lee e Jin Se Lee em uma “blitz” violenta.

Min, um veterano do Extreme Combat e do OWS 10, “gastou” todos os rounds da sua luta para vencer por decisão unânime dos jurados. O atleta melhorou o seu cartel no MMA para 6-2, enquanto seu adversário Jin Se Lee caiu para 4-3.

Já na próxima sexta-feira, ( 19 de março ), o MMA estará de volta à Seul com o Double G 6. O título inaugural do peso pena estará em jogo na atração principal da programação, quando Jun Young Hong e Azizbek Satibaldiev farão uma revanche.

Hong ( 10-6-1 ), profissional de MMA desde 2014, vem de uma vitória sobre Sang Won Kim no Double G 5.
Satibaldiev ( 16-7 ), por sua vez, não luta desde 2019, quando venceu Hong. Na ocasião, ele já vinha de uma sequência de cinco vitórias consecutivas.

Já o ARC 4 está programado para o dia 27 de março, também na capital sul-coreana. A competição terá lugar no Hot6ix Afreeca Colosseum, uma arena de e-sports, dentro da Lotte World Tower, no sul de Seul.

A atração principal do ‘card’ trará o mongol Nandin Erdene ( 13-6 ), vindo de vitórias no ARC 1 e ARC 2 em 2020, diante do sul-coreano Seung Mo Park ( 1-0 ), que vem de vitória por decisão dividida sobre Sung Soo Lee no show inaugural da promoção.

O ARC é uma promoção ‘spin off’ lançada pelo Road FC no ano passado.

Por falar em Road FC, rumores dão conta que esta - que é a mais tradicional franquia do MMA sul-coreano na atualidade - estará retornando em maio. O Road FC não é organizado formalmente em um evento numerado desde 2019.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 18/03/2021
_
Foto : A sul-coreana Seo Hee Ham, campeã do Road FC, já lutou no UFC e também no Japão em eventos como DEEP, Smackgirl e RIZIN. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Yohap | ( C ) The Korea Times | ( C ) Road FC | Divulgação ).

«May 2021»
MonTueWedThuFriSatSun
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      

DMCA.com Protection Status

Go to top