Aichi e Gifu continuam com tensão no sistema médico

Embora tenha havido queda nos novos casos diários de pessoas infectadas pelo coronavírus, por 7 dias consecutivos, é preciso reduzir ainda mais.

Na quinta-feira (27) foram 393 testados positivo para o novo coronavírus em Aichi, em queda pelo sétimo dia consecutivo.

Em Gifu foram 70 e em Mie foram 27, em queda pelo nono e oitavo dias consecutivos, respectivamente.

A taxa de ocupação dos leitos pelos enfermos com Covid-19 é 62% em Aichi e 63% em Gifu.

Embora o número diário de pessoas infectadas esteja diminuindo, o de enfermos graves continua elevado. São 99 em Aichi, o maior de todos os tempos, 21 em Gifu e 14 em Mie.

Fonte: Tokai TV

Local de vacinação em Tóquio não poderá ser usado na aplicação da segunda dose

Local de vacinação em Tóquio não poderá ser usado na aplicação da segunda dose devido às Olimpíadas.

Área em desuso do Mercado de Peixes Tsukiji será utilizada para a aplicação das vacinas contra coronavírus para policiais e bombeiros em Tóquio no próximo mês.

Entretanto, como o local será utilizado como estacionamento principal de veículos de transporte nas Olimpíadas de Tóquio, a vacinação deverá ocorrer antes do início dos preparativos finais, disseram os responsáveis.

O local será utilizado apenas até o fim de junho e, como todos que tomarem a primeira dose devem esperar pelo menos 3 semanas para receber a segunda, não será possível aplicar a segunda dose neste local, devido aos preparativos para as Olimpíadas.

Devido a esse problema, o governo de Tóquio está preparando outro local de vacinação.

Fonte: NHK

Hamamatsu: estado de vigilância pelo aumento da infecção entre jovens e estrangeiros

A cidade declarou seu próprio estado de vigilância devido ao aumento de pessoas infectadas após o feriado da Golden Week.

O prefeito da cidade de Hamamatsu (Shizuoka), Yasutomo Suzuki, anunciou que após o feriado da Golden Week o número de pessoas infectadas foi elevado, de 553 até quarta-feira (26).

Por isso, declarou o próprio estado de vigilância, pedindo aos cidadãos “mais cautela do que até agora, principalmente para não contagiar a família”.

Essa declaração não solicita a redução do expediente comercial mas tem o pedido aos cidadãos de abstenção para se deslocar desnecessariamente ou sem urgência para as 10 províncias sob estado de emergência ou 8 sob medidas prioritárias.

O que chama a atenção é a proporção de novos casos de infecção entre adolescentes e jovens na faixa de até 20 anos, bem como entre os estrangeiros da cidade, após o feriado.

A proporção dos jovens testados positivo entre 7 e 26 deste mês é de 40%, o dobro em relação a dezembro do ano passado. Em relação aos estrangeiros, até o final de abril ficava na casa dos 10% mas aumentou repentinamente para 25% nesse período pós-feriado.

Como medidas preventivas em relação aos estrangeiros, a prefeitura irá providenciar materiais informativos em diversos idiomas, além de pedir cooperação para as empresas que os empregam.

Fontes: Shizuoka Shimbun e TV Shizuoka

Sabor de pistache do Pino neste verão

O tão a amado Pino também no sabor de pistache. Veja a partir de quando.

Nos últimos anos, o mercado de doces tem visto o lançamento de produtos com sabor de pistache um atrás do outro.

Só no mercado de sorvetes, a quantidade de vendas em sabores de pistache cresceu cerca de 10 vezes em apenas 4 anos, de acordo com uma pesquisa conduzida pela Intage SRI para o Mercado de Sorvetes.

E entrando na onda do pistache está o tão amado Pino.

Em seu mais recente lançamento, o suave sorvete de pistache atua como recheio desse doce coberto com chocolate, criando um sabor harmonioso que deixará você querendo mais.

O aromático sorvete de pistache é misturado com a pasta do fruto e coberto com uma fina camada de chocolate ao leite e raspinhas de pistache crocantes. O ingrediente secreto, o sal francês Lorraine, é adicionado ao sorvete, realçando a intensidade e doçura do sabor de pistache.

O novo sabor estará nas lojas de conveniência a partir de 31 de maio, antes de chegar aos supermercados em 12 de julho. O sabor especial será vendido por tempo limitado, até por volta de novembro deste ano.

Fonte: Grape Japan

Falências no Japão relacionadas à pandemia chegam a 1,5 mil

As falências poderiam aumentar ainda mais agora que um terceiro estado de emergência para Tóquio e outras áreas deve ser estendido.

Novos números revelam que 1,5 mil empresas no Japão faliram devido à pandemia de coronavírus desde fevereiro do ano passado.

A companhia de pesquisa de crédito Teikoku Databank diz que estas empresas ou já declararam falência ou fecharam em preparação para procedimentos de liquidação.

A indústria de restaurantes vem sendo a mais prejudicada, com 250 negócios falindo, seguida pela área da construção com 140 e hotéis com 89.

Totais mensais vêm aumentando desde janeiro, quando o segundo estado de emergência pelo coronavírus iniciou na Grande Área de Tóquio.

Segundo o Teikoku Databank, os efeitos sobre o setor de restaurantes e de hotéis estão se espalhando para indústrias relacionadas. Quando um hotel encerra operações, contratantes de pequeno e médio porte especializadas em reparos e trabalho elétrico também tem que fechar.

A companhia de pesquisa acrescenta que o número de falências no Japão poderia aumentar ainda mais agora que um terceiro estado de emergência para Tóquio e outras áreas deve ser estendido.

Fonte: NHK

Japão: preocupação com a cepa indiana, cuja taxa de infectividade é 1,5 vez maior

Além de mais contagiosa e letal, a variante indiana pode substituir a britânica em pouco tempo.

Na quarta-feira (26), Takaji Wakita, diretor do NIID-Instituto Nacional de Doenças Infecciosas, disse que é altamente provável que os vírus mutantes no Japão sejam substituídos pela cepa indiana, daqui em diante. 

Atualmente, a maioria dos vírus mutantes no Japão é da variante britânica.

O diretor Wakita afirmou em uma reunião sobre novas medidas contra a Covid-19, realizada no MHLW-Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar,  que a taxa de infectividade da variante indiana é “cerca de 1,5 vez maior” do que a do tipo britânico.

Portanto, é altamente provável que no Japão, a variante britânica seja substituída por essa de mais infectividade, ou seja, mais contagiosa.

No Japão já foram confirmadas 29 pessoas infectadas por essa variante da Índia, em 7 províncias até 24 deste mês. O aumento foi de 3 vezes em relação à semana anterior.

O maior número de pessoas infectadas com cepas indianas foi de 6 em Chiba e em Osaka. Em seguida, foram 5 pessoas em Tóquio e em Shizuoka. Além disso, houve relatos de 4 pessoas em Hyogo, 2 em Kanagawa e 1 em Hiroshima.

Assistência médica para outros pacientes poderá ser afetada

O tipo indiano pode enfraquecer o efeito da vacina contra o novo coronavírus, por isso, Wakita destacou que é importante fortalecer o sistema de monitoramento e identificar as pessoas infectadas o mais rápido possível.

Em áreas como Tóquio e Osaka, um mês após a emissão da declaração do estado de emergência, o número de pessoas infectadas diárias está diminuindo.

Por outro lado, os casos diários em Hokkaido e Okinawa continuam altos. O número de pessoas gravemente doentes em todo o país continua a aumentar e há preocupações de que o sistema de provisão de assistência médica ficará muito restrito.

Fontes: ANN e Nikkei

Superlua e eclipse total na noite de quarta-feira

Fenômeno raro de superlua com eclipse total encantou pessoas em diversas regiões.

Os fenômenos astronômicos da superlua e eclipse total iluminaram a noite de quarta-feira (26). A lua se elevou aos céus por volta das 18h44 parcialmente escondida. O eclipse total começou por volta das 20h9 e durou até as 20h28.

Infelizmente, o tempo estava nublado em diversas províncias, e o evento pode ser observado apenas nas regiões de Tohoku, Hokkaido e Ilhas Ogasawara. O fenômeno encantou pessoas em diversas regiões.

Por volta das 21h53, o fenômeno estava totalmente encerrado. Segundo o Observatório Astronômico Nacional do Japão, o próximo eclipse total que poderá ser visto no Japão acontecerá em 2022, no dia 8 de novembro.

O próximo fenômeno de superlua com eclipse total acontecerá apenas daqui a 12 anos, segundo o observatório.

{youtube}https://youtu.be/gaSWa42EW1U{/youtube}

Fonte: NHK

Covid-19: Japão aumentará incentivos financeiros para clínicas administrarem vacinas

A ação ocorre quando o país corre para melhorar seu lento programa de inoculação.

O governo japonês aumentará incentivos financeiros para clínica administrarem vacinas contra Covid-19 e vai considerar expandir o número de profissionais da saúde para técnicos de laboratórios clínicos e paramédicos permitidos a aplicarem as doses, disse seu principal porta-voz na terça-feira (25).

A ação ocorre quando o país corre para melhorar seu lento programa de inoculação.

O Secretário-Chefe do Gabinete, Katsunobu Kato, disse em uma coletiva de imprensa que o governo aumentará os pagamentos de ¥2.070 que as clínicas recebem atualmente para cada dose de vacina contra Covid-19 que elas administram para ¥4.070 a instalações que aplicam 100 ou mais doses por semana ao longo de 4 semanas, e para ¥5.070 àquelas que administram 150 ou mais doses.

Clínicas e hospitais que administram 50 doses ou mais por dia receberão ¥100.000 por dia e serão mais recompensados por despachar médicos e profissionais da enfermagem a outras instalações onde falta pessoal.

Paramédicos e técnicos de laboratórios clínicos se juntam a dentistas na lista de profissionais da saúde que poderiam ser autorizados a aplicar vacinas.

Farmacêuticos, os quais Kono sugeriu anteriormente que também poderiam ser chamados, e técnicos radiológicos, atuarão em papéis de suporte como monitoramento de pessoas que recebem doses, observando efeitos colaterais, disse Kato.

Fonte: Japan Today

Governo considera aprovar a venda da pílula do dia seguinte nas farmácias

O comprimido chamado também de contraceptivo de emergência ou de prevenção da gravidez, poderá passar a ser vendido nas farmácias.

O Levonorgestrel pode evitar a gravidez, até certo ponto, se ingerido pela mulher, dentro de 72 horas após a relação sexual. No entanto, ainda é preciso uma receita médica para adquiri-lo, por isso, a mulher tem necessidade de consultar um ginecologista.

Quatro anos atrás, o mesmo grupo de estudo discutiu se permitiria a venda nas farmácias, mas como a educação sexual no Japão é atrasada em comparação com a Europa e os Estados Unidos, supôs-se que não há compreensão suficiente sobre os anticoncepcionais pelos alunos.

Depois disso, a situação mudou. Desde o ano retrasado, cerca de 9 mil farmacêuticos treinados começaram a prescrever a pílula do dia seguinte em atendimento online. Assim, o governo decidiu instalar novamente o grupo de estudos para ampliar a discussão.

Fonte: NHK

Covid-19: 85 pessoas morreram após a vacinação

O Ministério da Saúde reportou que, dentre as 6 milhões de pessoas vacinadas, 85 morreram após a vacinação.

O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar (MHLW) revelou na quarta-feira (26) que 85 pessoas, entre 25 e 102 anos de idade, morreram após a vacinação. Até o momento, cerca de 6,02 milhões de pessoas receberam a vacina no Japão.

Segundo o relatório do ministério, 78% dos mortos são idosos com mais de 65 anos. Os principais sintomas fatais após a vacinação foram hemorragia cerebral e insuficiência cardíaca.

O ministério não esclareceu a relação da vacinação com as mortes, e disse que não era possível avaliar detalhadamente por falta de informações.

Dentre as pessoas vacinadas até o dia 16 deste mês, foram confirmados 146 casos de choque anafilático, o equivalente a 1 em 49 pessoas vacinadas.

Fonte: NHK

« June 2021 »
Mon Tue Wed Thu Fri Sat Sun
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30        

FreeCurrencyRates.com

Visitantes online

Contador de visitas

Today2214
Yesterday1751
This week2214
This month7891
Total7891

21-06-21
Go to top