Lei juvenil sofrerá mudanças para punir jovens de 18 e 19 anos

Governo anuncia que pretende mudar a lei juvenil para punir jovens entre 18 e 19 anos como "adultos".

Durante reunião de gabinete desta sexta-feira (19), os membros do Partido Liberal Democrata decidiram mudar a lei juvenil (shonen-ho) e reduzir a maioridade para 18 anos.

Os jovens de 18 e 19 anos continuarão a ser protegidos pela lei juvenil, mas terão uma classificação especial, de “jovens específicos” (tokutei shonen). A lei continuará a manter o Tribunal da Família como responsável pelos incidentes criminais de juvenis. Entretanto, a mudança aumentará a quantidade de incidentes que serão encarregados à promotoria.

Os casos que podem ser enviados à promotoria incluem assassinatos ou homicídios dolosos, roubos, incêndios, estupros, entre outros. Nesse caso, os jovens serão julgados da mesma forma de que adultos, podendo ter os seus nomes, fotos e informações pessoais divulgados.

Após o pedido formal ao parlamento, o Ministério da Justiça efetuará novas provisões para tratar os pessoas entre 18 e 19 anos como “jovens específicos”.

Fonte: NHK

Cidade oferecerá cartões-presente aos residentes que forem vacinados

O cartão-presente poderá ser usado em pequenos estabelecimentos na cidade.

Uma cidade na província de Saitama anunciou que fornecerá a cada residente que receber a vacina contra Covid-19 um cartão-presente no valor de ¥1.000.

O Governo Municipal de Miyashiro separou ¥60 milhões (cerca de $570 mil) para o esquema em seu orçamento do ano fiscal de 2021.

De acordo com a divisão de saúde da cidade, cerca de 30 mil residentes com idade igual ou superior a 16 são elegíveis para receber as vacinações.

Cada pessoa imunizada receberá um “cartão-presente de agradecimento” no valor de ¥1.000, emitido pela câmara do comércio da cidade. O cartão-presente poderá ser usado em pequenos estabelecimentos na cidade.

Como as pessoas que receberem a vacina produzida pela companhia farmacêutica dos EUA, Pfizer, serão inoculadas com duas doses, elas receberão dois cartões-presente, totalizando ¥2.000.

O governo municipal está considerando oferecer os cartões-presente aos residentes nos locais de vacinação.

“Implementaremos esse esquema como projeto único a esta cidade a fim de aumentar a taxa de vacinação e vitalizar a economia”, disse um funcionário do governo.

Fonte: Mainichi

Vacinação no Japão: sem relatos de problemas no 1º dia

O Japão começou a vacinar cerca de 40 mil profissionais da saúde na quarta-feira como os primeiros grupos de prioridade.

O governo japonês informou que 125 profissionais da saúde receberam a primeira dose de vacina contra coronavírus até a noite de quarta-feira (17) e que, até agora, não houve relatos de reações alérgicas severas.

O Japão começou a vacinar cerca de 40 mil profissionais da saúde na quarta-feira como os primeiros grupos de prioridade no programa de inoculação do país.

Falando nesta quinta-feira (18), o secretário-chefe do Gabinete Katsunobu Kato disse que 125 doses haviam sido administradas em oito instituições médicas até as 17h do dia anterior.

Kato disse que a Agência de Dispositivos Médicos e Farmacêuticos (PMDA) não recebeu quaisquer relatos de mortes ou desenvolvimento de reação alérgica grave conhecida como anafilaxia, após a vacinação. A PMDA é responsável pela verificação de fármacos no Japão.

Fonte: NHK

Japão acelera produção de seringas

Governo quer acelerar produção de seringas especiais que geram menos desperdício

A fabricante japonesa de equipamentos médicos Nipro relatou que recebeu um pedido do governo para aumentar a produção das seringas especiais que evitam o desperdício da vacina contra Covid-19.

A Nipro produzia 500 mil unidades mensalmente, mas o governo pede que sejam produzidas milhões de seringas a cada mês. A produção é feita na fábrica na Tailândia, e, por isso, a empresa explica que demorará de 4 a 5 meses para preparar a fábrica.

“Não temos experiência de uma demanda tão repentina. A vacina é um grande passo para acabar com a pandemia. Quero colaborar com as outras fabricantes para nos movermos a passos rápidos”, comenta o diretor executivo Kyoetsu Kobayashi.

Com a seringa especial, cada frasco da vacina será utilizado para 6 doses, sem gerar desperdício. As seringas usuais não conseguem reduzir o desperdício e seriam capazes de gerar apenas 5 doses.

Fonte: NHK

« February 2021 »
Mon Tue Wed Thu Fri Sat Sun
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
Go to top