ptzh-CNenfritjakoruesvi

O “Road to ONE 5th: Sexyama Edition” será produzido por Yoshihiro Akiyama no Japão

O ONE Championship anunciou que o “Road to ONE 5th: Sexyama Edition” será realizado no Shibuya O-East, em Shibuya, Tóquio, Japão, no dia 5 de outubro de 2021 ( uma terça-feira, no Japão ).

Com a cooperação de Chatri Sityodtong ( CEO do ONE Championship ), Kazuhiro Sakamoto ( ‘Promoter’ do Shooto & VTJ ), Shigeyoshi Akiyama ( Sustain ), Yuji Kitano ( ABEMATV ) e Ryo Chonan ( Trybe Tokyo MMA ), parece que eles serão capazes de realizar o “Road to ONE 5th: Sexyama Edition” desta vez.

O torneio será transmitido exclusivamente ‘ao vivo’ pela ABEMATV, conforme foi anunciado pelo Sr. Yuji Kitano.

O próprio Yoshihiro Akiyama, lutador conhecido pela alcunha de “Sexyama”, batalhou muito conseguir patrocinadores para esta competição de MMA.

-“Devido à prolongada crise sanitária, aprendi que os lutadores iniciantes têm menos oportunidades de lutar do que eu aos 46 anos. Contudo, não consegui atrair patrocinadores suficientes para realizar o torneio anteriormente. Mas agora, enquanto me recuperava de uma lesão, chamei os meus amigos para arrecadar fundos e decidimos realizar o ‘Road to ONE 5th: Sexyama Edition’ desta vez.”-anunciou Akiyama, através de suas redes sociais.

Hideyuki Hata, representante da filial do ONE Championship no Japão, também está apoiando a realização do evento.

-“Estou muito satisfeito por poder realizar o quinto ‘Road to ONE’ desta vez, após o torneio de fevereiro deste ano. Poderemos fornecer mais oportunidades de lutas para os atletas. Adotaremos medidas preventivas contra a infecção pelo novo coronavírus. Estou muito honrado por estar aqui e profundamente grato a todas as pessoas envolvidas. Espero que todos os lutadores participantes sejam capazes de oferecer um torneio brilhante para todos. Aguardem ansiosamente por isso.”-disse ele, em um comunicado à imprensa.

O ‘card’ do evento será “anunciada em uma data posterior”, mas há outra dúvida que persiste : será que o próprio Akiyama participará apenas como produtor do torneio ou ele também lutará ? Haverá tempo hábil para ele se recuperar da sua lesão ?

Com um ‘recorde’ no MMA composto por 15 vitórias, 7 derrotas e 2 ‘No Contest’, Yoshihiro Akiyama atualmente faz parte do ‘plantel’ do ONE Championship. Sua luta mais recente foi uma vitória por “KO” sobre Sheriff Mohammed na luta principal do ONE, em fevereiro de 2020. No futuro, ele gostaria de promover um torneio do ONE: “Japão vs. Coréia”.

Fique ligado para informações adicionais sobre este torneio produzido por Yoshihiro Akiyama.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 13/09/2021
_
Legenda : O ‘flyer’ de divulgação do “Road to ONE 5th: Sexyama Edition”.
Foto acima : ( Cortesia | Créditos : ( C ) Fujisato Ichiro | ( C ) ABEMA TV | ( C ) ONE Championship | ( C ) Shooto | ( C ) Sustain | Divulgação ).

Legenda : A 5ª edição do “Road to ONE” será produzida por Yoshihiro Akiyama.
Foto abaixo : ( Cortesia | Créditos : ( C ) Fujisato Ichiro | ( C ) ABEMA TV | ( C ) ONE Championship | ( C ) Shooto | ( C ) Sustain | Divulgação ).

*NOTA : TODAS AS MATÉRIAS DO AUTOR SÃO DISTRIBUÍDAS GRATUITAMENTE - DIVULGAÇÃO GRATUITA - INFORMAÇÃO ESPORTIVA*

E v7UoMVEAADEGf 797b9

 

Aruko Mundo da bola em Tokyo

Por: Marcia Assay.

ARUKO Mundo da bola esteve em Tokyo dia 21/12, para a copa dos campeões do Hawai Futsal Cup. Que aconteceu no dia 22/12.

Ao desembarcar na concentração.

O treinador Cris Yamanaka, já fez sua preleção e começa o preparatório para buscar o título, e representar o Japão no Hawai em fevereiro de 2020.

Os convocados para esse campeonato são:

80643418 2489187774657318 8978211472488267776 n 342b7

Thales.

Tomoya.

Paulo.

Caio.

Vinicius.

Michael.

Joás.

80748035 506043103355168 8218019286346629120 n 1b2b5

Aruko.com.br

Vinicius Hashimoto Katsumi de 18 anos.

Aos 8 anos começou a jogar futebol de salão em Inazawa, na escolinha do Santos, até os 16 anos "futebol de Salão", dos 16 começou no Aruko Mundo da Bola.

Preferi-o o futebol de campo.

No dia 22 do 12, Katsumi joga em Tokyo para disputar Hawai Word cup.

Dia 6 de janeiro segue para o Brasil com contrato assinado para mais 1 ano com Cascavel.

Caio Iudi Yamagishi de 29 Anos.

Mora em Nishio em Aichi-Ken, começou no Aruko Mundo da Bola para primeira Liga FUT7. Em fevereiro, conheceu o AMDB através de um amigo. O Cris conheceu num campeonato, torneio armador em Hekina na mini copa, hoje está no Aruko Mundo da Bola, jogando salão e a liga Socceity, onde também está em busca do título para Hawai Word Cup. Hoje vejo o AMDB, como uma família que vem crescendo.

Galeria de fotos

Mesmo o time não ganhando o Hawai Cup, teve 2 jogadores em destaque que foram convidados a ir ao Hawai representando o Japão.

Destaque do time Aruko Mundo da Bola, foi Bruno Melo (mesmo sem jogar por estar machucado), Joás.

Equipes olímpicas estrangeiras chegam ao Japão

Cerca de 400 membros de equipes olímpicas de 18 países e territórios devem chegar ao Japão de 1º a 4 de julho.

Muitas equipes olímpicas estrangeiras estão chegando ao Japão antes do início dos Jogos de Tóquio em 23 de julho.

O governo do Japão disse que cerca de 400 membros de equipes olímpicas de 18 países e territórios devem chegar ao país de 1º a 4 de julho.

Eles seguirão para locais de seus acampamentos pré-Jogos em todo o país após desembarcarem nos Aeroportos de Narita (Chiba), Haneda (Tóquio) ou Chubu (Aichi).

Na quinta-feira, 20 membros da equipe de boxe dos EUA chegaram a Narita. Eles usaram filas especiais para procedimentos de entrada sem entrar em contato com outros usuários do aeroporto, em um esforço para prevenir infecções por coronavírus.

Uma equipe de vela britânica chegou a Haneda, e deve ficar em sua cidade anfitriã de Hayama (Kanagawa).

Autoridades japonesas são instadas a conter infecções pelo vírus usando várias medidas, inclui do controles de fronteira, em meio à chegada de muitas equipes estrangeiras.

Fonte: NHK

Governadora de Tóquio recebe alta do hospital

A governadora de Tóquio, Yuriko Koike, recebeu alta do hospital nesta quarta-feira (30) após tratamento para fadiga severa, disse o governo metropolitano, menos de um mês antes da abertura das Olimpíadas.

Koike, de 68 anos, foi hospitalizada em 22 de junho. Ela realizará suas tarefas via teletrabalho por enquanto mediante orientação dos médicos, disse o governo metropolitano.

“Peço desculpas do fundo do meu coração por deixar muitas pessoas preocupadas e causar problemas a elas ao ficar fora do trabalho nesse momento importante”, disse ela em uma declaração.

Koike enfrenta as tarefas de liderar a resposta da capital à pandemia de coronavírus, assim como as preparações para sediar as Olimpíadas e Paralimpíadas. Os Jogos de verão devem começar em 23 de julho, enquanto o Japão continua a se esforçar para conter a propagação do vírus.

A governadora disse que sua saúde melhorou de alguma forma e ela prometeu acelerar sua recuperação para que possa retornar completamente para suas funções.

Fonte: Mainichi

Local de vacinação em Tóquio não poderá ser usado na aplicação da segunda dose

Local de vacinação em Tóquio não poderá ser usado na aplicação da segunda dose devido às Olimpíadas.

Área em desuso do Mercado de Peixes Tsukiji será utilizada para a aplicação das vacinas contra coronavírus para policiais e bombeiros em Tóquio no próximo mês.

Entretanto, como o local será utilizado como estacionamento principal de veículos de transporte nas Olimpíadas de Tóquio, a vacinação deverá ocorrer antes do início dos preparativos finais, disseram os responsáveis.

O local será utilizado apenas até o fim de junho e, como todos que tomarem a primeira dose devem esperar pelo menos 3 semanas para receber a segunda, não será possível aplicar a segunda dose neste local, devido aos preparativos para as Olimpíadas.

Devido a esse problema, o governo de Tóquio está preparando outro local de vacinação.

Fonte: NHK

Após o sucesso do seu show de ‘réveillon’ Rizin FF anuncia retorno ao Tokyo Dome em março

Seguindo a tradição iniciada com o extinto Pride FC e depois com outras promoções na ‘terra do Sol Nascente’, os japoneses fecharam o ano com mais um grande show de artes marciais mistas e assim como faz desde 2015, o Rizin FF promoveu o seu espetacular evento anual de ‘réveillon’. 
 
A principal franquia de MMA do Japão na atualidade promoveu um ‘card’ composto por um número astronômico de 16 lutas, sendo 13 lutas de MMA, 2 lutas de Kickboxing e 1 luta no formato das ‘Custom Rules Bout’ ( ou seja, “lutas com regras personalizadas” ).
 
O show esteve de acordo com os padrões estabelecidos pelo já citado Pride e isso refletiu nos números do televisionamento com 7,3% de audiência da Fuji TV, recuperando o mesmo nível do ano passado ou, segundo algumas outras fontes, até mesmo superando-o.
 
O Rizin 26 também marcou o retorno da companhia à Saitama Super Arena, em Saitama, no Japão. A capacidade de espectadores foi limitada devido às restrições impostas pela Covid-19, mas o evento atraiu um público de 9.908 pessoas.
 
Logo após o término do show foi anunciado que o Rizin 27 será realizado no Tokyo Dome em 14 de março, naquela que será a primeira vez em que o Rizin realizará um evento por lá, o que não acontece há cerca de 17 anos, desde a era Pride. 
 
Não custa lembrar que alguns dos maiores eventos da história do MMA japonês aconteceram no Tokyo Dome, entre estes o Pride 1, Pride 4, Pride Grand Prix 2000, Pride Grand Prix 2000 Finals, Pride 17, Pride 23 e Pride Final Conflict 2003. Todos foram todos realizados no citado estádio de beisebol, que tem capacidade para 55.000 pessoas.
 
Se os regulamentos de distanciamento social ainda estiverem em vigor até março, pelo menos o Tokyo Dome permitirá que o Rizin venda um número maior de ingressos e atraia um público mais numeroso.
 
Quanto às lutas do dia 31 de dezembro, o ‘main event’ ( e portanto “evento principal” ) do Rizin 26 foi uma revanche válida pelo cinturão da categoria peso galo, que voltou para o japonês Kyoji Horiguchi. Ele encarou o compatriota Kai Asakura, que o derrotou em 2019 e conquistou o cinturão vago da categoria em agosto.
 
Já o ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) nos trouxe o invicto “astro” japonês do kickboxing, Tenshin Nasukawa. Agora dono de um “recorde” de 28-0 ele lutou o suficiente para dominar o veterano Kumandoi Phetjaroenvit ( 158 lutas ) e sair vencedor por decisão unânime.
 
Na antepenúltima luta da programação, Mikuru Asakura ganhou mais uma para a família, passadas apenas cinco semanas depois dele detonar Yutaka Saito, o qual venceu por decisão unânime ( no Rizin 25 ). Desta feita, ele nocauteou Satoshi Yamasu, um ex-campeão do DEEP.
 
Enquanto isso, a ‘lenda-viva’ do MMA japonês Takanori Gomi venceu o ‘Kickboxer’ Koji Tanaka por decisão majoritária.
 
Também digna de destaque foi a atuação de Ayaka Hamasaki que faturou o cinturão do peso átomo feminino ( até 49kg ) ao vencer Miyuu Yamamoto no primeiro round com uma técnica de finalização raramente usada : um estrangulamento tesoura.
 
Mas o momento mais aguardado da noite para o público brasileiro foi a luta do paulista Kleber Koike Erbst, ex-campeão da categoria peso pena do torneio polonês KSW, que finalizou Kyle Aguon, de Guam, em sua estreia pela franquia.
 
O ‘card’ também serviu de palco para a estreia no MMA do lutador olímpico Shinobu Ota e da jovem “sensação” do Kickboxing Ren Hiramoto.
 
Rizin 26
31 de dezembro de 2020
Saitama Super Arena
Saitama, Japão
 
Kyoji Horiguchi venceu Kai Asakura por nocaute técnico aos 2m48s do R1
Tenshin Nasukawa venceu Kumandoi Phetjaroenvit por decisão unânime
Mikuru Asakura venceu Satoshi Yamasu por nocaute técnico aos 4m20s do R1
Takanori Gomi venceu Koji Tanaka por decisão majoritária
Ayaka Hamasaki venceu Miyuu Yamamoto por finalização a 1m42s do R1
Naoki Inoue venceu Yuki Motoyo por finalização aos 3m00s do R1
Kleber Koike venceu Kyle Aguon por finalização aos 4m22s do R1
Kyohei Hagiwara venceu Ren Hiramoto por nocaute técnico a 1m29s do R2
Hideo Tokoro venceu Shinobu Ota por finalização aos 2m45s do R2
Yoshinari Nadaka venceu Petmalai Phetjaroenvit por nocaute técnico aos 2m20s do R1
Ulka Sasaki venceu Kenta Takizawa por decisão unânime
Kanna Asakura venceu Ai Shimizu por decisão unânime
Shibatar venceu Hiroya por finalização no R2
Kazuma Kuramoto venceu Taiyo Nakahara por nocaute aos 2m12s do R1
Tsuyoshi Sudario venceu Ikuhisa Minowa por nocaute técnico aos 3m19s do R1
Sakura Mori x Eru Takebayashi terminou em “No Contest”
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 03/01/2021
_
Foto : Kyoji Horiguchi recuperou o cinturão de campeão da categoria peso galo no Rizin 26. ( Créditos | Cortesia : @RIZINFF | Divulgação ). 

Resultados rápidos do HEAT 47 realizado no domingo em Tóquio, Japão

Lançado em fevereiro de 2005, o HEAT é uma promoção de ‘artes marciais mistas’ baseada em Nagoya cujo intuito é lançar lutadores da “região central do Japão” e projetá-los para o mundo inteiro em confrontos de MMA, kickboxing, Muay Thai, Karatê e Pro Wrestling, entre outras modalidades de artes marciais, sempre com os temas “de Nagoya para o mundo” e “Japão vs. o mundo”.
O torneio também acontece em Tóquio e Osaka.
 
Atualmente, o HEAT tem seguido ativo como um evento misto de Kickboxing e MMA, segundo o organizador Tamio Shimura, um estilista do Kempo japonês ( Shorinji Kenpo ).
 
O mais recente show da franquia, o HEAT 47, foi realizado no domingo ( 13 de setembro ), na Star Rise Tower, em Tóquio, capital do Japão.
Nesta edição, os brasileiros Jairo Kusunoki ( Freelancer ) e Vitor Toffanelli ( Brazilian Thai / Danilo Zanolini ) disputaram e venceram em lutas emocionantes de Kickboxing contra adversários japoneses.
 
Mas este ‘card’ também contou com um brasileiro campeão de MMA na ‘terra do Sol Nascente’ : João Batista Yoshimura ( Brazilian Thai / Danilo Zanolini ), que venceu o japonês Go Hishinuma ainda no início do primeiro round.
 
Confira os resultados do “HEAT 47 : MMA & Kiboxing”, que incluem :
 
 
HEAT47
13 de setembro de 2020
Star Rise Tower
Tóquio, Japão
 
MMA : Shigeaki Kusayanagi venceu Ukyo Abe aos 1 minuto e 5 segundos do segundo round por TKO
Kickboxing : Henry Cejas venceu Fumio Ujihara aos 1 minuto e 56 segundos do quarto round por TKO
Kickboxing : Abiral Ghimire venceu Ryuya aos 1 minuto e 44 segundos do primeiro round por TKO
MMA : Shigeaki “Kusa MAX” Kusayanagi venceu Ukyo Abe aos 1 minuto e 5 segundos do segundo round por TKO
Kickboxing : Izaya Matsushima venceu Takuya “T-98” Imamura aos 30 segundos do terceiro round por TKO
Kickboxing : Mohan  “Dragon” Maharjan venceu Tomomi Hosogoe por decisão majoritária ( 29-28,30-29,30-29 ) após três rounds
Kickboxing : Jairo Kusunoki venceu Kentaro Ishikawa aos 2 minutos e 35 segundos do segundo round por KO
MMA : João Batista Yoshimura venceu Go Hishinuma aos 1 minuto e 13 segundos do primeiro round por TKO
Kickboxing : Vitor Toffanelli venceu Yukio Yasukawa por decisão majoritária ( 28-29,28-30,29-30 ) após três rounds
MMA : Kaoru Hashimoto venceu Yoon Tae-sun por decisão majoritária ( 27-30,27-30,27-30 ) após três rounds
MMA : Takuya Kuramoto venceu Yuji Akiyama aos 1 minuto e  6 segundos por TKO
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 14/09/2020
_
Foto acima : Bruno Marega ( esq. ), Vitor Toffanelli ( centro ) e Danilo Zanolini ( dir. ). Após vencer no Fight Dragon e no HEAT 47, Vitor Toffanelli lutará no K-1 World GP no Japão, em novembro. ( Cortesia | Créditos :  AP Danilo Zanolini | @HEATofficialcom | Divulgação ).
 
Abaixo : Vitor Toffanelli lutará com Noiri Masaaki no K-1 World GP no Japão, em novembro. ( Cortesia | Créditos : ( C ) K-1 Japan Group | ( C ) M-1 Mídia Esportiva | Divulgação ).
119072163 1762663053892188 5852787870229517373 n a27fd

Resultados do show de MMA Deep Jewels 29 realizado em Tóquio, Japão

Maior evento de MMA feminino da “terra do Sol Nascente” na atualidade, o Deep Jewels exibiu seu 29o ‘card’ de lutas na quinta-feira, 23 de julho de 2020, à noite, no Shinjuku Face, em Tóquio, Japão. Este torneio foi realizado com público presente ( metade da capacidade do ginásio ) de acordo com o roteiro de flexibilização de Tóquio e os ingressos foram esgotados rapidamente. Mas a competição também foi distribuída através de um sistema de ‘Pay-Per-View’ para os fãs que não puderam comprar ingresso e não assistiram às lutas presencialmente. O Deep Jewels 29 teve como destaque e portanto ‘main event’ ( ou “evento principal” ) da sua programação uma luta válida pelo título interino do peso palha feminino entre Asami “Akaringo” Nakai e Miki Motono. Nakai tomou a iniciativa, desferindo os primeiros socos, mas Motono respondeu com uma queda. Já no chão, a promessa da AACC se moveu para a meia guarda e Nakai tentou raspar, mas não conseguiu uma reversão e Motono permaneceu por cima, de onde socou continuamente o corpo da sua adversária. Após desferir golpes com os cotovelos no rosto de Nakai, a atleta originária do Judô conseguiu a montada, de onde iniciou uma sequência de socos, obrigando o árbitro Minoru Toyonaga à intervir e parar a luta aos 4:23 do primeiro round. Com a impressionante vitória por TKO ( socos ) Motono melhorou o seu ‘record’ no MMA para 5-1-0, além de se tornar a nova campeã do peso palha do Deep Jewels. Já Nakai caiu 4-3. No ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ), Shizuka Sugiyama e Mika “Arami” Arai fizeram uma ‘luta de contrato’ na categoria de 61 kg ou menos, que é próxima ao peso galo feminino. Após uma troca precoce de golpes, Arai tenta derrubar e Sugiyama se defende, para em seguida, contra-atacar e levar Arai ao tatame. “Arami” tenta uma trava de perna e Sugiyama usa os punhos. As lutadoras se levantam e, dessa vez, é Arai que derruba Sugiyama, mas esta reverte e passa para o controle lateral de onde acerta cotoveladas. O segundo round se desenvolve à semelhança do primeiro, com as atletas tentando quedas, desferindo golpes traumáticos quando no chão e alternando bons momentos.
A situação só se definiria no início do terceiro e último round, quando Shizuka Sugiyama finaliza Arai com um arm-lock, após obter a montada. Uma curiosidade digna de nota foi a mudança de última hora na escalação da tão aguardada luta de Kikcboxing ‘King’ Reina Miura e Marina Kumagai que foi transferida para o Deep 95 Impact, show de MMA que será realizado no dia 22 de agosto. Em substituição à luta, foi inserida uma partida eliminatória de ‘Grappling’ no formato de “Tag-Team” ( equipes ) que colocou a dupla Ayaka Hamasaki e Emi Tomimatsu contra as parceiras Tomo Maesawa e Mizuki Furuse. O emparelhamento foi determinado através de uma pedra-papel-tesoura no centro do ringue, pouco antes do início da disputa. A primeira foi Hamasaki, que eliminou Furuse com um armlock aos 1:10. Em seguida, Tomimatsu e Maesawa reviveram sua rivalidade nas artes marciais. Maesawa foi capaz de se defender dos ataques iniciais, mas na sequência, Tomimatsu derrubou com um double-leg e forçou sua adversária à desistir com um armlock aplicado aos 6:42. Confira os resultados do “Deep Jewels 29” que incluem : Deep Jewels 29
23 de julho de 2020
Shinjuku Face
Tóquio, Japão MMA : Miki Motono ( AACC ) venceu Asami “Akaringo” Nakai ( Free ) por TKO ( socos ) aos 4:23 do primeiro round
MMA : Shizuka Sugiyama ( Reversal Gym Shinjuku Me, We ) venceu Mika Arai ( Free ) por finalização ( arm-lock ) aos 1:49 do terceiro round
Grappling Match : Deep Jewels Tag-Team - 1 × 10 : Ayaka Hamasaki ( AACC ) & Emi Tomimatsu ( Paraestra ) venceram Mizuki Furuse ( MMA Academy ) & Tomo Maesawa ( ALPHA ) por finalização ( chave-de-braço ) aos 1:10 e aos 6:42
MMA : Hikaru Aono ( Striple Shinyurigaoka ) venceu Rion Noda ( KRAZYBEE ) por TKO ( socos ) aos 4:53 do primeiro round.
MMA : Saori Oshima ( AACC ) venceu Sakura Mori ( Free ) por finalização ( Kimura ) aos 2:10 do segundo round
MMA : Otoha Nagao ( AACC ) venceu Pan “Kai” Hui ( ALPHA ) por por decisão dividida ( 20-18, 19-19, 18-20 ) após dois rounds
MMA : Yuri Takeda venceu Aya Murakami por decisão majoritária ( 20-18, 20-18, 19-19 ) após dois rounds
MMA : Moeri Suda venceu Motoko “Moochan” Tashiro por finalização no braço aos 3:00 do primeiro round *Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 24/07/2020
_
Foto acima : Shizuka Sugiyama voltou à vencer e agora ostenta um ‘record’ no MMA composto por 19-6-1. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Deep Jewels | ( C ) Deep Impact | Divulgação ). Abaixo : Miki Motono venceu Asami “Akaringo” Nakai e conquistou o título provisório do peso palha do Deep Jewels. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Deep Jewels | ( C ) Deep Impact | Divulgação ).

image 1595511363 5daa3

Confira o novo ‘card’ do Deep Jewels 29 que será realizado em Tóquio, Japão

O Deep Jewels 29 está programado para o dia 23 de julho no Shinjuku Face e, com a flexibilização das restrições no Japão, os ingressos já estão esgotados, uma vez que os eventos de artes marciais mistas já podem comportar uma parte do seu público. Mas não custa lembrar que a distribuição do evento ainda será feita através do sistema de Pay-Per-View do “SPWN”, operado pela Barusu Co. Ltd., onde depois de se registrar como usuário, os fãs que não compraram ingresso poderão pagar para visualizar o show do conforto de suas casas. O evento - que foi remarcado da data estipulada anteriormente - será encabeçado por uma luta pelo título entre Asami Nakai e Miki Motono. Alguns dos outros destaques do ‘card’ são Shizuka Sugiyama, que terá uma nova adversária em sua luta de MMA, e ‘King Reina’ Miura, que estará competindo em uma luta de Kickboxing. Sugiyama ( 18-6-1 ) deveria enfrentar Kano Kagaya, mas esta foi substituída por Mika Arai ( 4-2 ). Ela não luta pela promoção desde 2018 e vem de derrota por finalização para Ji Yeon Seo no Double G 3, realizado na Coréia do Sul, no ano passado. Já ‘King Reina’ Miura estará competindo no Kickboxing, como dito anteriormente. A veterana do MMA lutará com Marina Kumagai em uma luta na categoria peso galo. Além disso, outras três lutas foram anunciadas na divisão de peso super átomo ( 49kg ). Pan Hui, lutadora originária da China, mas que atualmente está sediada no Japão, terá pela frente a japonesa Otoha Nagao. Nas outras lutas, Hikaru Aono enfrenta Lion Noda, enquanto Sakura Mori lutará com Mayu Kawanishi, que está invicta como amadora e fará a sua estréia como profissional de MMA. Deep Jewels 29
23 de julho de 2020
Shinjuku Face
Tóquio, Japão Asami Nakai x Miki Motono ( pelo título vago do peso-palha )
Shizuka Sugiyama x Mika Arai ( peso-galo )
Kickboxing: Reina Miura x Marina Kumagai ( peso-galo )
Hikaru Aono x Lion Noda ( peso super-átomo )
Sakura Mori x Mayu Kawanishi ( peso super-átomo )
Pan Hui vs. Otoha Nagao ( peso super-átomo) ( *o ‘card’ é sujeito à alterações ) *Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 17/07/2020
_
Foto acima : O Deep Jewels é o maior evento de MMA feminino do Japão na atualidade. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Deep Jewels | ( C ) Deep Impact | Divulgação ). Abaixo :  Shizuka Sugiyama terá nova adversária, Mika Arai. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Deep Jewels | ( C ) Deep Impact | Divulgação ).

eye catch 1594389546 247bd

Próximo evento de Kickboxing “RISE 139” é confirmado para 29 de abril em Tóquio, Japão

O RISE - que significa ( R ) Real, ( I ) Impacto, ( S ) Sports, ( E ) Entertainment - é uma empresa de lutas do Sr. Takashi Ito, com sede em Tóquio, capital do Japão. Não confundir com o “RIZIN”, promovido por Nobuyuki Sakakibara. O RISE já promoveu mais de 130 shows no Japão e 2 na Coréia do Sul. Desde o seu início, o RISE foi o principal concorrente do K-1, colocando os atletas japoneses no topo das lutas de “trocação”, termo usado para designar as ‘lutas em pé’. Após ser anunciado para o dia 11 de março, o “RISE 139” foi adiado devido à propagação do novo coronavírus no Japão. Agora, o evento que também é chamado de ‘Rise World Series 2020 1st Round’ será realizado no dia 29 de abril de 2020 ( quarta-feira / feriado ) no Korakuen Hall, em Tóquio. Também foi adicionado ao ‘card’ do “RISE 139” uma luta entre Manazo Kobayashi, uma nova campeã mundial do peso mosca feminino do WPMF e primeira campeã de classe feminina do Muaythai Open e YAYA Willa Sacrek, campeã do J-GIRLS, na categoria de peso super mosca ( Super Flyweight ). Kobayashi fez sua estreia profissional em fevereiro de 2015 e permaneceu invicta por 13 lutas antes de perder para Iliana Valentino em uma luta de boxe em julho de 2018. Ela participou ativamente da promoção ‘KNOCK OUT’, como destaque da divisão feminina e, em dezembro de 2018, venceu um confronto nacional com Saya Ito. Em abril de 2019, ela venceu sua revanche com Iliana no ‘KNOCK OUT’, conseguindo sua vingança. No entanto, Kobayashi foi desclassificada do torneio “RISE QUEEN” no RISE em julho passado, por não bater o peso para lutar na categoria mini mosca ( mini-flyweight ). No seu retorno à promoção, em novembro, ela desafiou Tananchanok, campeã mundial do peso mosca da WPMF, e conquistou o título mundial. Originalmente, Kobayashi poderia ter desempenhado um papel de liderança no torneio “RISE GIRLS POWER”, somente para garotas, que começou em novembro do ano passado.  É esperado que nessa luta ela possa superar os erros do passado. Kobayashi enviou uma mensagem aos fãs dizendo : -“Esta é uma batalha que será um ponto de virada em minha vida. A oponente é a campeã de outro grupo. Quero vencer desesperadamente.”-escreveu ela, em sua conta no Twitter. Veja como está o ‘card’ do “RISE 139” até o momento : RISE 139
29 de abril de 2020
Korakuen Hall
Tóquio, Japão A.Boldbaatar X Stefan Korodi
Naoki X Jan Kaffa
Taiju Shiratori X N. Jitmuangnon
Chadd Collins X Kento Haraguchi
Cheng Liu X Brodie Stalder
Shiro Matsumoto X Mehrdad Sayadi
Fritz Aldin Biagtan X P. PK Saenchai Gym
Chann Khem X Masahiko Suzuki
Hideki Sasaki X Tomohiro Kitai
Rasta X Yuki Kyotani
T. Ferreira X Kan Nakamura
Yuya X Kensuke Yabunaka
Naoki Yamada X Atsuya
Rikiya X Asataro
Ryunosuke Omori X Keito Asahi
Manazo Kobayashi X YAYA Willa Sacrek ( *o ‘card’ é sujeito à alterações ) *Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 13/03/2020
_
Foto : A luta entre Manazo Kobayashi e YAYA foi adicionada ao ao ‘card’ do “RISE 139” que também é chamado de ‘Rise World Series 2020 1st Round’. ( Cortesia | Créditos : RISE | Divulgação ).

Nota de esclarecimento pública

Website gratuito, não cobrança os nossos leitores ou visitantes, o único objetivo e a divulgação da informação e notícias reais, todos os créditos são de suas respectivas fontes e autores.

Em conformidade com as Leis:

Em conformidade com Artigo 46, I da Lei 9610/98 Brasil - Artigo 46, I da Lei 9610/98 e Lei nº 5.250 de 9 de fevereiro de 1967 - Lei 2083/53 | Lei nº 2.083 de 12 de novembro de 1953.

Para maiores informações e suporte jurídico consulte nosso advogado colaborador: Raphael Guilherme da Silva - OAB/SP Sob o Nº 316.914.

Caso discorde de algum artigo removeremos o mesmo de imediatamente e nós desculpamos de forma publica mediante uma retratação conforme a Lei se assim for solicitado.

Desde já muito obrigado.

Este portal de notícias e uma iniciativa de um Grupo de colaboradores voluntários sobre registro no Japão -目標新聞 (コネクション・ジャパン). - connectionjapan.com .

E é mantido pelos seus voluntários e colaboradores a fim de permitir que a colônia de Brasileiros possa ter acesso a essas informações de forma gratuita e a todos os demais visitantes que assim desejarem acessa nosso website.

Algumas observações na Lei n.º 9.610/98.

Uso de obra autoral para fins de estudo ou crítica;

Uso de obra autoral para exposição de um produto (por exemplo: uma loja de porta-retratos que expõe um porta-retrato contendo uma foto);

Uso de obra autoral para fim privado (se você compartihar com alguém, já não é mais uso privado!);

E outras previstas na Lei n.º 9.610/98.

« September 2021 »
Mon Tue Wed Thu Fri Sat Sun
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30      

FreeCurrencyRates.com

Visitantes online

Advertising area




Contador de visitas

0.png3.png7.png8.png1.png4.png1.png
Hoje:6
Ontem:516
Últimos 7 dias:6
Mês:53579
Total:378141

Conectados simultaneamente

2
Online

20-09-21

Parceiros

Go to top