ptzh-CNenfritjakoruesvi

“Musashi Rock Festival 2020” inova com “rock’n’roll” e Kickboxing

O “Musashi Rock Festival 2020”  é um evento que combina artes marciais e música e será realizado no Toyosu PIT ( Tóquio ), no 13 de janeiro do próximo ano.
Também conhecido vulgarmente como “Musafes”, o evento é organizado pelo artista marcial Musashi, um ‘ex-ás’ japonês do K-1 e seu irmão mais novo, TOMO.
É um show inovador e sem precedentes na terra do Sol Nascente por misturar artes marciais e “rock’n’roll”.

O “Musashi Rock Festival” aconteceu pela primeira vez no ZEPP TOKYO em outubro de 2009, para marcar a aposentadoria de Musashi do K-1.
Em 2020, Musashi comemora o 10º aniversário da sua aposentadoria do K-1 e do “Musashi Rock Festival” que será realizado novamente com o tema “títulos”.

No palco veremos alguns grupos musicais ‘ao vivo’ : coldrain, Do As Infinity, OLEDICKFOGGY, SEX MACHINEGUNS e 10-FEET, entre os que foram anunciados até agora.

Já a parte de lutas contará com alguns confrontos disputados sob as regras do Kickboxing.
Inicialmente teremos uma luta de contrato até 63kg entre Shohei Asahara ( PFP ) e Pietro Durya ( Holanda ). Em seguida veremos outra luta de contrato - desta feita até 72kg - envolvendo os atletas T-98 ( Crosspoint Kichijoji ) e Ilias Bokayua (Holanda). E para finalizar a parte esportiva serão chamados ao ringue os competidores Rikiya Yamashita ( Doshin Kaikan ) e Bada Ferdaos ( Holanda ) para uma luta casada de pesos pesados.

Além disso, três lendas do K-1, Ernesto Hoost, Peter Arts e - obviamente - Musashi, se farão presentes.

Um novo pôster de divulgação também foi lançado essa semana. O mesmo foi elaborado por Katsuhisa Minami, autor do mangá ‘The Fabre’ e amigo íntimo de Musashi.
O ‘pôster’ apresenta Peter Aerts e Ernesto Hoost ( mas com foco em Musashi ) e tem um ‘design’ inovador inspirado no “Musashi Rock Festival”.

Musashi é classificado por muitos como o melhor peso pesado japonês à pisar nos ringues do K-1 juntamente com com Masaaki Satake desde os primeiros dias do maior torneio de ‘strikers’ do mundo.
Musashi estreou profissionalmente em setembro de 1995 e se classificou entre os quatro melhores no K-1 GP’96. Em outubro de 1999, ele chegou ao topo da categoria peso-pesado no Japão ao vencer Masaaki Satake por decisão.
Mas Musashi também conquistou o segundo lugar no K-1 World GP 2003 / 2004, ou seja, por dois anos consecutivos. Sua última luta foi contra Jérôme LeBanner em setembro de 2009. No ano seguinte ele anunciaria a sua aposentadoria dos ringues.

Embora algumas promoções norte-americanas de MMA como o ‘King Of The Cage’ e mesmo o “FIGHTFEST”, de Royce Gracie, tenham saído na frente ao misturar lutas com ‘o bom e velho’ “rock’n’roll”, o “Musashi Rock Festival 2020” tem o seu mérito.
Pois como justificaria o ‘lendário’ Adriano Falabella em seu quadro “Enciclopédia do Rock”, durante o programa Alto Falante ( transmitido todos os finais de semana pela Rede Minas ) :

-“Porque ‘rock’n’roll’ é pra quem merece ! Gostas do delírio, baby ?”-em um dos seus bordões inesquecíveis para diversas gerações de roqueiros.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 06/12/2019
_
Foto : O novo ‘pôster’ destaca Musashi, Aerts e Hoost. Tele Marker apresenta o “Musashi Rock Festival 2020”. ( okmusic UP’s ). ( Cortesia | Créditos : Katsuhisa Minami | Divulgação MUSASHI ROCK FESTIVAL 2020 ).

RIZIN em negociações com Conor McGregor e Oscar de La Hoya para o show de véspera de ano novo

No ano passado, o RIZIN FF foi destaque em manchetes por todo o mundo ao contratar Floyd Mayweather para competir no RIZIN 14, seu show de véspera de ano novo. No evento principal, Mayweather enfrentou a jovem estrela de kickboxing e MMA do Japão, Tenshin Nasukawa, em uma luta exibição programada para três rounds de boxe, vencendo-o ainda no primeiro round.

Com a aproximação da véspera de Ano-Novo, o presidente do RIZIN, Nobuyuki Sakakibara, sugeriu o que podemos esperar da promoção japonesa, no final deste ano.

Falando após o RIZIN 18, evento realizado no último final de semana, Sakakibara disse que está planejando algo “muito diferente” para o RIZIN 21, seu show de ‘réveillon’, algo “que não será MMA, kickboxing ou pro-wrestling, mas um novo tipo de competição”.

-“Será uma nova inovação. Eu sinto vontade de criar uma nova competição que seja diferente das artes marciais mistas, kickboxing e profissional wrestling.”-afirmou o mandatário, que está entrando em contato com profissionais de artes marciais de todo o mundo para se preparar para isso.

Sakakibara também afirmou ( conforme anunciado pelo jornal Tokyo Sports ), que o RIZIN 21 não envolverá Floyd Mayweather ou Manny Pacquiao. Mas ele tem conversado com Conor McGregor e Oscar De La Hoya.

-“Mayweather teve uma aparição surpresa no ano passado, mas é difícil desenvolver algo novo a partir daí. Pacquiao também é um detentor de títulos ainda em atividade. Será mais interessante contribuir para a inovação das artes marciais mistas do que trabalhar com os dois boxeadores. Creio que poderemos fazer algo juntos com Connor McGregor ou Oscar De La Hoya.”-disse Sakakibara, referindo-se ao ex-campeão do UFC em duas categorias e também ao atual presidente da Golden Boy Promotions.

Não custa lembrar, entretanto, que Conor McGregor está atualmente em um ‘hiato’ de competições, e também não está claro se a estrela irlandesa vai lutar novamente. Ele não entrou no ‘cage’ desde outubro do ano passado, quando foi derrotado em uma luta válida pelo título dos leves com Khabib Nurmagomedov.

E embora McGregor ainda esteja obviamente sob contrato com o UFC, ele poderá ser capaz de competir em uma luta sem ‘golpes traumáticos’, à semelhança dos torneios de Submission ou Brazilian Jiu-Jítsu, embora isso ainda seja algo improvável de acontecer sem o consentimento do UFC. Nesse caso, ele poderá apenas participar do evento como um ‘convidado ilustre’.

Já Oscar De La Hoya ganhou vários títulos mundiais, em seis categorias de peso como boxeador. Em 2002, ele fundou a Golden Boy Promotions.
Em 2018, o lutador de 46 anos tentou a sorte como promotor de MMA, mas quanto menos dito sobre isso, provavelmente melhor.

Se for o caso de envolver McGregor ou De La Hoya - ou não - é claro que Nobuyuki Sakakibara está pensando muito “fora da caixa” para o show do  RIZIN no final do ano.

Mas e você, caro leitor ? O que você acha que Sakakibara “tem na manga” para o RIZIN 21 ?

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 22/08/2019
_
Foto : O Presidente e CEO do RIZIN, Nobuyuki Sakakibara, está em negociações com Conor McGregor e Oscar De La Hoya com vistas à uma possível aparição no RIZIN 21. ( Cortesia | Créditos : @RIZIN FF | Jornal Tokyo Sports ).

Fundador do show de MMA Brave CF é nomeado presidente do Comitê Olímpico do Bahrein

Já Presidente do Conselho Supremo da Juventude e Desportos, Sua Alteza Sheikh Khalid bin Hamad Al Khalifa foi nomeado como o presidente do Comitê Olímpico do Bahrein.
Fundador do Brave Combat Federation, a organização de artes marciais mistas que mais cresce no mundo, o Sheikh Khalid bin Hamad Al Khalifa transformou o mundo do MMA com a sua visão de ‘oferecer aos atletas de todo o mundo uma plataforma global para desempenharem o máximo de suas habilidades’.

Graças aos esforços e crença de Sua Alteza em sua visão, o Brave Combat Federation está estabelecido como a única promoção verdadeiramente global de artes marciais mistas, e o Bahrein tornou-se um destino certo para atletas de MMA de todas as partes do mundo, que pretendem treinar na famosa academia KHK MMA, além de lutar pelo Brave CF.

É com essa paixão e crença no poder transformador que o esporte pode ter na comunidade que Sua Alteza liderará o Comitê Olímpico do Bahrein. O principal objetivo do COB é apoiar, proteger, desenvolver e regular o movimento esportivo olímpico no Reino do Bahrein sob a Carta Olímpica. Sua missão é criar um ambiente estimulante para aumentar a participação esportiva na comunidade do Bahrein, bem como alcançar a excelência esportiva em nível profissional.

O Sheikh Khalid acredita há muito tempo no impacto positivo que o esporte pode ter na vida das pessoas, ao mesmo tempo em que lançou a KHK Sports, uma iniciativa voltada para o desenvolvimento de todos os esportes no Reino do Bahrein e além deste.

A nomeação do Sheikh Khalid como presidente do Comitê Olímpico do Bahrein foi recebida com alegria pela comunidade internacional do MMA, enquanto lutadores de todo o mundo parabenizaram Sua Alteza por mostrar, mais uma vez, seu compromisso com o desenvolvimento de esportes em todo o mundo e o  papel que o Reino do Bahrein pode ter nisso.

Já sobre o seu evento de MMA - Brave CF - em particular, Sheikh Khalid está animado com o crescimento da franquia e revelou planos grandiosos para o fututo.

-“Nós não vamos parar. Vamos continuar viajando para países diferentes e vamos continuar trabalhando até sermos o melhor evento do mundo.”-garantiu Sua Alteza, em entrevista à ESPN.

O Brave CF está a alguns dias de retornar à Jordânia para sua 23ª edição. Antes disso, porém, o Brave chegou às Filipinas pela primeira vez, no dia 22 de março.

As Filipinas se tornaram o décimo-quinto país a receber um evento do Brave Combat Federation, que já visitou diversas outras terras, como Índia, Cazaquistão, México, Irlanda do Norte, Colômbia, entre outros. No Brasil, já foram três shows organizados até agora.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 14/04/2019
_

Foto : Patrono do Brave, o Sheikh Khalid bin Hamad Al Khalifa foi nomeado presidente do Comitê Olímpico do Bahrein ( Cortesia : Divulgação ).

Ex-jogador de futebol americano promoverá novo show de MMA nos EUA

O ex-jogador da NFL Shawne Merriman anunciou que estará entrando no mundo da promoção de eventos de artes marciais mistas ( MMA, na sigla em inglês ).
Conhecido pelo apelido de “Lights Out”, Merriman foi selecionado para o Pro Bowl três vezes como um membro do San Diego Chargers. Ele também foi sorteado em 12º geral pelo time. O jogador acumulou 39,5 ‘sacks’ ( termo utilizada no futebol americano e no futebol canadense ), durante suas três primeiras temporadas no campeonato, mas jogou apenas 33 partidas em suas últimas cinco temporadas, já que sua carreira foi encurtada por contusões. Ele se aposentou da NFL em 2013 aos 28 anos, depois de três anos atormentados em Buffalo.

Agora, o ex-linebacker do San Diego Chargers e Buffalo Bills é  co-proprietário da promoção baseada na Califórnia-EUA, anteriormente conhecida como California Xtreme Fighting ( CFXMMA ), mas que será lançada com uma nova marca : Lights Out Xtreme Fighting, promovido pela sua empresa Lights Out Promotions.

Merriman fez o anúncio hoje cedo por meio das suas redes sociais.

-“Estou animado para anunciar o Lights Out Xtreme Fighting anteriormente conhecido como CFXMMA. O novo show irá estrear em maio com transmissão no @FOXSportswest e Primeticket. Eu acho que todo mundo conhece o meu amor e paixão por esportes de combate, então isso demorou para acontecer. Há um ano e meio atrás vi uma grande promoção local de MMA aqui em Los Angeles, então comecei a participar de todos os eventos que tinham o potencial de fazer grandes coisas instantaneamente, eu sabia exatamente o que queria fazer. Nós planejamos trazer as melhores lutas cheias de ação e entretenimento. Os ingressos já estão à venda no LightsoutXF.com. Vamos continuar.”-postou o jogador.

Merriman não é um estranho em meio aos lutadores de MMA e demais esportes de combate e afirma que ele mesmo poderá lutar em seu próprio evento, se encontrar o adversário certo.
O ex-linebacker estaria assim seguindo os passos de Ray Sefo, que também lutou MMA no World Series of Fighting ( WSOF ), show promovido pelo próprio neozelandês.

Merriman flertou com a idéia de competir em esportes de combate - notavelmente o MMA - por anos.
Inclusive, ele já foi sondado para lutar com Greg Hardy, outro ex-jogador de futebol americano que ostenta um cartel de 3 vitótias no MMA amador e 3 vitória e 1 derrota no MMA profissional. Hardy lutará no próximo dia 27 de abril, no UFC on Fox 3.

-“Eu tenho chutado pneus há anos, este é um bom lugar para eu começar. Estou ansioso para me divertir um pouco. Vou treinar pelas próximas seis a oito semanas e mostrar a todos o que posso fazer.”-declarou Merriman.

No final do ano passado, o astro do futebol americano chegou à assinar para competir em um ‘card’ da World Bare Knuckle Fighting Federation ( uma promoção de boxe “sem luvas” ), mas teve que adiar a sua estreia no “Bare Knuckle Boxing” depois que os termos do contrato começaram a mudar.
Agora ele está totalmente focado no MMA.

Quanto ao Lights Out Xtreme Fighting 1, o novo show de MMA será realizado no dia 11 de maio em Burbank, na Califórnia.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 04/04/2019
_

Foto : O ex-astro da NFL Shawne Merriman lança empresa de MMA. ( Cortesia : mídias sociais de Shawne Merriman ).

Novo show do lendário promotor Lou Neglia estreia em Abril nos EUA

Lou Neglia afirma : “Se você quer ser um campeão, tem que fazer lutas difíceis. Ninguém aprende nada em lutas fáceis ou oponentes escolhidos à dedo.”

Lou Neglia foi três vezes campeão mundial de kickboxing, e simultaneamente um treinador de classe mundial. Ele está envolvido com artes marciais há mais de 50 anos. Como competidor, Lou já lutou em algumas das maiores arenas do mundo.
Ele já foi nomeado “Lutador do Ano” e introduzido no Karate Hall of Fame e no Hall da Fama das Artes Marciais.
Em dezembro de 2012 ganhou o muito merecido “Lifetime Achievement Award” no NJ MMA e no Muay Thai Awards, entre outras realizações notáveis.
Lou agora é presidente de uma das empresas mais respeitadas do mundo do MMA, o Ring Of Combat e continua promovendo lutadores da franquia, levando-os ao mais alto nível.

O Ring of Combat começou à pavimentar o caminho para o MMA da costa leste dos EUA com seu primeiro evento realizado em 12 de outubro de 2002 em Uncasville, Connecticut. Embora houvesse apenas sete lutas no ‘card’, os fãs de luta e os fãs de esportes casuais ficaram fascinados com o evento.

Foi então que Lou voltou ao The Garden State, em Nova Jersey. Depois de trabalhar com a comissão de boxe local, Lou trouxe o primeiro evento de MMA sancionado para Secaucus ( cidade localizada no estado americano de Nova Jérsei ).

Nos 67 eventos profissionais do Ring Of Combat ( fora os eventos de amadores ), mais de 100 lutadores da franquia foram chamados para o UFC como muitos outros atletas da promoção.

O olho afiado de Lou para o talento também o ajudou à preparar alguns dos melhores lutadores do planeta.

Lou também percebeu, a partir de sua própria experiência, que os lutadores precisariam chegar ao topo e acreditar firmemente nesse objetivo, uma vez que lutas difíceis fazem grandes lutadores.
Segundo ele, você só aprende em lutas difíceis. Você não aprende nada em lutas fáceis ou enfrentando oponentes escolhidos à dedo.

É por causa dessa crença que Lou testemunhou em primeira mão que muitos de seus lutadores do Ring of Combat passaram para a maior promoção de MMA do mundo, o UFC. Os ex-campeões do UFC Matt Serra, Frankie Edgar e Chris Weidman vieram do Ring of Combat. O ex-campeão dos leves do UFC, Eddie Alvarez, também teve suas duas primeiras lutas profissionais no ROC.

É por conta disso tudo - também - que o Ring of Combat prospera, revelando lutadores talentosos e preparando-os para o cenário mundial. Foi assim  que o ROC ganhou a reputação de ser chamado de “American Idol” do MMA.

Até o momento, o ‘homem mais ocupado no negócio da luta’ já enviou mais de 125 lutadores para o UFC, com quatro deles se tornando campeões mundiais.

Ele também já promoveu shows do porte do Combat at the Capitale e do Vengeance at the Vanderbilt ( que marcou a estréia de Rodrigo Gracie no MMA ), entre outros.
Muitos dos eventos de MMA promovidos por Lou tiveram lugar no Trump Taj Mahal, no Caesars Palace e no Tropicana ( em Atlantic City ), no Marriott International, no Meadowlands, no The Capitale ( em Nova York ), além do Madison Square Garden, entre outros locais.
E atualmente, Lou também monta os ‘undercards’ para as promoções internacionais GLORY e Bellator Kickboxing quando estas vêm para sua região.

Agora, Lou estará promovendo um novo evento juntamente com Artyom Sahakyan e afirma que “estamos testemunhando o alvorecer de uma nova e empolgante era no kickboxing em Nova York”.

O primeiro ‘Combat At The Garden Championship : Kickboxing & MMA’ terá lugar no Teatro Hulu, no Madison Square Garden, em New York, NY. A edição inaugural do novo show está agendada para o dia 20 de abril, às 19 horas.

O ‘card’ contará com 20 lutas entre alguns dos melhores lutadores de MMA e kickboxing da costa leste dos EUA.
O evento principal contará com um campeonato de 135 libras entre Zarrukh Adashev  ( 15-3 ) do Lions Martial Arts contra  Dwayne Holman  ( 10-4 ) do MK Muay Thai.
A competição promete ser acirrada, com lutas épicas e repletas de ação.

O “Combat at the Garden Championship: Kickboxing & MMA” será uma  experiência inesquecível. Até porque Lou sempre se sente em casa quando ele pisa dentro do histórico local ( Madison Square Garden ).

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 26/03/2019
_

Foto : Lou Neglia também é o promotor do Ring of Combat, evento de MMA da costa leste dos EUA que mais revelou lutadores para o UFC. ( Cortesia : Divulgação Ring of Combat  ).

Abaixo : O lendário Lou Neglia sempre foi destaque na mídia especializada em artes marciais ao redor do mundo ( Cortesia : Acervo pessoal Lou Neglia ).

krteint vol 10 9 web 01 2eebf

Shows de MMA ganham força na região norte do Brasil

Se é bem verdade que “só os mais fortes lutam no norte” e que “o couro come no coração da selva amazônica”, agora existe mais um incentivo para os lutadores das demais regiões do Brasil lutarem no norte do país.
Algumas das competições de MMA com melhor a remuneração e estrutura estão sendo promovidas na região norte do Brasil.

Além do que, a excelente genética dos lutadores da região proporciona duros desafios para os seus adversários.
O próprio Rodrigo ‘Minotauro’ Nogueira chegou à comentar que “um atleta amazonense de 70 quilos corresponde a um de 90 quilos do sudeste, pela força física, disposição e talento técnico”, revelando os motivos pelos quais os ‘caboclos amazonenses’ são considerados atletas diferenciados para as artes marciais.

Nessa matéria, iremos destacar dois novos ‘polos’ de MMA na região norte do país.

Coari, um município brasileiro no interior do Amazonas, entrou na ‘rota do MMA’ graças ao destaque dos atletas locais, que tem representando não só o estado, mas também o Brasil em competições nacionais e internacionais.
Par se ter uma ideia, uma equipe local, a Renovação Coari Team ( RCT ), foi eleita a melhor academia de 2018 pelo Prêmio Osvaldo Paquetá, “o oscar do MMA nacional”.

A cidade já sediava eventos de MMA antes mesmo dessa conquista, tais como o Suar Fight Championship ( SFC ), Arena Fight Championship ( AFC ), Coari Talent, Coari Power Fight, The Best Coari Fight e Maximus Fighter, entre outros.

Recentemente, tivemos a 2ª edição do Coari Champions, evento de MMA promovido pela Prefeitura de Coari, que aconteceu em um sábado (13 de abril ), na arena GM3. Com o respaldo do poder público municipal, os lutadores adentraram o octógono com muita técnica e habilidade.

Essa foi mais uma edição do show cuja entrada para ver as lutas foi totalmente gratuita, graças à visão do Prefeito de Coari, Sr. Adail José Figueiredo Pinheiro Filho, que acredita nos eventos de MMA.
O público presente era composto por milhares de pessoas que torceram e vibraram em cada disputa.

O prefeito de Coari falou da importância da iniciativa, tanto para o esporte local, quanto para o entretenimento.

-“Queremos garantir, além de uma bela cidade, diversão para a nossa população. Além disso, promover este esporte e fortalecer nossos atletas são prioridades da nossa gestão”,-comentou o prefeito Adail Filho, que sempre marca presença em tais  eventos.

Não é à toa que Coari já é conhecida como ‘a terra do MMA nacional’.

Já algumas das melhoras bolsas do país para atletas iniciantes em MMA são pagas na cidade de Cruzeiro do Sul, a 648 km de Rio Branco, capital do estado do Acre.

-“Aqui em Cruzeiro do Sul nós pagamos as melhores bolsas do país. O valor que pagamos para iniciantes aqui, a maioria dos eventos grandes do Brasil, não pagam para o atleta veterano.”-destaca Márcio Morais, presidente do Náuas Combat, show de MMA cuja 12ª edição será realizada no 4 de maio e terá lugar no ginásio Jáder Machado, em Cruzeiro do Sul, à partir das 20h.

Com uma premiação variada entre R$ 500 e R$ 2 mil, o evento irá reunir 14 lutadores do Acre e de Rondônia ( RO ) em disputas de MMA e uma luta de boxe, entre Vitor Romero e Rodrigo Jason, na categoria absoluto ( sem limite de peso ).

Nos demais duelos teremos Adam Sales x Bruno Jason, Alex Cardoso x Waidman Jason, Ivo Oliveira x Donny Jason, Junior Welligton x Marcelo Silva e, fechando a programação, Diamante Negro x Antônio José.

Uma outra edição do show já está sendo programada para setembro, durante o Festival do Açai, também em Cruzeiro do Sul.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 28/04/2019
_

Foto : O Prefeito de Coari, Sr. Adail José Figueiredo Pinheiro Filho, entregando a premiação para um dos vencedores da noite. ( Créditos : imagem cedida pela Prefeitura de Coari-AM ).

【HEAT】Satoshi Ishii e Jérôme LeBanner vencem no show de MMA em Nagoya

Lançado em fevereiro de 2005,o HEAT é uma promoção de “Mixed Martial Arts” baseada em Nagoya cujo intuito é lançar lutadores da “região central do Japão” e projetá-los para o mundo inteiro em confrontos de MMA, kick boxing, Muay Thai e karatê, entre outras modalidades de artes marciais.

Mais recente show da franquia, o HEAT 44 foi realizado com muito sucesso no sábado, 2 de março de 2019. O evento teve lugar no Nagoya Congress Center ( Aichi ) e contou com a participação de lutadores japoneses e estrangeiros disputando em várias categorias.
Entre estas, a luta mais badalada do evento foi - sem dúvida - o ‘co-main event’ da programação que colocou frente a frente um francês e um brasileiro.

Jérôme LeBanner ( França / MMA Factory ), campeão mundial de Kickboxing pela WKN e ISKA e  também faixa-preta de karatê e Judô, partiu para a luta com Jairo Kusunoki defendendo um recorde profissional de 82-22-2 ( 66 KO’s = 80% )  sendo que em seus últimos três combates ele conquistou vitórias diante de Claudiu Istrate, Karl Roberson e Wojciech Bulinski.

Seu adversário, Jairo Kusunoki ( Brasil / Freelancer ) - conforme tem sido divulgado agora por boa parte da mídia especializada - tem 29 lutas profissionais: 0-2-0 em MMA, 6-5-1 em boxe e provavelmente 11-4-0 em kickboxing. Ele lutou três vezes no ano passado, perdendo duas vezes, contra Yang Rae Yoo e Hyun Man Myung, mas entre essas duas lutas ele derrotou o famoso lutador do K-1 World GP e do Bellator Muhammad “King Mo” Lawal.

[ N.E.: as referências atuais ao currículo do lutador parecem deixar de fora as disputas sob o formato das ‘Custom Rules Bout’ ( ou seja, “lutas com regras personalizadas” ) uma vez que Jairo também já competiu em eventos como o Ganryujima ].

Na luta entre ambos nesse HEAT 44, Jerome venceu Jairo por TKO aos 2 minutos e 47 segundos do segundo round, ao mesmo tempo em que os técnicos do brasileiro jogaram a toalha.

Como já foi dito antes, o confronto entre LeBanner e Kusunoki foi a última luta antes do ‘main event’ envolvendo Satoshi Ishii ( Mirko Cro Cop Team ) e Gibrainn de Oliveira ( Brasil / Brazilian Thai ).
O judoca japonês chegava com a moral de ser o campeão dos pesos pesados do SBC, na Sérvia, e tentaria destronar o campeão Gibrainn, que fazia a sua primeira defesa do título dos pesos pesados  do HEAT.
A luta foi muito disputada, mas Ishii acabou vencendo após finalizar o lutador brasileiro com uma chave de  braço aos 3 minutos e 54 segundos do segundo round.

Antes dessas duas lutas,  Tom Santos ( Brasil / Brazilian Thai ) mostrou porque está começando à se fazer notar pelos promotores de lutas na terra do Sol Nascente.
Tom venceu Ok Leung ( Coreia do Sul ) por decisão unânime dos juízes após 3 rounds, onde mostrou muita técnica e raça.
O lutador foi o único atleta do Brasil à vencer nessa edição do HEAT e fez a festa da torcida brasileira que esteve presente ao evento no Japão.

Os  resultados  do Heat 44 incluem :


Heat 44
2 de março de 2019
Nagoya Congress Center
Nagoya-shi, Aichi, Japan


Satoshi Ishii ( Mirko Cro Cop Team ) venceu Gibrainn de Oliveira ( Brasil / Brazilian Thai ) com uma chave de  braço aos 3 minutos e 54 segundos do segundo round.

Jérôme LeBanner ( MMA Factory ) venceu Jairo Kusunoki ( Brasil / Freelancer ) por TKO aos 2 minutos e 47 segundos do segundo round.

Tom Santos ( Brasil / Brazilian Thai ) venceu Ok Leung ( Coreia do Sul ) por decisão dos juízes ( 0-3 ) após 3 rounds.

Henry Sehas ( Bolívia / Brazilian Thai ) venceu Shin Hiki ( RKS Shinkansen ) por decisão dos juízes.

Agar Kasugai Takeshi ( Shimura Dojo ) venceu Shunichi Shimizu  (Ukyo Dojo ) aos 28 segundos do primeiro round.

Jung Down ( Coréia  /  Korean Top Team ) venceu Sasha Mirnkovic ( Croácia / Cro Cop Team ) aos 58 segundos do terceiro round.

Luta feminina : Mariya Suzuki ( Shimura Dojo ) venceu Miki Motono ( AACC ) por decisão dos juízes ( 0 – 3 ) após 3 rounds.

Katsuki Ishida ( RKS Shinkansen ) venceu Vitor Tofanelli ( Brasil / Brazilian Thai ) por decisão dividida dos juízes ( 1-2 ) após três rounds.

Chita do Himalaia ( Nepal / Shimura Dojo ) venceu Jo Gyeong-jae ( Coreia / Jung Woo Gym ) por KO ( gancho de direita ) com 1 minuto e 29 segundos do segundo round.

Yasuki Yasukawa ( Shimura Dojo ) venceu Hayao Kato ( nine lives ) com 2 minuto e 24 segundos do primeiro round.

Henry Sehas ( Bolívia / Brazilain Thai  ) venceu Ju Ki-hoon ( Coreia Gym / Bu Gwang ) por decisão dividida dos juízes ( 2-1 ).

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 03/03/2019
_

Foto : Satoshi Ishii e Jérôme LeBanner recebendo a premiação após suas respectivas vitórias sobre Gibrainn de Oliveira e Jairo Kusunoki ( Cortesia : divulgação HEAT ).

Abaixo : O Heat 44 aconteceu no sábado ( 02/mar ) e teve lugar no Nagoya Congress Center ( Aichi ). O evento contou com lutadores experientes e novos talentos. ( Foto | créditos: @HEATofficialcom ).

52674256 2607176132657449 3366226028929220608 n 00001

O melhor do sertanejo

157269556 2915604885337540 7083645462048026877 o 45879

1° Gueto Diamond Fight MMA foi um verdadeiro show de lutas em Florianópolis-SC

O dia 29 de Abril foi de festa para a galera da comunidade Chico Mendes, na cidade de Florianópolis, capital do estado de Santa Catarina.
Naquele domingo, o lutador internacional Maurício “BadBoy” Machado ( 32 lutas de MMA e 21 vitórias ) realizou um evento de artes marciais na comunidade onde cresceu com o intuito de incentivar as crianças e adolescentes para a prática de esportes e mostrar que a mesma não é só violência, sendo também celeiro de promissores atletas, os quais só precisam de uma oportunidade.

A iniciativa social não teve patrocínio, mas contou com muita vontade da comunidade e raça dos atletas participantes, o que foi o suficiente para o evento ser bem sucedido.

O evento foi realizado no CT Gueto Diamond, liderada pelo lutador. Quando ele não está trabalhando de Vigilante, ministra aulas de MMA, Jiu-Jitsu, Muay-Thai e Submission para todos os públicos, visando trazer qualidade de vida aos praticantes e “lapidar diamantes” para o mundo das lutas.

O próprio Mauricio “Bad Boy”  sobreviveu por causa do esporte e hoje a sua história de vida é um grande exemplo para os seus alunos. Ele já lutou em vários eventos internacionais, entre eles, o terceiro maior evento do mundo, o ACB na Rússia e o OFS MMA na Europa e vem de 4 vitórias seguidas no primeiro round em suas últimas lutas.

Assim sendo, seus alunos podem se inspirar nele e lutar literalmente para ampliar o seu  “leque de possibilidades” seja através de novas oportunidades profissionais ou através da inserção social. São estas as propostas do seu Projeto CT Guetto Diamond Chico Mendes.

O evento faz parte do projeto de descentralizar as competições de lutas e também levar o lado bom da comunidade.

Esta primeira edição do Gueto Diamond Fight teve o apoio de Mercado Shalom, Japa Box Sushi, Ezequiel Saldanha, Guilherme Conceição, Ricardo ( primeiros socorros ), Vinni ( surfista profissional ), equipe Rudinei da cidade Tijuca-SC ( professor de artes marciais ) e mídia especializada.


O evento foi um verdadeiro festival de lançamento de novos nomes para as competições de artes marciais, além de marcar o retorno de um grande lutador Florianopolitano às  competições de MMA.

MUAY-THAI AMADOR MASCULINO E FEMININO:

Marcos e Fred “Sagate”, moradores locais e atletas do Gueto Diamond, deram um show de Muay-Thai contra seus adversários. As lutas terminaram empatadas e o organizador planeja fazer o tira-teima em algum evento grande que aceite dar oportunidade aos guerreiros.

O Muay-Thai feminino não ficou para trás, com Maria Julia ( Rundieni Combat ) vencendo a guerreira Magrinha ( CT Gueto Diamond ) por desistência. Outro atleta da equipe Rudinei que não deixou a luta ir para a decisão foi o experiente Jeferson, que conseguiu nocautear o lutador local “Cão” no 1º round.

SUBMISSION TERMINA EM 22 SEGUNDOS:

A super luta de Submission foi entre o campeão de MMA Lucas  “Japa”  Santana ( RSN Combat ) e o argentino Agustin Amarilla ( Gracie Barra ). Durante as tentativas de quedas em pé, Agustin aproveitou o ‘clinch’ e puxou “Japa” para a guarda com o braço preso, vencendo com uma finalização relâmpago.

MMA ACABA COM UM  ‘NO CONTEST’  E DUAS FINALIZAÇÕES:

No primeiro combate de MMA Indianara “Índia” Machado ( que já lutou no Áspera FC – consagrada promoção de MMA capitaneada por Marcelo Brigadeiro ) retornou ao MMA contra Letícia Ramos. Ambas partiram para a trocação franca, onde Letícia soube usar melhor sua envergadura, então Índia passou à buscar o solo. Porém no momento da queda Indianara atingiu Letícia com uma cotovelada não intencional e a luta foi declarada ‘Sem Resultado’ ( ‘No Contest’ ).

Na segunda luta, a curitibana Ereni “Eny” Gonçalves lutou com a também estreante Khete Silva. Ereni encurtou a distância para usar seu Muay-Thai e foi derrubada, mas surpreendeu no chão com uma chave de perna. A campeã, que treina em Florianópolis com Maurício Machado, agora sonha em seguir carreira no MMA.

No combate final de MMA, Ezequiel “Montanha” estreou contra o experiente Thiago “Tubarão” Lapolli, que aceitou fazer uma luta de pesados para apoiar o evento. Ezequiel, que pratica Muay-Thai, começou lançando alguns chutes e socos, então “Tubarão” aproveitou a inexperiência do adversário no solo para derrubar e finalizar com um estrangulamento.

Se você deseja patrocinar as próximas edições do evento, apoiar o Projeto CT Guetto Diamond Chico Mendes ou mesmo ter aulas com o Maurício “BadBoy” Machado, basta ligar para os números : ( 048 ) 98456-5980 e ( 041 ) 9869-3714.

Por agora confira os resultados completos do 1° Gueto Diamond Fight :

RESULTADOS COMPLETOS:

1° Gueto Diamond Fight
29 de Abril de 2018
CT Gueto Diamond  Mauricio “Bad Boy”
Rua dos Pinheiros –
Comunidade Chico Mendes
Florianópolis-SC
Brasil

Ingressos: Entrada Gratuíta ( evento 100% beneficente ).

MUAY THAI AMADOR MASCULINO E FEMININO:

Kaue  Matheus (RSN) Vs. Diego Pitbull ( Guetto Diamond ): Empate.

Maria Julia ( RSN Combat ) venceu Magrinha ( CT Gueto Diamond ) por desistência.

Jeferson ( RSN Combat ) venceu “Cão” ( CT Gueto Diamond ) por KO no 1º round.

Jeferson Silva Vs. Fred: Empate.

Jean Bassi venceu Nato ( CT Gueto Diamond ) por Decisão.

SUBMISSION

Agustin Amarilla “Argentino” ( Gracie Barra ) venceu Lucas Santana “Japa” ( Guetto Diamond ) por Finalização ( Armlock aos 22 segundos do 1º round )

MMA

Indianara Machado ( Gueto Diamond )  X Leticia ramos ( RSN Combat ) acabou Sem Resultado devido a cotovelada não intencional: No Contest.

Ireni Gonçalves “Emy” ( Gueto Diamond )  venceu Khete Silva ( Japa Team ) por finalização no 1º round.

Thiago “Tubarao” ( Wado ) venceu Ezequiel “Montanha” ( Gueto Diamond ) com guilhotina no 1º round.

*Fonte / Créditos : Colaborador Oriosvaldo Costa

_

Foto a cima : O Florianopolitano Thiago “Tubarão” Lapolli ( Wado ) retornou com vitória às competições de MMA.

Abaixo : A confraternização dos lutadores participantes do 1° Gueto Diamond Fight MMA.

31711092 1945670422110829 277470594017001472 n

Site de webcam adulto inova com transmissão “interativa” de lutas de MMA

Fundado em 2014, o CamSoda é a primeira plataforma de webcam para entretenimento adulto ( leia-se : site de webcam pornô ) que utiliza o design “Mobile-First” com o melhor conteúdo do setor. O CamSoda apresenta transmissões ao vivo de ´superstars´ da indústria pornográfica para assinantes de ambos os sexos, incluindo casais, além de ganhar dinheiro extra através do seu programa de afiliados.

O CamSoda ainda é o líder no setor quando se trata de realidade virtual , com vários produtos e ofertas exclusivos e inovadores nesse segmento ( realidade virtual ) . O assinante também pode tirar proveito de seus serviços de DMCA e ganhar dinheiro.

Nos próximos meses, a empresa planeja anunciar diversos programas digitais originais para sua base de usuários, incluindo vários eventos de alta octanagem e novos jogos eróticos, revolucionando a maneira como os usuários interagem e consomem conteúdo.

A novidade é que o MMA, esporte que mais cresce no mundo, também será incluído nas bizarrices promovidas mundo afora pelo site de ´streaming´ .

Dia 26 de abril será promovida a edição inaugural do CamSoda Legends MMA, show que terá lugar em Ft. Lauderdale, na Flórida, EUA. Essa primeira etapa que marcará a “incursão oficial do CamSoda no mundo do MMA” contará como nomes como Ricco “suave” Rodriguez, ( um veterano, ex-UFC e ex-Pride ) e Alex “The Spartan” Nicholson (demitido do Ultimate no ano passado ) fazendo a luta principal.

No “co-main event” teremos Charles ‘Krazy Horse’ Bennett, outro veterano do Pride. Ele irá lutar com Melvin Guillard, também veterano e com passagens pelo UFC, além do Bellator e WSOF.

O brasileiro Marcos “Parrumpinha” Da Matta também irá participar do evento em luta com  Matthew Wagy.

O grande diferencial, segundo o release do evento, é a possibilidade dos fãs interagirem com os lutadores, assim como os usuários fazem com as modelos no site.

Além de poder ver a transmissão das lutas ´ao vivo ´ e de forma gratuita, bastará aos fãs comprar a quantia desejada de “tokens”, em uma moeda virtual e oferecer as gorjetas para recompensar os atletas e/ou definir um bônus em dinheiro.

Basicamente, se o fã quer que o lutador Charles Bennett desfira um chute giratório em Melvin Guillard e você pagar o suficiente, isso poderá, teoricamente, acontecer em algum momento do confronto, pois estas “solicitações específicas” serão transmitidas aos atletas durante as lutas, conforme um  comunicado para a imprensa.

“Pela primeira vez na história, os fãs poderão interagir diretamente com os lutadores em tempo real”, dizem os organizadores.
Mas ao contrário dos organizadores, nós - particularmente - acreditamos que isso poderá ser um pouco desagradável, além de levar os lutadores à margem do esporte.

O evento será transmitido simultaneamente em realidade virtual (RV) 4K, para permitir-também- que os fãs “entrem” no ringue e experimentem o octógono como nunca o fizeram antes.

De qualquer forma, o CamSoda Legends MMA é mais uma prova de que as combinações de regras criativas aliadas as mais modernas tecnologias podem resultar cada vez mais em novas formas de captar a atenção dos fãs e arrecadar o seu suado dinheiro.

Para mais informações sobre o CamSoda Legends MMA, incluindo o ´card´ de luta completo e atualizado, visite http://www.legends.camsoda.com

*Texto do colaborador : Oriosvaldo Costa

Nota de esclarecimento pública

Website gratuito, não cobrança os nossos leitores ou visitantes, o único objetivo e a divulgação da informação e notícias reais, todos os créditos são de suas respectivas fontes e autores.

Em conformidade com as Leis:

Em conformidade com Artigo 46, I da Lei 9610/98 Brasil - Artigo 46, I da Lei 9610/98 e Lei nº 5.250 de 9 de fevereiro de 1967 - Lei 2083/53 | Lei nº 2.083 de 12 de novembro de 1953.

Para maiores informações e suporte jurídico consulte nosso advogado colaborador: Raphael Guilherme da Silva - OAB/SP Sob o Nº 316.914.

Caso discorde de algum artigo removeremos o mesmo de imediatamente e nós desculpamos de forma publica mediante uma retratação conforme a Lei se assim for solicitado.

Desde já muito obrigado.

Este portal de notícias e uma iniciativa de um Grupo de colaboradores voluntários sobre registro no Japão -目標新聞 (コネクション・ジャパン). - connectionjapan.com .

E é mantido pelos seus voluntários e colaboradores a fim de permitir que a colônia de Brasileiros possa ter acesso a essas informações de forma gratuita e a todos os demais visitantes que assim desejarem acessa nosso website.

Algumas observações na Lei n.º 9.610/98.

Uso de obra autoral para fins de estudo ou crítica;

Uso de obra autoral para exposição de um produto (por exemplo: uma loja de porta-retratos que expõe um porta-retrato contendo uma foto);

Uso de obra autoral para fim privado (se você compartihar com alguém, já não é mais uso privado!);

E outras previstas na Lei n.º 9.610/98.

« October 2021 »
Mon Tue Wed Thu Fri Sat Sun
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

FreeCurrencyRates.com

 

Contador de visitas

0.png4.png0.png5.png3.png5.png4.png
Hoje:171
Ontem:1139
Últimos 7 dias:5390
Mês:21708
Total:405354

Conectados simultaneamente

23
Online

23-10-21

Visitantes online

Parceiros

Go to top