ptzh-CNenfritjakoruesvi

Brasileiro Vitor Toffanelli vence no K-1 World GP 2021 Japan ( K’Festa.4 Day.1 )

No domingo, ( 21 de março de 2021 ), o K-1 Group realizou o K-1 World GP 2021 Japan ( K’Festa.4 Day.1 ). O evento teve lugar no Tokyo Garden Theatre, em Tóquio, Japão. As lutas foram transmitidas ‘ao vivo’ pela Abema TV.
Não custa lembrar que o K-1 recuperou o ‘status’ de “maior evento de ‘lutas em pé’ do mundo”.

O ‘main event’ ( e portanto “evento principal” ) deste ‘card’ nos trouxe Yuuki Egawa defendendo o seu título na categoria de 58 quilos contra Tatsuya Tsubakihara. A dupla já havia se enfrentado em uma luta ( quando o título não estava em jogo ), em setembro do ano passado. Desta feita, Tatsuya Tsubakihara acabou vencendo Yuuki Egawa por decisão dividida dos jurados ( 10-9, 9-10, 10-9 ), após um round extra.

Já no ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) do ‘card’ deste K-1 World GP 2021 Japan ( K’Festa.4 Day.1 ) vimos mais uma disputa de título ( até 65 quilos ) com Hideaki Yamazaki defendendo o seu cinturão de campeão pela primeira vez contra Fukashi Mizutani. Hideaki manteve o título com sucesso ao nocautear Fukashi passados pouco mais de um minuto do round inicial.

O evento também marcou a estréia do sensei Júlio Cesar Mori ( Brazilianthai ) no K-1 diante do japonês Katsuya Jinbo. Foram três rounds de muita “trocação”, do começo ao fim. Júlio perdeu por pontos, mas realizou um sonho ao fazer uma grande estreia no K-1. O atleta mostrou que está no jogo e isso é só o começo.

Outro brasileiro e representante da equipe Brazilianthai, Vítor Toffanelli fez o seu retorno ao K-1 após a sua estréia em novembro passado. Vítor obteve uma grande vitória por nocaute técnico no terceiro round sobre o japonês Suzuki Hayato.

Na entrevista pós luta, Vítor declarou que seu próximo passo é lutar um GP em busca do cinturão do K-1 World GP ou K-1 MAX ( Middleweight Artistic Xtreme ).

Confira os resultados do “K-1 World GP 2021 Japan ( K’Festa.4 Day.1 )” que incluem :

K-1 World GP 2021 Japan ( K’Festa.4 Day.1 )
21 de março de 2021
Tokyo Garden Theatre
Koto, Tóquio, Japão

Tatsuya Tsubakihara venceu Yuuki Egawa por decisão dividida após um round extra ( 10-9, 9-10, 10-9 ) - pelo título até 58 quilos
Hideaki Yamazaki venceu Fukashi Mizutani por nocaute ( ‘jab’ de esquerda ). Round 1, 1:10 - pelo título até 65 quilos
Yuta Murakoshi venceu Ryusei Ashizawa por decisão unânime ( 30-28, 30-29, 30-29 )
Koya Urabe venceu Hikaru Hasumi por decisão unânime ( 30-28, 30-27, 30-29 )
Tatsuki Shinotsuka venceu Kaito Ozawa por decisão dividida após um round extra ( 10-9, 9-10, 10-9 )
Kaisei Kondo venceu Duangsomphong Maki por decisão majoritária ( 29-29, 30-28, 30-28 )
Vitor Toffanelli venceu Hayato Suzuki por “TKO” ( corte ) Round 3, 1:28
Mahmoud Sattari venceu Hisaki Kato por “TKO” ( golpes ) Round 2, 0:26
Seiya Tanigawa venceu Rui Hanazawa por decisão unânime ( 30-27, 30-26, 30-26 )
Miyu Sugawara venceu Nozomi Sigemura por decisão unânime ( 30-27, 30-27, 30-26 )
Gunji Taito venceu Riku Morisaka por decisão unânime ( 30-27, 30-26, 30-26 )
Shuji Kawarada venceu Hisaki Higashimoto por “TKO” ( corte ) Round 1, 1:20
Katsuya Jinbo venceu Júlio Cesar Mori por decisão unânime ( 30-28, 30-28, 29-28 )
Yuta Matsuyama venceu Sora Suizu por nocaute ( joelhada ) Round 1, 1:19
Koji Ikeda venceu Eiki Kurata por nocaute ( direto de direita ) Round 2, 1:55
Mina Daiki venceu Kyosuke Takahashi por nocaute (direto de esquerda ) Round 3, 1:19
Natsuki Kitamura x Koki Akada terminou em empate majoritário (30-29, 29-29, 29-29)

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 23/03/2021
_
Foto : Após vencer a sua luta no domingo, o brasileiro Vitor Toffanelli agora busca o cinturão do K-1 world GP. ( Cortesia | Créditos : AP Vitor Toffanelli | ( C ) K-1 Japan Group | ( C ) M-1 Mídia Esportiva | Divulgação ).

163454386 3705979816183988 8384633788984943734 n 040b9

Vitor Toffanelli recebendo o trofeu de campeão ao lado do Mestre Danilo Zanolini. ( Cortesia | Créditos : AP Vitor Toffanelli | ( C ) K-1 Japan Group | ( C ) M-1 Mídia Esportiva | Divulgação ).

“Musashi Rock Festival 2020” inova com “rock’n’roll” e Kickboxing

O “Musashi Rock Festival 2020”  é um evento que combina artes marciais e música e será realizado no Toyosu PIT ( Tóquio ), no 13 de janeiro do próximo ano.
Também conhecido vulgarmente como “Musafes”, o evento é organizado pelo artista marcial Musashi, um ‘ex-ás’ japonês do K-1 e seu irmão mais novo, TOMO.
É um show inovador e sem precedentes na terra do Sol Nascente por misturar artes marciais e “rock’n’roll”.

O “Musashi Rock Festival” aconteceu pela primeira vez no ZEPP TOKYO em outubro de 2009, para marcar a aposentadoria de Musashi do K-1.
Em 2020, Musashi comemora o 10º aniversário da sua aposentadoria do K-1 e do “Musashi Rock Festival” que será realizado novamente com o tema “títulos”.

No palco veremos alguns grupos musicais ‘ao vivo’ : coldrain, Do As Infinity, OLEDICKFOGGY, SEX MACHINEGUNS e 10-FEET, entre os que foram anunciados até agora.

Já a parte de lutas contará com alguns confrontos disputados sob as regras do Kickboxing.
Inicialmente teremos uma luta de contrato até 63kg entre Shohei Asahara ( PFP ) e Pietro Durya ( Holanda ). Em seguida veremos outra luta de contrato - desta feita até 72kg - envolvendo os atletas T-98 ( Crosspoint Kichijoji ) e Ilias Bokayua (Holanda). E para finalizar a parte esportiva serão chamados ao ringue os competidores Rikiya Yamashita ( Doshin Kaikan ) e Bada Ferdaos ( Holanda ) para uma luta casada de pesos pesados.

Além disso, três lendas do K-1, Ernesto Hoost, Peter Arts e - obviamente - Musashi, se farão presentes.

Um novo pôster de divulgação também foi lançado essa semana. O mesmo foi elaborado por Katsuhisa Minami, autor do mangá ‘The Fabre’ e amigo íntimo de Musashi.
O ‘pôster’ apresenta Peter Aerts e Ernesto Hoost ( mas com foco em Musashi ) e tem um ‘design’ inovador inspirado no “Musashi Rock Festival”.

Musashi é classificado por muitos como o melhor peso pesado japonês à pisar nos ringues do K-1 juntamente com com Masaaki Satake desde os primeiros dias do maior torneio de ‘strikers’ do mundo.
Musashi estreou profissionalmente em setembro de 1995 e se classificou entre os quatro melhores no K-1 GP’96. Em outubro de 1999, ele chegou ao topo da categoria peso-pesado no Japão ao vencer Masaaki Satake por decisão.
Mas Musashi também conquistou o segundo lugar no K-1 World GP 2003 / 2004, ou seja, por dois anos consecutivos. Sua última luta foi contra Jérôme LeBanner em setembro de 2009. No ano seguinte ele anunciaria a sua aposentadoria dos ringues.

Embora algumas promoções norte-americanas de MMA como o ‘King Of The Cage’ e mesmo o “FIGHTFEST”, de Royce Gracie, tenham saído na frente ao misturar lutas com ‘o bom e velho’ “rock’n’roll”, o “Musashi Rock Festival 2020” tem o seu mérito.
Pois como justificaria o ‘lendário’ Adriano Falabella em seu quadro “Enciclopédia do Rock”, durante o programa Alto Falante ( transmitido todos os finais de semana pela Rede Minas ) :

-“Porque ‘rock’n’roll’ é pra quem merece ! Gostas do delírio, baby ?”-em um dos seus bordões inesquecíveis para diversas gerações de roqueiros.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 06/12/2019
_
Foto : O novo ‘pôster’ destaca Musashi, Aerts e Hoost. Tele Marker apresenta o “Musashi Rock Festival 2020”. ( okmusic UP’s ). ( Cortesia | Créditos : Katsuhisa Minami | Divulgação MUSASHI ROCK FESTIVAL 2020 ).

Kickboxing profissional novamente legalizado em British Columbia

Após anos assumindo a posição de que o código penal só permite às províncias canadenses supervisionar dois tipos de esportes de combate profissional, quais sejam o boxe e artes marciais mistas ( MMA ), o governo de British Columbia, no Canadá, mudou de sintonia e anunciou que a província também legalizará o Kickboxing profissional.

Embora o Kickboxing já fosse permitido como esporte amador em British Columbia anteriormente, o esporte não era permitido em nível profissional e os ‘Kickboxers’ tinham que enfrentar a escolha de deixar a província de British Columbia, ou então, teriam que ‘migrar’ para as competições de artes marciais mistas ( MMA ) para se tornarem profissionais, se desejassem permanecer em sua jurisdição.

Mas tudo isso mudou depois do anúncio feito na última terça-feira pela ministra do Turismo, Artes e Cultura, Lisa Beare, durante uma conferência de imprensa no evento World Champion Fight Club, em Richmond, Canadá.

De acordo com o anúncio, o Kickboxing profissional poderá ser disputado como um subconjunto das artes marciais mistas ( MMA ), o que significa que os atletas não terão mais que sair da província para se tornarem profissionais.

A decisão foi tomada por Kelly Gilday, da British Columbia Athletic Commission, que autorizou a realização das competições de Kickboxing agora no nível profissional, e não apenas no amador, já à partir do próximo ano.

Gilday disse que sua organização já trabalhava para a inclusão do Kickboxing profissional há algum tempo e essa nova etapa reduzirá o risco para os lutadores, permitindo que eles passem para o próximo nível com uma maior segurança.

A comissária atlética de BC disse ainda que espera ter uma supervisão completa do Kickboxing em 2020, mesmo que esse esporte seja disputado como um subgrupo das artes marciais mistas ( MMA ).

- “Isso também adicionará consistência ao esporte e permitirá que B.C. se junte a outras jurisdições no Canadá que já permitem a promoção do Kickboxing no nível profissional”.-declarou Gilday.

A Comissão Atlética de British Columbia supervisiona as disputas profissionais de artes marciais mistas ( MMA ) e Boxe, bem como os eventos amadores de Kickboxing, Muay Thai, Pankration e MMA em toda a província de British Columbia. A Comissão Atlética está comprometida em garantir a segurança e a integridade dos esportes de combate em toda a província.

Stan Peterec, um veterano canadense do Kickboxing e bicampeão mundial que agora treina e orienta atletas, disse que espera esta decisão há muito tempo.

-“[Estou] muito feliz pelos ‘Kickboxers’ de B.C., agora eles conseguirão ganhar dinheiro com algo que gostam de fazer, [eles] terão patrocinadores locais porque irão lutar localmente. É uma vitória para todos. Todos nós sabemos o que os esportes fazem para os jovens e eu não poderia estar mais feliz pela próxima geração”.-disse ele.

Outro que estava feliz da vida era Josh Jauncey, classificado em quinto no mundo pelo Glory Kickboxing.

-“Com o fim da proibição do Kickboxing profissional em B.C., finalmente poderei me apresentar diante de minha família, amigos e apoiadores ao longo da carreira. Poderei exibir o talento e o potencial que vive nos canadenses e em seus jovens aspirantes e finalmente terei a oportunidade de competir com mais frequência e proporcionar uma vida melhor para minha família. Fazemos parte da comunidade de Kickboxing em B.C. por mais de duas décadas e temos grandes planos para o futuro.”-finalizou Josh.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 30/08/2019
_
Foto : A ministra do Turismo, Artes e Cultura, Lisa Beare ( a segunda pessoa à partir da esquerda ), após a conferência de imprensa no World Champion Fight Club, em Richmond, na terça-feira, quando foi anunciada a legalização do Kickboxing profissional. ( Cortesia : Mark Booth  |  Maggie MacPherson  |  CBC ).

Resultados do Circuito Nordestino de K-1 & Copa Pernambuco de Kickboxing

Aconteceu no Domingo ( 21 de Julho ), em Recife-PE, a 21ª edição do Circuito Nordestino de K-1 em uma ‘co-promoção’ com a Copa Pernambuco de Kickboxing.

A competição foi organizada pelo professor Mário Souza, um dos representantes do C.I.A.M. na capital do pernambucana e as lutas tiveram lugar no CT Strikers Kickboxing ( Rua João Cardoso Pires, 1005c – Setubal ).

A luta principal do evento foi entre Edgar “Boca” e Jackson “Sucuri” valendo o título de campeão do estado de Pernambuco, na categoria 61 kg.

O campeão foi Edgar “Boca”, que obteve o nocaute no 2º round com um chute giratório ‘back kick’ no tronco do atleta “Sucuri”.

Após a luta, o desafiante “Sucuri” assinou contrato para lutar em futuras edições do Circuito Nordestino de K-1.

Ele desafiará os novos campeões do evento em diferentes categorias de peso.

Em alguns dias o resultado oficial de todas as lutas será divulgado no site oficial do C.I.A.M. - Conselho Internacional de Artes Marciais.

Agora o Circuito Nordestino de K-1 fará o seu retorno ao estado do Ceará.

Maiores informações sobre as próximas etapas com o Grão Mestre Eduardo Moraes pelo número : ( 88 ) 9 9468 4246.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 22/07/2019

_

Foto acima : A competição foi realizada em Recife-PE, no Domingo ( 21 de Julho ), pelo professor Mário Souza. ( Cortesia | Créditos : Divulgação ).

Abaixo : As lutas do Circuito Nordestino de K-1 & Copa Pernambuco de Kickboxing contaram com um excelente nível técnico. ( Cortesia | Créditos : Divulgação ).

67268220 505891453518480 1495080533804187648 n abe81

AFC 12 vai agitar a Coreia do Sul com MMA e Kickboxing no próximo mês

O Angel’s Fighting Championship ( AFC ) vai promover mais um show de lutas no próximo mês.
Para quem não sabe, o Angel’s Fighting Championship é a primeira organização de lutas de MMA que faz doações de caridade em todo o mundo - ajudando crianças doentes pequenas ( sejam estas portadoras de doenças comuns ou incuráveis e raras ) e suas famílias, além de pagar os custos de cirurgias e tratamentos com as receitas e doações coletadas em cada luta - e que promove várias atividades com essa finalidade.

Além disso, sua missão é - também - promover o desenvolvimento das artes marciais na Coréia e conteúdo esportivo para a família, e projetar os seus lutadores para outros eventos ao redor do mundo.

Assim sendo, o sistema operacional do AFC é composto por lutadores, empresários e artistas, tornando-se uma combinação eficaz para o entretenimento esportivo e a caridade.

A novidade é que a franquia acaba de anunciar que irá promover três disputas de títulos em sua próxima edição.

Intitulado AFC 12: ‘Hero of the Belt’, o evento está marcado para o dia 10 de junho, no KBS Arena Hall, em Seul, capital da Coreia do Sul. Os primeiros títulos dos peso-leve, peso-galo e peso-médio da promoção estarão todos em jogo.

Kang Jung-Min ( 8-10-2 ) enfrenta Yoo Sang-Hoon ( 5-0 ) na disputa da coroa inaugural dos leves. O primeiro tem sido um marco da cena do MMA no Japão e na Coréia na última década desde sua estréia no Vale Tudo Japan em 2009.

Já Yoo Sang-Hoon venceu toadas as suas quatro lutas disputadas pelo AFC. Ele começou à se destacar na cena do MMA com uma vitória sobre um experiente adversário brasileiro no HEAT 39.

Na segunda disputa de título adicionada ao evento, o lutador Seo Jin-Seo ( 5-2 ), do Korean Zombie MMA, enfrentará o invicto atleta conhecido como “a máquina de finalização” Song Young-Jae ( 3-0-1 ) pelo título do peso-galo. Esta será uma revanche da luta no AFC 6, evento que foi realizado no início de 2018.
A primeira luta entre ambos foi bastante disputada e espera-se o mesmo nessa revanche.

Além disso, Sasha Palatnikov ( 3-1 ), que vive atualmente em Hong Kong e Son Sung-Won ( 9-6 ) do Team MAD irão disputar o cinturão dos médios. O primeiro vem de uma vitória no AFC 10 enquanto seu oponente faz sua estreia no Angel’s Fighting Championship.

Como anunciado anteriormente, um combate de kickboxing ‘à céu aberto’ entre David Mihajlov e o “gigante sul-coreano” Choi Hong-Man também está programado para o AFC 12.

O veterano do PRIDE e do K-1 enfrentará o talentoso lutador húngaro que é o atual campeão da WKN em sua terra natal e tem um recorde de 15-5 com nove nocautes.

Ao contrário de muitos dos antigos oponentes de Choi, Mihajlov é de estatura parecida com a do sul-coreano de 38 anos. O húngaro tem 1,95 cm de altura e pesa cerca de 110 kg.

Antes de Choi voltar ao ‘cage’ do AFC, ele lutará no Japão, onde enfrentará Ryo Kawamura no Ganryujima 2019 em Maihama, no dia 11 de maio. Esse confronto será uma luta com “regras personalizadas” disputada em um tapete ( tatame ) estendido em uma plataforma.

AFC 12: ‘Hero Of The Belt’
10 de junho de 2019
KBS Arena Hall
Seul, Coreia do Sul.

Yoo Sang-Hoon vs Kang Jung-Min ( título peso-leve )
Seo Jin-Soo vs Song Young-Jae ( título peso-galo )
Sasha Palatnikov vs Son Sung-Won ( título peso-médio )
Kickboxing: David Mihajlov vs Choi Hong-Man ( peso livre )
Jung Han-Guk vs Lee Min-Gu ( peso pena )

P.S.: Se você se sensibilizou com a causa do Angel’s Fighting Championship ( AFC ) e gostaria de saber mais sobre os seus projetos de caridade, ou até mesmo contribuir com alguma doação, favor visitar o site oficial : http://www.angels-fighting.com/

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 13/05/2019
_

Foto : Os mandatários do Angel’s Fighting Championship anunciaram três disputas de títulos para a próxima edição. ( Cortesia : divulgação ).

Veja os resultados e destaques do Road To ONE 7rd: “4th Young Guns” realizado em Tóquio, Japão

O show de MMA batizado como Road To ONE 7rd: “4th Young Guns” foi realizado na tarde de segunda-feira ( 22 de fevereiro ), em Tóquio, Japão. 

Este foi o quarto ‘card’ da subsidiária japonesa do ONE Championship ( promovido pelo Shooto ), mas é o sétimo da série daqueles que já foram promovidos pelo “Road to ONE” em países do continente asiático e em alguns outros do leste europeu.

Assim sendo, o show teve lugar no Tsutaya O-East diante de um público que, embora “limitado”, prestigiou o evento ao ‘ao vivo’. 

As lutas também foram transmitidas pela Abema TV.

O ‘main event’ ( e portanto “evento principal” ) da programação foi uma luta entre a faixa-preta de Judô Itsuki Hirata e Miku Nakamura, uma lutadora regular da promoção Shooto. 

A luta foi definida no segundo round, quando Hirata fez uso de uma projeção pelo quadril e lançou Nakamura ao solo, de onde fez a transição para um estrangulamento. Contudo, em vez de insistir na tentativa de finalização para tentar fazer a sua oponente desistir, ela optou por trabalhar com socos no “ground and pound” que forçaram a interrupção do confronto pelo árbitro aos 2:34.

Com a vitória, Hirata melhorou o seu ‘recorde’ no MMA para 4-0, enquanto Nakamura cai para 3-4.

Já o ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) deste ‘card’ foi um duelo na categoria de peso meio-médio em  que Kazuki Kasai venceu Takuya Nagata no terceiro e último round.

Com Nagata na posição de “quatro apoios”, Kasai começou a puni-lo com socos na cabeça, fazendo com que o ‘corner’ jogasse a toalha. Com a vitória, ele melhora para 6-1, enquanto seu oponente cai para 9-4-1.

Em outra luta, Toru Ogawa ( 12-8 ) derrotou seu colega do peso galo no Pancrase Kenji Yamanaka ( 11-9 ) por decisão, encerrando a invencibilidade de seu oponente em uma luta divertida. 

Na única luta de Kickboxing do ‘card’ , o muito falado adolescente Shoa Arii teve uma vitória convincente sobre Yu Hiramatsu, marcando três ‘knockdowns’ no segundo round.

Já o veterano competidor do ONE Warrior Series, Hikaru Yoshino ( 9-2 ), mostrou suas habilidades no Judô para conseguir uma vitória por decisão dividida sobre Shohei Nose ( 4-2 ) em luta na categoria do peso pena.

No peso leve, Hirotaka Nakada ( 2-1 ) surpreendeu Tatsuhiko Iwamoto ( 10-7 ), parando o adversário com golpes no primeiro round.

Confira os resultados do Road To ONE 7rd: “4th Young Guns” que incluem :

Road To ONE 7rd : 4th Young Guns

22 de Fevereiro de 2021

Shibuya Tsutaya O-East

Tóquio, Japão

 

Itsuki Hirata venceu Miku Nakamura por “TKO” ( socos ) aos 2:34 do segundo round 

Kazuki Kasai venceu Takuya Nagata por “TKO” ( córner jogou a toalha ) aos 2:50 do terceiro round 

Toru Ogawa venceu Kenji Yamanaka por decisão unânime

Kickboxing: Shoa Arii venceu Yu Hiramatsu por “TKO” ( três ‘knockdowns’ ) aos 2:25 do segundo round 

Hikaru Yoshino venceu Shohei Nose por decisão dividida

Hirotaka Nakada venceu Tatsuhiko Iwamoto por “TKO” ( cotoveladas e socos ) aos 3:33 do primeiro round 

Keito Yamakita venceu Shuto Aki por “TKO” ( joelhadas ) aos 2:21 do primeiro round 

Toshiomi Kazama venceu Kohei Maeda por “TKO” ( socos ) aos 3:04 do primeiro round 

Koyuru Tanoue venceu Takafumi Ato por decisão unânime

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 24/02/2021

_

Foto acima : Itsuki Hirata, após a luta, com Shinya Aoki. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | ( C ) Abema TV | Divulgação ).

Abaixo : Itsuki Hirata e Miku Nakamura fizeram o ‘main event’ ( e portanto “evento principal” ) deste ‘card’. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | ( C ) Abema TV | Divulgação ).

Itsuki Hirata kicks Miku Nakamura 0c1d7

Isaul Marcos Soares “Torrão” : ‘lenda viva’ do Kickboxing e Vale Tudo

Isaul Marcos Soares, o “Torrão” nasceu em Pacaembu-SP mas foi morar em Jundiaí-SP em 1979. Aos 19 anos começou à treinar em uma academia em São Paulo e em 1983 começou a lutar profissionalmente.
Ele é um dos maiores lutadores do Brasil e também um dos pioneiros nas modalidades Kickboxing e Full Contact, nas quais obteve vitórias significativas sobre grandes nomes do esporte de contato em nosso país dentre os quais podemos citar Evilázio Feitoza ( um dos maiores técnicos do Brasil e que só perdeu para “Torrão”  em sua também vitoriosa carreira ), Ezequiel Jacó ( do Boxe ),  “Índio” Rakchal Rodrigues ( Campeão de Kickboxing que desafiou Rickson, Royce e Renzo Gracie para lutar em eventos de Vale Tudo ), Rafael Cordeiro ( um dos maiores técnicos de MMA e Muay Thai do mundo, o lutador de Curitiba ostentava à época a fama de um Wanderley Silva ) e Sérgio Cunha ( Outro lutador da consagrada equipe Chute Boxe. Campeão Brasileiro de Muay Thai nos anos de 92,93 e 94 ), dentre muitos outros.

Sua carreira internacional teve início no dia 20 de Agosto de 1995 com uma disputa de Título Mundial de Kickboxing válido pela ISKA na Espanha, a qual perdeu por Pontos.
“Torrão” teria nova chance no ano seguinte, desta feita contra Richard Dunana na África do Sul, perdendo novamente por pontos após 12 Rounds.

“Torrão” conquistaria seu primeiro título de Campeão Mundial de Kickboxing versão ISKA com a idade de 40 anos, obtendo um nocaute no quarto Round sobre Chinto Mordilho em revanche realizada na cidade de Jundiaí no dia 12/07/97.

Nesse mesmo ano ele promoveu e lutou o “Open dos Gladiadores”, primeiro evento de Vale Tudo na cidade de Jundiaí, obtendo uma vitória sobre Sandro Nei Ribeiro, o ‘Piá’ aos 38 segundos do primeiro Round.
“Torrão” ainda lutaria Vale Tudo em Belém do Pará e novamente em Jundiaí, sendo esse evento realizado sob a chancela da Secretaria de Esportes e Recreação. Desta feita a vitória foi sobre Marcos, Campeão de Vale Tudo do estado de Goiás.

Ao longo de sua vitoriosa carreira competitiva, “Torrão” acumulou um cartel de 153 lutas, sendo 146 vitórias ( 109 por nocaute ) e 3 Títulos de Campeão Mundial.
Como dirigente ele já foi Presidente da ISKA na América do Sul ( com sede no Brasil ), e atualmente promove com regularidade os eventos do ‘Torrão  Combate’, sempre na cidade de Jundiaí, para dar oportunidade à novos lutadores de competirem e se ranquearem, além de obterem títulos nas várias modalidades de esportes de contato, quais sejam o Boxe, Kickboxing, Full Contact, Muay Thay, k-1 e, obviamente, MMA.

Quando perguntado se teria planos de voltar à lutar, ele responde que Sim.
-“Sim, pretendo voltar, se tiver alguém que me desafie e pague a minha bolsa, voltarei à competir sim, com certeza. Adoro Muay Thai e kick boxing e é isso o que o público gosta de ver, luta de ‘trocação’.”-declarou “Torrão, em entrevista alguns anos atrás.

Agora, a novidade é que “Torrão” anunciou que vai mesmo voltar à lutar.
O seu retorno aos ringues está programado para próximo dia 8 de Novembro, quando será realizada a próxima edição do Torrão Combate intitulada ‘Desafio dos Campeões’.
Seu adversário será o lutador “Xandão” na disputa pelo título de ‘Rei da Noite’ neste que já está sendo classificado como “o desafio do ano”.
Estamos na torcida, campeão.

Este é Isaul Marcos Soares, o “Torrão”. Um lutador e vencedor. Nos ringues e na vida.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 17/10/2018
_

Foto acima : “Torrão” vai fazer o seu retorno aos ringues dia 8 de Novembro no ‘Desafio dos Campeões’ diante do lutador “Xandão” ( Cortesia : Divulgação ).

Abaixo : “Torrão” é um dos maiores lutadores do Brasil e também um dos pioneiros nas modalidades Kickboxing, Full Contact e Vale Tudo ( Cortesia : Acervo pessoal ).

ARTICULO5

Saiba tudo sobre o K-1, tradicional show de Kickboxing do Japão

Apesar de muita gente no Brasil ter acreditado, erroneamente, que o K-1 havia cessado as suas atividades, a franquia sequer parou de realizar os seus shows, e segue com o seu trabalho de reestruturação no Japão.

Seus novos donos prometem, inclusive, a solidificação de um negócio que possa continuar pelos próximos 100 anos.

Outro ponto importante é recuperar o status de “maior evento de lutas em pé do planeta”, posto que o K-1 perdeu para o Glory, ( à época uma promoção da Glory Sports International ).

Frequentemente, somos questionados pelos fãs mais ardorosos do K-1 sobre os “rumos” que o show vem tomado, por isso resolvemos escrever essa matéria, com o intuito de esclarecer as dúvidas mais frequentes e servir como fonte de consultas.

Vamos esclarecer quem são os seus novos donos, como está sendo feita a produção das lutas  e em quantas promoções o show foi dividido, além das novas categorias por divisão de peso e alguns dos seus atuais campeões.

Ao final dessa matéria você ainda poderá conferir os dados do próximo evento profissional do K-1 que será realizados ainda este ano e o primeiro de 2018, além do calendário já confirmado na categoria ´amador´ para a próxima temporada.

O que é o K-1 Japan Group :

O "K-1 Japan Group" é um comitê executivo que opera as promoções "K-1 World GP", "Krush", "KHAOS" e "K-1 amateur".

O comitê executivo existe para cada evento que é realizado, contudo "K-1 Japan Group" tem como objetivo aumentar ainda mais a sinergia entre cada organização grupal ( Incluindo não apenas o gerenciamento dos eventos, de "K-1" mas também o compartilhamento de lutadores ).

O que é o ´renascido´ k-1:

O atual "Comitê Executivo K - 1" foi lançado como uma nova organização em maio de 2014 e teve o seu inicio como " K-1 Shinsei ".

Atualmente, o "Comitê Executivo do K-1" está realizando atividades visando a solidificação dos esportes de combate como um dos principais objetivos do "Shinsei K-1" e a construção de um negócio que possa continuar pelos próximos 100 anos.

Mitsuri Miyata, membro do Comitê Executivo do K-1, foi nomeado para o cargo de produtor desde 20 de setembro de 2016.

O planejamento e produção do evento é conduzido pela M-1 Sports Media Co., Ltd., e o Good Lizard Co., Ltd. é operado pela empresa.

Atualmente, os campeões do ´renascido´ torneio do K – 1 em cada categoria de peso são os seguintes :

[super-galo /-55.0kg] Yuki Takei (Takei, Yoshi-out / 20), [pluma /-57.5kg] Takeru (Ken / 25), [/-60.0kg super-pluma] Taiga (/ 20), 【Leve / - 62,5 kg】 Way Rui (China / 25), 【Super Light Class / -65 kg】 Masaaki Nozomi (Nori Masataki / 24), 【Super Welter Classe / -70 kg】 Os seis lutadores de Genghis Arisov (Bielorrússia / 24) estão dominado esta categoria de peso.*

*Nota .: Esta matéria foi escrita antes da decisão dos torneios da categoria que foram disputados na Saitama Super Arena, em setembro e novembro, respectivamente.

O que é o K-1 World GP:

O "K - 1 World GP ( Cay - One World Grand Prix )" é um evento que reúne lutadores vindos de todo o mundo em todas as oito classes de pesos. O direito de disputar o cinturão válido pelo título de campeão em cada categoria será dos atletas de maior destaque nos torneios eliminatórios que congregam os lutadores mais técnicos do mundo nas mais variadas e distintas artes marciais e esportes de contato.

O que é o Krush :

O "Krush (crush)" é um esporte de contato total à semelhança do K-1& em lutas “super destrutivas” que decidem os campeões das categorias masculinas e feminina, independentemente da idade, carreira ou conquistas, em um ringue no qual todos terão as mesmas armas para realizar os seus sonhos : o poder dos seus socos e chutes.

O que é o Khaos :

"KHAOS (Chaos)" é uma palavra grega, que pode significar um "estado sem ordem" e que " todas as coisas podem ser criadas da desordem ".

A nova marca "KHAOS", que nasceu seguindo o espírito de ser o melhor no mundo das lutas ( do "K-1 World GP" ), combinado com espírito da luta “super-destrutiva” ( do "Krush" ), tem o objetivo fornecer um ringue como lugar de experiência para os lutadores que serão criados e/ou nascidos do caos .

O que é o K-1 amador:

O "K-1 amateur ( K-One-amateur )" é uma competição amadora que foi criada com o intuito de começou a tornar o K-1 mais familiar, além de torná-lo um esporte mais seguro, onde qualquer pessoa pode facilmente testar as suas habilidades de lutas, independentemente da sua experiência anterior ou idade. Destina-se não só à preparar e ranquear atletas que visam o topo de uma carreira profissional, mas também a expandir as categorias de base do K-1, que congregam as crianças (alunos da escola primária) e acrescida da categoria de Masters (acima de 40 anos). Além de serem categorizados por idade, os lutadores são ranqueados de acordo com o seu nível técnico, que pode variar da classe A até a classe C.

Confira os dados sobre o próximo evento profissional do K-1 este ano.

■K-1 World GP 2017 Japan : Survival Wars 2017 Data : 27/12/2017.

Local : Korakuen Hall, Tóquio, Japão.

Confira a primeira competição profissional do K-1 no próximo ano.

■K-1 World GP 2018 Japan :K´Fest.1【 Desafio K-1 x Krush】Data : 21/03/2018  Local :  Saitama Super Arena, Saitama, Japão.

O calendário de competições do "K-1 amador" para o primeiro semestre de 2018 já está decidido.

À medida que o cronograma do "K-1 amador" para o primeiro semestre de 2018 já foi decidido, poderei informar à vocês a agenda do mesmo.

K-1 Amador 2018 · Programação do Torneio do Primeiro Semestre.

■ 25 de fevereiro (sol) GEN Sports Palace.

" 20º K-1 amateur - All-Japan Qualifiyng Tournament ".

■ 8 de abril (sol) GEN Sports Palace.

" 21 K-1 amateur - All-Japan All-Japan Qualifiyng Tournament ".

■ 10 de junho (sol) GEN Sports Palace.

"6ª K-1 amateur All-Japan Tournament - Decisão do torneio amador do Japão ".

* As Competições podem ser alteradas, adiadas ou canceladas, de acordo com as circunstâncias.

Fonte: Colaborador Oriosvaldo Costa.

Seminário internacional de kickboxing-online

152391191 3628015483980422 8001061316446201850 o

Seminário internacional de kickboxing-online com técnicas, também charla falando sobre a história de vida desses.

Grandes do kickboxing mundial!

Data: 06 de março:

▪︎ Mestre Danilo Zanolini Danilo Zanolini II campeão mundial de kickboxing multe campeão nas maiores ligas do mundo.

▪︎ Brigador do k-1 Vitor Toffanelli campeão do fight dragão kickboxing (atualmente mora no Japão ??)

▪︎ Brigador do k-1 julio cesar mori campeão do fight dragão kickboxing japão, campeão do s-battle.

Seminário gratuito para todos os afiliados kic.

Estará incrível!

Confederação internacional de kic-kickboxing.

Nota de esclarecimento pública

Website gratuito, não cobrança os nossos leitores ou visitantes, o único objetivo e a divulgação da informação e notícias reais, todos os créditos são de suas respectivas fontes e autores.

Em conformidade com as Leis:

Em conformidade com Artigo 46, I da Lei 9610/98 Brasil - Artigo 46, I da Lei 9610/98 e Lei nº 5.250 de 9 de fevereiro de 1967 - Lei 2083/53 | Lei nº 2.083 de 12 de novembro de 1953.

Para maiores informações e suporte jurídico consulte nosso advogado colaborador: Raphael Guilherme da Silva - OAB/SP Sob o Nº 316.914.

Caso discorde de algum artigo removeremos o mesmo de imediatamente e nós desculpamos de forma publica mediante uma retratação conforme a Lei se assim for solicitado.

Desde já muito obrigado.

Este portal de notícias e uma iniciativa de um Grupo de colaboradores voluntários sobre registro no Japão -目標新聞 (コネクション・ジャパン). - connectionjapan.com .

E é mantido pelos seus voluntários e colaboradores a fim de permitir que a colônia de Brasileiros possa ter acesso a essas informações de forma gratuita e a todos os demais visitantes que assim desejarem acessa nosso website.

Algumas observações na Lei n.º 9.610/98.

Uso de obra autoral para fins de estudo ou crítica;

Uso de obra autoral para exposição de um produto (por exemplo: uma loja de porta-retratos que expõe um porta-retrato contendo uma foto);

Uso de obra autoral para fim privado (se você compartihar com alguém, já não é mais uso privado!);

E outras previstas na Lei n.º 9.610/98.

« October 2021 »
Mon Tue Wed Thu Fri Sat Sun
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

FreeCurrencyRates.com

 

Contador de visitas

0.png3.png9.png8.png9.png5.png7.png
Hoje:146
Ontem:966
Últimos 7 dias:7133
Mês:15311
Total:398957

Conectados simultaneamente

16
Online

17-10-21

Visitantes online

Parceiros

Go to top