ptzh-CNenfritjakoruesvi

Confira os resultados do “Road to ONE 3rd : Tokyo Fight Night” realizado no Japão

O ONE Championship retomou com sucesso as suas atividades com dois eventos na China no final do mês de junho ( ONE Hero Series 13 e 14, nos dias 20 e 21, respectivamente ), para em seguida retornar com sucesso à Bangkok ( à partir de 31 de julho ). Desde então, a franquia já realizou mais três eventos na capital da Tailândia.
 
No início desta semana, Chatri Sityodtong, fundador e CEO do ONE Championship, informou que os eventos internacionais do ONE serão retomados no próximo mês.
Além de retornar com os ‘megaeventos’ no mês de outubro, Chatri também revelou que “havia a possibilidade de realização de um evento do ONE nos EUA, em um futuro próximo”.
 
A notícia foi recebida com entusiasmo pelos japoneses que acompanham tudo o que acontece com relação às lutas em todo o mundo, principalmente os atletas participantes do “Road to ONE 3rd : Tokyo Fight Night”. 
O evento marcou o retorno da promoção à ‘terra do Sol Nascente’ - logo após o sucesso do “Road to ONE: 2nd”, realizada dia 17 de abril - e desde que a pandemia global do novo coronavírus causou restrições de viagens em todo o mundo.
 
Assim sendo, o “Road to ONE 3rd : Tokyo Fight Night” teve lugar no Shibuya Tsutaya O-East, em Tóquio, capital do Japão, na noite de quinta-feira ( 10 de setembro ).
 
O ‘card’ quase todo composto por atletas japoneses teve um total de seis lutas; quatro de MMA, uma de Muay Thai e uma de Kickboxing.
 
A “ex-desafiante ao título do ONE”, Mei Yamaguchi, estava presente fazendo às vezes de ‘announcer’ enquanto Itsuki Hirata e Yoshihiro ‘Sexyama’ Akiyama eram os convidados “ vip’s ” da programação.
 
No ‘main event’ ( ou “evento principal” ) vimos Shinya Aoki dominar Kimihiro Eto por três rounds para vencer por decisão unânime dos juízes. 
Após a luta, Aoki, coroado por duas vezes como o ‘rei do peso leve’ do ONE Championship, declarou -“querer lutar um evento na Saitama Super Arena pela primeira vez em cinco anos e que irá fazer isso acontecer”,- em clara referência ao seu desejo de retornar ao RIZIN, organização pela qual não compete desde a sua luta com Kazushi Sakuraba.
 
Já o ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) foi uma verdadeira batalha entre dois ex-campeões na categoria peso palha do ONE. Após 15 minutos completos, Yosuke Saruta lutou o suficiente para garantir a vitória por decisão dos juízes sobre Yoshitaka Naito. E ao fazer isso, ‘The Ninja’ colocou-se na “pole position” para desafiar o atual campeão dos pesos palha do ONE, Joshua Pacio, luta que deverá vir na sequência.
 
Confira os resultados do “Road to ONE 3rd : Tokyo Fight Night” que incluem :
 
Road to ONE 3rd : Tokyo Fight Night
10 de Setembro de 2020
Shibuya Tsutaya O-East
Tóquio, Japão
 
MMA : Shinya Aoki venceu Kimihiro Eto por decisão
MMA : Yosuke Saruta venceu Yoshitaka Naito por decisão
MMA : Hiroyuki Tetsuka venceu Gunther Kalunda por “TKO” no primeiro turno ( 1:16 )
MMA : Yuta Nezu venceu Masakazu Imanari por decisão
Muay Thai : Asahi PK.SaenchaiMuayThaiGym venceu KING Kyosuke por decisão
Kickboxing : Arii Shoa venceu Naoya Kuroda por “KO” no segundo round  ( 2:20 )
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 11/09/2020
_
Foto acima : Após a vitória Shinya Aoki declarou querer lutar no RIZIN. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Susumu Nagao | ( C ) Abema TV | ( C ) ONE Championship | ( C ) Professional Shooto MMA Japan | Divulgação ).
 
Abaixo : Os organizadores garantiram uma ótima estrutura para acomodar o público presente. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Abema TV | ( C ) ONE Championship | ( C ) Professional Shooto MMA Japan | Divulgação ).
119082126 3317090695037984 3584575694186492055 o 73c2a

Hiroto Kyoguchi defenderá seu título mundial de boxe em novembro no Japão

O pugilista japonês Hiroto Kyoguchi, campeão mundial pela World Boxing Association ( WBA ) nas categorias dos pesos leves e mosca, anunciou em uma conferência de imprensa na sua academia que colocará o seu título dos moscas em jogo no dia 3 de novembro, em luta que será realizada no Intex Osaka, na cidade de Osaka.
 
A luta - que marcará a primeira disputa de um título mundial masculino de boxe a ser realizada no país desde o início da pandemia - será transmitida ‘ao vivo’ no canal de Kyoguchi no YouTube.
 
Esta é uma nova tentativa de Kyoguchi, que também é “YouTuber” e atualmente possui 120.000 inscritos em seu canal. Embora não tenham sido divulgados detalhes sobre a visualização, para torná-la rentável, além de anunciar no programa, está sendo considerada uma função que permitirá ao telespectador enviar dinheiro como uma moeda com a função de ‘chat’ enquanto assiste.
 
Além disso, o Intex Osaka espera receber até 2.000 fãs no dia da luta, ou seja, metade da capacidade da arena, com assentos escalonados para que os espectadores não fiquem sentados um ao lado do outro ou imediatamente na frente ou atrás uns dos outros. Assim sendo, a promoção seguirá todos os protocolos que um grande evento nestas circunstâncias exige.
 
Kyoguchi, que estava programado para fazer uma defesa do título em maio e teve a sua luta cancelada devido à pandemia, agora fará sua terceira defesa de título contra o desafiante e 11º colocado no “ranking” do WBA, Thanongsak Simsri.
 
Tanomsak ( atleta de 20 anos ), que participou da conferência de forma remota, também é um campeão dos pesos leves e mosca na Tailândia e é um forte e invicto lutador que já venceu 14 lutas profissionais ( 12 “KO” ).
 
Não se sabe quando Thanongsak chegará ao Japão, mas os promotores disseram que já tinham uma logística para esse propósito e, caso o lutador tailandês não consiga entrar no país a tempo, já há um oponente substituto e que estará disponível no dia do evento.
 
Não custa lembrar que Kyoguchi, de 26 anos, também está invicto como profissional e assim como seu adversário acumula um ‘recorde’ de 14-0 ( sendo 09 “KO” ).
 
Kyoguchi também já cruzou a ‘barreira’ do boxe e tem colaborado com Nobuyuki Sakakibara e Miki Asakura, representantes do RIZIN, maior show de MMA do Japão na atualidade. O pugilista admite que ganhou reconhecimento principalmente no mundo das artes marciais, e que tem recebido mais atenção da mídia geral do que antes, principalmente devido ao seu trabalho como “YouTuber”.
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 09/09/2020
_
Foto : Hiroto Kyoguchi defenderá seu título de campeão do peso mosca da WBA diante do tailandês Thanongsak Simsri, na cidade de Osaka. ( Cortesia | Créditos : ( C ) Naoki Fukuda | ( C ) Ring TV | Divulgação ).

Takeru Segawa em ação nos próximos ‘cards’ do K-1 World Grand Prix Japan 2020 em setembro e novembro

O K-1 Japan Group anunciou que o aguardado evento do K-1 World Grand Prix Japan 2020 será realizado no Fukuoka International Center, em Fukuoka, no dia 3 de novembro ( terça-feira ). 
O ‘card’ ainda está em andamento com mais lutas a serem adicionadas em breve, mas com as restrições de viagens atuais, parece improvável que haja qualquer lutador baseado fora do Japão em ação.
 
Contudo, uma parte interessante do programa já está acertada. 
Estará no ‘card’ a primeira mulher campeã na categoria peso mosca do K-1, Kana, que enfrentará Kotomi, a “estrela” do Krush ( promoção afiliada ao K-1 ).
 
No ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) teremos a presença de Sina Karimian, um lutador iraniano e campeão do K-1 na categoria “cruiserweight”, que lutará com K-Jee em uma luta que não será válida por disputa de título. Este será o segundo confronto entre eles, sendo que Karimian venceu K-Jee por decisão dos jurados em 2018.
 
Já o ‘main event’ ( ou “evento principal” ) trará Takeru Segawa defendendo o título dos penas contra Leona Pettas.
 
Takeru está fora de ação desde março, quando nocauteou o lutador tailandês Petchdam Petchkiatpetch no segundo assalto do “K’Festa.3”, evento que foi realizado na Saitama Super Arena. 
Já Leona Pettas, por sua vez, é o atual campeão dos penas do Krush e vem de uma vitória por decisão sobre Tatsuya Oiwa, quando defendeu o seu título em junho.
 
Antes disso, porém, Takeru Segawa participará de outra edição do K-1 World Grand Prix Japan 2020 em 22 de setembro, show que terá lugar no 1st Stadium Edion Arena Osaka, em Osaka. Na ocasião, ele fará uma luta de exibição contra Saiga Kizaemon. 
Nesse mesmo ‘card’, Rukiya Anpo e Hideaki Yamazaki disputarão o título de campeão da categoria até 65 kg.
 
 
K-1 World Grand Prix Japan 2020
22 de setembro de 2020
Edion Arena Osaka
Osaka, Japão
 
 
Takeru Segawa vs Kizaemon Saiga
Rukiya Anpo vs Hideaki Yamazaki
Yuki Egawa vs Tatsuya Tsubakihara
Koya Urabe vs Yuto Shinohara
Mio Tsumura vs Miho Takanashi
Hiromi Wajima vs Raseasing Weerasakreck
Fukashi Mizutani vs Jin Hirayama
Hisaki Kato vs Hitoshi Sugimoto
Shuji Kawarada vs Seiya Ueda
Tetsu vs Narufumi Nishimoto
Kensei Kondo vs Taito
Yuto Kuroda vs Hiroki Mitsui
Naoki Takahashi vs Ryota Ishida
Kaito Yamawaki vs Riki
Rioya Nasu vs Takumi Nagai
Tsubasa Yamawaki vs Yuki Toyota
 
 
K-1 World Grand Prix Japan 2020
3 de novembro de 2020
Fukuoka International Center
Fukuoka, Japão
 
 
Takeru Segawa vs Leona Pettas
Sina Karimian vs K-Jee
Kana vs Katomi
Hirotaka Asahisa vs Tatsuya Oiwa
Masahiro Yamamoto vs Nariai Satoru
Make Yamada vs Yu
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 08/09/2020
_
Foto acima : Takeru Segawa e Kizaemon Saiga farão uma luta de exibição em setembro. ( Cortesia | Créditos : ( C ) K-1 Japan Group | ( C ) M- 1 Mídia Esportiva | Divulgação ).
 
Abaixo : O campeão Takeru Segawa e o desafiante Leona Pettas lutarão pelo título dos penas em novembro. ( Cortesia | Créditos : ( C ) K-1 Japan Group | ( C ) M- 1 Mídia Esportiva | Divulgação ).
118167745 2668922473372696 4429349089258603526 n 0615d

Resultados e comentários do evento “REBELS.65” realizado domingo no Japão

Tradicional promoção de Kickboxing e Muay Thai da ‘terra do Sol Nascente’, o REBELS está de volta.

Após ser anunciado durante uma conferência de imprensa em 18 de fevereiro - quando estava programado para ser realizado em 24 de abril - e posteriormente adiado para 10 de maio, o “REBELS.65” finalmente aconteceu no Domingo, 30 de agosto. A competição teve lugar no Korakuen Hall, em Tóquio, capital do Japão.Uma das lutas mais aguardadas desse ‘card’ foi sem dúvida o ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) em que estava em jogo o título feminino do REBELS na categoria até 46 kg, disputado pelas atletas Rina ‘Panchan’ Okamoto ( 26 anos - 45,95 kg - 1,64 cm ) e Misaki Morita ( 24 anos - 45, 90 kg - 1, 56 cm ) sob as regras REBELS-BLACK ( sem cotoveladas ). 

A disputa entre ambas movimentou a mídia especializada japonesa e até mesmo a mídia geral, como o Yahoo.Classificada pelos repórteres japoneses com uma “linda Kickboxer”, Rina Okamoto ou simplesmente Rina ‘Panchan’, tem um cartel de 7 vitórias ( 1 KO ) e estreou  profissionalmente no Kickboxing durante o Pancrase : “REBELS Ring 1”, em fevereiro de 2019. De lá para cá, ela lutou em eventos como o K.O CLIMAX , KNOCK OUT, SOUL IN THE RING CLIMAX e o próprio REBELS, permanecendo invicta.Já Misaki Morita ostenta um ‘record’ profissional composto por 21 lutas, 14 vitórias ( 2 KO ), 6 derrotas e 1 empate, de acordo com o site oficial do REBELS. Ela estreou profissionalmente em 2016 e suas conquistas incluem o título mini mosca do 18º J-Girls, Vice-campeã do 19º Shoot Boxing Girls S-Cup e finalista da competição feminina S-cup World Tournament Best 4.As atletas alternaram bons momentos na luta do dia 30 de agosto, mas Rina ‘Panchan’ ( STRUGGLE ) acabou vencendo Misaki Morita ( TEAM FOREST ) por decisão dos jurados, que anunciaram o placar ( 30-29, 30-28, 30-28 ), após os três rounds de três minutos cada.

Como prova da sua popularidade, Misaki recebeu inúmeros comentários de encorajamento dos fãs em sua conta no Twitter após a luta. A atleta, originária do Shoot Boxing, prometeu seguir adiante nas competições de artes marciais e disse que na próxima vez que ela subir ao ringue mostrará toda a sua evolução, ao estilo “Billing Rush”.Quanto à Rina ‘Panchan’ - já famosa no Japão por seu trabalho como uma “You Tuber” desde que lançou o “Pan Channel” em maio deste ano - também prometeu seguir adiante em sua carreira nas artes marciais, prometendo fazer novas lutas no REBELS, mas não escondeu que seu principal objetivo é lutar no RISE ( show de Kickboxing promovido pelo Sr. Takashi Ito, e principal concorrente do K-1 no Japão. Não confundir com o “RIZIN”, promovido por Nobuyuki Sakakibara ).Quem também estava feliz da vida após a competição era o Sr. Tsuneji Mori, o criador do Mangá “Genesis Taiga”, que forneceu um bônus de 200.000 de ienes para a luta entre ‘Panchan’ e Misaki.
Como um grande fã de REBELS & KNOCK OUT, o Sr. Tsuneji Mori disse que os produtores do REBELS deveriam realizar um grande torneio feminino ( com lutadoras atraentes ) em um futuro próximo.
Ele se comprometeu em dar um grande bônus para a vencedora da competição e acrescentou que não está preocupado porque este é realmente um grande negócio e também há um efeito publicitário.Como todos podem perceber, parece que está havendo uma interação cada vez maior entre o universo dos Mangá e Animês e as competições de artes marciais no Japão.

Confira os resultados do “REBELS.65” que incluem :

REBELS.65

30 de agosto de 2020
Korakuen Hall
Bunkyo, Tóquio, Japão

Kickboxing : Bazooka Koki venceu Keisuke Niwa por decisão unânime.
Kickboxing : Rina Okamoto venceu Misaki Morita por decisão unânime.
Muay Thai : Yusei Shirahata venceu Takumi Hamada por decisão unânime.
Muay Thai : Ryusei venceu Yuki Chiba por KO / TKO ( regras de três “Knockdowns” ), R1.
Kickboxing : Erika❤️ venceu Koto Hiraoka por decisão unânime.
Kickboxing : Tsukino Yamagami venceu Kiho Noriho por decisão majoritária.
Muay Thai : Masahiro Onoda venceu Daisuke Ibi por KO / TKO ( gancho de esquerda ), R1.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 03/09/2020

_

Foto acima : A luta entre Rina ‘Panchan’ e Misaki Morita foi uma das principais atrações do ‘card’. ( Créditos | Cortesia : ( C ) REBELS(レベルス)| Divulgação ).

Abaixo : Durante a pesagem, as atletas exibiram o cinturão de campeã da categoria feminina até 46 kg que esteve em disputa no “REBELS.65”. ( Créditos | Cortesia : ( C ) REBELS(レベルス)| Divulgação ).

image 1598688489 383c1

Daisuke Watanabe vence a final do Torneio peso pena de 30º aniversário do ‘Hajime no Ippo’

No sábado, dia 22 de agosto de 2020, o Korakuen Hall, “lugar sagrado” para as artes marciais no Japão, recebeu um torneio profissional de Boxe para pugilistas classe A organizado pela Dangan Boxing como parte do 30º aniversário da série de mangá e anime ‘Hajime no Ippo’ ( “Primeiros Passos” ) na Weekly Shonen Magazine ( Kodansha ).

A competição batizada de “Hajime no Ippo 30th Anniversary Featherweight Tournament” ( Torneio peso pena de 30º aniversário do ‘Hajime no Ippo’ ) foi patrocinada pela Morikawa Jouji e tinha como objetivo promover o esporte do boxe para um público mais jovem e para comemorar o 30º aniversário da famosa série de mangá. O vencedor do torneio recebeu um prêmio de 1 milhão de ienes, e como premiação suplementar, obteve o direito de aparecer na série ‘Hajime no Ippo’, obra do mestre George Morikawa.

O evento foi realizado em um ambiente único. Embora o show fosse no Korakuen Hall, o local misturava fãs em número reduzido e recortes de papelão de personagens do ‘Hajime No Ippo’, em uma tentativa de preencher o local e forçar o distanciamento social. Isso deu ao evento uma aparência estranha, mas que gostamos, e que queremos ver replicada no futuro, dado como isso realmente fez o distanciamento social funcionar, algo que falhou em alguns shows recentes de artes marciais mistas ( MMA ) e Kickboxing no Korakuen Hall.

Embora ao longo das competições anteriores houvessem 3 boxeadores estrangeiros ( da China, Coréia do Sul e Filipinas ) e 4 boxeadores do Japão participando, este ‘card’ contou com apenas 4 lutas, com 7 ‘knockdowns’ em todas e foi brilhante, com bastante ação do início ao fim.

Na luta final do “Hajime no Ippo 30º anniversáry Tournament” e portanto ‘main event’ ( ou “evento principal” ) da competição, vimos o ótimo duelo entre os pugilistas Daisuke Watanabe ( 11-4-2,6 ) e Shingo Kusano ( 13-9-1, 5 ). Morikawa e Yamada Takeshi, do JB gym, comentaram a luta que contou com transmissão ‘ao vivo’ pelo serviço de assinatura do “Boxing Raise”.

No primeiro round, Kusano começou forte, acertando golpes retos de esquerda e direita. O lutador Watanbe queria encurtar a distância, tendo sucesso no terceiro assalto. No quinto round, Watanbe levou Kusano “à lona” com um direto de direita. Os dois resistiram até o final do oitavo round, cansados. Watanbe venceu por decisão ( Julgamento 3-0 * 76-75, 77-74, 78-73 ) e após a luta comentou que tem a  esperança de ter uma chance pelo título no próximo ano.

O boxeador Watanbe levou para casa o prêmio de um milhão de ienes e conquistou o direito de aparecer no mangá ‘Hajime no Ippo’ como personagem.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 24/08/2020

_

Foto acima : Daisuke Watanabe recebeu o prêmio de 1 milhão de ienes e o direito de aparecer na série de mangá ‘Hajime no Ippo’. ( Créditos | Cortesia : AP Daisuke Watanabe | ( C ) Dangan Boxing | ( C ) Morikawa Jouji | ( C ) Hajime no Ippo | Divulgação ).

Abaixo : O ‘pôster’ de divulgação do “Hajime no Ippo 30th Anniversary Featherweight Tournament”. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Dangan Boxing | ( C ) Morikawa Jouji | ( C ) Hajime no Ippo | Divulgação ).

117720518 3253342238086821 3819731150414621681 n 5ca25

Shinya Aoki lutará no “Road to ONE 3rd : Tokyo Fight Night” dia 10 de setembro no Japão

Após o sucesso do “Road to ONE: 2nd”, realizada dia 17 de abril, em cooperação com o ONE Championship, Abema TV, TRIBE TOKYO MMA e Sustain, agora o “Road to ONE 3rd : Tokyo Fight Night” está marcado para 10 de setembro.

O evento terá lugar no Shibuya O-East, em Tóquio, capital do Japão, e o ‘card’ contará com alguns grandes nomes da ‘terra do Sol Nascente’. Além disso, ‘kickboxers’ japoneses que desejam participar do ONE Super Series também estarão presentes.

No ‘main event’ ( ou “evento principal” ), Shinya Aoki,  coroado por duas vezes como o “rei do peso leve” do ONE Championship, lutará com Kimihiro Eto. Aoki assinou pela promoção em 2012 e é indiscutivelmente ‘a cara do MMA asiático’.

Aoki perdeu seu título no ano passado quando foi vencido ainda no round inicial de sua luta com Christian Lee em uma reviravolta impressionante. Mas, na sequência, ele se recuperou e venceu o ex-campeão dos penas, Honório Banário, no show btizado de ONE : “Century” - Parte II.

Enquanto Aoki ( 44-9-0-1 ) é uma das ‘estrelas’ mais reconhecidas na região, Eto ( 17-5-2 ) fez seu nome no ONE Warrior Series. O lutador de 31 anos vem de uma vitória por finalização sobre Amir Khan no ONE: ‘King of the Jungle’.

Apesar de ser seis anos mais velho que Eto, é Aoki - como ex-campeão do ONE, Dream, Shooto e WAMMA - o grande favorito contra um adversário que nunca conquistou um título em sua carreira de MMA.

Já o ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) apresentará dois ex-campeões do peso palha do ONE. Yoshitaka Naito ( 15-3 ), que estará voltando sedento por novas vitórias, após seu último triunfo por decisão e terá que encarar Yosuke Saruta ( 20-9-3 ), que também venceu sua última luta.

Naito está atualmente em segundo lugar na categoria, enquanto Saruta está em primeiro. Ambos os homens estão 1-1 em lutas contra o atual campeão do peso palha, Joshua Pacio, sendo que o vencedor ficará na “pole position” para uma luta válida por essa “trilogia”. Logicamente, o vencedor também lutará pelo título.

Apesar de apenas duas lutas terem sido confirmadas até agora, o ‘card’ contará com um total de 6 a 7 lutas, de acordo com o que foi divulgado na coletiva de imprensa realizada na sede da Abema TV, na segunda-feira, dia 17 de agosto. No início da coletiva, Hideyuki Hata, presidente do ONE JAPAN, agradeceu ao Sr. Yuji Kitano, Produtor Geral da Abema TV, por apoiar o evento.

Além de ser transmitido pela Abema TV no Japão, o “Road to ONE 3rd : Tokyo Fight Night” também estará disponível para visualização ‘online’ em diversas regiões por todo o mundo.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 19/08/2020

_

Foto : Shinya Aoki é ex-campeão do ONE, Dream, Shooto e WAMMA.  ( Créditos | Cortesia : ( C ) Abema TV | ( C ) ONE Championship | Divulgação ).

Resultados do show de MMA Deep Jewels 29 realizado em Tóquio, Japão

Maior evento de MMA feminino da “terra do Sol Nascente” na atualidade, o Deep Jewels exibiu seu 29o ‘card’ de lutas na quinta-feira, 23 de julho de 2020, à noite, no Shinjuku Face, em Tóquio, Japão. Este torneio foi realizado com público presente ( metade da capacidade do ginásio ) de acordo com o roteiro de flexibilização de Tóquio e os ingressos foram esgotados rapidamente. Mas a competição também foi distribuída através de um sistema de ‘Pay-Per-View’ para os fãs que não puderam comprar ingresso e não assistiram às lutas presencialmente. O Deep Jewels 29 teve como destaque e portanto ‘main event’ ( ou “evento principal” ) da sua programação uma luta válida pelo título interino do peso palha feminino entre Asami “Akaringo” Nakai e Miki Motono. Nakai tomou a iniciativa, desferindo os primeiros socos, mas Motono respondeu com uma queda. Já no chão, a promessa da AACC se moveu para a meia guarda e Nakai tentou raspar, mas não conseguiu uma reversão e Motono permaneceu por cima, de onde socou continuamente o corpo da sua adversária. Após desferir golpes com os cotovelos no rosto de Nakai, a atleta originária do Judô conseguiu a montada, de onde iniciou uma sequência de socos, obrigando o árbitro Minoru Toyonaga à intervir e parar a luta aos 4:23 do primeiro round. Com a impressionante vitória por TKO ( socos ) Motono melhorou o seu ‘record’ no MMA para 5-1-0, além de se tornar a nova campeã do peso palha do Deep Jewels. Já Nakai caiu 4-3. No ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ), Shizuka Sugiyama e Mika “Arami” Arai fizeram uma ‘luta de contrato’ na categoria de 61 kg ou menos, que é próxima ao peso galo feminino. Após uma troca precoce de golpes, Arai tenta derrubar e Sugiyama se defende, para em seguida, contra-atacar e levar Arai ao tatame. “Arami” tenta uma trava de perna e Sugiyama usa os punhos. As lutadoras se levantam e, dessa vez, é Arai que derruba Sugiyama, mas esta reverte e passa para o controle lateral de onde acerta cotoveladas. O segundo round se desenvolve à semelhança do primeiro, com as atletas tentando quedas, desferindo golpes traumáticos quando no chão e alternando bons momentos.
A situação só se definiria no início do terceiro e último round, quando Shizuka Sugiyama finaliza Arai com um arm-lock, após obter a montada. Uma curiosidade digna de nota foi a mudança de última hora na escalação da tão aguardada luta de Kikcboxing ‘King’ Reina Miura e Marina Kumagai que foi transferida para o Deep 95 Impact, show de MMA que será realizado no dia 22 de agosto. Em substituição à luta, foi inserida uma partida eliminatória de ‘Grappling’ no formato de “Tag-Team” ( equipes ) que colocou a dupla Ayaka Hamasaki e Emi Tomimatsu contra as parceiras Tomo Maesawa e Mizuki Furuse. O emparelhamento foi determinado através de uma pedra-papel-tesoura no centro do ringue, pouco antes do início da disputa. A primeira foi Hamasaki, que eliminou Furuse com um armlock aos 1:10. Em seguida, Tomimatsu e Maesawa reviveram sua rivalidade nas artes marciais. Maesawa foi capaz de se defender dos ataques iniciais, mas na sequência, Tomimatsu derrubou com um double-leg e forçou sua adversária à desistir com um armlock aplicado aos 6:42. Confira os resultados do “Deep Jewels 29” que incluem : Deep Jewels 29
23 de julho de 2020
Shinjuku Face
Tóquio, Japão MMA : Miki Motono ( AACC ) venceu Asami “Akaringo” Nakai ( Free ) por TKO ( socos ) aos 4:23 do primeiro round
MMA : Shizuka Sugiyama ( Reversal Gym Shinjuku Me, We ) venceu Mika Arai ( Free ) por finalização ( arm-lock ) aos 1:49 do terceiro round
Grappling Match : Deep Jewels Tag-Team - 1 × 10 : Ayaka Hamasaki ( AACC ) & Emi Tomimatsu ( Paraestra ) venceram Mizuki Furuse ( MMA Academy ) & Tomo Maesawa ( ALPHA ) por finalização ( chave-de-braço ) aos 1:10 e aos 6:42
MMA : Hikaru Aono ( Striple Shinyurigaoka ) venceu Rion Noda ( KRAZYBEE ) por TKO ( socos ) aos 4:53 do primeiro round.
MMA : Saori Oshima ( AACC ) venceu Sakura Mori ( Free ) por finalização ( Kimura ) aos 2:10 do segundo round
MMA : Otoha Nagao ( AACC ) venceu Pan “Kai” Hui ( ALPHA ) por por decisão dividida ( 20-18, 19-19, 18-20 ) após dois rounds
MMA : Yuri Takeda venceu Aya Murakami por decisão majoritária ( 20-18, 20-18, 19-19 ) após dois rounds
MMA : Moeri Suda venceu Motoko “Moochan” Tashiro por finalização no braço aos 3:00 do primeiro round *Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 24/07/2020
_
Foto acima : Shizuka Sugiyama voltou à vencer e agora ostenta um ‘record’ no MMA composto por 19-6-1. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Deep Jewels | ( C ) Deep Impact | Divulgação ). Abaixo : Miki Motono venceu Asami “Akaringo” Nakai e conquistou o título provisório do peso palha do Deep Jewels. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Deep Jewels | ( C ) Deep Impact | Divulgação ).

image 1595511363 5daa3

Participe da promoção de lançamento do serviço de “streaming” do UFC Fight Pass no Japão

Após introduzir o seu ‘Fight Pass’ em outros grandes territórios da Ásia, incluindo China e Índia, o UFC - principal organização de artes marciais mistas da atualidade à nível mundial - lançou seu serviço de “streaming” do UFC Fight Pass ‘over-the-top’ ( OTT ) no Japão, com a plataforma adaptada ao mercado local. O anuncio foi feito hoje, quarta-feira, 22 ( horário local ), pelo Escritório de Relações Públicas do UFC no Japão. O UFC Fight Pass no Japão apresentará uma nova interface totalmente escrita em japonês, incluindo títulos de eventos, ‘cards’ de luta e descrições de programas. Os fãs de luta também poderão pesquisar usando palavras-chave no idioma nativo para acessar o conteúdo da plataforma. Os assinantes também terão acesso à conteúdos regionais, que incluirão programas, coberturas e eventos de MMA do Japão, sempre com comentários no idioma local, que juntos ao conteúdo já disponibilizado pelo UFC, somam mais de 4.000 horas de conteúdo. A plataforma ainda disponibilizará comentários de companheiros dos lutadores ‘ao vivo’ como os ex-atletas do UFC Takeya Mizugaki, Caol Uno, Katsunori Kikuno e Michihiro Omigawa. Não custa lembrar que além do conteúdo sob demanda do UFC, o serviço incluirá acesso a outros eventos de MMA ‘ao vivo’ e outros esportes de combate, já que o UFC Fight Pass não é apenas para os torneios do UFC ou para o seu reality show, o “DW’s Contender Series” ou “Dana White’s Tuesday Night Contender Series-DWTNCS”, mas também para eventos que produziram muitos lutadores para o UFC, como Titan FC, Invicta FC, LFA, Cage Warriors, etc. Além de promoções de MMA como o Pancrase e Shooto e lutas de Boxe que poderão ser vistas ‘ao vivo’ ao lado de competições de ‘Grappling’ como Quintet, SUG ( Submission Underground ), Polaris e EBI  ( Eddie Bravo Invitational ), o assinante ainda desfrutará de um vasto arquivo de eventos anteriores do UFC, incluindo todas as temporadas de The Ultimate Fighter, e eventos familiares ao Japão, como PRIDE, WEC, Strikeforce, Elite XC, WFA e outros como Super Brawl e HOOKn SHOOT, uma vez que a plataforma disponibiliza o maior arquivo de artes marciais do mundo. O serviço ainda oferecerá vídeos em resolução 1080p e uma experiência de visualização múltipla para os usuários de desktop assistirem a várias transmissões ‘ao vivo’ simultaneamente. Os assinantes também poderão acessar o canal linear 24 horas por dia, 7 dias por semana, e terão acesso ao recurso de “downloads”, permitindo que os usuários assistam ao conteúdo ‘offline’. Qualquer fã que se inscrever no UFC Fight Pass no Japão durante o período de quarta-feira, 22 de julho, até sexta-feira, 7 de agosto, receberá um teste gratuito de 7 dias a partir do dia de sua inscrição. Além do plano padrão até agora, também foi definido um bom serviço chamado plano premium cujos valores são 2.799 ienes ( ou US $ 26,09 ) / mês,  e 26.889 ienes ( ou US $ 250,69 ) / ano. Como parte do lançamento, os pacotes incluirão eventos distribuídos no formato de ‘Pay-Per-View’ e que os inscritos poderão assistir ‘ao vivo’, como o UFC Fight Island, que será realizado em Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos, no dia 26 de julho. Você poderá se inscrever no UFC Fight Pass visitando www.ufcfightpass.com ou ao fazer o download do aplicativo UFC. *Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 22/07/2020
_
Foto : O Ultimate Fighting Championship ( UFC ) lançou seu serviço de “streaming” do UFC Fight Pass ‘over-the-top’ ( OTT ) no Japão, com a plataforma adaptada ao mercado local. ( Cortesia | Créditos : ( C ) UFC | ( C ) UFC Fight Pass | ( C ) UFC Fight Island | Divulgação ).

Confira o novo ‘card’ do Deep Jewels 29 que será realizado em Tóquio, Japão

O Deep Jewels 29 está programado para o dia 23 de julho no Shinjuku Face e, com a flexibilização das restrições no Japão, os ingressos já estão esgotados, uma vez que os eventos de artes marciais mistas já podem comportar uma parte do seu público. Mas não custa lembrar que a distribuição do evento ainda será feita através do sistema de Pay-Per-View do “SPWN”, operado pela Barusu Co. Ltd., onde depois de se registrar como usuário, os fãs que não compraram ingresso poderão pagar para visualizar o show do conforto de suas casas. O evento - que foi remarcado da data estipulada anteriormente - será encabeçado por uma luta pelo título entre Asami Nakai e Miki Motono. Alguns dos outros destaques do ‘card’ são Shizuka Sugiyama, que terá uma nova adversária em sua luta de MMA, e ‘King Reina’ Miura, que estará competindo em uma luta de Kickboxing. Sugiyama ( 18-6-1 ) deveria enfrentar Kano Kagaya, mas esta foi substituída por Mika Arai ( 4-2 ). Ela não luta pela promoção desde 2018 e vem de derrota por finalização para Ji Yeon Seo no Double G 3, realizado na Coréia do Sul, no ano passado. Já ‘King Reina’ Miura estará competindo no Kickboxing, como dito anteriormente. A veterana do MMA lutará com Marina Kumagai em uma luta na categoria peso galo. Além disso, outras três lutas foram anunciadas na divisão de peso super átomo ( 49kg ). Pan Hui, lutadora originária da China, mas que atualmente está sediada no Japão, terá pela frente a japonesa Otoha Nagao. Nas outras lutas, Hikaru Aono enfrenta Lion Noda, enquanto Sakura Mori lutará com Mayu Kawanishi, que está invicta como amadora e fará a sua estréia como profissional de MMA. Deep Jewels 29
23 de julho de 2020
Shinjuku Face
Tóquio, Japão Asami Nakai x Miki Motono ( pelo título vago do peso-palha )
Shizuka Sugiyama x Mika Arai ( peso-galo )
Kickboxing: Reina Miura x Marina Kumagai ( peso-galo )
Hikaru Aono x Lion Noda ( peso super-átomo )
Sakura Mori x Mayu Kawanishi ( peso super-átomo )
Pan Hui vs. Otoha Nagao ( peso super-átomo) ( *o ‘card’ é sujeito à alterações ) *Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 17/07/2020
_
Foto acima : O Deep Jewels é o maior evento de MMA feminino do Japão na atualidade. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Deep Jewels | ( C ) Deep Impact | Divulgação ). Abaixo :  Shizuka Sugiyama terá nova adversária, Mika Arai. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Deep Jewels | ( C ) Deep Impact | Divulgação ).

eye catch 1594389546 247bd

Divulgado o ‘card’ do Shooto 0531 que será realizado dia 31 de maio no Japão

A Japan Shooto Association confirmou a realização do Shooto 0531 no dia 31 de maio. O evento será promovido com a cooperação do ONE Championship e  as lutas serão transmitidas pela AbemaTV. Mas essa edição não será aberta ao público em geral e o local do evento não será revelado, assim como aconteceu com o “Road to ONE: 2nd” realizado no mês passado. Contudo, não custa lembrar que a organização que remota às origens das artes marciais mistas tem experiência em promover ‘cards’ de lutas durante a pandemia. Regulamentos bastante rígidos estarão em vigor como parte das medidas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus.
Será realizada uma termometria completa em todos os presentes, desinfecção das mãos com álcool, gargarejo e o local será esterilizado várias vezes ao dia por um especialista. Os lutadores não poderão permanecer no local após as lutas e serão obrigados a registrar sua temperatura todos os dias no período de preparação que que antecede os combates, além de passar por verificações de temperatura também na noite do evento, como citado anteriormente. Todos os ‘córners’ dos lutadores também serão obrigados a usar máscaras, luvas e roupas de proteção contra o vírus e os médicos do evento usarão roupas cirúrgicas.
Somente os atletas não utilizarão as máscaras de proteção ( e isso apenas durante as lutas ) bem como os árbitros centrais. A pesagem agora ocorrerá no mesmo dia do evento e todos serão automaticamente movidos para uma categoria de peso acima, em sistema semelhante ao que será operado pelo ONE Championship, embora sem os testes de hidratação. Quanto às lutas propriamente ditas, estas incluirão uma disputa de cinturão, algumas lutas casadas e as semi-finais do torneio da categoria peso átomo feminino. Foi anunciado que o título provisório da categoria peso galo estará em jogo nesse Shooto 0531. O atual campeão Ryo Okada ( 15-4-3 ) estará defendendo o seu cinturão contra o invicto Kazuma Kuramoto ( 7-0 ). Okada empatou com Tatsuya Ando em sua mais recente defesa do título no “Shooto 30th Anniversary Tour: 7th Round” em setembro passado. Atualmente, o lutador de 31 anos é o campeão incontestável do peso galo. Kuramoto, por sua vez, iniciou a sua carreira no MMA relativamente tarde. O  atleta de 33 anos estreou profissionalmente em 2017 e venceu todas as suas sete lutas, obtendo uma vitória por nocaute técnico sobre o experiente Yuta Nezu no “Shooto 30th Anniversary Tour” em novembro passado. Também teremos um confronto no peso leve entre Akiyo Nishiura ( 14-9-1 ) e Keisuke Sasu ( 5-1-1 ). Nishiura não tem competido regularmente no MMA. Ele foi derrotado por Kleber Koike Erbst no “Road to ONE” no ano passado, mas conseguiu uma vitória por decisão sobre Andy Souwer em um ‘card’ do RIZIN em 2017.
O veterano enfrentará um lutador 11 anos mais novo. Já Keisuke Sasu vingou-se da única derrota em toda a sua carreira quando venceu Derricott Yamamoto por decisão majoritária no “Shooto 30th Anniversary Tour”, em novembro passado. O ‘card’ também apresentará as semi-finais do torneio da categoria peso átomo feminino.
Saori Oshima ( 1-0 ) enfrenta Mina Kurobe ( 14-5 ), enquanto Mirai Nakamura ( 2-1 ) lutará com Megumi Sugimoto ( 4-1 ). Os duelos entre Takeaki Kinoshita vs. Yamato Nishikawa ( peso leve ) e Hayato Ishii vs. Tsubasa Saito ( peso pena) completam a programação. Shooto 0531
31 de maio de 2020
Tóquio, Japão Ryo Okada (c) vs. Kazuma Kuramoto ( válido pelo título provisório de peso galo )
Keisuke Sasu x Akiyo Nishiura ( peso leve )
Megumi Sugimoto x Miku Nakamura ( semi-final do torneio peso átomo feminino )
Mina Kurobe x Saori Oshima ( semi-final do torneio peso átomo feminino )
Takeaki Kinoshita x Yamato Nishikawa ( peso leve )
Hayato Ishii x Tsubasa Saito ( peso pena) *Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 09/05/2020
_
Foto : Megumi Sugimoto e Miku Nakamura lutam em uma das semi-finais do torneio da categoria peso átomo feminino. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Japan Shooto Association | ( C ) ONE Championship | AbemaTV ).

Nota de esclarecimento pública

Website gratuito, não cobrança os nossos leitores ou visitantes, o único objetivo e a divulgação da informação e notícias reais, todos os créditos são de suas respectivas fontes e autores.

Em conformidade com as Leis:

Em conformidade com Artigo 46, I da Lei 9610/98 Brasil - Artigo 46, I da Lei 9610/98 e Lei nº 5.250 de 9 de fevereiro de 1967 - Lei 2083/53 | Lei nº 2.083 de 12 de novembro de 1953.

Para maiores informações e suporte jurídico consulte nosso advogado colaborador: Raphael Guilherme da Silva - OAB/SP Sob o Nº 316.914.

Caso discorde de algum artigo removeremos o mesmo de imediatamente e nós desculpamos de forma publica mediante uma retratação conforme a Lei se assim for solicitado.

Desde já muito obrigado.

Este portal de notícias e uma iniciativa de um Grupo de colaboradores voluntários sobre registro no Japão -目標新聞 (コネクション・ジャパン). - connectionjapan.com .

E é mantido pelos seus voluntários e colaboradores a fim de permitir que a colônia de Brasileiros possa ter acesso a essas informações de forma gratuita e a todos os demais visitantes que assim desejarem acessa nosso website.

Algumas observações na Lei n.º 9.610/98.

Uso de obra autoral para fins de estudo ou crítica;

Uso de obra autoral para exposição de um produto (por exemplo: uma loja de porta-retratos que expõe um porta-retrato contendo uma foto);

Uso de obra autoral para fim privado (se você compartihar com alguém, já não é mais uso privado!);

E outras previstas na Lei n.º 9.610/98.

« September 2021 »
Mon Tue Wed Thu Fri Sat Sun
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30      

FreeCurrencyRates.com

Visitantes online

Advertising area




Contador de visitas

0.png3.png7.png8.png5.png3.png2.png
Hoje:397
Ontem:516
Últimos 7 dias:397
Mês:53970
Total:378532

Conectados simultaneamente

1
Online

20-09-21

Parceiros

Go to top