ptzh-CNenfritjakoruesvi

Veja os resultados do K-1 World GP 2020 realizado em 13 de dezembro no Japão

O último evento do K-1 World GP 2020 do ano aconteceu no domingo, 13 de dezembro, no Ryōgoku Kokugikan, em Sumida, Tóquio, Japão. A programação, composta por 17 lutas, teve início às 23h30 ( horário de Brasília ) e contou com transmissão ‘ao vivo’  pela Abema.tv no Japão.
 
O ‘main event’ ( ou “evento principal” ) desse ‘card’ foi o duelo entre Kenta Hayashi e Gonnapar Weerasakreck que disputaram o cinturão do peso leve da promoção. O tailandês Gonnapar é o atual detentor do título do “Krush” ( evento afiliado ao K-1 ) e já nocauteou Hayashi anteriormente no primeiro round do Krush.82. Agora, Gonnapar procurava repetir sua atuação contra o lutador japonês e acabou vencendo por decisão majoritária. Após três rounds de uma luta em que ambos os lutadores deram tudo de si e alternaram bons momentos, o tailandês foi coroado como o novo campeão dos leves ( 63 kgs ) do K-1.
 
Já o ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) do ‘card’ foi uma luta violenta entre Minuro Kimura e Abiral Ghimire. Após uma “trocação” furiosa de ambas as partes, Ghimire - que havia sido examinado pelo médico em três oportunidades ao logo de dois rounds - foi impedido de continuar e o árbitro decretou a vitória do brasileiro Minuro por ‘TKO’. Não custa lembrar que Minuro está com 10 “KO’s” consecutivos no K-1.
 
Os resultados do “K-1 World GP 2020 Japan” incluem :
 
K-1 World GP 2020 Japan
13 de dezembro de 2020
Ryōgoku Kokugikan
Sumida, Tóquio, Japão
 
Gonnapar Weerasakreck venceu Kenta Hayashi por decisão majoritária ( 29-29, 30-29, 30-28 ) - pelo título dos leves ( 63 kgs )
Minoru Kimura venceu Abiral Ghimire por TKO ( corte ) aos 2:50 do segundo round
Kizaemon Saiga venceu Hirotaka Urabe por desclassificação ( golpe na virilha ) no segundo round
Yuta Murakoshi venceu Naoki Yamamoto por decisão unânime ( 30-27, 30-27, 30-26 )
Ryusei Ashizawa venceu Kotaro Shimano por TKO ( regra de três knockdown ) aos 3:00 do segundo round
Taio Asahisa venceu Hikaru Hasumi por nocaute ( chute na cabeça ) aos 1:48 do terceiro round
Daizo Sasaki venceu Tetsuya Yamato por decisão unânime ( 30-29, 30-29, 30-28 )
Shuji Kawarada venceu Fumiya Osawa por decisão dividida após round extra ( 10-9, 9-10, 10-9 )
Hiromi Wajima venceu Yuhei Fujioka por TKO ( regra de três knockdown ) aos 2:03 do primeiro round
Gunji Taito venceu Yusho Kamemoto por nocaute ( soco ) aos 1:54 do segundo round
Junki Sasaki venceu Riamu por decisão unânime ( 29-27, 30-26, 30-26 )
Fukashi Mizutani venceu Hayato Suzuki por nocaute ( soco ) aos 0:09 do segundo round
Shinya Uemura venceu Meisam Eshghi por nocaute ( socos ) aos 2:55 do primeiro round
Rei Inagaki venceu Hideki por TKO ( regra de três knockdown ) aos 1:23 do terceiro round
Natsuki Kitamura venceu Seiya por nocaute  ( soco ) aos 0:33 do primeiro round
Eiki Kurata venceu Yuki Toyoda por TKO ( regra de três knockdown )aos 2:57 do segundo round
Yuta Matsuyama venceu Masashige Umeda por nocaute ( socos ) aos 0:31 do primeiro round
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 15/12/2020
_
Foto acima : O lutador brasileiro Minoru Kimura está com 10 “KO’s” consecutivos no K-1. ( Cortesia | Créditos : ( C ) K-1 Japan Group | ( C ) M-1 Mídia Esportiva | Divulgação ).
 
Abaixo : O tailandês Gonnapar é o novo campeão dos leves ( 63 kgs ) do K-1. ( Cortesia | Créditos : ( C ) K-1 Japan Group | ( C ) M-1 Mídia Esportiva | Divulgação ).
201213k1 12 konnapar 3 d8998
 

Confira os resultados e destaques do ONE : “Big Bang II” realizado em Singapura

Na sexta-feira, 11 de dezembro, o ONE Championship exibiu o seu segundo ‘card’ do “Big Bang”, novamente no Singapore Indoor Stadium, em Singapura. O show incluiu lutas de Muay Thai e kickboxing, além de MMA, que foram transmitidas pelas plataformas de ‘streaming’ para os fãs americanos ‘ao vivo’ e pelo canal do ONE no YouTube para o restante do mundo.
 
O ‘main event’ ( ou “evento principal” ) do ONE : “Big Bang II”, foi encabeçado por uma luta de Muay Thai entre Taiki Naito, um “astro” japonês de 24 anos e o inglês Jonathan Haggerty, ex-campeão mundial na modalidade. Depois de três rounds emocionantes, os dois ‘knockdowns’ sofridos por Naito foram mais do que suficientes para dar a Haggerty a vitória por decisão unânime, que mudou seu ‘recorde’ para 16-4.
 
Já no ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ), a ação foi sob as regras do Kickboxing e Nieky Holzken, ‘ex-rei’ do peso meio médio do GLORY tentava defender seu posto de n°1 no ranking dos leves diante de Elliot Compton. Holzken acabou vencendo com um soco no fígado, após alguma ‘trocação’, ainda no primeiro round.
 
Por falar em Kickboxing, foi ainda nessa modalidade que vimos a luta destaque do ONE : “Big Bang II”, quando o experiente veterano Errol Zimmerman, campeão de K-1 e Muay Thai, acabou sofrendo uma derrota por nocaute técnico devido a um chute de calcanhar desferido por Rade Opačić.
 
Na seção de MMA do evento, dois dos destaques do ONE Championship foram colocados em rota de colisão, quando o lutador da Malásia, Agilan Thani ( 10-5 ), enfrentou o americano Tyler McGuire ( 12-1 ). Thani acabou vencendo por decisão unânime dos jurados.
 
Além disso, o sul-coreano Kim Jae Woong ( 11-4 ) venceu o japonês Tetsuya Yamada ( 26-8 ) com socos e chutes violentos que forçaram uma paralisação da luta já no segundo round, enquanto o peso galo chinês Chen Rui ( 9-1 ) venceu o iraniano Ali Motamed ( 7-5 ), também por interrupção do árbitro, que decretou o ‘TKO’, ainda no primeiro round.
 
Os resultados do ONE : “Big Bang II” incluem :
 
ONE Championship : Big Bang
Sexta-feira, 11 de dezembro de 2020
Singapore Indoor Stadium
Kaalang, Singapura
 
MMA
Kim Jae Woong venceu Tetsuya Yamada por TKO ( socos ) - aos 4:39 do segundo round
Agilan Thani venceu Tyler McGuire por decisão unânime
Chen Rui venceu Ali Motamed por TKO ( socos ) - aos 1:56 do primeiro round
 
Muay Thai
Jonathan Haggerty venceu Taiki Naito por decisão unânime
 
Kickboxing
Nieky Holzken venceu Elliot Compton por KO ( socos ) - aos 1:36 do primeiro round
Rade Opacic venceu Errol Zimmerman por TKO ( chute giratório ) - aos 1:35 do segundo round
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 12/12/2020
_
Foto :  O sul-coreano Kim Jae Woong venceu o japonês Tetsuya Yamada. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).

Resultados e destaques do “Road to ONE : 5rd” realizado na segunda-feira em Bangkok

O “Road to ONE : 5rd” foi realizado na tarde de segunda-feira ( 7 de dezembro ) no WSS ( World Siam Stadium ) em Bangkok, capital tailandesa. Em um ‘card’ totalmente composto por lutas de Muay Thai, atletas de toda a Tailândia e um do Brasil lutaram por um contrato no ONE Championship.
 
O ‘main event’ ( ou “evento principal” ) trouxe Petchpangan Teeded99 e Wanchana Nor Narisson e terminou em “no-contest”, após um golpe baixo acidental no final do terceiro round.
 
No ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) vimos Yodsaenchai Nayok-A-Thasala nocautear Roylan WarriorsMuayThai no terceiro round com um belo golpe de cotovelo.
 
Em outra atração desse ‘card’, Nongchamp Suanaharnpikmai marcou um ‘knockdown’ no segundo round da sua luta contra Kongburapha Thipthaamai, derrubando-o com alguns chutes baixos violentos.
 
Em uma das primeiras lutas do show, vimos Kaensak Sor Tienpho enfrentar Patakngern Pahkbangkhaakao. Este último acabou perdendo, após desabar de dor nas cordas com uma lesão no ombro, forçando o árbitro a decretar o encerramento do confronto.
 
Road to ONE : 5rd : Bangkok
Segunda-feira, 07 de dezembro de 2020
World Siam Stadium
Bangkok, Tailândia
 
Petchpangan Teeded99 vs Wanchana Nor Narisson - Terminou em no-contest, após um golpe baixo acidental no terceiro round
Yodsaenchai Nayok-A-Thasala derrotou Roylan WarriorsMuay Thai por nocaute no terceiro round
Nongchamp Suanarhanpeekmai derrotou Kongboorapha Thipthamai por decisão unânime
Kansak Sor.Tienpho derrotou Patakngern Pakbanakao no quinto round por TKO ( ombro deslocado )
Waatcharaphol Singmawin derrotou Wutthidet TDE99 por decisão majoritária 
Noelisson PhuketFightClub derrotou Thor.Kor.Sor Sor.Chokmeechai por decisão unânime
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 09/12/2020
_
Foto : O ‘card’ do “Road to ONE : 5rd” foi composto exclusivamente por lutas de Muay Thai. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | ( C ) Abema TV | Divulgação ).

Veja os resultados e destaques do ONE : “Big Bang” realizado em Singapura

Na sexta-feira, 04 de dezembro de 2020, o ONE Championship : “Big Bang”, foi realizado “à portas fechadas” no Singapore Indoor Stadium, em Singapura. Esse ‘card’ do ONE em particular foi atingido por algumas mudanças de última hora, mas, no final das contas, tudo ocorreu muito bem.
 
O ‘main event’ ( ou “evento principal” ) culminou em um confronto de Kickboxing na categoria peso pena entre Marat Grigorian e Ivan Kondratev, em que o primeiro venceu com um nocaute técnico impressionante no segundo round. 
 
Já no ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) desse ONE : “Big Bang”, o craque do Jiu-Jitsu Garry Tonon melhorou o seu ‘recorde’ no MMA para 6-0 com uma vitória por decisão unânime e árdua sobre o japonês Koyomi Matsushima ( 12-15 ), um ex-desafiante ao título da categoria peso pena do ONE. Com a vitória, Tonon agora está bem posicionado para disputar com Thanh Le, o novo campeão dos penas do ONE.
 
Em outra atração desse ‘card’ os fãs foram brindados com uma luta divertida entre a “grappler” da Malásia Jihin Radzuan ( 6-2 ) e a vietnamita-americana especialista em ‘trocação’ Bi Nguyen ( 5-6 ), vencida pela primeira na decisão dos jurados. 
 
Na outra luta feminina da noite, vimos a “estrela” do Wrestling indiano Ritu Phogat ( 4-0 ), conseguir uma vitória enfática ao nocautear Jomary Torres ( 4-5 ) com sequência brutal de cotoveladas no ‘ground and pound’ ainda no primeiro round. 
 
O momento mais aguardado pelos brasileiros nesse ‘card’, foi uma luta de Kickboxing em que Anderson Silva acabou sendo superado por Murat Aygun na decisão unânime dos jurados.
 
Os resultados do ONE : “Big Bang” incluem :
 
ONE Championship : Big Bang
Sexta-feira, 04 de dezembro de 2020
Singapore Indoor Stadium
Kaalang, Singapura
 
MMA
Garry Tonon derrotou Koyomi Matsushima por decisão unânime dos jurados
Bokang Masunyane derrotou Rene Catalan por nocaute no 1R
Jihin Radzuan derrotou Bi Nguyen por decisão unânime dos jurados
Ritu Phogat derrotou Jomary Torres por nocaute técnico no 1R
 
Kickboxing
Marat Grigorian derrotou Ivan Kondratev por nocaute técnico no 2R
Murat Aygun derrotou Anderson Silva por decisão unânime dos jurados
Andy Souwer derrotou Zhang Chunyu por decisão unânime dos jurados
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 07/12/2020
_
Foto : Jihin Radzuan, da Malásia, venceu a vietnamita-americana Bi Nguyen, no duelo que está cotado para ‘luta da noite’ do ONE : “Big Bang”. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).

ONE Championship e ‘Road to ONE’ definem os seus próximos eventos de MMA, Kickboxing e Muay Thai

Após um hiato de cinco meses no início deste ano devido à pandemia, atualmente o ONE Championship está com uma agenda lotada em andamento, com eventos sendo realizados ‘ao vivo’ na China, Tailândia e Singapura, uma vez que que as medidas de confinamento foram amenizadas. O mesmo é válido para a sua série de eventos chamada ‘Road to ONE’.
 
Houveram três eventos do Road to ONE no Japão até agora. Todos foram promovidos pelo Pancrase e Shooto e apresentaram atletas promissores que buscam ganhar um lugar no evento principal, bem como estrelas já estabelecidas, como é o caso do lutador Shinya Aoki.
 
Os ‘cards’ do “Road to ONE 1rd”, “Road to ONE 2rd” e “Road to ONE 3rd” foram todos realizados em Tóquio, com as promoções locais Pancrase e Shooto enviando seus representantes para todos os shows.
 
Já o “Road to ONE 4rd” aconteceu no último sábado ( 28 de novembro ) em Yekaterinburg, na Rússia, em conjunto com as promoções locais de kickboxing : Fair Fight e de MMA : RCC.
 
Após plantar sua bandeira em solo russo, o ‘Road to ONE’ anunciou outros shows para aquele país para o ano que vem, com mais ‘cards’ mistos de Kickboxing e MMA, à exemplo do evento de sábado.
 
Antes disso, porém, o “Road to ONE 5rd” será realizado na segunda-feira ( 7 de dezembro ), no World Siam Stadium, em Bangkok, Tailândia. Esse evento será composto exclusivamente de lutas de Muay Thai.
 
O evento principal do ONE Championship também está de volta, com o ONE : “Big Bang” sendo realizado nesta sexta-feira ( 4 de dezembro ), no Singapore Indoor Stadium, em Singapura, enquanto o ONE : “Collision Course”  está definido para o mesmo local em 18 de dezembro. Ambos os ‘cards’ contarão com uma mistura de lutas de Kickboxing e MMA.
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 04/12/2020
_
Foto :  Shinya Aoki, um “astro” já estabelecido no MMA, compete no ONE Championship e no ‘Road to ONE’. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | ( C ) Abema TV | Divulgação ).
 

Nobuyuki Sakakibara demonstra interesse para que Anderson Silva lute MMA no Japão

Após ser rejeitado por numerosas promoções, incluindo ONE Championship, PFL, Bellator e BKFC, Anderson Silva - agora um ‘free agent’ ( ou “agente livre”, em português ) - poderá continuar na ativa, até porque o ex-campeão dos médios ( 84 kg ) do UFC ainda não cravou sua aposentadoria e deixou em aberto a chance de fazer mais algumas lutas de MMA.
 
Nesse final de semana foi reportado por jornalistas do porte de Drake Riggs ( MyMMANews ) e Jake Nichols ( TheBodyLockMMA ), entre outros de mídias especializadas em artes marciais mistas pelo mundo afora, que o fundador e presidente do Rizin FF, Nobuyuki Sakakibara, expressou interesse em ajudar Anderson Silva a “cumprir seus desejos” e “iniciar o capítulo final de sua carreira no Japão”.
 
-“Tenho ótimas lembranças do Anderson Silva na época do Pride e na minha opinião pessoal acho que a carreira dele disparou no Japão. Ouvi dizer que o Japão também tem um lugar especial em seu coração. Eu realmente sinto que gostaria de ajudá-lo a cumprir seus desejos por respeito pelo que ele conquistou e pelo que fez pelo nosso esporte. Ainda não falei com ele, mas gostaria de saber se podemos encontrar algo que faça sentido para ele começar seu capítulo final no Japão.”-declarou Sakakibara, em entrevista concedida ao site MyMMANews.
 
Por outro lado, a opinião dos comentaristas Matthew Wells, Ant Walker e Patrick Auger é de que embora Sakakibara tenha expressado seu interesse em ajudar Anderson a terminar sua carreira no Japão, isso não significa necessariamente que Silva lutará no Rizin, embora sejam unânimes em afirmar que gostariam de vê-lo lutar na ‘terra do Sol Nascente’.
 
Durante seu auge, Silva foi amplamente considerado o melhor lutador ‘pound for pound’ ( “peso por peso” ) do planeta. Ele registrou 16 vitórias consecutivas no UFC e ficou com o título dos médios da organização por sete anos.
 
Mas com apenas uma vitória em suas últimas nove lutas, as ações de Silva caíram. Ele vem de derrota para Urijah Hall no UFC Vegas 12 naquela que foi a última luta de seu contrato.
 
Silva lutou cinco vezes pelo Pride FC, vencendo três dessas lutas. Ele também apareceu duas vezes nos ‘cards’ do Shooto, mas não luta no Japão desde 2004.
 
Mas e você, caro leitor ? Gostaria de ver o Anderson Silva encerrar a sua carreira lutando no Japão ? Acredita que isso irá acontecer ? Deixe-nos saber a sua opinião à respeito nos comentários abaixo.
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 29/11/2020
_
Foto : Nobuyuki Sakakibara gostaria que Anderson Silva encerrasse sua carreira lutando MMA no Japão. ( Cortesia | Créditos : (C) Jake Nichols | (C) The Body Lock MMA | @RIZINFF | Divulgação ).

Grupo J-Pop ‘Itazura Joker’ fará abertura no evento de MMA “Deep & Pancrase” em Osaka

Em 29 de novembro de 2020 ( Domingo ), será realizado mais um ‘card’ do “Deep & Pancrase Osaka Tournament”, co-promoção das duas tradicionais franquias de artes marciais mistas do Japão. No ‘ato de abertura’ do show de MMA - que terá lugar no Sumiyoshi Ward Center, no distrito de Sumiyoshi, em Osaka - teremos uma apresentação ‘ao vivo’ de um Grupo J-Pop chamado ‘Itazura Joker’ ( イタズラ ). 
 
No Japão existem muitos Grupos J-Pop e este estilo é um verdadeiro fenômeno por lá.
 
O ‘Itazura Joker’ é um grupo feminino de dança e vocal composto por 7 membros que atua principalmente em Kansai.
 
Apenas dois meses após sua formação, o “Itazura Joker” experimentou um grande sucesso na sequência do lançamento do seu primeiro ‘single’ solo digital.
 
O grupo de meninas - cujos shows são produzidos por RoB.inc - se tornou um “tema quente” para os adolescentes graças à sincronização de dança e música, mas principalmente, devido à individualidade das suas integrantes.
 
Na verdade, uma dessas integrantes, chamada Yuki, também é uma modelo que já trabalhou para o site do “RIZIN”, maior show de MMA do Japão na atualidade, além de estar envolvida com artes marciais há muito tempo. 
 
Desta feita, Yuki terá a função de “aquecer” o local antes do início das lutas.
 
-“Todas as integrantes do grupo querem ver as lutas de MMA na sequência da nossa apresentação.”-disse a garota, membro do ‘Staff’ do “Itazura Joker”.
 
A apresentação ‘ao vivo’ do “Itazura Joker” está agendada para ser realizada durante a abertura do “Deep & Pancrase Osaka Tournament” ( início à partir das 13:30 ).
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 28/11/2020
_
Foto : O Grupo J-Pop chamado “Itazura Joker” é formado por 7 garotas e atua principalmente em Kansai. ( Cortesia | Créditos : (C) Itazura Joker Official | (C) Instagram | Divulgação ).

Eventos do UFC podem ser suspensos novamente no estado de Nevada devido ao coronavírus

Em 10 de novembro de 2020, o governador Steve Sisolak ( D ), pediu aos cidadãos do estado de Nevada ( EUA ), que ficassem em casa por duas semanas ou o máximo possível, para retardar a disseminação do novo coronavírus ( Sars-Cov-2 ), responsável pela doença Covid-19, em meio à outro surto.
 
Mas, passados mais de 15 dias, o estado tem registrado novos ‘recordes’ em sua média móvel de novos casos relatados em um único dia, além do aumento das hospitalizações.
 
Desde então tem surgido novos ‘rumores’ nos EUA dando conta de que o governador Steve Sisolak poderia pedir o cancelamento dos eventos de MMA e de boxe em seu estado, mesmo com estes sendo realizados em ambientes fechados ( ou seja, ‘sem a presença do público’ ), como parte das ‘novas medidas’ para conter a disseminação da Covid-19.
 
Entretanto, o governador não detalhou quando faria o tal anúncio nem tão pouco quais seriam os setores mais afetados pelas novas restrições, limitando-se à dizer que o seu governo “está explorando todas as opções de mitigação disponíveis para controlar o novo surto”.
 
Sisolak disse ainda que a sua equipe está reunindo informações e trabalhando com funcionários estaduais de saúde e gestão de emergências e líderes econômicos no desenvolvimento dessas medidas e que o público “deve esperar ouvir sobre as novas decisões nos próximos dias”.
 
Mas, ao responder à outras perguntas sobre a possibilidade de manter os cassinos abertos ( onde tradicionalmente são promovidas as milionárias lutas de MMA e boxe nos EUA ) , o governador assim se manifestou :
 
-“Espero não termos que enfrentar outra paralisação econômica como na primavera, e manter algum tipo de economia aberta enquanto os cidadãos fazem a sua parte para reduzir a possibilidade de disseminação da Covid-19 em nosso estado.”-disse Sisolak, diretamente de sua residência em Carson City.
 
A possibilidade da implantação de novas restrições no estado de Nevada foram reportadas pelo jornalista Colton Lochhead, do Las Vegas Review-Journal.
 
Um novo encerramento dos shows em Nevada afetaria até mesmo o UFC e a Top Rank, líderes nos segmentos de MMA e boxe, respectivamente.
 
Na coletiva de imprensa ‘pós-luta’ do UFC 255, Dana White foi questionado pelo jornalista esportivo Kevin Iole, sobre a possibilidade do governador cancelar os próximos programas do UFC, agora que a situação da pandemia de coronavírus está piorando novamente no estado.
 
-“Nunca ouvi nada nem remotamente perto disso. Veja o que fizemos. Isso seria uma loucura.”- respondeu White.
 
Embora a solução óbvia para uma possível suspensão dos eventos esportivos em Nevada seja a transferência dos shows para Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, ( no Oriente Médio ), onde vários ‘cards’ do UFC já foram realizados nesse ano, também há rumores de que as mesmas restrições estariam sendo consideradas pelas autoridades locais, novamente devido à pandemia.
Portanto, agora, como aconteceu durante a maior parte deste ano, a incerteza reina.
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 26/11/2020
_
Foto : O Governador Steve Sisolak poderá cancelar os próximos eventos do UFC no estado de Nevada ( EUA ) devido à piora da pandemia de coronavírus. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Las Vegas Review-Journal | @KMCannonPhoto | Divulgação ). 

Veja os resultados do ONE : “Inside The Matrix-Parte IV” realizado em Singapura

Na sexta-feira, 20 de novembro de 2020, o ONE Championship : “Inside The Matrix-Parte IV”, foi realizado “à portas fechadas” no Singapore Indoor Stadium, em Singapura. O evento, composto por lutas de Kickboxing, Muay Thai e MMA, foi transmitido em plataformas de ‘streaming’ para os fãs americanos ‘ao vivo’ e no canal do ONE no YouTube para o restante do mundo.

 
Na luta de abertura da noite, a brasileira Maíra Mazar ( 7-3 ) derrotou a sul-coreana Choi Jeong Yun ( 2-1 ) por nocaute técnico no terceiro round, após sequência de golpes no “ground and pound”. O duelo marcou a primeira vitória de Maíra sob a bandeira do ONE Championship.
 
Já o japonês Ryogo Takahashi ( 14-4 ) se redimiu em grande forma ao vencer por nocaute o sul-coreano Chang Min Yoon ( 4-1 ) no segundo round. O combate foi válido pela categoria dos leves do ONE.
 
Dando sequência às lutas de MMA deste ‘card’, Bruno Pucci ( 7-5 ) foi nocauteado ainda no primeiro round ao ser encurralado na grade e receber uma série de golpes aplicados pelo atleta sul-coreano Won Il Kwon ( 9-3 ). O peso pena brasileiro sofreu assim o segundo revés seguido na companhia.
 
No ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) desse ONE : “Inside The Matrix-Parte IV”, tivemos uma luta de Muay Thai em que o italiano Joseph Lasiri venceu o australiano Rocky Ogden por decisão dividida dos juízes.
 
O duelo de Kickboxing previamente registrado como ‘main event’ ( ou “evento principal” ) da noite teve o mesmo desfecho, com Aslanbek Zikreev, da Rússia, vencendo Wang Junguang, da China, também por decisão dividida dos juízes, após o término do tempo regulamentar.
 
Os resultados do ONE : “Inside The Matrix-Parte IV” incluem :
 
ONE Championship : Inside The Matrix-Parte IV
Sexta-feira, 20 de novembro de 2020
Singapore Indoor Stadium
Singapura
 
Kickboxing: Aslanbek Zikreev venceu Wang Junguang por decisão dividida
Muay Thai: Joseph Lasiri venceu Rocky Ogden por decisão dividida
MMA : Kwon Won Il venceu Bruno Pucci por TKO aso 2:00 do primeiro round 
MMA : Ryogo Takahashi venceu Yoon Chang Min por TKO ( golpes ) aos 2:52 do segundo round  
MMA : Maira Mazar venceu Choi Jeong Yun por TKO aos 4:26 do terceiro round
 
O ONE Championship retornará em 4 de dezembro com um novo show, já apelidado de ONE: “Big Bang”.
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 24/11/2020
_
Foto acima : A lutadora brasileira Maira Mazar está de volta ao círculo dos vencedores em MMA. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).
 
Abaixo : O ‘Kickboxer’ chinês Wang Junguang foi a “figura” do ‘card’. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).
126425927 3833902023299691 1932571642140338242 o f1a6e

Floyd Mayweather fará parte do ‘card’ inaugural do “Mega2021” no Japão

O ex-campeão mundial de boxe Floyd Mayweather Jr fará o seu retorno aos ringues japoneses no dia 28 de fevereiro de 2021, de acordo com o anúncio feito em uma conferência de imprensa realizada na segunda-feira ( 16 ), em Yokohama, no Japão.

O evento batizado de “Mega2021” terá lugar no Tokyo Dome Stadium, na capital japonesa e será realizado pelo “comitê de produção do Mega”. Eles operam uma empresa chamada Trustline Co. Ltd., que desenvolve negócios de marketing na WEB e negócios de comércio eletrônico. Mayweather está desenvolvendo um negócio de alimentos saudáveis em colaboração com a empresa, paralelamente.

Além da participação ‘online’ do famoso pugilista norte-americano, a conferência de imprensa também contou com a participação do Sr. Kohei Tokuhiro, diretor representante do “comitê de produção do Mega” e responsável pela execução das funções, e do Sr. Takuma Kurose, advogado do ‘comitê’. Eles disseram que este poderá ser um dos maiores eventos do Japão e do mundo, até pelo fato das Olimpíadas de 2021 serem realizadas em Tóquio e, esperam, aproveitar a ocasião para promover um show grandioso.

Embora os promotores do evento já tenham confirmado a presença de Mayweather, o nome do seu adversário ainda não foi anunciado.
Por outro lado, especula-se nos bastidores que o oponente de Floyd será um atleta japonês. 
 
Quanto às regras desse confronto, estas ainda não foram definidas, mas estarão ‘em algum lugar’ entre o MMA e o boxe, pois o evento não estará sob a jurisdição da JBC ( Japan Boxing Comission ).

Com relação à quantia de dinheiro que Floyd receberá, é bom lembrar que Mayweather avisou em maio passado que não entraria em um ringue novamente por menos de 600 milhões de Dólares, embora não possamos confirmar nada ainda.

Além da luta de Mayweather, outros lutadores campeões de várias organizações de luta também estarão competindo sob regras variadas. O ‘card’ completo será anunciado posteriormente.

Embora este seja um evento em grande escala, todas as diretrizes governamentais em relação ao enfrentamento da pandemia serão seguidas. Parte do lucro será doado aos profissionais da área médica que estão trabalhando na linha de frente no combate ao novo coronavírus.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 19/11/2020
_
Foto : O evento, programado para 28 de fevereiro de 2021, marcará o retorno do famoso pugilista norte-americano aos ringues japoneses. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Peter Young | TMT | Divulgação ).

Nota de esclarecimento pública

Website gratuito, não cobrança os nossos leitores ou visitantes, o único objetivo e a divulgação da informação e notícias reais, todos os créditos são de suas respectivas fontes e autores.

Em conformidade com as Leis:

Em conformidade com Artigo 46, I da Lei 9610/98 Brasil - Artigo 46, I da Lei 9610/98 e Lei nº 5.250 de 9 de fevereiro de 1967 - Lei 2083/53 | Lei nº 2.083 de 12 de novembro de 1953.

Para maiores informações e suporte jurídico consulte nosso advogado colaborador: Raphael Guilherme da Silva - OAB/SP Sob o Nº 316.914.

Caso discorde de algum artigo removeremos o mesmo de imediatamente e nós desculpamos de forma publica mediante uma retratação conforme a Lei se assim for solicitado.

Desde já muito obrigado.

Este portal de notícias e uma iniciativa de um Grupo de colaboradores voluntários sobre registro no Japão -目標新聞 (コネクション・ジャパン). - connectionjapan.com .

E é mantido pelos seus voluntários e colaboradores a fim de permitir que a colônia de Brasileiros possa ter acesso a essas informações de forma gratuita e a todos os demais visitantes que assim desejarem acessa nosso website.

Algumas observações na Lei n.º 9.610/98.

Uso de obra autoral para fins de estudo ou crítica;

Uso de obra autoral para exposição de um produto (por exemplo: uma loja de porta-retratos que expõe um porta-retrato contendo uma foto);

Uso de obra autoral para fim privado (se você compartihar com alguém, já não é mais uso privado!);

E outras previstas na Lei n.º 9.610/98.

« October 2021 »
Mon Tue Wed Thu Fri Sat Sun
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

FreeCurrencyRates.com

 

Contador de visitas

0.png4.png1.png1.png7.png1.png6.png
Hoje:481
Ontem:1327
Últimos 7 dias:4311
Mês:28070
Total:411716

Conectados simultaneamente

23
Online

28-10-21

Visitantes online

Parceiros

Go to top