ptzh-CNenfritjakoruesvi

14ª edição do Legend Fighting Championship será realizada em Macau

Reconhecido mundialmente como o maior show de artes marciais mistas da China, o Legend Fighting Championship retornará ao MGM Cotai, em Macau, para o seu 14º evento no próximo dia 28 de dezembro de 2019.

O ‘main event’ ( evento principal ) do Legend FC 14 será uma luta de MMA entre Chang Juncheng e Yu Jianhong. As duas estrelas em ascensão estarão fazendo uma revanche da semi-final do torneio de Sanda realizada em edição anterior do evento.
Naquela ocasião, Yu Jianhong acabou vencendo Chang Juncheng por decisão dividida dos jurados após dois rounds.

Uma outra curiosidade à cerca daquele torneio eliminatório de 4 homens - e disputado na categoria de 80 kg - foi a mudança das regras de Sanda para MMA na luta final, quando  Yu Jianhong perdeu para Yang Zhan Wang por decisão unânime após dois rounds.

Mas dessa vez, Yu Jianhong promete vencer Chang Juncheng novamente, agora sob as regras das artes marciais mistas.

Por sua vez, Chang Juncheng procurará demonstrar todo o poder que possui na “trocação” ( luta em pé ), o que o impulsionou na sua estreia no Legend FC, quando obteve uma impressionante vitória por nocaute em 30 segundos.

No ‘co-main event’ ( evento co-principal ) teremos a primeira luta de MMA feminino daquela promoção chinesa, quando Miao Jie enfrentará Liu Jie, em disputa na categoria até 57 kg.

Como uma faixa-preta de Judô e Brazilian Jiu-Jítsu, Miao tentará desenvolver o seu jogo de luta de chão, enquanto a jovem Liu deverá buscar punir a sua adversária com golpes ‘traumáticos’ na luta em pé, e “ground and pound” quando no solo, amparada pelo seu histórico marcante e forte na “trocação”.

O Presidente do Legend Fighting Championship, Matthew Kwok, disse que estava orgulhoso de ter lutadores em ascensão e algumas das maiores estrelas do MMA da China em ação no ‘card’ do Legend FC 14.

-“Foi um ano marcante para o Legend FC e terminar o ano em Macau é significativo para nós de várias maneiras. O MMA chinês continua a crescer e estamos orgulhosos de estar em uma posição única para mostrar algumas das estrelas que mais crescem no que é agora um esporte em expansão na China continental.”-finalizou o mandatário.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 14/12/2019
_
Foto : Chang Juncheng e Yu Jianhong lutarão sob as regras do MMA em uma revanche do torneio de Sanda que aconteceu em edição anterior do evento. ( Créditos | Cortesia : Reprodução do Twitter | Legend FC media ).

Full Metal Dojo 18 volta à movimentar a cena do MMA na Tailândia

O Full Metal Dojo anunciou o seu segundo show no ano para 30 de novembro em Bangkok.
O “FMD 18: Bangkoxsploitation” marcará o retorno da promoção de longa data do MMA tailandês ao Insanity Nightclub - um local sinônimo da marca FMD e de escolhas ousadas, politicamente incorretas e questionáveis; para não mencionar “matchmaking”.

Inclusive, o destemido promotor do Full Metal Dojo, Jon Nutt - um homem que nunca acorda pela manhã - já divulgou a primeira luta do próximo ‘card’ entre lutadores da categoria dos médios.
Com uma série de derrotas em cinco lutas desde 2011, Daniel Kerr, nascido na Nova Zelândia, fará sua estréia na franquia contra o “badass” do Full Metal Dojo, Javier Trujillo, que só perdeu desde 2011 contra Mehdi Bagheri no FMD 15 em 2017.

Kerr não experimenta o sucesso há algum tempo. Ele competiu pela última vez no Kunlun Fight 8 - cinco anos atrás - onde perdeu por decisão em uma luta de Kickboxing. Antes disso, ele estava ativo no circuito asiático disputando lutas no DARE ( Tailândia ) e TUFFA ( Austrália ), onde venceu o campeonato dos médios.

Por sua vez, desde que fez a transição de amador para profissional de MMA em 2016, Trujillo construiu um formidável recorde de 5-1 no FMD. Suas performances no evento foram impressionantes.
No FMD 13, ele marcou o nocaute mais rápido da história da franquia ( e talvez até de toda a história do MMA asiático ) com um feroz nocaute em Ryan Feltner com apenas cinco segundos de luta.
Trujillo segue para a luta com Daniel Kerr em 30 de novembro com duas vitórias sólidas - a mais recente contra Mostafa Ibrahim Radi no FMD 17.

Nas últimas semanas, o FMD vem discutindo a idéia de entregar uma espada de samurai - o equivalente a um título mundial da FMD - ao vencedor dessa luta em 30 de novembro. Sabemos que só haverá um homem merecedor dessa premiação.

Além disso, comenta-se nos bastidores que mais uma luta deverá ser adicionada ao ‘card’ do Full Metal Dojo 18, desta feita com o peso pesado Hidetaka Arato, que retornará à promoção após destruir Stan Tskitishvili com joelhadas brutais na cabeça durante o FMD 17.

Se você teve algum problema com a promoção ou não gostou de algum ‘card’ anterior do Full Metal Dojo deveria questionar sua própria existência. Ainda há tempo para mudar de ideia e assistir ao próximo show da franquia ‘ao vivo’.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 03/10/2019
_
Foto : O show será promovido em Bangkok no dia 30 de novembro e terá o subtítulo de “FMD 18: Bangkoxsploitation”. ( Créditos | Cortesia : Jon Nutt  | Full Metal Dojo ).

BRAVE CF e KHK MMA oferecem dinheiro e cinturão de ouro para campeão de torneio sem limite de peso

A organização do BRAVE Combat Federation e da KHK MMA anunciaram que promoverão um torneio eliminatório sem limite de peso cujo campeão receberá uma das maiores premiações da história do esporte.

O vencedor da competição levará para casa um prêmio em dinheiro no valor de US $ 100.000 e um cinturão composto por 6 kg de ouro maciço, o que no mercado atual valeria muito mais que US $ 290.000.

Isso é mais pesado ( e provavelmente mais caro ) do que o troféu da Copa do Mundo, o troféu Larry O’Brien para os campeões da NBA e o troféu Vince Lombardi para os campeões da NFL.

O torneio de MMA será disputado em uma única noite, mais precisamente em 15 de novembro, no Bahrein, durante o  BRAVE CF  29 e o cinturão de campeão do KHK World Championship será concedido ao melhor lutador do planeta, independentemente da sua categoria de peso.

O GP não será restrito aos lutadores do BRAVE CF. Agentes livres, assim como atletas de outras promoções, são bem-vindos para participar da competição, desde que esses lutadores recebam um formulário de liberação temporária de seus empregadores.

O único requisito para os lutadores interessados é que eles tenham registrada pelo menos uma vitória como profissional de MMA.

Os quatro lutadores ( e um reserva ) serão escolhidos através de um aplicativo aberto, pois lutadores de todo o mundo terão a chance de se inscrever.
As inscrições serão aceitas de 27 de setembro a 10 de outubro.
O BRAVE Combat Federation e a KHK MMA anunciarão os 10 primeiros lutadores três dias depois e os quatro escolhidos serão anunciados no dia 15 de outubro.

Presidente do BRAVE Combat Federation, Mohammed Shahid fez o anúncio em evento especial, que contou com a presença de Sua Alteza Shaikh Khaled bin Hamad Al Khalifa, príncipe do Bahrein e patrono do BRAVE.

Atletas do mundo todo podem se inscrever através do site : https://www.bravecf.com/contest.php

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 02/10/2019
_
Foto : Mohammed Shahid, Presidente do BRAVE CF fez o anúncio ao lado de Sua Alteza Shaikh Khaled bin Hamad Al Khalifa, príncipe do Bahrein e patrono do BRAVE. ( Créditos | Cortesia : BRAVE CF | KHK MMA ).

Confira os destaques do Pancrase 308 que rolou domingo em Tóquio

Quando o verão se transforma em outono no Japão é um sinal que estamos entrando em um território privilegiado para o MMA japonês enquanto nos dirigimos para os grandes eventos do final do ano.
Foi assim no domingo, dia 29 de setembro, quando o Pancrase sediou o seu 308º evento ( numerado ) no Studio Coast, em Tóquio, Japão.

No evento principal, tivemos uma luta válida pelo título de ‘Rei do Pancrase’ no peso intermediário, onde o lutador vindo da Rússia, Salimkhan Sadulloev acabou vencendo o japonês Yusuke Kasuya por TKO aos 37 segundos do segundo round.

Em outra das principais lutas da programação, o americano Rilley Dutro venceu o japonês Toru Ogawa por nocaute técnico aos 4 minutos e 33 segundos do primeiro round na competição válida pela categoria do peso mosca.

No clássico “Brasil x Japão”, Tatsuya Saika venceu o brasileiro Tom Santos por nocaute técnico aos 4 minutos e 17 segundos do primeiro round. Apesar da derrota, o atleta do Team Brazilian Thai mostrou o porquê de estar fazendo fama na terra do Sol Nascente.

Apesar da atleta Nori Date não ter batido o peso ( 2,45 kg de diferença ), o que forçou o cancelamento da sua luta com Hyun Ji Jang, a noite ainda reservou grandes emoções para os amantes do MMA feminino.

Em uma das principais lutas entre mulheres do ‘card’, a veterana do peso mosca Takayo Hashi encarou a brasileira Mayra Cantuária. Cantuaria venceu por decisão dos juízes ( 3-0 ), após três rounds.

Em outra luta da divisão feminina, desta feita, uma luta válida pelo título de campeã interina na categoria peso palha, a veterana do JMMA, Emi Fujino, venceu a brasileira Edna Oliveira após o round inicial. Edna fraturou o pulso direito e não pode voltar para o segundo round.

Após a luta, a lutadora japonesa declarou :
-“Decidi sobreviver antes de lutar. E eu vou me tornar campeão e conquistar o cinturão no dia 8 de dezembro”.-disse fortemente Emi Fujino.

Ao término da noite, o japonês Mitsuhisa Sunabe também se manifestou :
-“Como ‘Hall da Fama’, terei um novo desafio para ser ‘Rei do Pancrase’. Eu levarei o evento Pancrase para a minha base em Okinawa no próximo ano. Farei isso para ajudar os lutadores que não tem chance de lutar.”-discursou.

O Pancrase 308 contou com transmissão “ao vivo” pelo UFC Fight Pass.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 01/10/2019
_
Foto : Após passar pela brasileira Edna Oliveira, a veterana Emi Fujino prometeu vencer novamente no dia 8 de dezembro. ( Créditos | Cortesia : Pancrase | Akihito Tatematsu ).

Eternal MMA será transmitido pelo UFC Fight Pass

O Eternal MMA anunciou ontem ( sábado, 28 de setembro ), que será transmitido exclusivamente pelo UFC Fight Pass, provedor de “streaming” que disponibilizará os eventos da maior franquia de MMA da Austrália. O evento inaugural sob esta nova colaboração ocorrerá na sexta-feira, 4 de outubro e já contará com transmissão ‘ao vivo’ do Pavilhão de Melbourne, à partir das 20:30, ( horário local de Melbourne ).

O Eternal MMA fará sua estréia no UFC Fight Pass com quatro lutas pelo título australiano como parte do ‘card’ do Eternal 48.
O evento principal apresentará uma das lutas mais aguardadas do ano na Austrália, quando o local Isi Fitikefu, que é o campeão dos médios da promoção, defenderá o seu cinturão contra o número 1 do peso e candidato ao título, Kitt Campbell.
Jack Della também defenderá seu título contra Kevin Jousset em um combate no peso meio-médio.

-“O Eternal MMA se dedica à elevar o perfil do esporte e dos atletas na região do Pacífico Australiano. Com inscritos em mais de 200 países, o UFC Fight Pass fornecerá aos nossos atletas uma exposição global incomparável, oferecendo à eles oportunidades que de outra forma não seriam possíveis. Estamos empolgados em mostrar nosso talento aos fãs de luta ‘hardcore’ do mundo.”-disse Cam O'Neill, o fundador do Eternal MMA.

Fundado em 2012, o Eternal MMA já produziu quarenta e sete eventos apresentando os lutadores mais talentosos e promissores da Austrália. Com seu crescimento contínuo, sucesso e agora exposição global, o Eternal MMA continuará a promover um mínimo de 10 eventos anualmente em 2020, abrangendo QLD, WA, SA, VIC e NSW.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 29/09/2019
_
Foto : Eternal MMA ( maior promoção de MMA da Austrália ) e UFC Fight Pass anunciam acordo de transmissão. No flagrante, destaques do Eternal MMA 47. ( Créditos | Cortesia : Eternal MMA | Divulgação ).

Duelo entre veteranas do Rizin FF e do Road FC é adicionado ao ‘card’ do Road FC 26

A lutadora tailandesa Suwanan Boonsorn estará de volta ao MMA no Deep-Jewels 26 em 22 de outubro.
A atleta, que luta na categoria de peso átomo, também é conhecida pela alcunha de “Amp The Rocket” e foi contratada para enfrentar Hong Yun-Ha, em um confronto que colocará a veterana do Rizin FF contra a veterana do Road FC.

Boonsorn ( 3-2 no MMA ) foi finalizada por Ayaka Hamasaki ainda no primeiro round da luta realizada em agosto passado no Rizin 18. No entanto, ela já havia vencido Emi Sato por finalização anteriormente no Deep-Jewels 23 e estará procurando sua segunda vitória consecutiva na promoção.
“Amp The Rocket” também já venceu o “Women’s Mini Flyweight Championship” promovido pelo WMC nas regras do Muay Thai, modalidade em que ostenta mais de 80 lutas em seu cartel.

Já Hong Yun-Ha ( 3-4 no MMA), por sua vez, está vindo de três vitórias consecutivas no ROAD FC. Ela já lutou no Japão antes e fez uma luta dura com a estrela do Rizin, Kanna Asakura, ( em 2016 ), perdendo apenas por decisão dos juízes.

Como anunciado anteriormente, o ponto alto desse ‘card’ será uma luta válida pela disputa de título do peso átomo entre a campeã Tomo Maesawa ( 15-14 no MMA ) e a desafiante Emi Tomimatsu ( 12-10 no MMA ).

Esta será a primeira defesa de título de Maesawa como campeã do peso átomo no Deep-Jewels e ela o fará diante de Tomimatsu, que é uma ex-campeã do Deep-Jewels, mas em uma categoria de peso distinta e que também já desafiou anteriormente, sem sucesso, o mesmo título do peso átomo, em 2016.

Enquanto isso, a experiente lutadora japonesa “King” Reina Miura ( 11-3 no MMA ) enfrentará a novata tailandesa Titapa Junsookplung, enquanto outra lutadora vinda da Tailândia, Kaewjai Prachumwong irá lutar com a japonesa Yukari Nabe ( 6-3-1 no MMA ).

Confira abaixo, parte do ‘card’ do Deep-Jewels 26 que está marcado para o dia 22 de outubro e que terá lugar no Korakuen Hall, em Tóquio, no Japão.

Deep-Jewels 26
22 de Outubro de 2019
Korakuen Hall
Tóquio, Japão

Tomo Maesawa ( c ) vs. Emi Tomimatsu ( pelo título do peso átomo )
Suwanan Boonsorn vs. Hong Yun-Ha ( peso átomo )
Reina Miura vs. Titapa Junsookplung ( peso combinado )
Yukari Nabe vs. Kaewjai Prachumwong ( Peso mosca)
Nanaka Kawamura x Otoha Nagao ( Peso Pesado )
Yasuko Tamada vs. Kotori Tamiya ( peso átomo )

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 24/09/2019
_
Foto : Suwanan Boonsorn, da Tailândia, estará fazendo o seu retorno ao Deep-Jewels diante de Hong Yun-Ha, da Coreia do Sul. ( Créditos | Cortesia : Deep Jewels media | Gong Kakutogi ).

Resultados da edição inaugural do Valor Bare Knuckle em Dakota do Norte, USA

Ken Shamrock, também conhecido como o “homem mais perigoso do mundo” fundou a Valor Bare Knuckle Inc., sua própria promoção esportiva de lutas contra todas as probabilidades e quase que à margem da sociedade, uma vez que muitas pessoas pensam que o esporte do boxe ‘sem luvas’ não deveria existir - incluindo membros da maioria das comissões atléticas da América.

Até agora, apenas Dakota do Norte, Wyoming, Mississippi, Flórida e, talvez, um outro estado ( Shamrock nem sabe ao certo qual ), se atreveram à  sancionar lutas de boxe ‘sem luvas’.

-“Nos primeiros dias do UFC, tínhamos apenas alguns estados que sancionavam as nossas competições e hoje o MMA é a parte central da programação da ESPN. Eu também acredito que o ‘Bare Knuckle Boxing’ é a forma mais pura de luta e também a mais desejada pelos fãs.”-disse Shamrock, que também é um membro do ‘Hall da Fama’ do UFC.

Quanto à segurança do esporte, já foi provado que qualquer modalidade de luta sem luvas é mais segura do que seus similares enluvados.

E como prova de que o seu show chegou para ficar, Shamrock promoveu o evento inaugural do Valor Bare Knuckle no início da noite passada ( sábado, 21 de setembro de 2019 ) no 4 Bears Casino & Lodge em Newton, Dakota do Norte, EUA.
O show contou com transmissão ‘ao vivo’ pela plataforma digital FITE.TV, bem como esteve disponível no ‘pay-per-view’ da DIRECTV, DEMAND, DISH e VUBIQUITY ( nos Estados Unidos ), e também na Bell TV , Shaw Communications, Rogers e SaskTel ( no Canadá ).

O Valor BK foi supervisionado pela Three Affiliated Tribes Commission ( Comissão das Três Tribos Afiliadas ) e seu presidente, Damon Williams.
As lutas foram realizadas em um simples “tatame” circular, apelidado de ‘The Pit’, sem cordas e sem cercas de um ‘cage’ ( ou “gaiola” ) ao redor.

Uma das melhores lutas da noite foi entre dois ex-lutadores do UFC, quando Mark Godbeer ( 2-1 no UFC ) venceu Jack May ( 0-2 no UFC ) ainda no primeiro round da luta válida pelo torneio dos pesos pesados.
May ainda se recuperava de um golpe desferido por Godbeer, quando foi acertado novamente, desta vez pela direita do seu adversário e foi ao chão,  desacordado. Só restando ao veterano de 38 anos “fazer as malas” e voltar para casa.
Godbeer, por sua vez, não teve um começo ruim no VBK, uma vez que ele vinha de duas derrotas consecutivas em competições de MMA.

Em outra luta do torneio eliminatório da categoria, o veterano kickboxer Siala-Mou ‘Mighty Mo’ Siliga derrotou o veterano do MMA Rameau Thierry Sokoudjou por nocaute técnico.
Sokoudjou havia declarado na semana do show que era o mais preparado para vencer essa competição, mas muitos fãs já diziam que ‘Mighty Mo’ provavelmente bateria mais forte que o camaronês.

Veio então a finalíssima do torneio eliminatório dos pesos pesados, com Mark Goodbeer vencendo Mighty Mo por nocaute técnico.

Antes disso, porém, tivemos uma outra luta com dois outros ex-lutadores do UFC entre James McSweeney e Lavar Johnson, quando Johnson venceu McSweeney por nocaute com apenas 27 segundos do primeiro round.

Confira abaixo os resultados do VBK 1, que incluem :

Valor Bare Knuckle 1
21 de setembro de 2019
4 Bears Casino & Lodge
Newton, Dakota do Norte, EUA.


Evento Principal: Final do torneio dos pesos pesados:
Mark Goodbeer venceu ‘Mighty Mo’ por nocaute técnico - Round 1, 2:56

Lutas em destaque: Ishe Smith derrotou Estevan Payan por decisão unânime

Mike Richman x JC Llamas : a luta terminou em “No Contest” ( sem resultado )

Lavar Johnson venceu James McSweeney por nocaute - Round 1, 0:27

Meias-finais do torneio dos pesos pesados:
Mark Godbeer venceu Jack May por nocaute - Round 1, 0:50

Meias-finais do torneio dos pesos pesados:
‘Mighty Mo’ venceu Rameau Thierry Sokoudjou por nocaute técnico – Round  3, 1:26

Undercard / Atletas locais:
Chris Jensen venceu Zach Thumb por TKO - Round 1, 2:42

Joshua Dyer venceu Dane Sayers por nocaute - Rond 1, 2:22

Lutadores substitutos do torneio dos pesos pesados:
Richard Cheek
Carter Williams

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 22/09/2019
_
Foto : Veteranos do UFC produziram nocautes malucos no evento inaugural do Valor Bare Knuckle, promovido por Ken Shamrock. ( Créditos | Cortesia :  Valor BK media | Reprodução do Twitter  ).

 

Resultados do RISE World Series 2019 Final Round em Chiba ( Japão )

Desde o seu início, o RISE - que significa ( R ) Real, ( I ) Impacto, ( S ) Sports, ( E ) Entertainment - foi o principal concorrente do K-1.
A empresa de lutas - que tem sede em Tóquio - já promoveu mais 130 shows no Japão e 2 na Coréia.
A franquia prioriza principalmente os lutadores japoneses, mas também promove algumas lutas internacionais, segundo o seu presidente e CEO, Sr. Takashi Ito.

Na segunda-feira, ( 16 de setembro / feriado local ), a organização do RISE “aterrissou” em Chiba, ( Japão ), com o ‘card’ de lutas do RISE World Series 2019 Final Round, que contou com duas finais de torneio nas divisões de 61 e 58 kg.

No ‘main event’ ( evento principal ) da noite, o fenômeno e invicto lutador de kickboxing Tenshin Nasukawa derrotou Shiro, um prospecto japonês.
Após a conquista de mais um cinturão, Tenshin ainda desafiou de forma provocativa o campeão do K-1 Takeru, seu desafeto de longa data.

Já no ‘co-main event’ ( evento co-principal ), o principal competidor na categoria de 61 kg, Taiju Shiratori, nocauteou o ex-campeão do estádio Rajadamnern, Genji Umeno, ainda no primeiro round.

Além disso, também houve um duelo entre campeões do RISE, quando Toki Tamaru ( detentor do título de 53 kg ) enfrentou Masahiko Suzuki ( campeão da categoria de 55 kg ).

Após a sua recente vitória por nocaute sobre Taiga no RIZIN, o brasileiro Thalisson Gomes Ferreira venceu Yoshihisa Marimoto, superando-o por decisão unânime dos juízes.

Ainda digna de nota foi a participação da irmã adolescente de Tenshin, chamada Riri Nasukawa, que enfrentou Mari Kamikariya. Riri estreou profissionalmente em junho de 2018 no mesmo Makuhari Messe Event Hall, local que também sediou esta edição.

No Japão, o evento pode ser assistido na TV Abema. Fora do país, o show ainda pode ser visto quase que exclusivamente na TV FITE, isso porque o RISE tem postando todas as lutas no YouTube pouco depois da sua realização.

Confira abaixo os resultados do “RISE World Series 2019 Final Round”, que  incluem :

RISE World Series 2019 Final Round
16 de setembro de 2019
Makuhari Messe Event Hall
Chiba, Japão

-Final do torneio 58Kg:
Tenshin Nasukawa venceu Shiro por decisão unânime ( 30-28, 30-29, 30-28 )

-Final do torneio 61Kg:
Taiju Shiratori venceu Genji Umeno por KO ( direto de esquerda ) no primeiro round

Masahiko Suzuki venceu Toki Tamaru por decisão unânime após round extra ( 10-9 × 3 )
Kento Haraguchi venceu Chanhyeong Lee por decisão unânime ( 30-27 × 3 )
Suakim venceu Nikita Sapun por nocaute no primeiro round
Thalisson Ferreira venceu Yoshihisa Marimoto por decisão unânime (30-27, 30-28, 29-28)
BeyNoah “Black Panther” venceu Tapruwan Hadesworkout por decisão unânime após round extra (10-8 × 3)
Hideki venceu Tatsuya Inaishi por decisão unânime ( 29-28 × 3 )
Naoki venceu Yoshimichi Matsumoto por decisão unânime ( 29-28 )
Yuki Kyotani venceu Azusa Kaneko por nocaute ( socos ) no segundo round
Koto Hiraoka venceu Momoka  por decisão dividida após round extra ( 10-9, 9-10, 10-9 )
Riri Nasukawa venceu Mari Kamikariya por KO ( chute na cabeça ) no segundo round
Kakushi Takagi vs. Hirokatsu Miyagi terminou em um EMPATE ( 29-29, 29-30, 29-29 )
Shoji Saito venceu Kensaku Oishi por decisão unânime ( 30-28 × 3 )
Hiroki Arai venceu Kenta Tanoue por KO ( chute no corpo ) no segundo round

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 17/09/2019
_
Foto :  Riri Nasukawa - irmã de Tenshin Nasukawa - venceu a sua luta com Mari Kamikariya por nocaute. ( Créditos | Cortesia : Susumu Nagao | Gong Kakutogi ).

Floyd Mayweather anuncia planos grandiosos para o início de 2020 no Japão

Nesta sexta-feira ( 13 de setembro de 2019 ), Floyd Mayweather ( EUA ), campeão profissional de boxe em cinco diferentes categorias de peso,  realizou uma conferência de imprensa em Tóquio, capital do Japão.
O boxeador de 42 anos anunciou que poderá fazer outra “mega-exibição” de artes marciais na terra do Sol Nascente no próximo ‘reveillon’.

-“Estou encantado por estar de volta ao Japão. Estou sempre feliz por vir ao Japão. Eu e minha equipe japonesa temos planos para vários projetos. Vim para o Japão no final do ano passado. A luta de apresentação no RIZIN foi um grande sucesso, então acho que podemos passar para o próximo nível.”-declarou o pugilista.

Mayweather já havia expressado essa sua vontade durante a sua viagem anterior ao Japão em junho deste ano, quando apresentou oficialmente o TMT JAPAN, um ‘braço’ do seu The Money Team Promotions ( Mayweather Promotions ).

Para o Sr. Tetsu Oshiba,  diretor representante do TMT JAPAN, no entanto, a ‘exibição’ de artes marciais no final do ano será sutil, mas ele acredita que o TMT JAPAN poderá fazer “algo grande” no início de 2020.

-“Estamos conversando com a equipe. Isso acontecerá se for o momento certo. Existe uma possibilidade, e acho que poderemos fazer grandes coisas no início de 2020”.-disse ele.

Por sua vez, Kohei Tokuhiro ( CEO do TMT JAPAN ), comentou :
-“Não há possibilidade para este final de ano e o provável adversário não será um lutador japonês. Não posso dizer muito por agora, mas será uma grande luta”.-acrescentou Tokuhiro.

Isso poderia levar vários atletas americanos à competir em lutas no Japão.
“Vocês têm as Olimpíadas de 2020, então estamos ansiosos para trazer nossa equipe aqui e fazer tantas coisas acontecerem. Temos falado em ter mais exposições aqui no Japão. Não apenas eu, mas também alguns outros lutadores sob a bandeira da Mayweather Promotions.”-complementou Floyd.

Ainda na conferência de imprensa, Mayweather entregou o valor de US $ 10.000 ao presidente Tokuhiro. Segundo especulações de alguns veículos da imprensa japonesa, o dinheiro faz parte de uma doação do boxeador para apoiar a reconstrução em Chiba.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 13/09/2019
_
Foto : A nova ‘exibição’ de artes marciais no final do ano será sutil, mas a equipe do pugilista no Japão prepara “algo grande” para o início de 2020. ( Créditos | Cortesia : Acervo pessoal Floyd Mayweather | Instagram ).

Resultados do ‘card’ de estreia do “ONE Championship” no Vietnã

O ONE Championship fez história no Vietnã durante a noite de sexta-feira ( 6 de setembro ), com seu primeiro evento na cidade de Ho Chi Minh. O ‘card’ que teve lugar no Phu Tho Indoor Stadium, estava ‘recheado’ de lutas de kickboxing e de Muay Thai, envolvendo muitos dos seus lutadores mais talentosos.

O show também foi o primeiro evento completo do ONE : ‘Super Series’, que, esperançosamente, abrirá as portas para que os jovens talentos logo “se aqueçam” no MMA.

No evento principal do ONE: “Immortal Triumph”, Nong-O Gaiyanghadao, da Tailândia, manteve seu título de Muay Thai com uma vitória por decisão dividida sobre o franco-argelino, Brice Delval.
A lenda do Muay Thai travou uma disputa acirrada contra a estrela em ascensão de 20 anos durante cinco rounds para defender seu título pela segunda vez.

Kulabdam Sor. Jor. Piek Uthai também esteva em ação na sexta-feira e teve um forte início de sua carreira no ONE : “Super Series” com uma vitória por decisão unânime sobre Bobo Sacko após três rounds.

Em outra luta que merece destaque, Nguyen Tran Duy Nhat, do Vietnã, fez a alegria dos seus torcedores ao vencer em casa com um emocionante nocaute sobre Azwan Che Wil no terceiro round.
O malaio entrou na competição como o lutador mais experiente, mas não foi páreo para o lutador local.
Nguyen desferiu um chute alto em seu oponente já no segundo round e depois “liquidou a fatura” com um gancho de direita perfeitamente cronometrado.

O brasileiro Anderson “Braddock” Silva também demonstrou estar em boa forma na sexta-feira, conseguindo um nocaute ainda no primeiro round para derrotar Beybulat Isaev.
Silva dominou Isaev desde o início, antes de acertar um poderoso ‘uppercut’ de direita para encerrar a luta.

Kohei ‘Momotaro’ Kodera foi outro que fez história na sexta-feira.
O astro japonês nocauteou Singtongnoi Por Telakun em apenas 41 segundos de luta, o nocaute mais rápido da história da ONE Super Series, segundo o site oficial do torneio.

Em retorno triunfante ao seu país natal, Bi “Killher Bee” Nguyen - que aparece em foto que ilustra essa matéria - derrotou a indiana Puja “The Ciclone” Tomar por decisão dividida em luta de Muay Thai com luvas de MMA.

Nguyen tinha apenas oito anos de idade quando ela, seus pais e sete irmãos imigraram do Vietnã para os Estados Unidos. A família então se estabeleceu em Oakland, Califórnia.
Atualmente com 29 anos, Bi Nguyen vive em Houston, no Texas. Como lutadora de MMA ela tem um registro de 4 vitórias e 1 derrota como amadora, e 5 vitórias e 4 derrotas como profissional.

A lutadora - que é considerada um destaque na categoria de peso átomo - já lutou em eventos do porte do “USACA- Legacy Amateur Series 16”,  LFC, TKO Fight Alliance e King of the Cage ( KOTC ), antes de ser contratada pelo ONE Championship.

Nguyen também obteve destaque por ser a primeira lutadora de MMA à participar da série “Survivor” transmitida pela CBS, a rede de televisão mais assistida na terra do Tio Sam.

Os resultados do ONE : “Immortal Triumph” incluem :

ONE : “Immortal Triumph”
06 de setembro de 2019
Phu Tho Indoor Stadium
Ho Chi Minh, Vietnã

Nong-O Gaiyanghadao venceu Brice Delval
por decisão dividida

Kulabdam Sor. Jor. Piek Uthai venceu
Bobo Sacko por decisão unânime

Nguyen Tran Duy Nhat venceu Azwan Che Wil
por nocaute aos 2:45 minutos do R3

Anderson Silva venceu Beybulat Isaev
por nocaute aos 2:19 minutos do R1

Chris Nguyen venceu Yukinori Ogasawara
por decisão unânime

Bi Nguyen venceu Puja Tomar
por decisão dividida

Panpayak Jitmuangnon venceu Masahide Kudo
por decisão unânime

Mongkolpetch Petchyindee venceu Joseph Lasiri
por decisão majoritária

Santino Verbeek venceu Juan Cervantes
por decisão majoritária

Kohei Kodera venceu Singtongnoi Por Telakun
por nocaute aos 0:41 minutos de R1

Viktoria Lipianska venceu Amber Kitchen
por decisão dividida

Michael Pham venceu Mohamad Fakri Bin Yusoff
por decisão unânime

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 07/09/2019
_
Foto : A vietnamita-americana Bi Nguyen venceu a sua luta de Muay Thai com luvas de MMA diante da Indiana Puja Tomar. ( Cortesia | Créditos : Acervo pessoal Bi Nguyen | ONE Championship ).

Nota de esclarecimento pública

Website gratuito, não cobrança os nossos leitores ou visitantes, o único objetivo e a divulgação da informação e notícias reais, todos os créditos são de suas respectivas fontes e autores.

Em conformidade com as Leis:

Em conformidade com Artigo 46, I da Lei 9610/98 Brasil - Artigo 46, I da Lei 9610/98 e Lei nº 5.250 de 9 de fevereiro de 1967 - Lei 2083/53 | Lei nº 2.083 de 12 de novembro de 1953.

Para maiores informações e suporte jurídico consulte nosso advogado colaborador: Raphael Guilherme da Silva - OAB/SP Sob o Nº 316.914.

Caso discorde de algum artigo removeremos o mesmo de imediatamente e nós desculpamos de forma publica mediante uma retratação conforme a Lei se assim for solicitado.

Desde já muito obrigado.

Este portal de notícias e uma iniciativa de um Grupo de colaboradores voluntários sobre registro no Japão -目標新聞 (コネクション・ジャパン). - connectionjapan.com .

E é mantido pelos seus voluntários e colaboradores a fim de permitir que a colônia de Brasileiros possa ter acesso a essas informações de forma gratuita e a todos os demais visitantes que assim desejarem acessa nosso website.

Algumas observações na Lei n.º 9.610/98.

Uso de obra autoral para fins de estudo ou crítica;

Uso de obra autoral para exposição de um produto (por exemplo: uma loja de porta-retratos que expõe um porta-retrato contendo uma foto);

Uso de obra autoral para fim privado (se você compartihar com alguém, já não é mais uso privado!);

E outras previstas na Lei n.º 9.610/98.

« October 2021 »
Mon Tue Wed Thu Fri Sat Sun
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

FreeCurrencyRates.com

 

Contador de visitas

0.png4.png0.png3.png8.png5.png3.png
Hoje:756
Ontem:942
Últimos 7 dias:3889
Mês:20207
Total:403853

Conectados simultaneamente

16
Online

21-10-21

Visitantes online

Parceiros

Go to top