ptzh-CNenfritjakoruesvi

K-1 promoverá o K’Festa 3 na Saitama Super Arena em março

O K-1 já agendou o seu retorno à Saitama Super Arena para o dia 22 de março quando promoverá mais um grande ‘card’ com o seu K’Festa 3.

O show contará com três disputas de títulos. No ‘main event’ ou evento principal o japonês Takeru Segawa enfrentará o lutador franco-marroquino Adam Bouarourou.

Bouarourou é o atual campeão da ISKA, enquanto Takeru é o detentor do cinturão do K-1. O lutador japonês está entrando na luta vindo de  uma vitória sobre Yuta Murakoshi no evento do K-1 World Grand Prix em novembro. Essa luta será válida pela unificação dos títulos K-1 e da ISKA ( International Sports Kickboxing Association ), que é uma das maiores entidades de artes marciais e esporte de contato do mundo.

Outro destaque da programação será Yuta Kubo que tem estado um pouco inativo recentemente, com uma média de apenas uma luta por ano desde 2017. Ele enfrentará Jordan Pikeur, da Holanda, em disputa pelo título de campeão do peso meio médio.

Pikeur está em excelente forma e vem de vitórias por decisão sobre Masaaki Noiri e Katsuya Jinbo. Ele também venceu Kaisei Kondo no final do ano.

Na terceira luta válida pela disputa de títulos da noite, Rukiya Anpo defenderá seu título da categoria super leve contra o compatriota Fukashi Mizutani. O lutador japonês conquistou o título em uma disputa com o tailandês Kaew Weerasaklekgym no K-1 World Grand Prix em julho e o defendeu contra o mesmo adversário no K-1 World Grand Prix em dezembro.

No entanto, ambas as vitórias foram controversas, com o lutador tailandês sendo severamente advertido em ambas as ocasiões. O julgamento das duas lutas também foi questionável, segundo a mídia especializada.

Fukashi lutou em várias modalidades em 2019, sofrendo perdas por pontos no Muay Thai para o australiano Chadd Collins e no Shootboxing para Renta Nishioka.

O ‘card’ também contará com quatro lutas na categoria dos super médios com o tema “Japão vs o mundo”.
Nomes como os de Kaito, Jinbo Katsuya, Kido Yasuhiro e Wajima Hiromi, ( todos do Japão ), Kimura “Philip” Minoru ( do Brasil ), Eder Lopes ( de Portugal ), Milan Pales ( da Eslováquia ) e Niclas Larsen ( da Dinamarca ), irão compor o desafio.

K-1 World GP 2020 : K’Festa 3
22 de março de 2020
Saitama Super Arena
Tóquio, Japão

Takeru ( c ) vs. Adam Bouarourou ( c ) ( unificação dos títulos do K-1 e ISKA )
Yuta Kubo ( c ) vs Jordan Pikeur ( título meio médio )
Anpo Rukiya ( c ) vs Fukashi ( título super leve do K-1 )
Yuki Egawa x Facu Suarez ( peso pena )
Takei vs. Dansiam Ayothaya Fight Gym ( peso galo )
Hayashi vs. Zhu Shuai ( peso leve )
Kana vs Gloria Peritore ( peso mosca feminino )
Hiromi Wajima vs Niclas Larsen ( quartas-de-final do torneio dos super médios )
Yasuhiro Kido vs Milan Pales ( quartas-de-final do torneio dos super médios )
Jinbo Katsuya vs Eder Lopes ( quartas-de-final do torneio dos super médios )
Kaito vs Minoru Kimura ( quartas-de-final do torneio dos super médios )
Daisuke Fujimura vs Kotetsu ( luta reserva do torneio dos super médios )

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 06/02/2020
_
Foto : O evento que é uma co-promoção do K-1 Group e da ISKA terá como atração principal uma disputa pela unificação dos títulos das duas organizações entre Takeru e Adam Bouarourou. ( Cortesia | Créditos : ( C ) K-1 Group | ( C ) M- 1 Mídia Esportiva ).

Confira os resultados do “King of the Cage: Pure Vengeance” que rolou sábado nos EUA

Em 1998, Terry Trebilcock lançou sua promoção King of the Cage, com sede em Fontana, Califórnia, nos EUA, com seu primeiro evento sendo realizado em uma quadra de tênis.

Naqueles idos tempos, as artes marciais mistas ( ou simplesmente MMA, na sigla em inglês ), eram então conhecidas como “No Holds Barred” ( “não existem regras”, ou ainda, ‘NHB FIGHTING’ ), e estavam à beira da extinção.

Ao longo destes anos de sangue, suor e lágrimas, King of the Cage provou ser parte integrante da evolução das artes marciais mistas. Nenhuma outra franquia de MMA nos EUA promoveu mais lutas que o King of the Cage.

Em setembro de 2007, Trebilcock vendeu o KOTC para a ProElite. Dois anos depois, em julho de 2009, ele readquiriu 100% do KOTC e, simultaneamente, firmou um contrato de ‘joint venture’ com a Mark Burnett Productions ( “Survivor”, “Apprentice”, “Celebrity Apprentice” e “The Contender” ) para iniciar o desenvolvimento de um ‘Reality Show’ que foi ao ar em três temporadas na MTV.

Na sequência, Trebilcock firmou uma parceria com o empresário e investidor Mark Cuban - também proprietário do Dallas Mavericks ( NBA ) - que garantiu a transmissão do KOTC em seu canal HDNet.

Mais recentemente, em julho do ano passado, foi relatado que Terry Trebilcock, ainda presidente do King of the Cage, se recusou à liberar Drako Rodriguez, que substituiria Sean O'Malley em uma luta contra Marlon Vera, no UFC 239.

Atualmente, o King of the Cage é uma das mais tradicionais e sólidas promoções de MMA do mundo.

O KOTC promove e continua promovendo centenas de shows em todo o mundo, incluindo 17 estados dos Estados Unidos e países pelo mundo, como: Inglaterra, Cingapura, Hong Kong, Canadá e Austrália.

O show também ajudou inúmeros atletas à sedimentar as suas carreiras. Lutadores do porte de : Forrest Griffin, Quinton “Rampage” Jackson, Rashad Evans, ‘Krazy Horse’, Keith Berry, Mac Danzig, Paul Buentello, Urijah Faber, Joe Stevenson, Diego Sanchez e Thiago Alves, além de lendas como Don Frye, Shonie Carter, Dan Severn e Vernon “Tiger” White.

Hoje em dia, o KOTC está disponível no ‘Pay-Per-View’ sob demanda para mais de 50 milhões de residências em mais de 25 países. O KOTC também é exibido na Fox Sports Net, que transmite as lutas para mais de 200 milhões de lares.

O mais recente show da franquia, batizado de “King of the Cage: Pure Vengeance” aconteceu no sábado ( 01 de fevereiro ), no Chinook Winds Casino, Lincoln City, Oregon, EUA.

No ‘main event’ ( evento principal ), vimos Daniel Stewart derrotar Gibran Alvarez por decisão unânime, com todos os três juízes pontuando a luta com 30 a 27.

Já no ‘co-main event’ ( evento co-principal ), Grace Cleveland foi capaz de derrotar Angela Danzig por decisão dividida com as pontuações de 29-28, 29-28, 28-29.

Os resultados do “King of the Cage: Pure Vengeance” incluem :

King of the Cage : Pure Vengeance
01 de fevereiro de 2020
Chinook Winds Casino
Lincoln City, Oregon, EUA

LUTA # 1
Devoreaux Craigen venceu Justin Rosenberry
Nocaute
1:05 Round 1

LUTA # 2
Hayden Maggard venceu Brandon Miller
Decisão Unânime ( 29-28 Todos os 3 Juízes )

LUTA # 3
Roberto Hernandez venceu Jordan Anderson
Decisão unânime ( 29-28, 29-28, 29-27 )

LUTA # 4
Aaron Bowles venceu Matt Russo
TKO / Golpes
1:01 Round 2

LUTA # 5
Arnold Jimenez venceu Tristan Lindi
Decisão unânime ( 30-37, 30-27, 30-26 )

LUTA # 6
Leon Klee venceu Fernando Alvarado
TKO / Lesão ( Ombro Deslocado )
1:49 Round 1

LUTA # 7
Cash Quiroga venceu David Converse
TKO / Golpes
3:53 Round 2
* Quiroga conquistou o título vago do peso mosca do KOTC

LUTA # 8
Brandon Nunn venceu Chris Gates
Decisão Unânime ( 30-27 Todos os 3 Juízes )

LUTA # 9
Grace Cleveland venceu Angela Danzig
Decisão dividida ( 29-28, 29-28, 28-29 )

LUTA # 10
Daniel Stewart venceu Gibran Alvarez
Decisão Unânime ( 30-27 Todos os 3 Juízes )

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 03/02/2020
_
Foto : King of the Cage ( KOTC ) é uma promoção de artes marciais mistas ( MMA ) baseada no sul da Califórnia , EUA, desde 1998. ( Cortesia | Créditos : Terry Trebilcock | Divulgação KOTC ).

Khabib Nurmagomedov receberá US $ 100 milhões para lutar boxe com Floyd Mayweather

Ali Abdelaziz, O “manager” ( gerente ) de Khabib Nurmagomedov, declarou ao site TMZ que dois árabes muito ricos e poderosos ofereceram US $ 100 milhões para Khabib lutar boxe com Floyd Mayweather em Riad, na Arábia Saudita.

Além disso, o artista marcial misto russo também receberia US $ 100 milhões oferecidos pelos mesmos bilionários sauditas para disputar a revanche com Conor McGregor naquele país do país do Oriente Médio, mas também sob as regras do boxe e não em uma luta de MMA.

O ‘gerente’ não revelou a identidade daqueles que estão por trás da enorme oferta em dinheiro ou quando as lutas deverão acontecer.

Porém, as duas “lutas dos sonhos” dos fãs não devem acontecer tão logo e aqui está o porquê ...

Em 2019, a WME - dona do UFC - devolveu um investimento de US $ 400 milhões ao governo saudita após o assassinato do jornalista do Washington Post Jamaal Khashoggi em uma instalação da embaixada na Arábia Saudita.
Isso não é um bom presságio para uma luta naquele país.

No entanto, sabemos que os sauditas estão fazendo um grande esforço para sediar eventos esportivos internacionais em Riad ... como ‘Anthony Joshua x Andy Ruiz 2’, que ocorreu recentemente por lá. Além disso, eles também organizaram vários eventos da WWE no ano passado.

Floyd já havia falado sobre o duelo de boxe com Khabib - dizendo que sabe que haverá ‘muito dinheiro envolvido’ se a luta acontecer.

Por sua parte, Conor disse que sua prioridade é Khabib - mas Ali afirmou que McGregor teria que ‘vencer outros adversários primeiro’ para só depois lutar com Nurmagomedov.

-“Ei, vadia, lute com Justin Gaethje, consiga uma vitória e depois volte para a disputa pelo título”.-disse Abdelaziz ao TMZ.

Abdelaziz ainda acrescentou que é incerto se Nurmagomedov estará interessado em lutar contra o americano ou o irlandês antes de sua luta contra Tony Ferguson pelo título dos leves do UFC, programada para ocorrer em 18 de abril no Brooklyn, Nova York, EUA.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 02/02/2020
_
Foto : O “manager” de Khabib - Ali Abdelaziz - disse que se encontrou recentemente com os sauditas para discutir possíveis oportunidades de lutas para o russo. ( Cortesia | Créditos : WME | UFC | Mayweather Promotions | TMZ ).

[ Rumor ] Oscar De La Hoya quer promover Tito Ortiz vs. Dan Henderson no Golden Boy MMA 2

Oscar De La Hoya é um ex-pugilista com dupla nacionalidade ( mexicana e americana ). Ele conquistou  vários títulos mundiais em seis diferentes categorias de peso de 1992 à 2008 e foi classificado como o “11º melhor boxeador ‘peso por peso’ de todos os tempos”.

Em 2002, ele também se tornou um promotor de boxe e, em 2018, decidiu entrar no jogo de MMA e desafiar Dana White e o UFC, sempre à frente da sua Golden Boy Promotions.

O ‘card’ inaugural do Golden Boy MMA, encabeçado pelo duelo “Liddell e Ortiz 3”, foi o maior ‘pay-per-view’ de um show ( não-UFC ) da história do MMA e um dos principais “PPV’s” de 2018.

Procurando continuar com o sucesso, Oscar De La Hoya já está trabalhando no Golden Boy MMA 2 e ele planeja executar a idéia de usar o nome familiar de Tito Ortiz mais uma vez.

Rumores dão conta que o oponente de Ortiz seria a ‘lenda-viva’ do UFC Dan Henderson.

Esse confronto entre Tito Ortiz, de 45 anos, com Dan Henderson, de 49 anos, seria definitivamente o ‘main event’ ( evento principal ) e provavelmente aconteceria na divisão dos meio-pesados.

Ortiz é detentor de um ‘registro’ 19-12-1 no MMA enquanto Henderson ostenta um ‘recorde’ de 32-15-0.

A natureza desafiadora da idade e das carreiras de 20 anos de Tito Ortiz e Chuck Liddell são provas do compromisso e trabalho duro de cada um.

Dan Henderson, afirmou que a luta com Tito Ortiz foi oferecida para ele. Nada é oficial ainda, mas ouvimos fontes próximas aos dois lutadores e estas dizem que Dan e Tito também querem que a luta aconteça.

Como prova de que está de volta ao jogo do MMA, Oscar disse como pretende trabalhar com outros lutadores e também comentou como planeja se “desvencilhar” do modelo de ‘pay-per-view’ :

-“Quero ver quem é um agente livre, quem me contata. E então construirei outro evento, mas construirei um grande evento. E não farei isso no ‘pay-per-view’. Farei isso em uma plataforma que não cobrará US $ 80, US $ 90. O ‘pay-per-view’ se foi. É por isso que Canelo Alvarez fará US $ 365 milhões sem lutar no pay-per-view.”-comentou Oscar, lembrando que o seu astro boxeador, Canelo Alvarez,  assinou recentemente um acordo de US $ 365 milhões com o serviço de “streaming” DAZN.

Seja como for, Oscar De La Hoya garante que o Golden Boy MMA estará de volta em breve, para competir novamente com o UFC e seu presidente Dana White como uma das maiores promoções da indústria do MMA.

-“Vou competir novamente com Dana White. Do jeito que comecei as promoções do Golden Boy, e agora somos a maior potência do boxe. É exatamente o que vou fazer com o MMA.”-concluiu De La Hoya.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 29/01/2020

_

Foto acima : Já consagrado como promotor de boxe, Oscar De La Hoya garante que também continuará com a promoção do MMA. ( Cortesia | Créditos : Drew Hallowell | Getty Images | AFP ).

Abaixo : Nada é oficial ainda, mas Dan e Tito também querem que a luta aconteça. ( Cortesia | Créditos : Golden Boy Promotions | Divulgação ).

OG ezS6E7cC gde16c6Fqrs9sBQsBLFBaEmbuGSW6mk 0c7da

Anunciada a programação do ONE : “Women’s Atomweight World Grand Prix”

No mês passado, o ONE Championship anunciou as oito atletas definidas para competir no seu evento em Singapura, no dia 28 de maio. A franquia promete que este será o maior torneio feminino de artes marciais mistas do mundo.

A competição será disputada no formato ‘Grand Prix’ na categoria de peso átomo ( ou peso mínimo ), divisão que está abaixo do peso palha e é a classe de peso mais leve amplamente reconhecido dentro de MMA.

Não custa lembrar que a divisão de peso átomo em artes marciais mistas não é definida unicamente pelas “regras profissionais unificadas” e é usada quase que exclusivamente para o MMA feminino [ * ].

Agora, a programação das lutas das quartas de final do ONE : “Women’s Atomweight World Grand Prix” foram reveladas pelo jornalista Marc Raimondi, da ESPN.

As quartas de final acontecerão no dia 28 de maio, em um ‘card’ de MMA realizado pelo ONE Championship. O evento se chamará ONE: “Empower”.

A desafiante número um da divisão do peso-átomo, Denice Zamboanga ( 8-0 ), enfrentará a sul-coreana Seo Hee Ham ( 23-8 ), ex-campeã do RIZIN FF.

A segunda luta do GP será uma revanche entre Alyona Rassohyna ( 13-4 ) e Stamp Fairtex ( 5-1 ). Elas se enfrentaram pela primeira vez no ONE: “Unbreakable 3”, quando a ex-bicampeã tailandesa de 23 anos perdeu de uma maneira polêmica.

Já a japonesa Itsuki Hirata ( 7-0 ) enfrentará a norte-americana Alyse Anderson ( 5-1 ), estreante na promoção.

Por sua vez, a chinesa Meng Bo ( 17-5 ) e a indiana Ritu Phogat ( 4-0 ) vão se enfrentar em um clássico ‘striker’ versus ‘grappler’.

Nas semifinais, a vencedora das quartas de final Ham x Zamboanga enfrentará a vencedora da luta Fairtex x Rassohyna. E aquela que vencer o confronto entre Hirata vs Anderson enfrentará a vitoriosa do duelo Bo vs Phogat.

A campeã deste ‘Grand Prix’ lutará com Angela Lee pelo título do peso átomo do ONE, posteriormente, em um evento futuro. Pois, atualmente, a campeã Angela está à espera do seu primeiro filho.

Além disso, ainda teremos neste ONE: “Empower”, uma luta em que a chinesa Xiong Jingnan - famosa pelo seu jogo de “trocação” - defenderá seu título do peso palha diante da brasileira Michelle Nicolini - faixa preta e oito vezes campeã mundial de Jiu-Jítsu.

Xiong está vindo de uma defesa de título bem-sucedida contra Tiffany Teo no ONE: “Inside The Matrix”, realizado em outubro passado. Enquanto Nicolini não luta há quase dois anos, desde que derrotou Angela Lee no ONE: “Masters Of Destiny”, em uma luta válida pela categoria do peso palha.

Antes disso, porém, o ONE Championship retornará às nossas telas na próxima sexta-feira ( 19 de março ) com o ONE: “Fists Of Fury 3”.

Segue agora, a programação das quartas de final do ONE : “Women’s Atomweight World Grand Prix” no evento ONE: “Empower” :

Denice Zamboanga x Seo Hee Ham

Alyona Rassokhina x Stamp Fairtex

Itsuki Hirata x Alyse Anderson

Meng Bo x Ritu Phogat

[ * ] Veja o limite da divisão do peso átomo em algumas das principais promoções de MMA do mundo. ONE Championship ( 52 kg ), Deep Jewels ( 48 kg ), Road FC ( 48 kg ) e Invicta FC ( entre 43,5 a 47,7 kg ).

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 14/03/2021

Foto acima : O ONE Championship promoverá o maior torneio feminino de artes marciais mistas do mundo. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).

Abaixo : Programação das quartas de final do ONE : Women’s Atomweight World Grand Prix” no evento ONE: “Empower”. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).

ONE Atomweight Grand Prix

Resultados do evento de MMA Full Metal Dojo 18 na Tailândia

Javier Trujillo obteve uma rápida vitória por finalização e conquistou o título de campeão dos meio-médios do Full Metal Dojo na noite de sábado ( 30 de novembro ), em Bangkok, capital da Tailândia.

O FMD 18 teve seu segundo show do ano na frente da “tradicional e indisciplinada” multidão no Insanity Nightclub. O ‘main event’ ( evento principal ) entre Javier Trujillo e Daniel Kerr já havia sido marcado várias vezes no passado, mas circunstâncias imprevistas sempre forçavam o adiamento da luta.

Kerr tomou a iniciativa e lançou o primeiro golpe do confronto, mas na sequência Trujillo levou seu oponente ao solo e o manteve pressionado contra a grade do ‘cage’. Trujillo seguiu bem as instruções do seu córner e, pacientemente, se movimentou até chegar à uma posição que o permitiu definir a luta com um estrangulamento.

Trujillo - de Bangkok - fez todas as suas sete lutas profissionais de MMA dentro do ‘cage’ do Full Metal Dojo, onde ele conseguiu emplacar uma série de vitórias em três lutas seguidas no seu recorde de 6-1.
Enquanto isso, Kerr perdeu sua quinta luta consecutivo e cai para 2-5 no total.

Já no ‘co-main event’ ( evento co-principal ) da noite, Christophe Van Dijk enfrentou Daniel Dorrer e finalizou-o no primeiro round também com um mata-leão.

Iniciado o confronto, Daniel Dorrer - um “Kickboxer” alemão - acertou um chute de cabeça de Christophe Van Dijk, que pareceu balança-lo no primeiro minuto de luta.

Mas Van Dijk se recuperou e levou Dorrer para o solo, onde o controlou da lateral e se posicionou até que ( lentamente ) fez os ajustes técnicos necessários até finalizar o seu adversário.

Essa foi a primeira vitória de Van Dijk ( 9-5 ) por finalização desde 2017 e encerrou uma sequência de dois anos sem vencer. Por outro lado, Dorrer ( 7-10 ) perdeu sua quinta luta consecutiva e termina sem vencer pela quarta vez nos últimos 26 meses.

Nas outras lutas profissionais de MMA da noite, os destaques tailandeses Nathatorn Tampitanam e Chayanon Not conquistaram vitórias por nocaute técnico sobre Luke Tifer e Nat Natchayangkul, respectivamente.

Full Metal Dojo 18
30 de novembro de 2019
Insanity Nightclub
Bangkok, Tailândia

Javier Trujillo venceu Daniel Kerr por finalização ( estrangulamento ) no 1º round ( conquistou o título dos meio-médios )
Christophe Van Dijk venceu Daniel Dorrer por finalização ( mata-leão ) no 1º round
Nathatorn Tampiyanan venceu Luke Tifer por nocaute técnico ( socos ) no 1º round
Chayanon Not venceu Nat Natchayangkul por nocaute técnico ( socos ) no 3º round
Amadores : Lewis Lazenby venceu Alex Munro por nocaute técnico ( socos ) no 1º round
Amadores : Colton Ray Kielbasa venceu Renaud Gurgui por Finalização ( Triângulo de braço ) no 1º round
Amadores : Gregory Edwards venceu Arthur Andre Pandaan por TKO ( Socos ) no 1º round

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 10/12/2019
_
Foto : Javier Trujillo venceu Daniel Kerr e conquistou o título de campeão dos meio-médios do FMD. ( Créditos | Cortesia : Jon Nutt | Full Metal Dojo ).

“Musashi Rock Festival 2020” inova com “rock’n’roll” e Kickboxing

O “Musashi Rock Festival 2020”  é um evento que combina artes marciais e música e será realizado no Toyosu PIT ( Tóquio ), no 13 de janeiro do próximo ano.
Também conhecido vulgarmente como “Musafes”, o evento é organizado pelo artista marcial Musashi, um ‘ex-ás’ japonês do K-1 e seu irmão mais novo, TOMO.
É um show inovador e sem precedentes na terra do Sol Nascente por misturar artes marciais e “rock’n’roll”.

O “Musashi Rock Festival” aconteceu pela primeira vez no ZEPP TOKYO em outubro de 2009, para marcar a aposentadoria de Musashi do K-1.
Em 2020, Musashi comemora o 10º aniversário da sua aposentadoria do K-1 e do “Musashi Rock Festival” que será realizado novamente com o tema “títulos”.

No palco veremos alguns grupos musicais ‘ao vivo’ : coldrain, Do As Infinity, OLEDICKFOGGY, SEX MACHINEGUNS e 10-FEET, entre os que foram anunciados até agora.

Já a parte de lutas contará com alguns confrontos disputados sob as regras do Kickboxing.
Inicialmente teremos uma luta de contrato até 63kg entre Shohei Asahara ( PFP ) e Pietro Durya ( Holanda ). Em seguida veremos outra luta de contrato - desta feita até 72kg - envolvendo os atletas T-98 ( Crosspoint Kichijoji ) e Ilias Bokayua (Holanda). E para finalizar a parte esportiva serão chamados ao ringue os competidores Rikiya Yamashita ( Doshin Kaikan ) e Bada Ferdaos ( Holanda ) para uma luta casada de pesos pesados.

Além disso, três lendas do K-1, Ernesto Hoost, Peter Arts e - obviamente - Musashi, se farão presentes.

Um novo pôster de divulgação também foi lançado essa semana. O mesmo foi elaborado por Katsuhisa Minami, autor do mangá ‘The Fabre’ e amigo íntimo de Musashi.
O ‘pôster’ apresenta Peter Aerts e Ernesto Hoost ( mas com foco em Musashi ) e tem um ‘design’ inovador inspirado no “Musashi Rock Festival”.

Musashi é classificado por muitos como o melhor peso pesado japonês à pisar nos ringues do K-1 juntamente com com Masaaki Satake desde os primeiros dias do maior torneio de ‘strikers’ do mundo.
Musashi estreou profissionalmente em setembro de 1995 e se classificou entre os quatro melhores no K-1 GP’96. Em outubro de 1999, ele chegou ao topo da categoria peso-pesado no Japão ao vencer Masaaki Satake por decisão.
Mas Musashi também conquistou o segundo lugar no K-1 World GP 2003 / 2004, ou seja, por dois anos consecutivos. Sua última luta foi contra Jérôme LeBanner em setembro de 2009. No ano seguinte ele anunciaria a sua aposentadoria dos ringues.

Embora algumas promoções norte-americanas de MMA como o ‘King Of The Cage’ e mesmo o “FIGHTFEST”, de Royce Gracie, tenham saído na frente ao misturar lutas com ‘o bom e velho’ “rock’n’roll”, o “Musashi Rock Festival 2020” tem o seu mérito.
Pois como justificaria o ‘lendário’ Adriano Falabella em seu quadro “Enciclopédia do Rock”, durante o programa Alto Falante ( transmitido todos os finais de semana pela Rede Minas ) :

-“Porque ‘rock’n’roll’ é pra quem merece ! Gostas do delírio, baby ?”-em um dos seus bordões inesquecíveis para diversas gerações de roqueiros.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 06/12/2019
_
Foto : O novo ‘pôster’ destaca Musashi, Aerts e Hoost. Tele Marker apresenta o “Musashi Rock Festival 2020”. ( okmusic UP’s ). ( Cortesia | Créditos : Katsuhisa Minami | Divulgação MUSASHI ROCK FESTIVAL 2020 ).

Conferência de imprensa anuncia os ‘cards’ completos do “RIZIN.20” e “BELLATOR JAPAN”

Uma conferência de imprensa será realizada hoje, dia 4 de dezembro ( quarta-feira ), em Tóquio, capital do Japão, para tratar de todos os assuntos referentes aos ‘cards’ de “réveillon” do “BELLATOR JAPAN” - 29 de dezembro ( domingo ) e “RIZIN.20" – 31 de dezembro ( terça-feira ).
A conferência terá início a partir das 14:00 hs ( horário local ) e será distribuída ‘ao vivo’ no Instagram oficial do RIZIN FF.

No ‘card’ dos dois eventos – que serão realizados na Saitama Super Arena - teremos um desafio “Bellator × RIZIN ( 5 vs. 5 )” que iniciará no dia 29 durante o “BELLATOR JAPAN" com os duelos Fedor Emelianenko ( Rússia ) vs. Quinton “Rampage” Jackson ( EUA ) e Michael Chandler ( EUA ) vs. Benson -Henderson ( EUA ).
Mas quais serão os demais lutadores estrangeiros adicionados ao ‘card’ do BELLATOR JAPAN ?

Já no dia 31, o “RIZIN.20" continuará a tradição dos shows de ‘réveillon’ iniciada originalmente pelo PRIDE. No ‘card’, Ayaka Hamasaki defenderá seu título de campeão do peso átomo do RIZIN contra Seo Hee Ham, e quatro homens lutarão para determinar o Campeão do Grande Prêmio do Peso Leve do RIZIN - Patricky “Pitbull” Freire, Luiz Gustavo, Tofiq Musayev e Johnny Case.

O japonês Satoshi Ishii deverá lutar contra o norte-americano Jake Heun.

Kai Asakura também está agendado para lutar, apesar de Koyji Horiguchi ter sofrido uma lesão que o obrigou à se retirar do show de véspera de Ano novo. Seu novo adversário será o Angolano Manel Cape.

Não sabemos ainda se o título de campeão do peso galo do RIZIN será colocado em jogo, mas essa e todas as outras dúvidas referentes aos shows do final de ano serão sanadas durante a conferência de 4 de dezembro.

ATUALIZAÇÕES :

Bellator 237: Fedor vs. Rampage-“BELLATOR JAPAN" 
29 de dezembro de 2019
Saitama Super Arena
Saitama, Japão

Fedor Emelianenko vs Quinton Jackson
Benson Henderson vs Michael Chandler
Lorenz Larkin vs Keita Nakamura
Ilara Joanne vs Kana Watanabe
Goiti Yamauchi vs Daron Cruickshank
Andy Nguyen vs Ai Shimizu
Ryuichiro Sumimura vs Jon Tuck
Jarred Brooks vs Haruo Ochi
Hiroto Uesako vs Yusuke Yachi


“RIZIN.20"
31 de dezembro de 2019
Saitama Super Arena
Saitama, Japão

Ayaka Hamasaki vs Seo Hee Ham
Johnny Case vs Tofiq Musaev
Patricky “Pitbull” vs Luiz Gustavo
Yuki Motoya vs Patchy Mix
Mikuru Asakura vs John Teixeira
Lindsey VanZandt vs Rena Kubota
Vitaly Shemetov vs Simon Biyong
Jake Heun vs Satoshi Ishii
Jiří Procházka vs CB Dollaway
Kai Asakura vs Manel Kape
Shintaro Ishiwatari vs Hiromasa Ogikubo

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 04/12/2019
_
Foto : Os dirigentes dos shows de véspera de Ano novo prometem que “quase todos os campeões estarão presentes”. ( Cortesia | Créditos : @RIZINFF | @BellatorMMA ).

Resultados do K-1 World GP 2019 Japan que aconteceu no domingo em Yokohoma

No dia 24 de novembro ( domingo ), o K-1 Group retornou à Yokohoma Arena em Yokohoma, Japão, para promover mais uma etapa do K-1 World GP 2019 Japan - Yokohama Festival - evento que foi um verdadeiro show de Kickboxing com astros japoneses da nova geração e outros atletas em ascensão.

O ‘main event’ ( evento principal ) foi a final do torneio da noite, onde o já campeão do K-1 Krush, Yuki Egawa, detonou todos os três adversários que apareceram em seu caminho para ganhar o título de campeão do torneio do K-1 e o cinturão da categoria de 57,5 kg. Entre estes, o recém-coroado campeão Jorge Varela, Arthur Meyer e Jawsuayai Ayothaya Fight Gym - vencendo à todos por nocaute - e aumentando sua série de vitórias para sete.

No ‘co-main event’ ( evento co-principal ) da noite, o ‘kickboxer’ mais gabaritado Japão na atualidade, Takeru Segawa, estendeu sua série de vitórias para 33, graças à sua vitória sobre Yuta Murakoshi por decisão majoritária dos juízes. Yuta Murakoshi é um ex-campeão dos pesos-penas do K-1.

Takeru - estrela japonesa do K-1 - também conquistou três títulos disputados em diferentes categorias de pesos. Sua única derrota aconteceu ainda no início da sua carreira. Ele entrou na luta como o favorito contra Yuta Murakoshi, que depois de se tornar o campeão do torneio até 57,5 kgs do K-1 também tornou-se uma estrela em ascensão na cena japonesa das lutas de “trocação”.

Já o campeão dos médios do K-1 Krush, Minoru Kimura, venceu o italiano Jordan Valdinocci por nocaute no segundo round.

Em outras lutas de destaque da noite, Jordann Pikeur, ( campeão de super-médios do K-1 Krush ), venceu Kaisei Kondo, ( bicampeão do K-1 Koshien ), por nocaute, já no segundo round. Kenta Hayashi ( campeão dos pesos-médios do K-1 Krush ) nocauteou Daiki Kaneko, enquanto Kouzi ( um ‘kickboxer’ japonês “top 10” na categoria de 60 kg ), também nocauteou Seiya Kawahara ( veterano do Pancrase ), no segundo round da sua luta.

O evento foi ao ar pela Abema TV.

Os resultados do “K-1 World Grand Prix 2019 Japan” incluem :

K-1 World GP 2019 Japan
24 de novembro de 2019
Yokohoma Arena
Yokohama, Japão

Yuki Egawa venceu Jawsuayai Ayothaya Fight Gym por nocaute. Round 1, 0:58 - final do torneio dos penas
Takeru venceu Yuta Murakoshi por decisão majoritária ( 30-29, 29-29, 30-29 )
Minoru Kimura venceu Jordan Valdinocci por nocaute. Round 2, 2:28
Jordann Pikeur venceu Kaisei Kondo por nocaute. Round 2, 2:40
Kenta Hayashi venceu Daiki Kaneko por nocaute. Round 2, 0:35
Kouzi venceu Seiya Kawahara por nocaute. Round 2, 2:59
Ryo Aitaka venceu Yang Jea Geun por nocaute. Round 1, 0:57
Yuki Egawa venceu Arthur Meyer por nocaute. Round 1, 2:52 – semifinal do torneio dos penas
Jawsuayai Ayothaya Fight Gym venceu Hirotaka Urabe por decisão unânime após round extra ( 10-9 × 3 ) - semifinal do torneio dos penas
Yasuhiro Kido venceu Katsuya Jinbo por nocaute. Round 2, 2:29
Hideaki Yamazaki venceu Ruku por nocaute. Round 1, 1:24
Daizo Sasaki venceu Hayato Suzuki por decisão unânime ( 30-28, 29-28, 30-28 )
Roel Mannaart venceu Chris Bradford por nocaute. Round 1, 2:19
Arthur Meyer venceu Haruma Saikyo por nocaute. Round 2, 1:59 - quartas de final do torneio dos penas
Yuki Egawa venceu Jorge Varela por nocaute. Round 1, 1:49 - quartas-de-final do torneio dos penas
Jawsuayai Ayothaya Fight Gym venceu Riku Anpo por nocaute. Round 1, 1:14 - quartas de final do torneio dos penas
Hirotaka Urabe venceu Brandon Spain por decisão unânime ( 30-28, 29-28, 29-28 ) - quartas de final dos torneios dos penas
Toma venceu TETSU por decisão unânime ( 29-26 × 3 )
Shota Oiwa vs. Ryuto terminou em empate maioritário ( 29-30, 29-29, 29-29 )
Junpei Sano venceu Kazuma Kubo por decisão unânime ( 29-27 × 3 )
Kazuma Takuda venceu Kaito Yamawaki por nocaute. Round 1, 1:09
Keito Okajima venceu Rikiya Yamaura por decisão unânime ( 30-28 × 3 )
EITO venceu Kenta Ishibashi por nocaute. Round 1, 2:56

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 27/11/2019
_
Foto : Yuki Egawa teve que vencer três adversários para se tornar o novo campeão da categoria de 57,5 kg. ( Cortesia | Créditos : ( C ) K-1 Group | ( C ) M- 1 Mídia Esportiva ).

Entrevista exclusiva com a atleta de MMA Gilsely ‘Gilborg’ Perêa

Natural de Benjamin Constant ( município localizado a 1.121 quilômetros a oeste de Manaus ) e atualmente residindo na capital do estado do Amazonas, a lutadora Gilsely ‘Gilborg’ Perêa tem uma história de vida emocionante. Tendo iniciado nas artes marciais ainda em sua cidade natal, onde praticava Kung-Fu e Capoeira, hoje ela é adepta do Jiu-Jítsu e da Luta Livre e vem construindo uma carreira sólida no MMA.
Após sobreviver à dois acidentes de trânsito - um quando ainda morava em Benjamin Constant e outro em fevereiro de 2018, já em Manaus - a atleta retomou a carreira no MMA com vitória e agora se prepara para novos desafios.
Nessa entrevista exclusiva com a lutadora amazonense vamos explorar estas e outras curiosidades da vida da grande estrela do MMA do Alto Solimões. Confira :

1) Gilsely Perêa, quais são os seus dados básicos : idade, peso e altura ? Também fale um pouco sobre você. Como é a sua vida fora das competições ?
“Gilborg” : 29 anos, 57 kg, 1,59 de altura.
Além de ser atleta de MMA, faço faculdade de Engenharia Civil, já no final do ano deverei me formar. Quero me formar e quero continuar treinando, focando nos melhores eventos fora do estado, mais sempre temos dificuldades.
Agora estou finalizando mais um período na faculdade, então nessas duas últimas semanas estou me dedicando às provas finais.
Mas não deixo de treinar, moro na zona norte, em Manaus, durante a semana estudo de manhã, a tarde treino boxe com meu mestre Praia e faço ‘sparring’ com a galera da equipe MPBJJ e também treino a minha arte, a Luta Livre, com a minha equipe, que é a Amazonas Top Team.
Além de estudar, me dedico às vendas virtuais de confecções de roupas femininas, junto com minha esposa Tharcy. É dessa renda que tiramos uma grana pra contas essenciais, e assim ter como treinar, pois se me fixar em um emprego, não terei tempo para os meus treinos.
Mas a vida é uma competição, não podemos parar de lutar ...

2) Você é de Benjamin Constant ( Amazonas ) e hoje vive em Manaus. Essa sua mudança para a capital do estado foi por conta das artes marciais ?
“Gilborg” : Minha mudança para Manaus foi por conta do acidente, depois fiquei por conta das oportunidades de poder estudar e treinar.

3) O que levou você à iniciar a prática das artes marciais e por que esse apelido : “Gilborg” ?
“Gilborg” : Desde criança, estive envolvida em esportes, na luta. Sou do interior do Amazonas ( como você falou ), não me lembro o certo que idade tinha quando comecei à treinar. Mas sempre estava no meio do futebol, competia no ciclismo, conheci um pouco do Kung Fu no projeto, mas onde me dediquei mais foi na capoeira. Tinha mais emoção, adrenalina.
Tenho 11 anos na Luta Livre, sou faixa marrom do mestre Antonio Aleixo, o “Totonho”, que é faixa preta de Luta Livre e da Mestra Juliana Gonçalves, faixa preta de Luta Livre e Jiu-Jítsu.
Eu conheci a Luta Livre quando cheguei em Manaus depois de um acidente de moto na minha cidade.
Depois do acidente, passei uns meses em Manaus em recuperação, e engordei, quis ir para academia, e lá conheci a luta ... Contei minha história para a equipe, sobre o acidente que ocorreu comigo, tenho ferro no queixo e maxilar . Meus colegas de treino me chamavam de ‘Borg’, e assim ficou “Gilborg”.

4) Você sofreu um acidente no ano passado ( já em Manaus ) e também já havia sofrido um outro quando ainda morava em Benjamin Constant. O que você poderia nos falar sobre isso ?
“Gilborg” : Eu deveria lutar em Manaus no Jaguar Combat, um evento que foi realizado em fevereiro de 2018 e fui para o Rio de Janeiro treinar. Com o início das aulas na Faculdade, eu concluí o ‘camp’ que foi ‘top’ e voltei para Manaus no sábado. Já na segunda, à caminho da faculdade, fui atropela por um caminhão que me parou geral de todas as competições.
Só que mais uma vez, Deus me livrou.
E estou aqui contando a história.
Tranquei faculdade e fiquei um tempo de recuperação e agora estou aqui ... Voltei à competir.
Venho de Vitória.  Lutei MMA em julho.  Saldo positivo.
E sempre na fé em Deus que vai dar tudo certo.

5) Atualmente muitas mulheres praticam o Jiu-Jítsu, mas você também pratica a Luta Livre. Por que optou por essa outra modalidade uma vez que você também é adepta da ‘arte-suave’ ?
“Gilborg” : Eu me identifiquei mais com a Luta Livre, o contato e a pegada é diferente do Jiu-Jítsu, para mim é melhor para adaptar o meu jogo para o MMA. Assim como o Jiu-Jítsu também é fundamental.

6) Como surgiu esse seu interesse pelo MMA e quando foi a sua estreia nesse esporte ?
“Gilborg” : Em 2014 surgiu um convite para estrear no MMA. E fiquei muito motivada. Então procurei fazer uns treinos diferentes, buscar treinos técnicos. Assim comecei minha caminhada no MMA feminino.

7) Quantas lutas você tem no MMA ? Quais são os seus principais títulos no MMA e em outras modalidades esportivas ?
“Gilborg” : Tenho 15 lutas profissionais no MMA divididas nas seguintes categorias de peso : 52 Kg, 57 Kg, 61 Kg e até 66 Kg. Foi um desafio.. Mas na vida de lutador, quando surge uma guerra, você sempre tem que estar preparado.
Nem todas as minhas lutas estão cadastradas no Sherdog ( Sherdog é o maior site do mundo especializado em registrar o currículo do atleta profissional de MMA ) ...
Tenho 10 Vitórias e 5 derrotas. E como todos nessa vida de atleta, também tenho derrota polêmica ... Mas isso é passado e meu foco agora está no que vem pela frente.

No que diz respeito à outras modalidades, eu tenho títulos nos campeonatos da FASUB :
Campeã no Rio Grappling
Tri-Campeã Mundial de Luta Livre
Campeã Norte Nordeste
Campeã Amazonense de Submission e outros.

Inclusive estou na preparação do Campeonato Amazonense de Submission, dia 1° de dezembro.
E logo depois, no dia 22 de dezembro, irei participar de outra competição, que será o desafio : ‘7° encontro mulheres da luta’ ... Um evento que reúne muitas mulheres que lutam.
E também estou me preparando pra fazer a defesa do meu cinturão na categoria peso palha do evento ‘Imperador’, do alto Solimões, em janeiro.

8) Quem sãos os seus mestres e seus principais parceiros de treinos ?
“Gilborg” :  Meus mestres na Luta Livre são  “Totonho” e Juliana, a galera geral do MPBJJ,  mestre Márcio Pontes, da Nova União, que está no Rio acompanhando o ‘camp’ da Ketlen Vieira.

O mestre Eliezer Araújo, “Prainha”, meu professor de boxe que sempre está comigo, que sempre acredita em mim, divide seu tempo em trabalho, e dedica seu tempo comigo, ensinando seu boxe afiado, corrigindo meus erros. Meu mestre “Prainha” e mestre “Totonho” sinto muito amor e gratidão por eles. Eles acreditam em mim e é isso que me faz acreditar em mim também.

Quanto aos meus parceiros de treino, primeiro começa desde a  minha casa, que é a minha companheira, a qual também me ajuda, cuidando da parte da alimentação, ajuda se esforçando para me acompanhar nos treinos, etc ...
Posso citar mais alguns companheiros de treinos que são fundamentais para a nossa evolução diária, estamos ali para aprender de cada um deles, Athur, Bruninha, todos da minha equipe do CT Brunocilla, toda a galera do MPBJJ, sou muito grata por ter todos eles.. Cada um na sua guerra diária, todos humildes, todos irmãos.

9) Você tem patrocinadores ?
“Gilborg” : sobre parceiros, não é como eu gostaria e nem é suficiente ... Mas é na dificuldade que vamos enfrentando a guerra, porquê não é fácil, mas graças a Deus, a Academia Energym cede o espaço para os treinos de boxe, fortalecimento, treinos técnicos, e também tenho livre acesso às máquinas. A Clínica Esthetic Barroso, da dona Daniele Barroso, que quando estou com luta marcada, me ajuda cedendo o espaço da clínica para perca de peso.

Não posso deixar de comentar sobre o Rei do Banner, uma empresa da minha cidade que sempre me ajuda na confecção das minhas camisas e também do designer DJ Mesquita, do Studio Master Mix, também da minha cidade de Benjamim Constant, que ajuda na arte.

Também não posso esquecer do Prefeito da minha cidade, o Sr. David Bermegui, cuja ajuda de custo é muito importante e que me ajuda a complementar os gastos da preparação para as competições.

O atleta necessita de suplementação, alimentação diferenciada, necessita de grana para o transporte, etc ...
Nossa dedicação e despesas são grandes, mas o que o atleta recebe em troca ( o dinheiro da bolsa das lutas ) não supre nem a passagem da semana dos treinos. Quero dizer que nossa dedicação não é valorizada. Mais eu não desisto. Porque lutar é o que me motiva. Eu acredito muito que posso chegar mais longe ... Eu treino com os melhores do Amazonas.

10) Você está com alguma luta de MMA marcada para o próximo ano ? Quais são os seus planos para o futuro ?
“Gilborg” :  Eu estou com luta prevista para o final de Janeiro de 2020.  Defesa do meu cinturão.
Meus planos para 2020 são lutar o ICC, um evento em Iquitos, no Peru, que já estamos em conversações e também o Shooto Brasil.
Mas claro, sempre na vontade de Deus, se estiver nos planos de Deus .. Chegaremos lá.  Mantendo sempre o foco.
E claro ... Continuar focada na faculdade. São os últimos períodos, os finais .. Logo estarei formada em Engenharia Civil.

*Entrevista concedida ao colaborador Oriosvaldo Costa em 23/11/2019 | Connection Japan
_
Foto acima : Uma das maiores atletas do MMA amazonense, Gilsely “Gilborg” Perêa já ostenta um currículo composto por 15 lutas profissionais no MMA. Na foto, ao lado dos seus mestres, “Prainha” ( Boxe ) e “Totonho” ( Luta Livre ). ( Créditos | Cortesia : Acervo pessoal Gilsely Perêa | Site : nopodio ).

Abaixo : Gilsely Perêa ao lado do seu mestre Antonio Aleixo “Totonho”, faixa preta de Luta Livre, que acompanha a atleta desde o seu início nas competições. ( Créditos | Cortesia : Acervo pessoal Gilsely Perêa | Divulgação ).

78591905 585527328921346 4558235975062388736 n 0a4ca

Nota de esclarecimento pública

Website gratuito, não cobrança os nossos leitores ou visitantes, o único objetivo e a divulgação da informação e notícias reais, todos os créditos são de suas respectivas fontes e autores.

Em conformidade com as Leis:

Em conformidade com Artigo 46, I da Lei 9610/98 Brasil - Artigo 46, I da Lei 9610/98 e Lei nº 5.250 de 9 de fevereiro de 1967 - Lei 2083/53 | Lei nº 2.083 de 12 de novembro de 1953.

Para maiores informações e suporte jurídico consulte nosso advogado colaborador: Raphael Guilherme da Silva - OAB/SP Sob o Nº 316.914.

Caso discorde de algum artigo removeremos o mesmo de imediatamente e nós desculpamos de forma publica mediante uma retratação conforme a Lei se assim for solicitado.

Desde já muito obrigado.

Este portal de notícias e uma iniciativa de um Grupo de colaboradores voluntários sobre registro no Japão -目標新聞 (コネクション・ジャパン). - connectionjapan.com .

E é mantido pelos seus voluntários e colaboradores a fim de permitir que a colônia de Brasileiros possa ter acesso a essas informações de forma gratuita e a todos os demais visitantes que assim desejarem acessa nosso website.

Algumas observações na Lei n.º 9.610/98.

Uso de obra autoral para fins de estudo ou crítica;

Uso de obra autoral para exposição de um produto (por exemplo: uma loja de porta-retratos que expõe um porta-retrato contendo uma foto);

Uso de obra autoral para fim privado (se você compartihar com alguém, já não é mais uso privado!);

E outras previstas na Lei n.º 9.610/98.

« October 2021 »
Mon Tue Wed Thu Fri Sat Sun
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

FreeCurrencyRates.com

 

Contador de visitas

0.png3.png9.png8.png9.png3.png9.png
Hoje:128
Ontem:966
Últimos 7 dias:7115
Mês:15293
Total:398939

Conectados simultaneamente

21
Online

17-10-21

Visitantes online

Parceiros

Go to top