ptzh-CNenfritjakoruesvi

Após o sucesso do seu show de ‘réveillon’ Rizin FF anuncia retorno ao Tokyo Dome em março

Seguindo a tradição iniciada com o extinto Pride FC e depois com outras promoções na ‘terra do Sol Nascente’, os japoneses fecharam o ano com mais um grande show de artes marciais mistas e assim como faz desde 2015, o Rizin FF promoveu o seu espetacular evento anual de ‘réveillon’. 
 
A principal franquia de MMA do Japão na atualidade promoveu um ‘card’ composto por um número astronômico de 16 lutas, sendo 13 lutas de MMA, 2 lutas de Kickboxing e 1 luta no formato das ‘Custom Rules Bout’ ( ou seja, “lutas com regras personalizadas” ).
 
O show esteve de acordo com os padrões estabelecidos pelo já citado Pride e isso refletiu nos números do televisionamento com 7,3% de audiência da Fuji TV, recuperando o mesmo nível do ano passado ou, segundo algumas outras fontes, até mesmo superando-o.
 
O Rizin 26 também marcou o retorno da companhia à Saitama Super Arena, em Saitama, no Japão. A capacidade de espectadores foi limitada devido às restrições impostas pela Covid-19, mas o evento atraiu um público de 9.908 pessoas.
 
Logo após o término do show foi anunciado que o Rizin 27 será realizado no Tokyo Dome em 14 de março, naquela que será a primeira vez em que o Rizin realizará um evento por lá, o que não acontece há cerca de 17 anos, desde a era Pride. 
 
Não custa lembrar que alguns dos maiores eventos da história do MMA japonês aconteceram no Tokyo Dome, entre estes o Pride 1, Pride 4, Pride Grand Prix 2000, Pride Grand Prix 2000 Finals, Pride 17, Pride 23 e Pride Final Conflict 2003. Todos foram todos realizados no citado estádio de beisebol, que tem capacidade para 55.000 pessoas.
 
Se os regulamentos de distanciamento social ainda estiverem em vigor até março, pelo menos o Tokyo Dome permitirá que o Rizin venda um número maior de ingressos e atraia um público mais numeroso.
 
Quanto às lutas do dia 31 de dezembro, o ‘main event’ ( e portanto “evento principal” ) do Rizin 26 foi uma revanche válida pelo cinturão da categoria peso galo, que voltou para o japonês Kyoji Horiguchi. Ele encarou o compatriota Kai Asakura, que o derrotou em 2019 e conquistou o cinturão vago da categoria em agosto.
 
Já o ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) nos trouxe o invicto “astro” japonês do kickboxing, Tenshin Nasukawa. Agora dono de um “recorde” de 28-0 ele lutou o suficiente para dominar o veterano Kumandoi Phetjaroenvit ( 158 lutas ) e sair vencedor por decisão unânime.
 
Na antepenúltima luta da programação, Mikuru Asakura ganhou mais uma para a família, passadas apenas cinco semanas depois dele detonar Yutaka Saito, o qual venceu por decisão unânime ( no Rizin 25 ). Desta feita, ele nocauteou Satoshi Yamasu, um ex-campeão do DEEP.
 
Enquanto isso, a ‘lenda-viva’ do MMA japonês Takanori Gomi venceu o ‘Kickboxer’ Koji Tanaka por decisão majoritária.
 
Também digna de destaque foi a atuação de Ayaka Hamasaki que faturou o cinturão do peso átomo feminino ( até 49kg ) ao vencer Miyuu Yamamoto no primeiro round com uma técnica de finalização raramente usada : um estrangulamento tesoura.
 
Mas o momento mais aguardado da noite para o público brasileiro foi a luta do paulista Kleber Koike Erbst, ex-campeão da categoria peso pena do torneio polonês KSW, que finalizou Kyle Aguon, de Guam, em sua estreia pela franquia.
 
O ‘card’ também serviu de palco para a estreia no MMA do lutador olímpico Shinobu Ota e da jovem “sensação” do Kickboxing Ren Hiramoto.
 
Rizin 26
31 de dezembro de 2020
Saitama Super Arena
Saitama, Japão
 
Kyoji Horiguchi venceu Kai Asakura por nocaute técnico aos 2m48s do R1
Tenshin Nasukawa venceu Kumandoi Phetjaroenvit por decisão unânime
Mikuru Asakura venceu Satoshi Yamasu por nocaute técnico aos 4m20s do R1
Takanori Gomi venceu Koji Tanaka por decisão majoritária
Ayaka Hamasaki venceu Miyuu Yamamoto por finalização a 1m42s do R1
Naoki Inoue venceu Yuki Motoyo por finalização aos 3m00s do R1
Kleber Koike venceu Kyle Aguon por finalização aos 4m22s do R1
Kyohei Hagiwara venceu Ren Hiramoto por nocaute técnico a 1m29s do R2
Hideo Tokoro venceu Shinobu Ota por finalização aos 2m45s do R2
Yoshinari Nadaka venceu Petmalai Phetjaroenvit por nocaute técnico aos 2m20s do R1
Ulka Sasaki venceu Kenta Takizawa por decisão unânime
Kanna Asakura venceu Ai Shimizu por decisão unânime
Shibatar venceu Hiroya por finalização no R2
Kazuma Kuramoto venceu Taiyo Nakahara por nocaute aos 2m12s do R1
Tsuyoshi Sudario venceu Ikuhisa Minowa por nocaute técnico aos 3m19s do R1
Sakura Mori x Eru Takebayashi terminou em “No Contest”
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 03/01/2021
_
Foto : Kyoji Horiguchi recuperou o cinturão de campeão da categoria peso galo no Rizin 26. ( Créditos | Cortesia : @RIZINFF | Divulgação ). 

Duelo entre veteranas do Rizin FF e do Road FC é adicionado ao ‘card’ do Road FC 26

A lutadora tailandesa Suwanan Boonsorn estará de volta ao MMA no Deep-Jewels 26 em 22 de outubro.
A atleta, que luta na categoria de peso átomo, também é conhecida pela alcunha de “Amp The Rocket” e foi contratada para enfrentar Hong Yun-Ha, em um confronto que colocará a veterana do Rizin FF contra a veterana do Road FC.

Boonsorn ( 3-2 no MMA ) foi finalizada por Ayaka Hamasaki ainda no primeiro round da luta realizada em agosto passado no Rizin 18. No entanto, ela já havia vencido Emi Sato por finalização anteriormente no Deep-Jewels 23 e estará procurando sua segunda vitória consecutiva na promoção.
“Amp The Rocket” também já venceu o “Women’s Mini Flyweight Championship” promovido pelo WMC nas regras do Muay Thai, modalidade em que ostenta mais de 80 lutas em seu cartel.

Já Hong Yun-Ha ( 3-4 no MMA), por sua vez, está vindo de três vitórias consecutivas no ROAD FC. Ela já lutou no Japão antes e fez uma luta dura com a estrela do Rizin, Kanna Asakura, ( em 2016 ), perdendo apenas por decisão dos juízes.

Como anunciado anteriormente, o ponto alto desse ‘card’ será uma luta válida pela disputa de título do peso átomo entre a campeã Tomo Maesawa ( 15-14 no MMA ) e a desafiante Emi Tomimatsu ( 12-10 no MMA ).

Esta será a primeira defesa de título de Maesawa como campeã do peso átomo no Deep-Jewels e ela o fará diante de Tomimatsu, que é uma ex-campeã do Deep-Jewels, mas em uma categoria de peso distinta e que também já desafiou anteriormente, sem sucesso, o mesmo título do peso átomo, em 2016.

Enquanto isso, a experiente lutadora japonesa “King” Reina Miura ( 11-3 no MMA ) enfrentará a novata tailandesa Titapa Junsookplung, enquanto outra lutadora vinda da Tailândia, Kaewjai Prachumwong irá lutar com a japonesa Yukari Nabe ( 6-3-1 no MMA ).

Confira abaixo, parte do ‘card’ do Deep-Jewels 26 que está marcado para o dia 22 de outubro e que terá lugar no Korakuen Hall, em Tóquio, no Japão.

Deep-Jewels 26
22 de Outubro de 2019
Korakuen Hall
Tóquio, Japão

Tomo Maesawa ( c ) vs. Emi Tomimatsu ( pelo título do peso átomo )
Suwanan Boonsorn vs. Hong Yun-Ha ( peso átomo )
Reina Miura vs. Titapa Junsookplung ( peso combinado )
Yukari Nabe vs. Kaewjai Prachumwong ( Peso mosca)
Nanaka Kawamura x Otoha Nagao ( Peso Pesado )
Yasuko Tamada vs. Kotori Tamiya ( peso átomo )

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 24/09/2019
_
Foto : Suwanan Boonsorn, da Tailândia, estará fazendo o seu retorno ao Deep-Jewels diante de Hong Yun-Ha, da Coreia do Sul. ( Créditos | Cortesia : Deep Jewels media | Gong Kakutogi ).

Nota de esclarecimento pública

Website gratuito, não cobrança os nossos leitores ou visitantes, o único objetivo e a divulgação da informação e notícias reais, todos os créditos são de suas respectivas fontes e autores.

Em conformidade com as Leis:

Em conformidade com Artigo 46, I da Lei 9610/98 Brasil - Artigo 46, I da Lei 9610/98 e Lei nº 5.250 de 9 de fevereiro de 1967 - Lei 2083/53 | Lei nº 2.083 de 12 de novembro de 1953.

Para maiores informações e suporte jurídico consulte nosso advogado colaborador: Raphael Guilherme da Silva - OAB/SP Sob o Nº 316.914.

Caso discorde de algum artigo removeremos o mesmo de imediatamente e nós desculpamos de forma publica mediante uma retratação conforme a Lei se assim for solicitado.

Desde já muito obrigado.

Este portal de notícias e uma iniciativa de um Grupo de colaboradores voluntários sobre registro no Japão -目標新聞 (コネクション・ジャパン). - connectionjapan.com .

E é mantido pelos seus voluntários e colaboradores a fim de permitir que a colônia de Brasileiros possa ter acesso a essas informações de forma gratuita e a todos os demais visitantes que assim desejarem acessa nosso website.

Algumas observações na Lei n.º 9.610/98.

Uso de obra autoral para fins de estudo ou crítica;

Uso de obra autoral para exposição de um produto (por exemplo: uma loja de porta-retratos que expõe um porta-retrato contendo uma foto);

Uso de obra autoral para fim privado (se você compartihar com alguém, já não é mais uso privado!);

E outras previstas na Lei n.º 9.610/98.

« October 2021 »
Mon Tue Wed Thu Fri Sat Sun
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

FreeCurrencyRates.com

 

Contador de visitas

0.png4.png0.png3.png3.png1.png1.png
Hoje:214
Ontem:942
Últimos 7 dias:3347
Mês:19665
Total:403311

Conectados simultaneamente

13
Online

21-10-21

Visitantes online

Parceiros

Go to top