ptzh-CNenfritjakoruesvi

Noboru Uchida vence “luta de pneus” e desafia Enson Inoue para revanche da ‘briga’ no RIZIN

O evento anual “Tachikawa Martial Arts Fest”, que é uma promoção do ‘Kingdom El Gaits’ em colaboração com a Câmara de Comércio e Indústria de Tachikawa, foi realizado em seu sexto ano.
O evento retornou no último sábado, 31 de julho de 2021, no Tachikawa Colosseo, em Tachikawa, no Japão.

A primeira parte do torneio, batizada como ‘FIGHTING DISCO 2021’, tornou-se uma programação centrada nos jovens. Contudo, desde que um contato próximo com coronavírus foi confirmado na filial do ‘Kingdom’ Fuchu, todos os lutadores da filial foram impedidos de participar e o número de lutas do ‘card’ foi muito reduzido e alterado.
Além disso, o fotógrafo oficial do evento testou positivo, e o ‘locutor do ringue’ também apresentou sintomas de febre por vários dias e, apesar deste último ter testado negativo, ambos foram substituídos.
Então, o lutador de MMA, Hidetada Irie ( do ‘Kingdom’ Tachikawa ), de repente, se viu como um ‘locutor de ringue’ ( “announcer” ).

Como resultado dos contratempos, o pessoal do ‘Kingdom’ perdeu por 1-2 no ‘desafio de equipes’ com um combinado do ‘KROSS x OVER’. Foram realizadas lutas sob as regras do Kickboxing e do MMA.
Destaque para Keita Kaneko, que venceu a sua primeira luta de MMA. Ele lutou no lugar de Osamu Komaki, que deveria competir pelo ‘Kingdom’ Fuchu, mas foi retirado do ‘card’ por causa do coronavírus.

Já a segunda parte do torneio foi chamada de “Tire Fight Launch Battle T-0001” ~ Tyre God Advent ~ por ser dedicada às lutas da modalidade ‘Tire Fight’ ( ou “luta de pneus”, em português ), onde a vitória ou a derrota são decididas por derrubar e / ou nocautear o adversário ou tirar o pé do pneu.
Estas disputas se dividem em três classes de peso ( categoria ‘absoluto’ ou “peso livre”, categoria até 80 kg e categoria até 60 kg ).

No “evento principal” vimos Noboru Uchida, 46 anos, um “Kickboxer” peso pesado que estreou no ‘K-1 Survival’ em 28 de maio de 2000. Ele foi apresentado como um “deus da categoria absoluto” da “luta de pneus”.
Seu oponente foi Shoichiro Nakamura, não por acaso, o primeiro adversário de Uchida em sua estréia no MMA, em 2019.

Nakamura agrediu Uchida logo após a largada. Por sua vez, Uchida colocou “pressão” com um ‘gancho’ de esquerda. No entanto, Nakamura não mostrou declínio e empurrou Uchida. Este último demonstrou a sua ferocidade, mas Nakamura o fez perder o equilíbrio com um soco. O árbitro não considerou o “KO” e a luta continuou. Ambos os lados usaram todas as suas forças. Ao final, Uchida acabou conquistando a vitória com uma grande reviravolta e se vingando da derrota sofrida no MMA.

Na entrevista após a luta, Uchida declarou ter rancor de Enson Inoue ( técnico do lutador Kazushi Miyamoto ) e quer dar continuidade à ‘briga’ do ‘RIZIN’.

N.E.: Inoue partiu para cima e tentou “estrangular” Uchida, quando este adentrou ao ringue em solidariedade ao seu atleta, que sofreu um “TKO”, aplicado pelo aluno de Inoue. Confira o vídeo em : https://www.youtube.com/watch?v=LCjThNVkTbw

-“O rancor contra Enson foi falado na ‘briga’ pós-luta ( Tsuyoshi Sudario Vs. Kazushi Miyamoto ) do ‘RIZIN.27’, em março deste ano. Não há problema em resolver com uma ‘luta de pneus’ ?”-disse ele, ciente de ter vestido uma camiseta com um desafio escrito à mão para Enson Inoue.

Uchida acha que pode mostrar uma combinação entre Yoshihiro Takayama e Don Frye.
Será que uma “luta de pneus” de Uchida x Inoue será realizada ? Saberemos no evento do próximo ano.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 05/08/2021
_
Legenda : O “deus absoluto” da ‘luta de pneus’, Uchida ( à direita ) conquistou uma vitória inesperada.
Foto acima : ( Cortesia | Créditos : ( C ) Kingdom | ( C ) Yahoo Japan | Divulgação ).

Legenda : O lutador ‘White Rice’ venceu a disputa pelo título até 80kg da “luta de pneus”.
Foto abaixo : ( Cortesia | Créditos : ( C ) Kingdom | ( C ) eFight | Divulgação ).

white2 602x402 5881d

O “Rizin 29” realizou torneios de MMA e Kickboxing no último domingo no Japão

No domingo, ( 27 de junho de 2021 ), o Rizin Fighting Federation retornou às suas atividades com o “Rizin 29”. O ‘card’ trouxe consigo a segunda metade do torneio eliminatório de 16 homens na categoria de peso galo.
O “Rizin 29” também incluiu o ‘RIZIN KICK’, um torneio de Kickboxing de uma noite, realizando a rodada semifinal no início da programação, guardando então a final para o ‘slot’ do evento principal.
Desta vez, as lutas tiveram lugar na cidade de Osaka, também no Japão.
As “cerimônias de abertura” começaram às 12h30 no horário da costa leste dos Estados Unidos e Canadá. Os fãs norte-americanos puderam assistir o evento ‘ao vivo’ via transmissão por ‘Pay-Per-View’ no ‘LiveNow’.

Do lado do MMA, o GP peso galo continuou, como dito anteriormente. Destaque para a participação do brasileiro Alan Yamaniha ( 18-8 ). O lutador paulista encarou o japonês Kazuma Kuramoto ( 8-2 ), quase nocauteando-o com socos por diversas vezes ainda no primeiro round.
Já no segundo período da luta, Yamaniha quase chegou à finalizar Kazuma com uma guilhotina. Mas, à partir daí, Kuramoto começou à pressionar o brasileiro. Este último, apesar do esforço feito anteriormente, usou de sua experiência no MMA para administrar a vantagem que construiu nos dois primeiros rounds e conseguiu vencer sua primeira luta no Rizin. Com a vitória, Yamaniha avança rumo às quartas de final do GP peso galo.

Todas as outras três lutas do torneio foram para a decisão dos juízes. Takafumi Otsuka ( 29-18 ) venceu Hiroki Yamashita ( 8-9 ) enquanto Kenta Takizawa ( 12-7 ) obteve uma vitória polêmica sobre Masakazu Imanari ( 38-20 ).
Já Yuto Hokamura, nativo de Osaka, venceu o estreante na promoção, Kuya Ito, de maneira unânime.
Com a vitória, Hokamura melhorou para 14-9-2 e soma agora duas vitórias em suas três lutas pela franquia, enquanto Ito caiu para 10-9-1, mas conquistou vários fãs graças à sua atuação.

No torneio de Kickboxing batizado de ‘RIZIN KICK One Night Tournament’ vimos quatro lutadores da categoria de peso galo disputando um cinturão simbólico da organização.
Esse GP foi vencido por Taiju Shiratori. Para tanto, ele passou por Chikai Iimura na semifinal e indo para a luta decisiva com o popular Koji Tanaka, conhecido pelo público local como “Kouzi”.

A luta foi explosiva, principalmente no último round, com ambos os atletas partindo para cima e dando tudo de si, em busca do nocaute definitivo. Shiratori, que já havia aplicado um “knockdown” no primeiro round, dominou grande parte do combate e acabou vencendo por decisão unânime dos juízes.

No dia seguinte à luta, Koji Tanaka falou sobre os seus sentimentos em um vídeo divulgado em seu canal no YouTube, o “Koji Channel”.Ele falou que precisou se submeter à uma cirurgia devido à um osso fraturado próximo ao seu olho direito e revelou que foi diretamente se desculpar à Genji Umeno, seu adversário na semifinal.
Ele também descartou uma possível aposentadoria em mensagem direcionada aos seus fãs.
Genji Umeno, por sua vez, também deseja fazer mais uma batalha com o popular lutador. Será que uma segunda luta entre Koji e Umeno será realizada?

Por agora, fique com os resultados do “Rizin 29” que incluem :

Rizin 29
27 de Junho de 2021
Maruzen Intec Arena Osaka
Osaka, Japão

Kickboxing: Taiju Shiratori venceu Koji Tanaka por decisão unânime
MMA: Yuto Hokamura venceu Kuya Ito por decisão unânime
MMA: Takafumi Otsuka venceu Hiroki Yamashita por decisão unânime
MMA: Kenta Takizawa venceu Masakazu Imanari por decisão unânime
MMA: Alan Yamaniha venceu Kazuma Kuramoto por decisão unânime
MMA: Yusuke Yachi venceu Yuki Kawana por decisão unânime
MMA: Rikuto Shirakawa venceu Jin Aoi por decisão unânime
Kickboxing: Taiju Shiratori venceu Ryo Takahashi por “TKO” ( socos ) aos 1:37 do primeiro round
Kickboxing: Koji Tanaka vs. Genji Umeno terminou em “No Contest”
Kickboxing: Yoshinari Nadaka venceu Chikai Iimura por “TKO” ( lesão no nariz ) aos 3:00 do primeiro round
Kickboxing: Seiki Ueyama venceu Josei Izumi por “TKO” ( três “knockdowns” ) aos 0:55 do segundo round 
Kickboxing: Yuma Yamahata vs. Kiyoto Takahashi terminou em empate ( majoritário )

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 28/06/2021

_
Legenda : Taiju Shiratori e Koji Tanaka fizeram a final do RIZIN KICK ‘One Night Tournament’, torneio de Kickboxing do Rizin FF.
Foto acima : ( Créditos | Cortesia : @RIZINFF | Divulgação ).

Legenda : Haverá uma nova luta entre Koji Tanaka e Genji Umeno no Rizin?
Foto abaixo : ( Créditos | Cortesia : @RIZINFF | Divulgação ).

image 1624876454 23b66

Veja os resultados do Rizin 28 realizado neste domingo no Japão

As artes marciais mistas retornaram ao histórico Tokyo Dome pela primeira vez em quase 20 anos na madrugada do domingo ( 13 de junho de 2021 ) com uma edição do Rizin Fighting Federation, maior evento de MMA do Japão na atualidade. Mas apesar do estádio ter capacidade para comportar entre 55 a 70 mil espectadores, o Rizin 28 só obteve autorização para receber um público de 10 mil pessoas e ainda assim com rigorosas medidas de segurança, incluindo o uso de máscaras e distanciamento social, entre outras. Tudo isso devido ao estado de emergência imposto pelo governo do país.

O ‘main event’ ( ou “evento principal” ) deste ‘card’ foi uma luta na categoria peso pena entre o brasileiro Kleber Koike Erbst, ex-campeão do KSW, e o popular japonês Mikuru Asakura.
Koike havia prometido apagar Asakura antes da luta e cumpriu a promessa no segundo round, quando acertou uma série de golpes no “clinch” e puxou para a guarda, encaixando o triângulo para sufocar Asakura, que ficou inconsciente.
Com o resultado, Koike subiu para 28-5 enquanto Asakura caiu para 14-3.

No ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) vimos um desafio especial, ou seja, uma luta com ‘regras personalizadas’, em que o invicto “astro” japonês de 22 anos, Tenshin Nasukawa, encarou três oponentes, um à cada rodada, na seguinte ordem : Koki Osaki, Hiroya Kawabe e Hideo Tokoro.
As regras eram similares às do boxe, mas com o acréscimo do soco “superman” ( ou ‘superman punch’, se preferir ) e também do soco rodado.
Tenshin fez um bom - e duro - primeiro round com Osaki, e chegou a derrubar Hiroya com um soco na costela já no segundo período, indo para o último expediente com o veterano do MMA, Hideo Tokoro, fazendo-o ‘balançar’ várias vezes, mas sem conseguir o nocaute.
Após a luta, o empate foi oficialmente anunciado.

Já o brasileiro Roberto Satoshi e o lutador do Azerbaijão, Tofiq Musayev, disputaram o cinturão inaugural do peso leve da promoção. Musayev, campeão do GP dos leves do Rizin em 2019, conseguiu impedir a primeira tentativa de queda de Satoshi, mas o paulista - que é especialista em Brazilian Jiu-Jítsu - não desistiu e, apesar de terminar por baixo na segunda tentativa, encaixou um triângulo e forçou Musayev à bater, se tornando assim o primeiro campeão linear na categoria de peso pela organização nipônica.

O Rizin 28 também contou com uma parte das lutas da rodada de abertura do Grande Prêmio do Rizin na categoria peso galo. O torneio conta com a participação de 16 homens e neste ‘card’ vimos o ex-campeão Kai Asakura vencer Shooto Watanabe com socos do ‘Ground and Pound’, enquanto Naoki Inoue venceu Shintaro Ishiwatari após nocauteá-lo com “um tiro de meta”.

Outros dois participantes do GP dos galos, Hiromasa Ougikubo e Yuki Motoya também seguiram em frente no torneio após vencerem por decisão Takeshi Kasugai e Ryo Okada, respectivamente.

Confira os resultados do “Rizin 28” que incluem :

Rizin 28
13 de Junho de 2021
Tokyo Dome
Bunkyo, Tóquio, Japão

 

Kleber Koike venceu Mikuru Asakura com uma finalização por estrangulamento ( triângulo ) aos 1:49 do segundo round
Tenshin Nasukawa x Koki Osaki, Hiroya Kawabe e Hideo Tokoro - Empate
Roberto Satoshi venceu Tofiq Musayev com uma finalização por estrangulamento ( triângulo ) aos 1:12 do primeiro round
Kai Asakura venceu Shooto Watanabe por “TKO” aos 3:22 do primeiro round [ rodada de abertura do GP dos galos ]Naoki Inoue venceu Shintaro Ishiwatari por nocaute aos 2:01 do primeiro round [ rodada de abertura do GP dos galos ]Hiromasa Ougikubo venceu Takeshi Kasugai por decisão unânime [ rodada de abertura do GP dos galos ]Yuki Motoya venceu Ryo Okada por decisão unânime [ rodada de abertura do GP dos galos ]Yutaka Saito venceu Vugar Karamov por decisão dividida
Shoma Shibisai venceu Tsuyoshi Sudario com uma finalização por estrangulamento ( “mata-leão” ) aos 1:39 do terceiro round
Satoshi Yamasu venceu Noah Bey por decisão dividida

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 13/06/2021
_
Legenda : Kleber Koike venceu em sua primeira luta principal contra uma “estrela” do Rizin.
Foto acima : ( Créditos | Cortesia : @RIZINFF | Divulgação ).

Legenda : Roberto Satoshi se tornou o primeiro campeão linear peso leve do Rizin.
Foto abaixo : ( Créditos | Cortesia : @RIZINFF | Divulgação ).

image 1623580708 e01a3

 

Confira o ‘card’ do Rizin Fighting Federation ( RIZIN ) 24 que será realizado em 27 de setembro

A Saitama Super Arena receberá o RIZIN 24 em 27 de setembro ( domingo ). O show de MMA contará com a participação do público, que poderá prestigiar as lutas ‘ao vivo’ no ginásio, mas este será limitado a 5.000 pessoas e os ingressos já estão esgotados. 

Esta será a primeira vez que um show será realizado lá em nove meses.
 
O CEO do Rizin Fighting Federation ( RIZIN ), Nobuyuki Sakakibara, confirmou que o show começará às 16:00, horário local, e que duas horas do evento serão transmitidas na Fuji TV.
 
Os fãs também receberão o ‘card’ completo via ‘Pay-Per-View’ na página de “crowdfunding” por 5.000 ienes adiantados ou 5.500 ienes no dia do show.
 
O RIZIN já havia voltado à ação no início mês de agosto, após um hiato de seis meses e agora alguns dos maiores nomes da promoção estarão em ação nesse ‘card’ de 27 de setembro. 
 
Kai Asakura ( 15-2 ), o novo campeão da categoria peso galo do RIZIN irá lutar com Shoji Maruyama ( 18-12-1 ), um ex-“Rei do Pancrase” e lutador que vem de uma vitória sobre Kosuke Terashima no Deep 96 Impact. Contudo, parece-nos que o cinturão de campeão dos galos não estará em jogo nesta luta.
 
Vinda de vitória no RIZIN 21, a “estrela” Rena Kubota ( 10-3 ) terá pela frente Emi Tomimatsu ( 15-16 ), ex-campeã na categoria peso palha do Deep-Jewels.
 
Enquanto isso, Tsuyoshi Sudario irá encarar Dylan James em uma luta de pesos pesados. Os dois estão fazendo sua estreia no MMA. O primeiro é lutador de Sumô, enquanto o segundo é veterano do Pro Wrestling ( Telecatch ).
 
O ‘card’ também contará com um confronto no peso leve entre Takasuke Kume ( 23-6-3 ) - cuja última luta foi uma vitória no ONE Championship, ainda no ano passado - e Satoru Kitaoka ( 42-20-10 ), este último vindo de empate com Sho Kogane, no iSMOS.1, realizado em julho no Japão. 
Ainda no peso leve Yusuke Yachi ( 21-10-0 ) enfrenta Juri Ohara ( 26-18-3 ).
 
Como anunciado anteriormente, a “superestrela” do Kickboxing, Tenshin Nasukawa, fará seu retorno ao RIZIN contra o ex-lutador do K-1, Koji Tanaka, em duelo marcado para ser realizado em peso combinado de 55kgs.
 
Por falar nisso, mais outras duas lutas de Kickboxing foram adicionadas ao ‘card’, também em peso combinado. Yuki Kitagawa enfrenta Taishi Hiratsuka ( até 60kgs ) enquanto Mutsuki Ebata luta com Rasta ( até 55kgs ).
 
RIZIN 24
27 de setembro de 2020
Saitama Super Arena
Saitama, Tóquio, Japão
 
Kickboxing : Tenshin Nasukawa vs. Koji Tanaka 
MMA : Takasuke kume vs. Satoru Kitaoka 
MMA : Yusuke Yachi vs. Juri Ohara 
MMA : Takahiro Ashida vs. Kyohei Hagiwara 
MMA : Tsuyoshi Sudario vs. Dylan James 
MMA : Koji Takeda  vs. Yuki Kawana 
MMA : Kai Asakura  vs. Shoji Maruyama 
MMA : Rena Kubota  vs. Emi Tomimatsu 
Kickboxing : Yuki Kitagawa  vs. Taishi Hiratsuka 
Kickboxing : Mutsuki Ebata  vs. Rasta 
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 17/09/2020
Foto acima : Após se tornar o terceiro campeão da categoria peso galo do RIZIN, Kai Asakura irá lutar com Shoji Maruyama, atleta ainda ativo no DEEP Impact. ( Créditos | Cortesia : @RIZINFF | Divulgação ).
 
Abaixo : Tenshin Nasukawa fará seu retorno contra o ex-lutador do K-1, Koji Tanaka, no RIZIN 24.  ( Créditos | Cortesia : @RIZINFF | Divulgação ).
Tenshin 2 368ac

Rizin Fighting Federation ( RIZIN ) anuncia retorno com duas edições em agosto

À medida que as restrições são levantadas, o MMA vem avançando, principalmente com os eventos do UFC, e cada vez mais parece que o esporte foi interrompido pelo menor tempo possível, com a modalidade sendo pioneira no retorno das competições. Durante uma conferência de imprensa realizada anteontem, o CEO do Rizin Fighting Federation ( RIZIN ), Nobuyuki Sakakibara, anunciou que o RIZIN 22 e o RIZIN 23 acontecerão nos dias 9 e 10 de agosto na novíssima Pia Arena MM em Minatomirai, Nishi-ku, Yokohama-shi, Prefeitura de Kanagawa, no Japão e parece que eles permitirão a entrada do público para prestigiar os shows. A arena tem capacidade para 10.000 pessoas e foi inaugurada apenas este ano. A partir do dia 10 de julho, as restrições serão flexibilizadas no Japão e será permitido que um máximo de 5.000 pessoas participem de eventos, o que significa que o local poderá comportar até metade da sua capacidade. Para Sakakibara e o MMA na ‘terra do Sol Nascente’, a apresentação e a competição não significam nada sem os fãs na arena e os os fãs de MMA, especialmente os fãs da era Pride Fighting Championship ( Pride FC ), sabem que a maneira como Sakakibara e sua equipe organizam um evento pode proporcionar ótimos combates. -“Sem um público presente, o RIZIN não seria o RIZIN. O que posso dizer é que todos na platéia criam o RIZIN. Faremos o nosso melhor para enfrentar os desafios que virão nestes dois dias”.-disse Sakakibara. Ele acrescentou : -“Estou ansioso para ver o sorriso de todos na Pia Arena, em agosto”.-referindo-se ao apelo que promete levar os fãs à arena em dois dias consecutivos. Mesmo as restrições de viagem não representarão problemas para a realização dos shows, pois felizmente para o RIZIN, a maior parte dos seus lutadores vivem no Japão. Os demais terão que se adequar aos requisitos de quarentena. O RIZIN também está arrecadando dinheiro para ajudar na promoção dos próximos ‘cards’. Os lutadores escalados ainda não foram divulgados, mas esperamos que seus nomes sejam anunciados em um futuro próximo. No momento, também não há informações sobre a disponibilidade dos eventos para o público internacional, seja em alguma plataforma digital ou pelo sistema de Pay-Per-View. Mas e você, leitor ? O que acha da volta do RIZIN ? *Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 08/07/2020
_
Foto acima : Nobuyuki Sakakibara confirmou que o RIZIN FF está definido para agosto com dois eventos consecutivos. ( Créditos | Cortesia : @RIZINFF | Divulgação ). Abaixo : O RIZIN realizou uma conferência de imprensa para discutir o  seu futuro e anunciou os seus primeiros eventos desde a interrupção das suas atividades em meados de março. ( Créditos | Cortesia : @RIZINFF | Divulgação ).

106907609 3237116443023347 8466464930271028298 n efe48

Peso pesado japonês Hideki Sekine incluído no ‘card’ do “RIZIN.21” em Shizuoka

Hideki Sekine, 46 anos, está em uma missão para se tornar o primeiro campeão japonês dos pesos pesados em uma grande promoção de artes marciais mistas. Apelidado de ‘Sherek’ e “Big Body”, o lutador sempre foi um grande fã de promoções regionais japonesas, e isso deu início ao novo caminho. Após deixar para trás uma carreira promissora como policial, o morador de Shizuoka, no Japão, construiu um belo ‘recorde’ de 7-3-0 no MMA. Recentemente, o faixa preta de Judô e Brazilian Jiu-Jítsu também tem se mostrado ativo nos ringues de Professional Wrestling - modalidade conhecida no Brasil como “Telecatch” - além de acumular participações em promoções de MMA do porte do ONE Championship, DEEP  Impact e Ganryujima. Na última sexta-feira, ( 24 de janeiro ), Hideki Sekine foi confirmado no ‘card’ do “RIZIN.21” em uma conferência de imprensa em Tóquio, capital do Japão. Seu adversário será Roque Martinez ( 14-5-2 ). Vindo da ilha de Guam, Roque Martinez tem se destacado na categoria dos pesos pesados em promoções como o DEEP Impact, PXC e no próprio RIZIN. Também neste ‘card’, o ex-lutador do UFC e ex-campeão dos penas do SRC, Masanori Kanehara ( 27-13-5 ), que fará sua primeira aparição no RIZIN. Seu oponente será Victor Henry ( 19-4 ), o atual campeão dos pesos médios do DEEP Impact. Henry demonstrou ser um dos lutadores mais fortes na promoção de Nobuyuki Sakakibara logo em sua primeira aparição no RIZIN em agosto passado, quando venceu Trent Gardam ( 12-3 ) com um triângulo. Por falar em Trent Gardam, ele também lutará nesta edição com o japonês Naoki Inoue ( 12-2 ). Esse show será encabeçado por uma disputa que colocará Mikuru Asakura ( 12-1 ) diante de Daniel Salas ( 16-6-1 ). Asakura é uma estrela do YouTube e prometeu entreter o público. Ele venceu sete lutas seguidas e foi visto pela última vez em ação no “RIZIN.20”. Seu adversário, Daniel Salas ( conhecida pela alcunha de ‘El Cazador’ ) foi um dos participantes da 2ª Temporada do “The Ultimate Fighter Latin America”. O “RIZIN.21” será realizado no dia 22 de fevereiro e terá lugar na Hamamatsu Arena, em Shizuoka. Confira abaixo, o ‘card’ completo do “RIZIN.21” : RIZIN.21
22 de Fevereiro de 2020
Hamamatsu Arena
Shizuoka, Japão MMA : Mikuru Asakura x Daniel Salas 
MMA : Vugar Keramov x Kyle Aguon
MMA : Victor Henry x Masanori Kanehara
MMA : Trent Girdham x Naoki Inoue
MMA : Yuto Hokamura x Kenji Kato 
MMA : Roque Martinez x Hideki Sekine
MMA : Marcos Yoshio Souza x Falco Neto
Kickboxing: Yuya vs. Kouki
Kickboxing: Kenichi Takeuchi x Naoya Kousuke
Kickboxing: Jitukata x Ryo Sakai
Kickboxing: Masaji Tozuka x Masahiro Ozawa
Kickboxing: Henry Cejas vs. Seido ( *‘card’ sujeito à alterações ) *Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 27/01/2020
_
Foto acima : O veterano Hideki Sekine será um dos destaques do “RIZIN.21”, no próximo dia 22 de fevereiro em uma disputa de pesos pesados com Roque Martinez.  ( Cortesia | Créditos : Acervo pessoal Hideki Sekine | @RIZINFF ). Abaixo : O ‘flyer’ de divulgação do “RIZIN.21” com o duelo Hideki Sekine x Roque Martinez. ( Cortesia | Créditos : @RIZINFF | MMA Japan ).

84177970 2711076215649093 480945283845324800 n 40a98

Resultados e destaques do Rizin de ‘réveillon’ no Japão

A icônica Saitama Super Arena do Japão recebeu um segundo grande evento de MMA no espaço de três dias, quando o Rizin FF - a principal promoção japonesa da atualidade - organizou seu espetacular evento anual de ‘réveillon’. Assim sendo, a 20ª edição numerada do Rizin, que aconteceu na terça-feira, 31 de Dezembro, contou com com nomes notáveis do esporte em lutas válidas por disputas de títulos, além das finais do seu GP dos pesos-leves. Na luta principal, pelo cinturão do peso-galo, o angolano Manel Kape teve atuação espetacular ao nocautear Kai Asakura em apenas 38s do segundo round para conquistar o título do Rizin. Já a sul-coreana e ex-lutadora do UFC, Seo Hee Ham, venceu a japonesa Ayaka Hamasaki por decisão dividida em duelo bastante movimentado e faturou o cinturão do peso-átomo ( 49 kg ) da franquia. Este foi o terceiro confronto entre ambas as atletas e a primeira vitória de Ham. Também na categoria do peso-átomo, Miyuu Yamamoto ( 45 anos ), irmã do lendário Kid Yamamoto, venceu a tailandesa Suwanan Boonsorn ( 21 anos ), por decisão unânime. Ainda entre as mulheres, Rena Kubota obteve a sua vingança contra Lindsey VanZandt, ao derrotar a norte-americana nos segundos finais de sua revanche. Rena dominou a luta em pé, e depois de levar a sua adversária para o solo e conquistar a montada nos minutos finais, viu a luta ser interrompida quando golpeava, pois o técnico de VanZandt jogou a toalha. Também em ação, o campeão dos meio-pesados, Jiří Procházka, defendeu seu título diante do ex-lutador do UFC, CB Dolloway. O lutador tcheco bateu Dolloway com uma combinação limpa de dois socos que levaram o ex-UFC ao nocaute ainda no primeiro round.
Inicialmente, Procházka lutaria com o atleta do Bellator, Ryan Bader, mas a luta não foi concretizada. Em seu lugar foi escalado CB Dollaway, que recentemente solicitou sua liberação do UFC enquanto cumpre uma suspensão de dois anos imposta pela USADA. O fenômeno japonês do Kickboxing, Tenshin Nasukawa, manteve a sua invencibilidade ao demolir o seu compatriota, Rui Ebata, obtendo três ‘knockdowns’ ainda no primeiro round. Ainda no ‘card’, Mikuru Asakura - também um “YouTuber”, assim como o seu irmão Kai Asakura - conquistou uma das maiores vitórias de sua promissora carreira ao bater o brasileiro e veterano do Bellator, John “Macapá”, por decisão unânime dos juízes após 15 minutos de luta. No início da programação, tivemos as semifinais e a final do grande torneio dos leves do Rizin. O brasileiro Patricky “Pitbull” Freire, depois de nocautear o compatriota Luiz “Killer” Gustavo com um tiro de meta brutal aos 28 segundos de luta na semifinal do torneio, acabou derrotado por Tofiq Musaev, do Azerbaijão, por decisão unânime na final, que fechou o ‘card’ preliminar do evento. Demorou, mas parece que enfim, o Rizin está revelando grandes nomes e transformando-os em estrelas. Um exemplo é Jake Heun - que entrou como Freddie Mercury - e ao melhor estilo Akhiro Gono, venceu com um nocaute brutal o ex-campeão Olímpico de Judô e atual lutador de MMA Satoshi Ishii. Feliz da vida após o evento, o CEO da companhia, Nobuyuki Sakakibara, anunciou que pretende realizar 6-7 torneios em 2020.
O Rizin 21 já está agendado para o dia 22 de fevereiro de 2020 na Hamamatsu Arena. O evento foi transmitido ao vivo pela TV paga Fite TV. Os resultados do “Rizin FF 20” incluem : Rizin FF 20
31 de Dezembro de 2019
Saitama Super Arena
Saitama, Japão CARD PRINCIPAL: Manel Kape venceu Kai Asakura por nocaute técnico aos 38s do R2
Kickboxing: Tenshin Nasukawa venceu Rui Ebata por nocaute técnico aos 2m47s do R1
Seo Hee Ham venceu Ayaka Hamasaki por decisão dividida
Mikura Asakura venceu “Macapá” por decisão unânime
Rena Kubota venceu Lindsey Vanzandt por nocaute técnico aos 4m42s do R3 CARD PRELIMINAR: Tofiq Musaev venceu Patricky “Pitbull” Freire por decisão unânime
Jiří Procházka venceu CB Dollaway por nocaute a 1m55s do R1
Simon Biyong venceu Vitaly Shemetov por nocaute técnico aos 58s do R2
Hiromasa Ogikubo venceu Shintaro Ishiwatari por decisão dividida
Jake Heun venceu Satoshi Ishii por nocaute técnico a 1m12s do R1
Patrick Mix venceu Yuki Motoya por finalização a 1m37s do R1
Taiju Shiratori venceu Taiga Kawabe por nocaute técnico aos 3m00s do R2
Miyuu Yamamoto venceu Suwanan Boonsorn por decisão unânime
Patricky “Pitbull” Freire venceu Luiz “Killer” Gustavo por nocaute aos 28s do R1
Tofiq Musaev venceu Johnny Case por nocaute técnico aos 2m45s do R1 *Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 01/01/2020
_
Foto acima : O lutador angolano Manel Kape surpreendeu ao nocautear Kai Asakura, um dos principais nomes do MMA japonês, e conquistou o cinturão do peso-galo. ( Foto | créditos: @RIZINFF | Gong Kakutogi ). Abaixo : Nobuyuki Sakakibara, CEO da companhia, mostrou-se satisfeito com os resultados do 20º evento numerado da maior franquia de MMA do Japão. No flagrante, ao lado de Seo Hee Ham, campeã do peso-átomo. ( Foto | créditos: @RIZINFF | Divulgação ).

S19W5771 ae3e2

RIZIN em negociações com Conor McGregor e Oscar de La Hoya para o show de véspera de ano novo

No ano passado, o RIZIN FF foi destaque em manchetes por todo o mundo ao contratar Floyd Mayweather para competir no RIZIN 14, seu show de véspera de ano novo. No evento principal, Mayweather enfrentou a jovem estrela de kickboxing e MMA do Japão, Tenshin Nasukawa, em uma luta exibição programada para três rounds de boxe, vencendo-o ainda no primeiro round. Com a aproximação da véspera de Ano-Novo, o presidente do RIZIN, Nobuyuki Sakakibara, sugeriu o que podemos esperar da promoção japonesa, no final deste ano. Falando após o RIZIN 18, evento realizado no último final de semana, Sakakibara disse que está planejando algo “muito diferente” para o RIZIN 21, seu show de ‘réveillon’, algo “que não será MMA, kickboxing ou pro-wrestling, mas um novo tipo de competição”. -“Será uma nova inovação. Eu sinto vontade de criar uma nova competição que seja diferente das artes marciais mistas, kickboxing e profissional wrestling.”-afirmou o mandatário, que está entrando em contato com profissionais de artes marciais de todo o mundo para se preparar para isso. Sakakibara também afirmou ( conforme anunciado pelo jornal Tokyo Sports ), que o RIZIN 21 não envolverá Floyd Mayweather ou Manny Pacquiao. Mas ele tem conversado com Conor McGregor e Oscar De La Hoya. -“Mayweather teve uma aparição surpresa no ano passado, mas é difícil desenvolver algo novo a partir daí. Pacquiao também é um detentor de títulos ainda em atividade. Será mais interessante contribuir para a inovação das artes marciais mistas do que trabalhar com os dois boxeadores. Creio que poderemos fazer algo juntos com Connor McGregor ou Oscar De La Hoya.”-disse Sakakibara, referindo-se ao ex-campeão do UFC em duas categorias e também ao atual presidente da Golden Boy Promotions. Não custa lembrar, entretanto, que Conor McGregor está atualmente em um ‘hiato’ de competições, e também não está claro se a estrela irlandesa vai lutar novamente. Ele não entrou no ‘cage’ desde outubro do ano passado, quando foi derrotado em uma luta válida pelo título dos leves com Khabib Nurmagomedov. E embora McGregor ainda esteja obviamente sob contrato com o UFC, ele poderá ser capaz de competir em uma luta sem ‘golpes traumáticos’, à semelhança dos torneios de Submission ou Brazilian Jiu-Jítsu, embora isso ainda seja algo improvável de acontecer sem o consentimento do UFC. Nesse caso, ele poderá apenas participar do evento como um ‘convidado ilustre’. Já Oscar De La Hoya ganhou vários títulos mundiais, em seis categorias de peso como boxeador. Em 2002, ele fundou a Golden Boy Promotions.
Em 2018, o lutador de 46 anos tentou a sorte como promotor de MMA, mas quanto menos dito sobre isso, provavelmente melhor. Se for o caso de envolver McGregor ou De La Hoya - ou não - é claro que Nobuyuki Sakakibara está pensando muito “fora da caixa” para o show do  RIZIN no final do ano. Mas e você, caro leitor ? O que você acha que Sakakibara “tem na manga” para o RIZIN 21 ? *Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 22/08/2019
_
Foto : O Presidente e CEO do RIZIN, Nobuyuki Sakakibara, está em negociações com Conor McGregor e Oscar De La Hoya com vistas à uma possível aparição no RIZIN 21. ( Cortesia | Créditos : @RIZIN FF | Jornal Tokyo Sports ).

Confira os resultados do Rizin FF 18 que aconteceu Domingo no Japão

O Rizin Fighting Federation realizou o seu 18º evento no domingo, 18 de agosto, em Nagoya, Japão.
O show foi promovido como uma vitrine para os dois campeões mundiais do Rizin FF ( Kyoji Horiguchi e Ayaka Hamasaki ), agendados para lutas sem disputas de título e que geraram uma impressionante expectativa de vitória. Mas nem tudo saiu como esperado, diríamos. No ‘main event’ ( evento principal ), o campeão do Rizin FF e também campeão mundial do Bellator MMA no peso-galo, Kyoji Horiguchi ( 28-3 MMA, 10-1 Rizin ), foi nocauteado ainda no primeiro minuto da luta pela sensação japonesa do MMA Kai Asakura ( 14-13-1 MMA,5-0 Rizin ). Logo no início da luta Asakura conectou um soco de direita que mandou Horiguchi cambaleando para trás com as pernas trêmulas. Rapidamente, o lutador de 25 anos desferiu uma série de socos. Horiguchi ainda tentou conter o ímpeto do seu adversário, mas na sequência, Asakura levou Horiguchi  para o canto oposto do ringue e definiu a luta de forma dramática ao encaixar outro soco de direita. Uma curiosidade acerca de Kai Asakura é que tanto ele quanto o seu irmão mais velho, Mikuru Asakura ( 13-11-1-1 MMA ) - que também vem se destacando no MMA emplacando uma série de vitórias - são também “youtubers” muito populares entre o público mais jovem no Japão. Portanto, eles trazem muita mídia para o evento. No ‘co-main event’, a detentora do título de campeã mundial do peso super-átomo pelo Rizin FF, Ayaka Hamasaki ( 19-2 MMA, 5-0 Rizin ), teve pela frente Suwanan Boonsorn ( 3-2 MMA, 0-1 Rizin ).
Estreante na promoção, a lutadora tailandesa foi finalizada ainda no primeiro round garças à um justo arm-lock aplicado pela atleta de 37 anos que aumentou sua sequência de vitórias para cinco na promoção de Nobuyuki Sakakibara. Também entre as mulheres, a ex-campeã do Rizin, Kanna Asakura ( 15-4-0 MMA ) enfrentou a norte-americana Alesha Zappitella ( 5-2-0 MMA ), em luta válida pela categoria até 49kg.
Alesha é uma lutadora de Wrestling cujo principal objetivo no momento é participar das Olimpíadas de 2020, em Tóquio.
Ela fez a sua estreia no MMA no show californiano King of the Cage ( KOTC ) ainda em 2016 e também já foi campeã do KunIun Fight, na China.
Alesha conseguiu levar a luta até o final do tempo regulamentar, mas acabou perdendo por decisão dividida dos juízes.
A luta foi mais uma parceria do Rizin FF com o evento feminino Invicta FC. O ex-‘rei do peso-galo’ do DEEP, Victor Henry ( 19-4 MMA, 1-0 Rizin ), encaixou um impressionante triângulo invertido para finalizar o australiano Trent Girdham ( 11-3 MMA, 0-1 Rizin ) com pouco menos de dois minutos restantes para o término do último round de sua luta de estréia no Rizin. Manel Kape ( 14-4 MMA, 5-3 Rizin ), - um lutador vindo de Angola, no continente africano - fez uso de uma combinação de boxe para nocautear o ex-lutador do WEC e do UFC, Takeya Mizugaki ( 23- 14 MMA, 0-1 Rizin ), com um ‘uppercut’ seguido por um poderoso gancho de direita que levou o japonês ‘à lona’. Outro campeão do DEEP, Haruo Ochi ( 19-7 MMA, 1-0 Rizin ), que defendia o seu merecido título de “número 1 do mundo no peso-palha”, diante do veterano do UFC, Jarred Brooks ( 14-2 MMA, 0-0 Rizin ), viu a sua luta terminar rapidamente em um decepcionante “no contest” após um choque acidental de cabeças ainda nos primeiros 10 segundos de luta do round inicial. Já o ex-peso-mosca do UFC, Justin Scoggins ( 12-6 MMA, 1-1 Rizin ), que vinha de uma série de quatro derrotas, conquistou a sua primeira vitória sob a ‘bandeira’ Rizin FF ao passar pelo ex - campeão do Shooto, Kazuma Sone ( 23-19 MMA, 0-2 Rizin ) por decisão unânime dos juízes. O momento mais aguardado do ‘card’ para os brasileiros foi sem dúvida a luta de Kickboxing em que o veterano Danilo Zanolini venceu John Wayne Parr por decisão dividida.
John Wayne Parr é um dos grandes nomes mundiais do Kickboxing e Muay Thai e fazia o seu retorno às competições na terra do Sol Nascente.
Danilo é grau preto de Muay Thai e dono de uma rede de academias de Kickboxing e fitness no Japão. Ele também já fez lutas no extinto K-1 World Max.
Zanolini também já havia anunciado a sua aposentadoria há cerca de 3 anos, mas um incêndio em sua academia de Tomaki, em Aichi, fez o lutador dar uma pausa em sua aposentadoria e voltar aos ringues com a intenção de buscar recursos para reformar a academia incendiada.
A luta foi dinâmica, bem movimentada e não faltou emoção.
Zanolini trouxe a vitória para a comunidade brasileira no Japão por decisão dividida dos juízes ( 2 x 1 ).
Essa é a segunda vez que o brasileiro participa e vence uma luta sob o “estandarte” do Rizin FF. Os resultados do “Rizin FF 18” incluem: Rizin FF 18
18 de Agosto de 2019
Dolphins Arena
Nagoya, Aichi, Japão • Kai Asakura venceu Kyoji Horiguchi por KO ( socos ), Round 1
• Ayaka Hamasaki venceu Suwanan Boonsorn por finalização ( arm-lock ), Round 1
• Victor Henry venceu Trent Girdham por finalização ( triangulo invertido ), Round 3
• Manel Kape venceu Takeya Mizugaki por KO  ( socos ), Round 2
• Danilo Zanolini venceu John Wayne Parr por decisão dividida ( kickboxing )
• Kanna Asakura venceu Alesha Zappitella por decisão dividida
• Haruo Ochi vs Jarred Brooks ( no-contest ) ( cabeçada acidental ) Round 1
• Hiroto Uesako venceu Yves Landu por TKO ( socos ), Round 2
• Justin Scoggins venceu Kazuma Sone por decisão unânime
• Takaki Soya venceu Yutaro Muramoto por TKO ( socos ), Round 2
• Ai Shimizu venceu Tabatha Watkins por decisão unânime
• Kazuki Osaki venceu Shota Takiya por decisão unânime ( kickboxing )
• Ryuji Horio venceu Uchu Sakurai por decisão unânime ( kickboxing ) *Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 19/08/2019
_
Foto : Aos 37 anos de idade, Ayaka Hamasaki finaliza a sua adversária com um justo arm-lock. ( Cortesia | Créditos : @RIZIN FF | Rizin Fans ).

Confira os destaques do Rizin FF 19 que rolou sábado no Japão

O campeão dos meio-pesados do Rizin Fighting Federation, Jiri Prochazka ( 25-3-1 ), fez a “lição de casa” ao vencer o brasileiro Fabio Maldonado ( 25-14 ) no evento principal do Rizin FF 19, que rolou no sábado, ( 12 de Outubro ), na Edion Arena, em Osaka, Japão. A luta foi casada em peso combinado ( 100 kg ) e ficou claro que o tcheco poderá incomodar os adversários na categoria de cima, ao sacudir o ex-UFC com a sua mão direita. Pouco depois de Maldonado sair cambaleando, Prochazka colocou o “caipira de aço” no chão com uma combinação de três golpes. Na sequência, Jiri acertou alguns chutes ( sem respostas ), o que levou o árbitro à parar a luta. Após a vitória, Prochazka afirmou que está aberto para lutar com qualquer lutador do Rizin ou Bellator em sua categoria de peso. No ‘co-main event’, a estrela em ascensão, Kai Asakura ( 14-1 ), dominou completamente o ex-lutador do UFC, Ulka Sasaki ( 22-8-2 ), com a sua mão direita devastadora, seguida por uma joelhada no chão e um  tiro de meta em seu adversário ainda caído. Tudo isso ainda no primeiro minuto de luta.
Logo após a sequência de violência frenética, o árbitro interrompeu a luta e a equipe de transmissão informou que Sasaki não poderia continuar na disputa, pois estava com a sua mandíbula quebrada. Agora, Kai Asakura deverá conceder uma revanche para Kyoji Horiguchi. A dupla deverá lutar novamente, desta feita pelo cinturão da categoria, no show do Rizin na véspera de Ano Novo. Em luta válida pela divisão feminina, a sul-coreana Seo Hee Ham ( 22-8 ), ex-campeã do Deep Jewels e do Road FC, venceu sua luta com Miyuu Yamamoto ( 5-4 ), após Yamamoto agarrar uma de suas pernas e a sul-coreana responder com socos que atingiram a japonesa, obrigando o árbitro à interromper a luta nos segundos finais do segundo round.
Após a luta, Ham posou ao lado da campeã do peso super-átomo, Ayaka Hamasaki. As duas estão prestes a se enfrentar pela terceira vez, quando o cinturão de campeã do Rizin será colocado em jogo. Ainda entre as mulheres, Rena Kubota ( 9-3 ), conhecida por sua legião de fãs no Japão simplesmente como “Rena”, levou apenas 20 segundos para retornar ao caminho das vitórias, detonando Alexandra Alvare ( 0-4 ) com uma série de socos. O Rizin também iniciou o seu ‘Grand Prix’ dos leves com quatro lutas válidas pelas quartas de final nesta edição. O principal ‘pilar’ do Bellator, Patricky Freire, segue adiante na competição, bem como Case, Musayev e Gustavo, que também avançaram para as semi-finais. Diante do renomado japonês Tatsuya Kawajiri, o brasileiro Patricky Freire precisou de pouco mais de um minuto para nocautear o adversário.
São grandes as possibilidades que o próximo adversário de Patricky nas semifinais do GP seja o compatriota Luiz Gustavo, curitibano que também teve exibição de gala ao nocautear o japonês Hiroto Uesako, ainda no round inicial. Na luta de abertura do ‘card’ de MMA da noite, vimos Shoma Shibisai ( 5-2 ) derrotar Chang Hee Kim ( 1-5 ) com uma finalização ( Kimura ) em pouco mais de um minuto do primeiro round  de um confronto válido pela categoria peso livre. Todo o evento foi transmitido ‘ao vivo’ pelo “stream” da TV paga Fite TV.
Confira os resultados completos do “Rizin FF 19”, que incluem: Rizin FF 19
12 de Outubro de 2019
Edion Arena
Osaka, Japão CARD PRINCIPAL
Jiri Prochazka venceu Fabio Maldonado por nocaute técnico ( socos ) no Round 1, 1:49
Kai Asakura venceu Ulka Sasaki por nocaute técnico ( interrupção do árbitro ) no Round 1, 0:54
Seo Hee Ham venceu Miyuu Yamamoto por nocaute técnico ( socos ) no Round 2, 4:42
Rena Kubota venceu Alexandra Alvare por nocaute ( soco ) no Round 1, 0:20 CARD PRELIMINAR
Johnny Case venceu Roberto Satoshi por nocaute ( soco ) no Round 1, 1:15
Patricky Freire venceu Tatsuya Kawajiri por nocaute técnico ( joelhada voadora e  socos ) no Round 1, 1:10
Luiz Gustavo venceu Hiroto Uesako por nocaute técnico ( interrupção médica ) no Round 1, 3:55
Tofiq Musayev venceu Damien Brown por nocaute técnico ( socos ) no Round 1, 4:14
Keita Nakamura venceu Marcos Yoshio de Souza por nocaute técnico no Round 1, 1:15
Shoma Shibisai venceu Chang Hee Kim por finalização ( Kimura ) no Round 1, 1:09 LUTAS DE KICKBOXING
Taiju Shiratori venceu Taiga Kawabe por decisão unânime
Takuma Konishi venceu Hiroya Kawabe por nocaute ( joelhada ) no R1
Seiki Ueyama venceu Taisei Umei por decisão unânime *Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 13/10/2019
_
Foto : Ao vencer Tatsuya Kawajiri, o potiguar Patricky Freire realizou o sonho de lutar MMA no Japão e segue adiante no ‘Grand Prix’ peso-leve do Rizin. ( Cortesia | Créditos : Acervo pessoal Patricky Freire | @RIZINFF | Divulgação ).

Nota de esclarecimento pública

Website gratuito, não cobrança os nossos leitores ou visitantes, o único objetivo e a divulgação da informação e notícias reais, todos os créditos são de suas respectivas fontes e autores.

Em conformidade com as Leis:

Em conformidade com Artigo 46, I da Lei 9610/98 Brasil - Artigo 46, I da Lei 9610/98 e Lei nº 5.250 de 9 de fevereiro de 1967 - Lei 2083/53 | Lei nº 2.083 de 12 de novembro de 1953.

Para maiores informações e suporte jurídico consulte nosso advogado colaborador: Raphael Guilherme da Silva - OAB/SP Sob o Nº 316.914.

Caso discorde de algum artigo removeremos o mesmo de imediatamente e nós desculpamos de forma publica mediante uma retratação conforme a Lei se assim for solicitado.

Desde já muito obrigado.

Este portal de notícias e uma iniciativa de um Grupo de colaboradores voluntários sobre registro no Japão -目標新聞 (コネクション・ジャパン). - connectionjapan.com .

E é mantido pelos seus voluntários e colaboradores a fim de permitir que a colônia de Brasileiros possa ter acesso a essas informações de forma gratuita e a todos os demais visitantes que assim desejarem acessa nosso website.

Algumas observações na Lei n.º 9.610/98.

Uso de obra autoral para fins de estudo ou crítica;

Uso de obra autoral para exposição de um produto (por exemplo: uma loja de porta-retratos que expõe um porta-retrato contendo uma foto);

Uso de obra autoral para fim privado (se você compartihar com alguém, já não é mais uso privado!);

E outras previstas na Lei n.º 9.610/98.

« September 2021 »
Mon Tue Wed Thu Fri Sat Sun
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30      

FreeCurrencyRates.com

Visitantes online

Advertising area




Contador de visitas

0.png3.png7.png8.png5.png7.png5.png
Hoje:440
Ontem:516
Últimos 7 dias:440
Mês:54013
Total:378575

Conectados simultaneamente

2
Online

20-09-21

Parceiros

Go to top