ptzh-CNenfritjakoruesvi

Confira os resultados do One : “Legendary Quest” que rolou no sábado em Xangai

A maior promoção de mídia esportiva da história da Ásia, o One Championship ™ ( ONE ), realizou o show One : “Legendary Quest”, no sábado à noite ( 15 de junho ). As lutas tiveram lugar na Arena Baoshan, em Xangai, na China.
A competição foi um evento voltado para a China, país onde os eventos de “trocação” são mais populares que o MMA. O evento seguiu o padrão que o One Championship adota normalmente, mesclando lutas de kickboxing e MMA, como acontece no Kulun Fight, show tradicional no mercado chinês.

Em luta interessante para os fãs japoneses, tivemos a estréia da ‘prospect’ Itsuki Hirata, uma menina de apenas 19 anos, invicta e considerada bem bonita para os padrões japoneses. Ela é uma ‘grappler’ agressiva, que venceu todas as suas lutas até agora por finalização, e poderá ser uma  futura estrela do esporte. Lembrando que atualmente o MMA feminino é bastante popular no continente asiático e as mulheres japonesas serão  importantes para a consolidação do One na terra do Sol Nascente.
Na luta em si, a novata japonesa foi espetacular e passou por Angelie “D’Explorer” Sabanal, das Filipinas, por finalização no primeiro round.

Também tivemos a participação do brasileiro Anderson “Braddock” Silva nas regras do kickboxing, em confronto válido pelo One ‘Super Series’. O lutador vinha de um belo ‘KO’ em sua última luta pelo One. Após três rounds cansativos, seu adversário Khbabez saiu vitorioso por decisão unânime.

Em outro confronto de Kickboxing válido pelo One ‘Super Series’ o astro local Zhang Chenglong impôs um nocaute destrutivo ao lutador Tyler Hardcastle ainda no primeiro round.

Em luta realizada sob as regras do Muay Thai, o lutador Han Zi Hao, da China, teve uma performance espetacular, obtendo uma vitória por nocaute sobre Andrew “Maddog Fairtex” Miller,  da Escócia, já no segundo round.

Já na luta de MMA válida pela categoria peso pluma, Koyomi Matsushima, do Japão e Kwon Won Il, da Coréia do Sul, travaram uma verdadeira batalha para o delírio da multidão que compareceu ao evento. Embora Kwon tenha se mostrado superior na luta em pé, Matushima mostrou habilidades superiores na luta agarrada e controlou o sul-coreano contra o ‘cage’ a maior parte do tempo, o que garantiu a sua vitória por decisão unânime.

Um dos pontos altos da competição foi o ‘co-main event’, que marcou o retorno de Yoshihiro “SexyYama” Akiyama, veterano do Pride, Dream, K-1 Hero’s e UFC. Akiyama é conhecido por ser o atleta mais bem vestido e ‘estiloso’ do mundo das lutas. Mas o ex-desafiante ao título Agilan “Alligator” Thani, da Malásia, estragou o retorno da lenda japonesa quando venceu por decisão unânime.

O ‘main event’ ( evento principal ) do show foi uma luta feminina de Muay Thai, entre a estrela tailandesa Stamp Fairtex, dona dos cinturões de Muay Thai e kickboxing do One, contra a campeã mundial e número 1 da Australia Alma Juniku, australiana descendente de albaneses, que vinha em  ótima fase com grandes vitórias nas últimas lutas.

O primeiro round foi lento em seu início, mas não demorou muito para Juniku encontrar o seu ritmo. Foi quando a atual campeã começou à conectar as suas sólidas combinações de golpes. Contudo, foi Juniku quem acelerou o ritmo com o decorrer dos rounds.

Embora tenha sido testada ao longo dos cinco rounds pela jovem estrela, Stamp Fairtex fez apenas o suficiente para vencer por decisão unânime dos juízes.

Os resultados do One : “Legendary Quest”  incluem :

One : “Legendary Quest”
15 de junho de 2019
Arena Baoshan
Xangai, China.

CARD PRINCIPAL

Stamp Fairtex venceu Alma Juniku por decisão unânime ( título mundial de Muay Thai, peso átomo feminino )
Agilan Thani venceu Yoshihiro Akiyama por decisão unânime ( MMA, peso médio masculino )
Zhang Chenglong venceu Tyler Hardcastle por nocaute ( One Kickboxing  ‘Super Series’, peso galo masculino )
Han Zi Hao venceu Andrew Miller por nocaute ( One Muay Thai ‘Super Series’, peso galo masculino )
Koyomi Matsushima venceu Kwon Won Il por decisão unânime ( MMA, peso pena masculino )
Tarik Khbabez venceu Anderson Silva por decisão unânime ( One Kickboxing ‘Super Series’, peso meio pesado masculino )
Reinier De Ridder venceu Gilberto Galvão por TKO ( MMA, peso médio masculino )
Rodlek PK.Saenchaimuaythaigym venceu Liam Harrison por decisão unânime ( One Muay Thai ‘Super Series’ )

CARD PRELIMINAR

Phoe Thaw venceu Victorio Senduk por nocaute ( MMA , peso pena masculino)
Itsuki Hirata venceu Angelie Sabanal por finalização ( MMA, peso átomo feminino )
Chen Lei venceu Anthony Engelen por decisão unânime ( MMA, categoria de peso 67,5 quilos )
Fan Rong venceu Sherif Mohamed por TKO (MMA, peso médio masculino)
Niu Kang Kang venceu Eric Kelly por decisão unânime ( MMA,   peso pena masculino )
Yoon Chang Min venceu Trestle Tan por TKO ( MMA, peso leve masculino )

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 18/06/2019
_
Foto : O show trouxe a disputa do título mundial de Muay Thai, na categoria do peso átomo feminino, entre a tailandesa Stamp Fairtex e a  australiana Alma Juniku. ( Cortesia | Créditos : ONE Championship | The Sun Daily ).

ONE e UFC disputam a liderança mundial dos esportes de combate

Com a derrocada do Pride FC no longínquo ano de 2007, a cena das artes marciais mistas mudou-se para o mundo ocidental e com isso, o Ultimate Fighting Championship tornou-se, inquestionavelmente, o rei das promoções de MMA.

Agora, esse posto está novamente em risco, uma vez que o surgimento do ONE Championship ( no leste , onde a promoção oriental é ainda mais dominante ), tem incomodado cada vez mais o gigante ‘yankee’.

Com a sua ascensão meteórica à proeminência nos últimos sete anos, o ONE Championship aparentemente tem pressionado “os botões certos” para estabelecer-se como um rival viável para o seu homólogo ocidental.

Na Ásia, o ONE já é a maior organização de artes marciais mistas da atualidade. Uma das missões da promoção tem sido unir os 4 bilhões de habitantes do continente nos ombros das muitas conexões do país com as várias disciplinas de artes marciais, por isso que o fã verá cada vez mais lutas de Muay Thai versus Tae Kwon Do, ou Tae Kwon Do versus Kung Fu, entre muitas outras combinações.

A estratégia é válida, uma vez que em seus planos de expansão pelos demais países daquele continente, a franquia tem procurado enfatizar o caminho do guerreiro, a integridade, a humildade, a honra, o respeito, a coragem, a disciplina e a compaixão, tão presentes nas artes marciais originárias das mais variadas culturas asiáticas.

Ainda perseguindo esse objetivo e como forma de diversificar o seu produto, a promoção também lançou o ONE Super Series ( kickboxing ) e o Rich Franklin’s ONE Warrior Series.
Mas as ambições de Chatri Sityodtong, o CEO do ONE, não param por aí e o cartola já almeja até mesmo a inclusão do MMA nas Olimpíadas.

Foi com essa finalidade que ele se associou à GAMMA ( Global Association of Mixed Martial Arts ), um órgão independente para o esporte de artes marciais mistas e que, assim como o ONE Championship, também compartilha os mesmos valores listados acima.
Com o alinhamento de valores e visão, que são muito semelhantes ao espírito dos Jogos Olímpicos, o ONE e a GAMMA esperam conseguir o reconhecimento do COI ( Comitê Olímpico Internacional ), no futuro.

-“O UFC é uma espécie de ‘versão americanizada’ do que realmente são as artes marciais, e a forma como o show é promovido na América parece ser uma ‘preferência pessoal’ de Dana White”-insiste Sityodtong.

Enquanto isso, na América do Norte, Dana White já prometeu anúncios ‘sensacionais’ nos próximos meses quando mostrará ao mundo o futuro dos combates. Comenta-se nos bastidores que Dana ainda insiste no plano de entrar no mundo da promoção das lutas de boxe.

Os rumores acerca da Zuffa Boxing ( uma companhia de esportes especializada na promoção do boxe ) foram iniciados logo após o UFC ter sido comprado por mais de 4 bilhões de dólares pelo grupo WME-IMG ( agora Endeavor ).

Com o UFC ramificando-se no mundo do boxe, Dana poderá fazer pela Zuffa Boxing o mesmo que fez pelo UFC, ou seja, transformar a companhia em uma das maiores propriedades esportivas do mundo. O feito poderia reacender o interesse pela “nobre arte” em todo o planeta.

Para que os pugilista voltem à ganhar muito dinheiro e trazer toda a energia e vida de volta ao boxe, Dana aposta em confrontos entre alguns dos melhores boxeadores da atualidade e já estaria trabalhando nos bastidores para a promoção de uma luta entre ícones como Anthony Joshua e Deontay Wilder, ou entre um destes e Tyson Fury, conforme relatou o mandatário em uma entrevista concedida para a CNN Sport, no final do mês passado.

Ainda segundo comentários de jornalistas especializados e declarações do próprio Dana, ele poderia estar se movimentando em direção ao mundo do boxe após o verão.

-“Estarei fazendo todos os meus movimentos de boxe depois deste verão. Quando este verão acabar, você ouvirá muito sobre o que eu estou fazendo no esporte do boxe”.-declarou Dana, nos fazendo crer que não teremos que esperar muito pouco para vermos como ele planeja fazer isso.

Uma outra possibilidade é que o interesse por outras modalidades combativas poderá se intensificar, posteriormente, se a concorrência com o ONE Championship continuar.
Lembrando que shows de Muay Thai e Lethwei já são transmitidos pelo UFC Fight Pass, um serviço de assinatura digital líder mundial para esportes de combate.
O UFC também chegou à um novo acordo com o Fight Sports Asia ( do Grupo Henimo ), uma marca dedicada a elevar os esportes da Ásia em nível global, sedimentando a sua presença no principal mercado do ONE.

Por outro lado, se o UFC ainda mantém uma forte pressão sobre a atenção dos fãs ocidentais de MMA, é lógico que a organização está prosperando, mas o ONE não fica atrás e também está lutando para manter a sua região, além de estar avançado igualmente pelo globo.

Os fãs podem até torcer para que um dia possamos ver um evento de promoção cruzada entre os principais campeões de cada organização.
Mas a história das organizações de MMA ( desde o seu surgimento até os dias de hoje ) tem nos mostrado que isso é uma fantasia e a beligerância deverá continuar.

Assim sendo, essa disputa entre os gigantes do MMA ainda nos reservará muitas surpresas para o futuro, até que haja um vencedor.

Mas e você, caro leitor ? Acredita que será o ONE ou o UFC à se consolidar como a maior promoção de lutas no futuro ?

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 21/05/2019
_
Foto : Chatri Sityodtong e Dana White. ( Cortesia | créditos : fotos de Brandon Magnus / Zuffa LLC / Zuffa LLC via Getty Images e ONE Championship ).

Sage Northcutt é nocauteado por Cosmo Alexandre no ONE : “Enter the Dragon”

Nesta sexta-feira, em Singapura, na edição de número 96 do ONE Championship, batizada de One : “Enter the Dragon”, presenciamos um dos nocautes mais desagradáveis, para não mencionar mais rápidos, que você verá em algum tempo no esporte MMA.

A estréia do ‘ex-UFC’ e outrora “queridinho de Dana White” Sage Northcutt na promoção asiática foi interrompida de forma dramática, graças à um nocaute que foi considerado o mais rápido na história do peso médio do ONE Championship, com apenas 29 segundos do primeiro round.

O autor do nocaute foi o brasileiro Cosmo Alexandre, especialista em Muay Thai e multi-campeão de Kickboxing.

A ação mal tinha começado quando Alexandre controlou o centro do ringue e levou Northcutt em direção às cordas para, em seguida, usar sua mão direita e ‘encaixar’ um potente golpe no rosto do lutador da Equipe Alpha Male.

Quase como se estivesse em “câmera lenta”, Northcutt sentiu o ‘punch’ e depois caiu de cara no chão, enquanto o árbitro corria para interromper a luta válida pelo ‘co-main event’.

O nocaute brutal interrompeu a sequência de três vitórias de Sage Northcutt, todas ainda pelo UFC, de onde se desligou para assinar um acordo de  múltiplas-lutas com a promoção baseada  em Singapura, no ano passado.
Essa ‘recepção rude’, sem dúvida, será um “golpe adicional” às suas ambições no ONE ‘Super Series’.

Alexandre, de 37 anos, já enfrentou Giorgio Petrosyan, Yodsanklai Faitex e Nieky Holzken em lutas de “trocação ”. Ele também chegou à oito vitórias em nove lutas de MMA disputadas. Sua única derrota foi na estreia, em 2011. De lá para cá, ele aplicou seis nocautes e venceu outras duas por decisão.
Sua estreia pelo ONE Championship foi em Manila, nas Filipinas, em abril passado.

Na luta principal do ONE : “Enter the Dragon”, válida pelo cinturão do peso-meio-médio, o campeão Shinya Aoki ( 36 anos ), que vinha de quatro vitórias consecutivas, foi surpreendido pelo jovem Christian Lee ( 23 anos ), que o nocauteou no segundo round.
O japonês chegou a tentar encaixar uma chave de braço, mas o canadense mostrou muita elasticidade para escapar da posição. No início do segundo round, ele encaixou uma sequência de socos e obrigou o árbitro central a decretar o nocaute técnico.

Outro brasileiro inserido no ‘card’, Alex Silva foi superado por decisão unânime contra Yoshitaka Naito.

Quem se destacou nesse One : “Enter the Dragon”, foi o faixa-preta de Jiu-Jítsu Garry Tonon, que encaixou uma bela chave de calcanhar em Yoshiki Nakahara e venceu em apenas 55s de luta.

Os resultados do ONE : “Enter the Dragon” incluem :

ONE : “Enter the Dragon”
17 de maio de 2019
Singapore Indoor Stadium
Singapura

CARD PRINCIPAL

Christian Lee venceu Shinya Aoki por nocaute técnico aos 51s do R2
Cosmo Alexandre venceu Sage Northcutt por nocaute aos 29s do R1
Saygid Guseyn Arslanaliev venceu Amir Khan por nocaute aos 2m56s do R1
Geje Eustaquio venceu Kim Kyu Sung por decisão unânime
Miao Li Tao venceu Dedjamrong Sor Amnuaysirichoke por nocaute aos 4m09s do R1

CARD PRELIMINAR

Yoshitaka Naito venceu Alex Silva por decisão unânime
Garry Tonon venceu Yoshiki Nakahara por finalização aos 55s do R1
Mei Yamaguchi venceu Laura Balin por finalização aos 3m46s do R1
Iuri Lapicus venceu Shannon Wiratchai por finalização aos 3m10s do R3
Rahul Raju venceu Richard Corminal por finalização aos 4m43s do R1

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 17/05/2019
_
Foto : O nocaute sofrido pelo ‘ex-UFC’ em 29 segundos do 1º round  foi o mais rápido na história do peso médio no ONE. ( Cortesia | créditos : ONE Championship ).

Alterações no ‘card’ do One : “Enter the Dragon” em Singapura

Quando todos pensavam que o ‘card’ do One : “Enter the Dragon” estava consolidado, foram anunciadas mudanças de última hora. Como resultado dessa remodelação, três lutadores : Mei Yamaguchi, Jo Nattawut e Daniel Dawson, terão novos adversários no show de 17 de maio, que acontecerá no Singapore Indoor Stadium, em Singapura.

A veterana japonesa  Mei ‘V.V’ Yamaguchi ( 19-11-1 ) deveria enfrentar Meng Bo na próxima sexta-feira, mas a atleta chinesa teve que se retirar do ‘card’ por causa de uma lesão.

Assim sendo, Laura Balin (11-4), da Argentina, foi contactada alguns dias atrás e apesar do pouco tempo, ela aceitou a luta e irá substituir Bo.

Conhecida no meio do MMA pela alcunha de ‘La Gladiadora’, Balin fez sua estréia no ONE Championship em junho do ano passado, quando ela perdeu para a campeã do peso, Xiong Jing Nan.

Ela competiu uma vez desde então, perdendo através de uma finalização para Ayaka Miura em fevereiro, no ONE: “Call To Greatness”. Sua estreia no MMA, entretanto, remonta ao ano de 2011, no evento DKMMA - Desafio Kaeshi MMA, realizado em solo argentino.

Yamaguchi, do Japão, estreou no MMA em 2007, na promoção local  Smackgirl. Ela venceu suas duas últimas lutas no ONE Championship, passando por Jomary Tores em dezembro passado e, mais recentemente, Kseniya Lachkova, esta última na frente de seus torcedores em Tóquio, no Japão, durante o ONE: “A New Era”.

A notícia da saída de Meng Bo vem na sequência da substituição de Andy Souwer por Sasha Moisa na disputa do Grand Prix de Kickboxing dos penas do ONE.
Sasha, que tinha sido originalmente reservado para uma luta alternativa, enfrentará Nattawut na luta válida pelo torneio.
Enquanto isso, Brown Pinas foi convocado para enfrentar seu adversário original, Daniel Dawson, na luta alternativa.

No total, haverão 16 lutas ( entre MMA e Kickboxing ) no ‘card’ do ONE: “Enter the Dragon”, que é encabeçado por uma disputa de cinturão entre o campeão Shinya Aoki, que colocará o seu título em jogo diante do desafiante Christian Lee .
Nieky Holzken enfrentará o holandês Regian Eersel pelo cinturão leve de kickboxing.

Enquanto isso, o ‘ex-UFC’ Sage Northcutt fará sua estreia na promoção de Chatri Sityodtong diante do brasileiro Cosmo Alexandre em um confronto válido pela categoria dos meio-médios.

ONE: “Enter the Dragon”
17 de maio de 2019
Singapore Indoor Stadium
Singapura

Shinya Aoki ( c ) vs Christian Lee ( título dos leves )
Nieky Holzken vs. Regian Eersel (  título de Kickboxing dos leves - vago )
Giorgio Petrosyan vs Petchmorrakot Petchyindee ( quartas de final do GP de Kickboxing dos penas )
Yodsaenklai Fairtex vs Samy Sana ( quartas de final do GP de Kickboxing dos penas )
Sage Northcutt vs Cosmo Alexandre ( peso médio )
Amir Khan vs Saygid Arslanaliev ( semi-final do GP dos leves )
Geje Eustáquio vs Kim Kyu Sung ( peso mosca )
Dejdamrong Sor Amnuaysirichoke vs Miao Li Tao ( peso palha )
Sasha Moisa vs Jo Nattawut ( quartas de final do GP de Kickboxing dos penas )
Alex Silva vs Yoshitaka Naito ( peso palha )
Garry Tonon vs. Yoshiki Nakahara ( peso pena )
Dzhabar Askerov x Enriko Kehl ( quartas de final do GP de Kickboxing dos penas )
Mei Yamaguchi vs Laura Balin ( peso átomo )
Shannon Wiratchai vs. Iuri Lapicus ( peso leve )
Brown Pinas vs Daniel Dawson ( luta alternativo do GP de Kickboxing dos penas )
Rahul Raju vs Richard Corminal ( peso leve )

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 14/05/2019
_

Foto : Mei Yamaguchi terá uma nova adversária no ONE: “Enter the Dragon”, em Singapura. ( Cortesia | créditos : ONE Championship ).

Michelle Nicolini vence Angela Lee no ONE: “Masters of Destiny” na Malásia

Angela Lee ( 9-2 ), a campeã do peso-átomo do ONE Championship sofreu sua segunda derrota consecutiva, desta vez por decisão unânime dos juízes para a brasileira Michelle Nicolini ( 6-2 ), no ‘co-main event’ do ONE: “Masters of Destiny”, na sexta-feria, dia 12 de julho.

Diante de uma multidão que lotou a Axiata Arena em Kuala Lumpur, na Malásia, Nicolini - uma bicampeã mundial de Jiu-Jítsu - esteve em uma constante busca pelas quedas desde o round inicial, impedindo Lee de ditar o ritmo da luta.

Nicolini pegou as costas de sua adversária já no primeiro round. No entanto, Lee foi capaz de reverter e tentou obter o controle, mas Nicolini fez bom uso da sua guarda e a rainha do peso-átomo não conseguiu passar sua defesa ou chegar à alguma finalização.

O segundo round teve início com uma breve “troca” de golpes em pé, mas Nicolini foi implacável com suas quedas e levou a luta novamente para o chão. Lee ainda virou o jogo, mas foi incapaz de causar algum dano significativo.

O terceiro round foi todo de Lee, que assumiu o controle e foi efetiva no chão, mas não o suficiente. Todos os três juízes deram a vitória por decisão unanime para Nicolini.

A vitória deve colocar Nicolini na disputa pelo título do peso-palha. Quanto à Lee, seu reinado na categoria pode estar com os dias contados, depois de duas derrotas seguidas.

A próxima missão de Lee será em Tóquio, no Japão, em 13 de outubro, quando ela defenderá seu título do peso-átomo diante da chinesa Xiong Jing Nan, que descerá de categoria para a revanche com a estrela de Cingapura no ONE:‘Century’, evento  histórico que marcará a 100ª edição do ONE Championship.

Em outra das várias lutas de MMA do ‘card’, o malaio Kiwi Ev Ting  ( 17-6 ) teve pela frente o “ex- rei do Pancrase” no peso meio-médio Daichi Abe ( 6-4 ).
Ting teve que suportar os ataques iniciais de Abe para ganhar força no segundo round, quando forçou seu colega japonês à bater com um mata-leão.

Ainda tivemos o indiano Gurdarshan Mangat ( 15-2 ), que derrotou Abro Fernandes por decisão unânime, estendendo sua atual série de vitórias para cinco lutas.

Em mais uma luta de MMA, Hayatun Jihin Radzuan finalizou Jomary Torres na frente de uma multidão partidária. O “Shadowcat” da Malásia encontrou seu caminho para a vitória graças a um triângulo encaixado aos 3:07 do primeiro round.

Na primeira luta de MMA do ‘card’ principal, o norte-americano Troy Worthen ( 5-0 ) conseguiu fazer uma estréia de sucesso no ONE e manter seu registro impecável esmagando Rui Chen com um eficiente ‘ground-and-pound’.

Os resultados do ONE: “Masters of Destiny” incluem :

ONE: “Masters of Destiny”
12 de Julho de 2019
Axiata Arena
Kuala Lumpur, Malásia.


‘CARD’ PRINCIPAL


Giorgio Petrosyan venceu Petchmorakot Sangprapai por decisão unânime - Kickboxing

Michelle Nicolini venceu Angela Lee por decisão unânime - MMA

Ev Ting venceu Daichi Abe por finalização ( mata-leão ) aos 4:44 do segundo round - MMA

Gurdarshan Mangat venceu Abro Fernandes por decisão unânime - MMA

Jihin Radzuan venceu Jomary Torres por finalização ( triângulo ) no primeiro round - MMA

Troy Worthen venceu Chen Rui por TKO aos 3:29 do segundo round - MMA

Hiroki Akimoto venceu Kenny Tse por decisão unânime – Kickboxing


‘CARD’ PRELIMINAR


Janet Todd venceu Kai Ting Chuang por decisão majoritária - Kickboxing

Dae Sung Park venceu Kimihiro Eto por TKO aos 1:59 do segundo round - MMA

Aleksi Toivonen venceu Akihiro Fujisawa por finalização ( mata-leão ) aos 3:27 do primeiro round - MMA

Mohammed Bin Mahmoud venceu Saiful Merican por decisão unânime - Muay Thai

Adrian Mattheis venceu Zhe Li por TKO aos 1:51 do segundo round - MMA

Bozhena Antoniyar venceu Bi Nguyen por decisão dividida - MMA

Sorgraw venceu George Mann por decisão dividida - Muay Thai

Josh Tonna venceu Yoshihisa Morimoto por decisão unânime – Kickboxing


*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 14/07/2019
_
Foto : A bicampeã mundial de Jiu-Jítsu impôs a segunda derrota consecutiva à estrela de Cingapura, Angela Lee ( por cima ), no ‘co-main event’. ( Cortesia | Créditos : ONE Championship ).

ONE Championship planeja edição de estreia nos EUA

Para ostentar o título de “principal promoção de MMA da Ásia”, o ONE Championship, com sede em Cingapura, conta com o apoio da empresa de capital de risco Sequoia Capital e do fundo soberano de Cingapura Temasek, entre outros motivos.
Agora, a promoção deverá avançar ainda mais com os seus planos de expansão internacional, e para tanto, conta com um novo parceiro comercial.

Trata-se da Turner Sports, que em dezembro assinou um contrato de distribuição de conteúdo de três anos para que os shows do ONE Championship estejam disponíveis em mais de 90 milhões de residências nos EUA.
Isso se tornou possível graças à parceria da rede americana com outras de suas plataformas, incluindo a TNT - além da plataforma de ‘streaming’  Bleacher Report Live.

Além disso, a Turner Sports também acredita que pode construir uma mega propriedade nos EUA em parceria com os executivos da ONE Championship, para a felicidade de Chatri Sityodtong.

-“É o começo de uma nova jornada. Turner Sports é um parceiro maravilhoso. Nós já mantivemos conversações no mais alto nível para o lançamento de um show do ONE na América. Ainda não está oficialmente fechado, mas estamos todos muito empolgados. Internamente e externamente, acreditamos genuinamente que podemos ser maiores que a NFL.”-declarou Sityodtong, o fundador e chefe-executivo da promoção.

Não custa lembrar que a Turner Sports foi responsável pela expansão da NBA na Ásia.

No mês passado, o ONE Championship também organizou eventos de mídia em Los Angeles e Seattle, em uma tentativa de chamar a atenção e aumentar seu perfil em um mercado que continua a ser dominado pelo UFC, promoção com sede em Las Vegas.

As recentes contratações dos norte-americanos Sage Northcutt, Eddie Alvarez e Demetrious Johnson - os dois últimos são ex-campeões mundiais do UFC - e Miesha Tate, ex-campeã peso-galo feminino do UFC que foi nomeada Vice-Presidente da companhia, só confirmam que o ONE está mesmo de olho em uma expansão nos EUA.

Por tudo isso, o CEO Chatri Sityodtong insiste  que, no futuro, o ONE será amplamente visto como uma opção viável para os principais talentos do MMA global.

Nesse final de semana ( 31 de março ), o ONE : A New Era, ‘apelidado’ dado ao maior evento da história da franquia, será realizado no Ryogoku Kokugikan, um famoso local para as competições de sumô, localizado no bairro de Yokoami, em Tóquio, no Japão.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 30/03/2019
_

Foto acima : Já capa de publicações consagradas, como a SportsPro, Chatri Sityodtong agora está em negociações para promover um show do ONE Championship nos EUA. ( Cortesia : Divulgação ).

ONE Championship anuncia parceria com o Pancrase

A incursão do ONE Championship no Japão promete remodelar o mercado de MMA mais antigo da Ásia, mesmo antes de sua estréia na Terra do Sol Nascente, em 31 de março.

Depois de firmar uma parceria com o Shooto em janeiro, o ONE Championship anunciou outra parceria marcante, dessa vez com o Pancrase.

Sob o acordo, todos os campeões do Pancrase terão a oportunidade de competir nos principais shows do ONE, enquanto os atletas do “Torneio Neo-Blood” do Pancrase poderão competir sob o ‘banner’ do “ONE Warrior Series”.

Além disso, alguns lutadores amadores do Pancrase também terão a oportunidade de treinar na Evolve MMA em Cingapura.

Vários atletas do Pancrase já fizeram a transição - com sucesso - para o ONE Championship, incluindo o ex-campeão peso-mosca Yuya Wakamatsu, que enfrentará o ex-campeão do UFC Demetrious Johnson no ONE: A New Era, show que acontecerá em Tóquio, no dia 31 de março.

Os campeões do Pancrase atualmente competindo nos eventos do ONE incluem o ex-campeão do peso meio médio, Daichi Abe e o ex-campeão dos leves,  Kazuki Tokudome.

O ‘chairman’ e CEO do ONE Championship, Chatri Sityodtong, declarou que está animado em trabalhar com o Pancrase, da mesma maneira que deu essa oportunidade ao Shooto.

-“Estamos totalmente comprometidos em desenvolver o ‘ecossistema’ de artes marciais do Japão, do amador ao nível profissional. Nossa parceria com o Pancrase mostra mais uma vez a união entre as principais organizações de artes marciais do mundo para criar uma nova era nas artes marciais no Japão”-disse Chatri, em entrevista.

Por sua vez, Masakazu Sakai, presidente do Pancrase, acrescentou que o acordo ajudaria a elevar o perfil de seus atletas.

-“Acreditamos que esta parceria é o início de um relacionamento de longo prazo com o ONE Championship, e estamos ansiosos para moldar o futuro das artes marciais dentro e fora do Japão juntos. ”-declarou Sakai.

O Pancrase foi fundado em 1993 pelos lutadores profissionais Masakatsu Funaki e Minoru Suzuki, com a origem de seu nome baseado no ‘Pankration’, uma forma de esporte de combate disputado nos antigos Jogos Olímpicos.

A franquia já realizou mais de 300 eventos de 1993 para cá, produzindo alguns dos melhores artistas marciais do mundo, como Yuki Kondo, Bas Rutten, Josh Barnett e os irmãos Ken e Frank Shamrock, entre outros.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 14/03/2019
_

Foto : Andy Hata ( à esquerda ), Masakazu Sakai ( à direita ). Com a nova parceria entre os eventos, mais lutadores do Pancrase poderão competir no ONE Championship. ( Cortesia : Divulgação ONE Championship ).

Invicto lutador sul-coreano aplica nocaute brutal no ONE Championship : “Fists of Fury-Parte II”

Considerada a maior organização de artes marciais mistas do mundo - ao menos para os fãs do continente asiático - O ONE Championship : “Fists of Fury Parte II”, teve lugar no Singapore Indoor Stadium, em Kallang, Singapura, no dia 5 de março de 2021 ( sexta-feira ).

O show foi transmitido ‘ao vivo’ pela ABEMATV para o Japão e pelo aplicativo do ONE e no canal da franquia no YouTube para o restante do mundo.

Além disso, a promoção seguiu todas as recomendações dos órgãos de saúde.

O ‘main event’ ( e portanto “evento principal” ) da programação foi uma luta entre o iraniano peso pesado Amir Aliakbari e o invicto fenômeno sul-coreano Ji Won Kang.

Aliakbari, que fazia a sua estreia promocional, ostentava um cartel no MMA de 10 vitórias e apenas 1 derrota, conquistado em franquias do porte do ACB e ACA. Sua única derrota havia sido em 2016 para Mirko ‘Cro Cop’ no RIZIN. O iraniano também chegava com a moral de ter sido campeão mundial de luta greco-romana ( Wrestling ), em 2012.

Mas nada disso adiantou diante do sul-coreano que precisou de pouco menos de dois minutos para conquistar um nocaute brutal sobre o lutador persa sendo este o quinto nocaute no primeiro round, em cinco lutas como profissional de MMA.

Agora, Kang irá recepcionar o brasileiro Marcus “Buchecha” Almeida, maior campeão mundial de Jiu-Jítsu, em sua estréia no MMA, programada para o ‘card’ do ONE do dia 4 de abril.

No ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) do ‘card’ deste ONE Championship : “Fists of Fury-Parte II”, vimos outro estreante na promoção, o invicto peso pesado russo Anatoly “Spartak” Malykhin ( 9-0 ) diante do ex-desafiante ao título mundial do ONE, Alexandre “Bebezão” Machado ( 9-4 ).

O russo venceu o brasileiro ainda no primeiro round, após desferir uma sequência de golpes traumáticos da lateral ( já no chão ), que fizeram o seu adversário bater.

Já o chinês Kai Tang precisou de apenas dois minutos para despachar o japonês Ryogo Takahashi com um direto de direita seguido por mais cinco socos para selar a sua vitória. Ele segue para 12-2, com Takahashi caindo para 14-5.

Outro Japonês neste ‘card’, Yoshiki Nakahara ( 14-5 ) levou cerca de um minuto e meio para passar pelo lutador do Quirguistão, Ruslan Emilbek ( 8-1 ). Nakahara acertou um contra-ataque de direita para, na sequência, desferir mais socos em seu adversário, já caído, o que forçou a interrupção do árbitro.

Em outra luta de MMA, o filipino Mark Abelardo ( 20-8 ) acertou uma cotovelada na sequência de um ‘uppercut’ para derrotar o americano Emilio Urrutia (11-8), já no segundo round.

Na única luta de Muay Thai da programação, Han Zi Hao ( China ) venceu Adam Noi ( Argélia ) por decisão unânime dos juízes.

ONE Championship : “Fists of Fury-Parte II”

Sexta-feira, 5 de março de 2021

Singapore Indoor Stadium

Kaalang, Singapura

Ji Won Kang venceu Amir Aliakbari por “KO” ( punch ) aos 1:54 do primeiro round

Anatoly Malykhin venceu Alexandre Machado por “TKO” ( golpes traumáticos ) aos 3:28 do primeiro round

Kai Tang venceu Ryogo Takahashi por “TKO” ( socos ) aos 1:59 do primeiro round

Yoshiki Nakahara venceu Ruslan Emilbek por “TKO” ( socos ) aos 1:30 do primeiro round

Mark Abelardo venceu Emilio Urrutia por “KO” / “TKO” aos 3:20 do segundo round

Muay Thai: Han Zi Hao venceu Adam Noi por decisão ( unânime ) dos juízes

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 06/03/2021

Foto acima : O sul-coreano Ji Won Kang conquistou o quinto nocaute no primeiro round. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | ( C ) Abema TV | Divulgação ).

Abaixo : O japonês Yoshiki Nakahara voltou à vencer no ONE Championship, desta feita sobre o lutador do Quirguistão. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | ( C ) Abema TV | Divulgação ).

image 1614955332 cfcf7

Resultados do “ONE Championship 94 : For Honor” na Indonésia

A atleta Priscilla Hertati Lumban Gaol ( 6-4 ) foi um dos destaques do “ONE Championship 94 : For Honor”, evento de MMA realizado na sexta-feira ( 03 de Maio ) e que teve lugar no Istora Senayan, em Jacarta, Indonésia.

A lutadora local foi dominante no solo, mas sua adversária Nou Srey Pov ( 1-1- ) - do Camboja - levou a melhor na luta em pé, em momentos marcantes da disputa. Lumban Gaol, entretanto, conseguiu encurtar a distância e levar a luta para o solo, evitando sofrer maiores danos.

E uma vez que a luta estava no chão, Priscilla dominou inteiramente a sua adversária quando ela ameaçou alguns golpes traumáticos no solo e tentativas de finalização. “Thathie” acabou vencendo Srey Pov por uma decisão clara após três rounds.

Já o veterano do MMA japonês Yushin Okami ( 35-13 ) ficou aquém do esperado em sua estreia no ONE Championship, sofrendo uma derrota no segundo round por TKO para Kiamrian Abbasov ( 21-4 ), do Quirguistão.

Okami até que foi bem sucedido no primeiro round, usando o ‘jab’ para controlar a distância e tentar a luta agarrada com Abbasov. A tática funcionou e Okami conseguiu levar a luta para o chão, onde permaneceu em  posição de domínio. Mas o cenário seria outro no round seguinte.

Foi graças à um soco bem conectado de direita que Abbasov colocou Okami no chão, logo no início do segundo round. E com seu oponente ainda atordoado pelo soco, Abbasov desferiu mais alguns poderosos ataques de ‘ground and pound’ para derrotar Okami e ficar mais perto de uma disputa pelo título do peso médio, cujo detentor é Zebaztian Kadestam.

Outro estreante no ONE Championship, o veterano Thanh Le ( 9-2 ) - também tricampeão do LFA e vencedor do “Dana White’s Tuesday Night Contender Series-DWTNCS” - definiu a sua luta com Yusup Saadulaev ( 17-5-1 ) em apenas 12 segundos do segundo round, graças à uma joelhada bem conectada no rosto do adversário em disputa válida pela categoria peso pena.

No evento principal do “ONE Championship 94 : For Honor”  vimos a sensação britânica Jonathan Haggerty conquistar o título mundial do ‘Super Series do peso mosca de Muay Thai’ com uma vitória por decisão unânime sobre o campeão mundial Sam-A Gaiyanghadao após cinco rounds.

Os resultados do “ONE Championship 94 : For Honor” incluem :

ONE Championship 94 : For Honor
03 de Maio de 2019
Istora Senayan
Jacarta, Indonésia

CARD PRINCIPAL

Kiamrian Abbasov derrotou Yushin Okami por TKO ( socos ), Round 2, 1:10
Marat Gafurov derrotou Tetsuya Yamada por decisão unânime
Priscilla Hertati Lumban Gaol derrotou  Nou Srey Pov por decisão unânime
Thanh Le derrotou Yusup Saadulaev por nocaute ( joelhada ) - Round 2, 0:12
Dae Hwan Kim derrotou Jumayi Ayideng por TKO ( socos ) - Round 1, 4:11

CARD PRELIMINAR

Ryogo Takahashi derrotou Keanu Subba por TKO ( socos ) - Round 1, 1:46
Sunoto Peringkat derrotou Paul Lumihi por decisão unânime
Chan Rothana derrotou Rudy Agustian por TKO ( socos ) - Round 2, 2:50
Adrian Mattheis derrotou Himanshu Kaushik por finalização ( mata-leão ) - Round 1, 4:42
Angelo Bimoadji derrotou Guntur 'Indonésia' por finalização ( armlock ) - Round 1, 4:56

P.S.: Para mais informações sobre o “ONE Championship 94 : For Honor”, favor conferir o site oficial da promoção asiática.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 04/05/2019
_

Foto : Natural de Jacarta, na Indonésia, Priscilla Hertati Lumban Gaol foi dominante no solo. ( Cortesia | créditos : ONE Championship ).

ONE Championship lança sua divisão de TV e cinema

Como prova de que continua expandindo os seus domínios, o ONE Championship - show de MMA originário de Singapura - tem diversificado as áreas de atuação da sua sua marca, e agora - além de já ter se tornado uma empresa de mídia esportiva - acaba de lançar a sua própria divisão de cinema e TV chamada One Studios.

O One Studios produzirá filmes originais e mostras que espera distribuir por meio dos parceiros globais de transmissão de TV da empresa, além de parceiros digitais como Netflix, YouTube, Facebook e Amazon. Os lutadores de MMA e artes marciais tradicionais, além de atletas em geral do One Championship vão estrelar os shows para a TV e o cinema, uma vez que o primeiro projeto cinematográfico do One Studios já estaria em andamento.

-“Ao contrário de outros promotores de MMA que vendem lutas, o ONE Championship está em uma missão que é liberar os super-heróis da vida real que inflamam o mundo com esperança, força, sonhos e inspiração. Nós não vendemos lutas. Nós construímos heróis. O ONE Studios será uma grande plataforma para nossos heróis ao longo de suas carreiras, para divulgar suas mensagens e inspirar o mundo.”- disse o fundador e CEO do  ONE Chatri Sityodtong, em um postagem em suas redes sociais.

Em seguida, Sityodtong complementou :
“-Como líder do ONE Championship, o meu trabalho é servir os nossos atletas dando-lhes os melhores futuros possíveis. Agora haverá mais oportunidades do que nunca para nossos atletas alcançarem a vida de seus sonhos, especialmente depois de se aposentarem. Meu sonho é criar os heróis ‘superstars’ da próxima geração, como Dwayne ‘The Rock’ Johnson e Jackie Chan em todo o mundo.”-disparou o cartola, em comentário que mostra a sua disposição em tentar [ também ] a indústria cinematográfica e televisiva.

Embora os detalhes sejam escassos, Sityodtong confirmou que a empresa já estava trabalhando no primeiro projeto de filme da empresa nos últimos meses e estaria fazendo um ‘grande anúncio’ em breve.

Enquanto o ONE Studios é um empreendimento ambicioso, projetos similares já foram testados por outras promoções de lutas. Por anos, a World Wrestling Entertainment produziu filmes sob sua divisão WWE Studios para ajudar a construir seus atletas como estrelas em ‘crossover’ para os cinemas. Embora muitos dos filmes do estúdio tenham sido financeiramente mal sucedidos, muitos creditam à WWE pelo lançamento das carreiras cinematográficas de John Cena e do já citado Dwayne Johnson.

Por seu lado, mover-se para mercados fora do MMA não é novidade para o ONE. Em novembro passado, a promoção anunciou a ONE eSports , uma ‘joint venture’ de US $ 50 milhões com a empresa de relações públicas japonesa Dentsu , que tem acordos com a Razer , Singtel e outros parceiros proeminentes na área para trazer uma série de eventos eSport na Ásia ao longo de 2019. Contando com o ex-campeão peso-mosca do UFC Demetrious Johnson [ como embaixador da marca chefe da empresa ], ONE eSports espera alcançar sucesso em países como a Malásia , onde o governo recentemente alocou 10 RM ( US $ 2,4 milhões ) do orçamento de 2019 para desenvolver a indústria de eEsports do país.

Em maio de 2018, o One Championship lançou um aplicativo de ‘streaming’ de vídeo, que apresenta seu próprio conteúdo de artes marciais, bem como material licenciado relacionado, como filmes e outras competições. No final daquele ano, a empresa de mídia esportiva arrecadou US $ 166 milhões em uma rodada da série D liderada pela Sequoia Capital.

Parece-nos que a ONE Elite Agency ( OEA ) - classificada como a plataforma mais abrangente do mundo para atletas de artes marciais - e liderada por Victor Cui, trabalhará em estreita colaboração com o ONE Studios, uma vez que a ONE Elite Agency também é uma agência de serviços para os diferentes estágios da carreira de um atleta.

A maior vantagem competitiva da OEA é que ela tem o total apoio dos recursos, conexões e IP do ONE Championship em todo o mundo, podendo garantir posteriormente a presença da franquia do ONE em mais de 140 países para agregar valor aos atletas que mantêm sob contrato.

Com mais detalhes esperados para serem divulgados em breve, só nos resta tentar adivinhar se esta nova divisão do One Championship renderá qualquer coisa que valha a pena. De qualquer forma, é possível que nomes como os de Sage Northcutt possam ser aproveitados em alguma provável produção para o cinema ou TV.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 27/04/2019
_

Foto : ONE Studios lançará produções cinematográficas com lutadores de MMA. ( Créditos : imagem cedida por ONE Championship ).

Nota de esclarecimento pública

Website gratuito, não cobrança os nossos leitores ou visitantes, o único objetivo e a divulgação da informação e notícias reais, todos os créditos são de suas respectivas fontes e autores.

Em conformidade com as Leis:

Em conformidade com Artigo 46, I da Lei 9610/98 Brasil - Artigo 46, I da Lei 9610/98 e Lei nº 5.250 de 9 de fevereiro de 1967 - Lei 2083/53 | Lei nº 2.083 de 12 de novembro de 1953.

Para maiores informações e suporte jurídico consulte nosso advogado colaborador: Raphael Guilherme da Silva - OAB/SP Sob o Nº 316.914.

Caso discorde de algum artigo removeremos o mesmo de imediatamente e nós desculpamos de forma publica mediante uma retratação conforme a Lei se assim for solicitado.

Desde já muito obrigado.

Este portal de notícias e uma iniciativa de um Grupo de colaboradores voluntários sobre registro no Japão -目標新聞 (コネクション・ジャパン). - connectionjapan.com .

E é mantido pelos seus voluntários e colaboradores a fim de permitir que a colônia de Brasileiros possa ter acesso a essas informações de forma gratuita e a todos os demais visitantes que assim desejarem acessa nosso website.

Algumas observações na Lei n.º 9.610/98.

Uso de obra autoral para fins de estudo ou crítica;

Uso de obra autoral para exposição de um produto (por exemplo: uma loja de porta-retratos que expõe um porta-retrato contendo uma foto);

Uso de obra autoral para fim privado (se você compartihar com alguém, já não é mais uso privado!);

E outras previstas na Lei n.º 9.610/98.

« October 2021 »
Mon Tue Wed Thu Fri Sat Sun
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

FreeCurrencyRates.com

 

Contador de visitas

0.png4.png0.png5.png3.png7.png6.png
Hoje:193
Ontem:1139
Últimos 7 dias:5412
Mês:21730
Total:405376

Conectados simultaneamente

18
Online

23-10-21

Visitantes online

Parceiros

Go to top