ptzh-CNenfritjakoruesvi

Lumpinee Boxing Stadium - templo sagrado do Muay Thai poderá ser fechado permanentemente

Recentemente, surgiram notícias de que o famoso estádio de Muay Thai, Lumpinee, poderá ser fechado permanentemente.
 
A possibilidade é real, de acordo com o anúncio feito em uma conferência de imprensa realizada na semana passada.
 
O Lumpinee é um estádio dedicado às competições de Muay Thai, o esporte nacional tailandês e é operado e certificado pelo Exército Real da Tailândia. Inaugurado em 8 de dezembro de 1956, o histórico estádio mudou para um novo local em 2014, para acomodar mais espectadores. O Lumpinee é considerado, juntamente com o Rajadamnern, um dos mais prestigiados estádios de Muay Thai em Bangkok, capital daquele país do sudeste asiático.
 
Lutar no Lumpinee sempre foi símbolo de prestigio e honra e alguns dos campeões famosos que lutaram no estádio foram Buakaw Por. Pramuk, Samart Payakaroon, Dieselnoi Chor Thanasukarn, Anuwat Kaewsamrit, Saenchai Sor Kingstar, Matee Jedeepitak, Peter Smit, Coban Lookchaomaesaitong, Ramon Dekkers, Rob Kaman, Ivan Hippolyte, Dany Bill, Saiyok Pumpanmuang, Yodsanklai Fairtex e Jomhod Kiatadisak, entre outros.
 
Por outro lado, além de ser o esporte mais praticado na Tailândia, o Muay Thai também é uma forma de fomentar o turismo e gerar receitas valiosas para o país. E é por isso que qualquer ‘farang’ ( ou “estrangeiro” ) pode lutar no estádio. Não é preciso ser um ‘Nak Muay’ do mais alto nível para isso e, geralmente, estes atletas lutam contra outro estrangeiro ou algum tailandês aposentado, apenas para movimentar o turismo e as apostas.
 
Aliás, esse é um dos motivos pelos quais as lutas poderão ser suspensas no Lumpinee, pois atualmente o Exército não estaria gostando dos ‘jogos de azar’ e o Muay Thai é o alvo das apostas na Tailândia. 
 
A idéia é que o estádio seja provavelmente convertido em um centro esportivo. Assim sendo, se a bilheteria do Muay Thai desaparecer a receita virá das competições de outros esportes.
 
Atualmente há vários tipos de eventos dentro do Lumpinee, como os grandes shows, com grandes nomes do esporte, muito dinheiro em apostas e transmissão ‘ao vivo’ pela TV. 
Mas também há os eventos sem transmissão e sem público. Até porque o estádio também pode ser alugado para outros eventos.
 
Poucos sabem, mas o estádio mais respeitado de Muay Thai do mundo também já sediou alguns confrontos de MMA, como a luta entre Xu Xiaodong, chinês apelidado de “Mad Dog” e lutador de MMA e Yuichiro Nagashima, japonês faixa preta de Karatê ( Nippon Kempo  ) e ex-campeão do K-1, realizada em 2019.
 
As regras eram a de uma luta mista, com o primeiro round sendo realizado sob as regras do kickboxing e o segundo round com as regras completas do MMA. Nagashima, um bom ‘Kickboxer’, saiu-se melhor no round inicial, mas sucumbiu ao jogo de ‘ground and pound’ de Xu, já no segundo período.
 
Xu foi forçado pelo governo chinês à lutar usando maquiagem de palhaço ( uma pintura facial da Ópera de Pequim ) para que a luta fosse transmitida para a China, mas a realização do confronto no Lumpinee deu o tom de seriedade ao duelo.
 
Para finalizar é preciso esclarecer que o desaparecimento dos eventos de lutas no Lumpinee não acontecerá por agora, mas quando a hora chegar os lutadores sofrerão com a falta de recursos financeiros. Os talentos do esporte terão que migrar para outras arenas por todo o país e os profissionais poderão assinar com o ONE Championship, que tem se saído excepcionalmente bem em manter a realização de eventos regularmente. Só assim os lutadores poderão continuar ganhando dinheiro para sustentar suas famílias.
 
Contudo, essa ainda não será uma tarefa fácil. Pois, apesar do retorno dos eventos - lenta, mas seguramente ao redor do mundo - a ausência do público nas arenas culminará em uma receita mínima para as promoções de lutas.
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 09/02/2021
_
Foto acima : O estádio também já sediou lutas de MMA como esta entre Xu Xiaodong e Yuichiro Nagashima em 2019. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Lumpinee Boxing Stadium | Divulgação ).
 
Abaixo : Xu Xiaodong fez uso de um eficiente ‘ground and pound’ para vencer no segundo round. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Lumpinee Boxing Stadium | Divulgação ).
 
77117524 2596981160360126 4109026449380343808 n d3265

ONE Championship e ‘Road to ONE’ definem os seus próximos eventos de MMA, Kickboxing e Muay Thai

Após um hiato de cinco meses no início deste ano devido à pandemia, atualmente o ONE Championship está com uma agenda lotada em andamento, com eventos sendo realizados ‘ao vivo’ na China, Tailândia e Singapura, uma vez que que as medidas de confinamento foram amenizadas. O mesmo é válido para a sua série de eventos chamada ‘Road to ONE’.
 
Houveram três eventos do Road to ONE no Japão até agora. Todos foram promovidos pelo Pancrase e Shooto e apresentaram atletas promissores que buscam ganhar um lugar no evento principal, bem como estrelas já estabelecidas, como é o caso do lutador Shinya Aoki.
 
Os ‘cards’ do “Road to ONE 1rd”, “Road to ONE 2rd” e “Road to ONE 3rd” foram todos realizados em Tóquio, com as promoções locais Pancrase e Shooto enviando seus representantes para todos os shows.
 
Já o “Road to ONE 4rd” aconteceu no último sábado ( 28 de novembro ) em Yekaterinburg, na Rússia, em conjunto com as promoções locais de kickboxing : Fair Fight e de MMA : RCC.
 
Após plantar sua bandeira em solo russo, o ‘Road to ONE’ anunciou outros shows para aquele país para o ano que vem, com mais ‘cards’ mistos de Kickboxing e MMA, à exemplo do evento de sábado.
 
Antes disso, porém, o “Road to ONE 5rd” será realizado na segunda-feira ( 7 de dezembro ), no World Siam Stadium, em Bangkok, Tailândia. Esse evento será composto exclusivamente de lutas de Muay Thai.
 
O evento principal do ONE Championship também está de volta, com o ONE : “Big Bang” sendo realizado nesta sexta-feira ( 4 de dezembro ), no Singapore Indoor Stadium, em Singapura, enquanto o ONE : “Collision Course”  está definido para o mesmo local em 18 de dezembro. Ambos os ‘cards’ contarão com uma mistura de lutas de Kickboxing e MMA.
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 04/12/2020
_
Foto :  Shinya Aoki, um “astro” já estabelecido no MMA, compete no ONE Championship e no ‘Road to ONE’. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | ( C ) Abema TV | Divulgação ).
 

Titãs Fight Comunidades com lutas de MMA, Boxe, Kickboxing, Muay Thai e Jiu-Jítsu em Florianópolis - SC

Aos poucos voltamos à ver alguma movimentação na cena do MMA brasileiro. Inspirados nos eventos de MMA realizados atualmente no Japão e em alguns outros países do continente asiático - além dos EUA, é claro - promotores, atletas e técnicos prometem para o dia 9 de agosto, em Florianópolis-SC, o Titãs Fight Comunidades, com lutas de MMA, Boxe, Kickboxing, Muay Thai e Jiu-Jítsu ( com e sem kimono ).

Já confirmaram presença no ‘card’ atletas vindos dos estados do Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo. Ainda existe a possibilidade de inclusão de dois lutadores vindos de Cuba.

O evento terá lugar na comunidade Chico Mendes, carente desse tipo de entretenimento e o intuito dos organizadores é fomentar o esporte como forma de inclusão social, além de revelar novos nomes para o MMA mundial, à exemplo do lutador internacional Mauricio “Bad Boy”, que até hoje mantém o Projeto CT Guetto Diamond Chico Mendes Fight. Além disso, os promotores também irão arrecadar alimentos para quem necessita, pois enquanto muitas pessoas estão retornando aos poucos às suas atividades e outras continuam seguras em casa, há milhares nas periferias que perderam seus empregos e estão desassistidas de várias maneiras.

O Titãs Fight Comunidades - que tem o apoio do presidente da comunidade Chico Mendes Edson Jesus - será o 1o evento à voltar em Florianópolis depois da paralisação total da cidade por causa da pandemia do coronavírus e será feito com responsabilidade.

O evento poderá ser realizado com público e os seus idealizadores irão colocar as cadeiras afastadas à uma distância segura, como parte das medidas de segurança necessárias, além de exigir o uso de máscaras pelos fãs do esporte e colocar álcool na bilheteria à disposição de todos.

Segundo o organizador Thiago Lapolli Fiorenzano da Silveira, também conhecido como “Tubarão”, o Titãs Fight Comunidades tem tudo para ser um dos eventos mais bonitos já organizados na região Sul do Brasil.

APOIE JÁ, POIS MUDANDO UMA VIDA VOCÊ GERA UMA REAÇÃO EM CADEIA QUE MUDA A REALIDADE :

Os atletas participantes aceitaram lutar de graça para promover o esporte e estão custeando suas vindas para a competição, pois o evento está funcionando sem receita financeira, como ingresso ou inscrições, e está dependendo inteiramente de trabalhos voluntários e doações de materiais. Já existem alguns poucos apoiadores.

Ainda assim, os organizadores precisam custear uma ambulância para garantir a segurança dos lutadores, bem como os serviços de um socorrista profissional, aluguel do octógono, cadeiras para o público presente, compra de material de higiene, entre outros itens.

Toda essa movimentação é importante porque dará oportunidade aos jovens que sonham seguir o caminho do esporte, pois se uma criança não é orientada pelas pessoas certas desde cedo, toda a sociedade poderá sofrer depois.

Por isso mesmo, os idealizadores da competição estão abertos para realizar parcerias com patrocinadores que queiram vincular sua marca ao Titãs Fight e também ao Projeto CT Guetto Diamond Chico Mendes Fight ( projeto social ).

-“E quem puder ajudar com qualquer valor, por favor, contribua para a nossa Vakinha. Não tenha vergonha de doar o valor mínimo, tudo é valioso para o evento existir e muitos objetivos estão em jogo. Muito obrigado.”-agradece Thiago Lapolli, o “Tubarão”.

Titãs Fight Comunidades
Data : 9 de agosto de 2020
Local : Ginásio da Comunidade Chico Mendes
Ingresso : Apenas 1 quilo de alimento
Horário : Jiu-Jitsu e NoGi de manhã / MMA, Boxe e Muay-Thai e K-1  ( Kickboxing ) a tarde.
Realização : Thiago Lapolli “Tubarão” / Apoio : Mauricio Machado e Edson Jesus.

CARD IMPERDÍVEL COM 40 LUTAS

( * O CARD É SUJEITO À ALTERAÇÕES ).

MMA:

[Main Event 66kg] Lucas Oliveira (CT Lagomar / Macaé - Rio de Janeiro) VS. Allan Guerra (Guerra Team São Paulo / Fadda JJ)

[Co-Main Event 75kg] Willian Fernandes “Mutante” - 07 vitórias (CT Strong) VS. Pedro Finger - 06 vitórias (CT Finger)

[77kg] Elvis Cubano (Guetto Diamond) X Thiago Moikano (Moikano Gold Team / Pelé Team)

[58kg] Daiane Trentin (Thiago Tubarão / Daiane Team) X SILVANIA “LEOA” (Wado DeLaRiva)

[61kg] Tiago “PitBull” Xavier (CT Lagomar / Macaé - Rio de Janeiro) X Ariel Chips (Black Top Team – Lages)

[77kg] Sandro “PitBull” (Guetto Diamond) X Jhonny Bran (Moikano Gold Team / Pelé Team )

[75kg] Brigido “Soldado Universal” (Wado DeLARiva) X Matheus Souza (OCSJJ / CT Finger)

[91KG] WELLINTON ALVES DO AMARAL (prof. Glautus) X RAFAEL “PANTERA” (prof. Guilherme Coutinho)

[61kg] Lucas Forquim (CT Finger) X Jack Quilante (Black Top Team – Lages)

[75k] Lucas “Japa” Santana (Japa MMA) X Dionata Machado (Winners MMA - Felino)

[85kg] CRISTIAN “CHACAL” (Thiago Tubarão) X EDUARDO SANTOS MAIA (Shotobushin)

KICKBOXING (Regras do K-1, sem cotovelos e duas joelhadas no ‘clinch’):

[75KG Master] MESTRE WADO (CT DeLaRiva Floripa) X FABIO ALEX (CT Strong/Overhand - CANOAS/SC)

[84kg] Alex Trindade (Anjos do Tatame) X Celso Rodrigo (Felino – Criciúma)

[Pesados] VICTOR EMANUEL (Tonhão Biguaçu) X RENAN SALVADOR (School Fight)

MUAY-THAI (Estilo Tailandês, com uso de cotovelos e ‘clinche’):

[75 Kg] João Vitor Senem (Tonhão Biguaçu) X Luiz (King Boxing Floripa)

[57kg, estreantes] Jhonatan “Açougueiro” (Marafiga Thai) X Adriano Santos (Mega Fight Team)

[63kg, 15 anos] Nicolas “Draco” Langher (Mega Fight Team) X Darwin Oliveira (King Boxing Floripa)

[43kg, 12 anos] Jeniffer Nascimento (Mega Fight - prof. Leandro Frederico) X Crislaine Marquesotti (Master Fight - prof. Cristiano / Blumenau)

[Infantil, 06 aninhos] NOAH (Mega Fight - prof. Leandro Frederico) X ISAC “SPIDER" (Anjos do Tatame)

BOXE (Válido pro Ranking do Titãs Boxe):

[Título 66kg] LUCIAN CLAUDIO (Marafiga Claudio Costa) - Vencedor do torneio Titãs 4 VS Desafiante: DANIEL PIKO (Felinos do Sul) -  Invicto na Copa Dojokai.

[Título 75kg] NATHANAEL MESQUITA (Flávio Alexandre) VS LEANDRO FREDERICO “LESTATT” (Mega Fight)

[95KG] VINICIUS KUMMER (Guetto Diamond) X EDGAR FARIAS (CM System)

[80kg] Alessandro Custódio (Wado DeLaRiva) X João Nunes (School Fight)

[66 kg] Luiz Hilário (Felinos do Sul) X Clevinho Motta (School Fight)

[63 Kg] Gustavo “Parazinho” (Tonhão Boxe) X Kelvem “Cascudo” (Felinos do Sul)

[42kg JUVENIL FEMININO] Heloísa Demérito (Mega Fight Team / Leandro Frederico) X Brenda Luiza (Marafiga Boxe / Claudio Costa

SEM KIMONO:

[100kg] Elton “Monstrão” Kimura (GFTEAM Palhoça) X Carlos André “Black” (Black Top Team – Lages)

JIU-JITSU

[76kg] Mauricio “BadBoy” Machado (Guetto Diamond) X Ronaldo Oliveira “Kako” (Fadda Jiu-Jitsu)

[74kg Master] Ronaldo “Felino” (ASM BJJ TEAM – Criciúma) X João Paulo (Team Bronx – Curitiba)

[74kg] Jorge Marcelo Missil (GFTEAM Palhoça) X Douglas Gonçalves (Infynit Brotherhood - Lages)

[84KG] Fernando “Sherek” (Sherek JJ – Curitiba) X Fabrício Tives (Infynit Brotherhood - Lages)

[61kg] Fabiano Crispim (Crispim Jiu-Jitsu) X Welinton (Infynit Brotherhood - Lages)

[Marrom 86kg] Alysson Santos (Ricardo Mello) X Jaisson Machida (Black Top Team – Lages)

[Roxa 79kg] Sandro Buralde (Guetto Diamond) X Thiago Branco (Rillion Gracie – Lages)

[Roxa 93kg] Ricardo “Tatau” Alexandre (Guetto Diamond) X MAX (Infynit Brotherhood - Lages)

[Azul até 90kg MASTER] ANTÔNIO JOÃO “TONHÃO” (Little John JJ) X ADRIANO “GAÚCHO” (ASM BJJ TEAM - Felino)

[Azul 65kg] MICHAEL (GFTEAM Palhoça) X Ariel Chips (Black Top Team – Lages)

[Azul 85kg] IGOR (GFTEAM Palhoça) X Carlos “PitBull” (The Brothers)

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/titas-fight-comunidades-nocauteando-a-fome

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 01/07/2020
_
Foto : Evento na comunidade Chico Mendes terá lutas com os professores e consagrados lutadores Mestre Wado, Alessandro Custódio, Mauricio “Bad Boy”, Ronaldo “Felino” , “Tonhão ” e Jorge Missil, entre outros. ( Cortesia | Créditos : ( C ) Titãs Fight Comunidades | Divulgação ).

Brasileira se torna a nova campeã mundial de Muay Thai no ONE Championship : ‘A New Breed’

O ONE Championship encerrou o mês de agosto com mais um evento ocorrendo em Bangkok, capital da Tailândia. A edição batizada de ONE : ‘A New Breed’ foi realizada na sexta-feira - dia 28 de agosto - e a noite foi de total felicidade para o Brasil, pois o nosso país agora tem uma nova campeã mundial.
Depois de dominar os três rounds, Allycia Hellen Rodrigues - cearense da cidade de Caucaia - destronou a estrela tailandesa Stamp Fairtex e se tornou a nova campeã do peso átomo ( até 52 kg ) de Muay Thai do ONE Championship.
 
A brasileira, que possui um cartel profissional de 30 vitórias e cinco derrotas, foi a lutadora mais potente da noite, e seu uso agressivo de “teeps”, seus grandes socos diretos e cotoveladas foram o suficiente para impressionar os juízes e lhe dar o cinturão com a vitória por decisão da maioria.
 
O resultado foi um grande choque para Stamp Fairtex, pois ela perdeu seu segundo título mundial em seis meses. Após ter perdido seu cinturão de kickboxing na categoria do peso átomo em fevereiro para Janet Todd, agora ela perdeu seu título de Muay Thai do peso átomo para Allycia Rodrigues.
 
Mas nem tudo foram más notícias para Stamp, até porque a sua carreira no MMA ainda está avançando. Ela mantêm um registro de 5-0 como lutadora de MMA, e está sendo amplamente anunciada como uma futura desafiante para a campeã de MMA do ONE no peso átomo Angela Lee.
 
Quanto à Allycia Rodrigues, por sua vez, ela provavelmente deverá fazer lutas futuramente com nomes como Janet Todd ( campeã do Glory que assinou com o ONE ), Wondergirl Fairtex, Anne Line Hogstad e Alma Juniku, além de, claro, uma revanche com Stamp Fairtex.
 
No evento co-principal do ONE : ‘A New Breed’, Kulabdam Sor. Jor. Piek Uthai enfrentou Rodlek PK.Saenchai Muaythaigym na tão aguardada final do torneio bantamweight ( peso galo ) de Muay Thai do ONE Championship. A série se desenrolou ao longo dos últimos poucos ‘cards’, e o vencedor teria o direito de enfrentar o campeão Nong-O Gaiyanghadao pelo título. 
Rodlek PK Saenchaimuaythaigym ( 5-1 ) venceu Kulabdam Sor.Jor.Piek-U-Thai ( 2-2-0 ) por decisão unânime.
 
Em um dos badalados confrontos de MMA da noite, Denice Zamboanga elevou seu recorde para 8-0 com uma vitória por finalização no primeiro round sobre Watsyapinya Kaewkhong ( 0-1-0 ).
 
Seu irmão mais velho, Drex Zamboanga ( 9-5-0 ), veterano do Shooto e do URCC, iniciou sua carreira no ONE com uma vitória por estrangulamento sobre Detchadin Sorsirisuphathin ( 8-6-0 ) nos últimos segundos do segundo round.
 
A noite começou com mais um clássico “striker” x “grappler” - duelos que fazem o gosto dos fãs de MMA desde os primórdios do esporte - com Yodkaikaew Fairtex ( 6-2-1 ) vencendo Alex Schild ( 5-4-0 ) por nocaute técnico no terceiro round.
 
ONE: “A New Breed”
28 de agosto de 2020
Impact Arena
Bangkok, Tailândia
 
Muay Thai : Allycia Hellen Rodrigues derrotou Stamp Fairtex por decisão majoritária ( Campeonato Mundial de Muay Thai Peso Átomo )
Muay Thai : Rodlek PK.Saenchai Muaythaigym derrotou Kulabdam Sor. Jor. Piek Uthai por decisão unânime ( Final do Torneio de Muay Thai Peso Galo )
MMA ( peso átomo ) : Denice Zamboanga derrotou Watsapinya Kaewkhong por finalização ( Keylock ) aos 1:28 do primeiro round
Muay Thai ( peso palha ) : Wondergirl Fairtex derrotou KC Carlos por nocaute técnico aos 1:06 do segundo round
MMA ( peso mosca ) : Drex Zamboanga derrotou Detchadin Sornsirisuphathin por finalização ( mata-leão ) aos 4:58 do segundo round
Muay Thai ( peso mosca ) : Sok Thy derrotou Ding Huang por nocaute aos 2:52 do primeiro round
MMA ( peso mosca ) : Yodkaikaew “Y2K” Fairtex derrotou Alex Schild por nocaute técnico aos 1:21 do terceiro round
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 29/08/2020
_
Foto acima : Momento da consagração da cearense Allycia Hellen Rodrigues em Bangkok, Tailândia. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).
 
Abaixo : Allycia Rodrigues derrotou Stamp Fairtex para se tornar a nova campeã mundial de Muay Thai na categoria peso átomo do ONE Championship. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).
RodriguesONE 1 61680

MMA, Muay Thai e kickboxing - Resultados e destaques do ONE Championship ‘No Surrender II’

O ONE Championship voltou à ação na sexta-feira, 14 de agosto, com o ONE: ‘No Surrender II’, um ‘card’ híbrido com lutas de MMA, Muay Thai e kickboxing que ocorreu na Impact Arena em Bangkok, a movimentada capital da Tailândia.

Apesar disso, o evento foi realizado à “portas fechadas”, ou seja, “sem público”. Mas mesmo assim, a programação foi “ao ar” ( televisionado ) na maior parte do continente asiático, e também nos EUA, Canadá e em outras partes do mundo, que puderam assistir as lutas ‘ao vivo’ e gratuitamente no Youtube e através do aplicativo ONE Super.

O ‘main event’ ou “evento principal” contou com a primeira das duas semifinais do ONE Bantamweight Muay Thai Tournament.

O ex-desafiante ao título mundial do ONE, Saemapetch Fairtex derrotou o compatriota veterano Rodlek PK.Saenchai Muaythaigym por decisão majoritária, após três rounds de uma luta onde se viu poderosos golpes de cotovelos de Saemapetch respondidos à altura por Rodlek, que - por sua vez - mostrava o seu melhor para igualar a intensidade de seu adversário mais jovem. Os dois atletas tailandeses estão agora empatados em 2-2 em suas carreiras.

Em uma luta de kickboxing do ONE Super Series, o ‘contender’ da categoria peso galo, Mehdi Zatout, da Argélia, teve um desempenho abrangente, superando Leo Pinto, da França, durante os nove minutos de ação em que os lutadores alternaram bons momentos. No final, os três juízes marcaram a luta a favor de Zatout, que venceu por decisão unânime.

Decidido à colocar sua carreira “de volta nos trilhos”, o lutador japonês de 40 anos, Akihiro “Superjap” Fujisawa, nocauteou o especialista em Muay Thai, Pongsiri “The Smiling Assassin” Mitsatit em um das duas lutas de MMA da noite.

O atleta da terra do Sol Nascente - e vencedor do contrato do ONE Warrior Series - nocauteou o tailandês com um gancho de esquerda no final do primeiro round.

Já a estrela em ascensão do peso pena, Sorgraw Petchyindee Academy, provou ser demais para o seu oponente, Pongsiri PK.Saenchaimuaythaigym, e lutou o suficiente para vencê-lo em luta de Muay Thai, embora que por decisão dividida dos juízes.

Em outra das lutas de artes marciais mistas da programação, o tailandês peso mosca, Yodkaikaew “Y2K” Fairtex, teve uma estreia impressionante no ONE, obtendo um nocaute sobre John Shink, do Reino Unido. Yodkaikaew Fairtex foi derrubado várias vezes, mas Shink nunca conseguiu garantir o controle quando no chão. Ao voltar em pé, Yodkaikaew aumentou a pressão e conseguiu acertar um gancho de esquerda devastador que fez seu adversário cambalear em direção às cordas. Na sequência, outra esquerda do tailandês abalou Shink de vez, forçando o árbitro à interromper a luta.

Na luta de abertura, Fahdi Khaled, da Tunísia, teve uma atuação dominante contra Huang Ding, da China, em luta na categoria peso mosca, válida pelo ONE Super Series Muay Thai. Fahdi pressionou o seu adversário por todo o tempo e impediu o atleta chinês de entrar no ritmo da luta, chegando assim à vitória por decisão unânime.

ONE: “No Surrender II”

14 de agosto de 2020

Impact Arena

Bangcoc, Tailândia

Muay Thai : Saemapetch Fairtex venceu Rodlek PKSaenchaigym por decisão ( unânime )

Kickboxing : Mehdi Zatout venceu. Leo Pinto por decisão ( unânime )

MMA : Akihiro Fujisawa venceu Pongsiri Mitsatit por KO ( socos ) aos 4:55 do primeiro round

Muay Thai: Sorgraw PetchyindeeAcademy venceu Pongsiri PKSaenchaigym por decisão ( dividida )

MMA  : Yodkaikaew Fairtex venceu John Shink por KO ( socos ) aos 1:11 do segundo round

Muay Thai: Huang Ding venceu Fahdi Khaled por decisão ( unânime )

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 17/08/2020

_

Foto : O veterano atleta de MMA, Akihiro “Superjap” Fujisawa, voltou à vencer na modalidade e representou o Japão, desta feita, na Tailândia. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).

ONE: “No Surrender” marca o retorno das competições de Muay Thai, Kickboxing e MMA à Tailândia

Após um hiato devido à pandemia, o ONE Championship está retomando os seus negócios aos poucos, e assim, juntando-se novamente à várias das maiores franquias de MMA do mundo, incluindo o UFC, Bellator MMA e Invicta FC. Melhor ainda, a promoção tem montado ‘cards’ de Muay Thai, Kickboxing e MMA que vem deixando os fãs mais do que satisfeitos.

Um bom exemplo foi o seu mais recente evento, o ONE: “No Surrender”, que foi realizado na última sexta-feira, 31 de julho, em Bangkok, na Tailândia, em um local vazio, sem público, mas cujo conteúdo foi transmitido ‘ao vivo’ no YouTube e em outras plataforma de “streaming”.
Além do ONE PH, ONE Sports e ONE One Sports +, o show também marcou o início da parceria do ONE Championship com a Cignal TV - a principal provedora de televisão paga nas Filipinas - e com a TV5 - uma das maiores redes de televisão aberta do país e líder nacional em inovação digital - que permitirão levar a competição à todos os telespectadores filipinos em plataformas de TV paga e de transmissão gratuita.

O acordo permitirá mostrar não apenas os eventos ‘ao vivo’, mas também uma rica biblioteca dos shows anteriores do ONE Championship em mais um passo da missão contínua da companhia em oferecer o melhor conteúdo esportivo a todos os sues telespectadores e assinantes, o que inclui a exibição de atletas filipinos do mais alto nível contra alguns dos melhores lutadores do mundo.

A novidade foi recebida com empolgação pelos atletas escalados para o ‘card’ e, com certeza, foi um incentivo à mais para a alta performance de todos ao longo da programação.

O ‘main event’ ( ou “evento principal” ) marcou a vitória de Rodtang Jitmuangnon, que manteve o seu título de campeão de Muay Thai na categoria peso mosca diante do desafiante Petchdam Petchyindeeacademy, por decisão majoritária.

Rodtang já defendeu com sucesso o seu cinturão por três vezes desde que ganhou de Jonathan Haggerty em agosto passado. Ele também venceu Walter Gonçalves em sua primeira defesa, antes de derrotar Haggerty em uma revanche.

O “Homem de Ferro” possui um recorde de 263-42-10 em sua carreira. Ele vem de 12 vitórias em suas últimas 13 lutas.

Já o ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ), mostrou Petchmorakot Petchyindeeacademy defendendo com sucesso o seu título de campeão mundial de Muay Thai do ONE na categoria peso pena com uma vitória por decisão sobre o lendário Yodsanklai Fairtex.

A luta marcou a quarta vitória consecutiva de Petchmorakot, que derrotou Pongsiri PK Saenchaimuaythaigym na disputa pelo título inaugural da categoria dos pesos penas em fevereiro.

Ele melhorou seu recorde na carreira profissional para 162-34-2 com o resultado de sexta-feira.

Já Superbon Banchamek lutou sob as regras do Kickboxing na categoria peso pena e venceu Sitthichai Sitsongpeenong por decisão unânime dos juízes, naquela que foi a sua décima vitória consecutiva desde junho de 2018.
A luta da última sexta-feira também foi a terceira entre Superbon e Sitthichai ( ambos lutaram anteriormente em duas ocasiões em 2016 ).

Também em ação na grande noite, a estrela multi-esportiva Stamp Fairtex - que deixou vago o título de campeã mundial de Kickboxing na categoria peso átomo do ONE conquistado diante de Janet Todd em fevereiro - voltou ao MMA colocando seu recorde perfeito em disputa contra Sunisa Srisen.

Após acumular três “KO’s” nos rounds iniciais em suas últimas lutas, Stamp Fairtex repetiu o feito e venceu sua adversária por nocaute também antes do término do primeiro round.

Único brasileiro no‘card’, Fabrício Andrade foi impressionante em sua estréia no ONE Championship ao finalizar Mark Abelardo com um mata-leão no segundo round. Foi a primeira luta do atleta do Tiger Muay Thai desde maio de 2019.

Por fim, Superlek Kiatmoo9 e Panpayak Jitmuangnon deram continuidade à sua rivalidade com um sétimo confronto de Muay Thai.
Superlek mantinha o placar de 1-4-1 das lutas anteriores e desta feita obteve a vitória por decisão unânime. O resultado marcou a primeira derrota de Panpayak desde fevereiro de 2017. 

ONE: “No Surrender”
31 de julho de 2020
Bangcoc, Tailândia

Muay Thai : Rodtang Jitmuangnon (c) venceu Petchdam Petchyindeeacademy por decisão ( peso mosca )
Muay Thai: Petchmorrakot Petchyindeeacademy venceu Yodsanklai Fairtex por decisão ( Defesa do título dos penas )
Kickboxing : Superbon Banchamek venceu Sittichai Sitsongpeenong por decisão
MMA : Stamp Fairtex venceu Sunisa Srisan por nocaute técnico ( socos ) aos 3:59 do primeiro round
MMA : Fabrício Andrade venceu Mark Abelardo por finalização ( mata-leão ) aos 1:11 do segundo round
Muay Thai: Superlek Kiatmoo9 venceu  Panpayak Jitmuangnon por decisão

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 01/08/2020
_
Foto : Único brasileiro no ‘card’, Fabrício Andrade finaliza em sua estréia no ONE Championship. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship |  Divulgação ).

Titãs Fight Comunidades com lutas de MMA, Boxe, Kickboxing, Muay Thai e Jiu-Jítsu em Florianópolis - SC

Aos poucos voltamos à ver alguma movimentação na cena do MMA brasileiro. Inspirados nos eventos de MMA realizados atualmente no Japão e em alguns outros países do continente asiático - além dos EUA, é claro - promotores, atletas e técnicos prometem para o dia 9 de agosto, em Florianópolis-SC, o Titãs Fight Comunidades, com lutas de MMA, Boxe, Kickboxing, Muay Thai e Jiu-Jítsu ( com e sem kimono ).

Já confirmaram presença no ‘card’ atletas vindos dos estados do Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo. Ainda existe a possibilidade de inclusão de dois lutadores vindos de Cuba.

O evento terá lugar na comunidade Chico Mendes, carente desse tipo de entretenimento e o intuito dos organizadores é fomentar o esporte como forma de inclusão social, além de revelar novos nomes para o MMA mundial, à exemplo do lutador internacional Mauricio “Bad Boy”, que até hoje mantém o Projeto CT Guetto Diamond Chico Mendes Fight. Além disso, os promotores também irão arrecadar alimentos para quem necessita, pois enquanto muitas pessoas estão retornando aos poucos às suas atividades e outras continuam seguras em casa, há milhares nas periferias que perderam seus empregos e estão desassistidas de várias maneiras.

O Titãs Fight Comunidades - que tem o apoio do presidente da comunidade Chico Mendes Edson Jesus - será o 1o evento à voltar em Florianópolis depois da paralisação total da cidade por causa da pandemia do coronavírus e será feito com responsabilidade.

O evento poderá ser realizado com público e os seus idealizadores irão colocar as cadeiras afastadas à uma distância segura, como parte das medidas de segurança necessárias, além de exigir o uso de máscaras pelos fãs do esporte e colocar álcool na bilheteria à disposição de todos.

Segundo o organizador Thiago Lapolli Fiorenzano da Silveira, também conhecido como “Tubarão”, o Titãs Fight Comunidades tem tudo para ser um dos eventos mais bonitos já organizados na região Sul do Brasil.

APOIE JÁ, POIS MUDANDO UMA VIDA VOCÊ GERA UMA REAÇÃO EM CADEIA QUE MUDA A REALIDADE :

Os atletas participantes aceitaram lutar de graça para promover o esporte e estão custeando suas vindas para a competição, pois o evento está funcionando sem receita financeira, como ingresso ou inscrições, e está dependendo inteiramente de trabalhos voluntários e doações de materiais. Já existem alguns poucos apoiadores.

Ainda assim, os organizadores precisam custear uma ambulância para garantir a segurança dos lutadores, bem como os serviços de um socorrista profissional, aluguel do octógono, cadeiras para o público presente, compra de material de higiene, entre outros itens.

Toda essa movimentação é importante porque dará oportunidade aos jovens que sonham seguir o caminho do esporte, pois se uma criança não é orientada pelas pessoas certas desde cedo, toda a sociedade poderá sofrer depois.

Por isso mesmo, os idealizadores da competição estão abertos para realizar parcerias com patrocinadores que queiram vincular sua marca ao Titãs Fight e também ao Projeto CT Guetto Diamond Chico Mendes Fight ( projeto social ).

-“E quem puder ajudar com qualquer valor, por favor, contribua para a nossa Vakinha. Não tenha vergonha de doar o valor mínimo, tudo é valioso para o evento existir e muitos objetivos estão em jogo. Muito obrigado.”-agradece Thiago Lapolli, o “Tubarão”.

Titãs Fight Comunidades
Data : 9 de agosto de 2020
Local : Ginásio da Comunidade Chico Mendes
Ingresso : Apenas 1 quilo de alimento
Horário : Jiu-Jitsu e NoGi de manhã / MMA, Boxe e Muay-Thai e K-1  ( Kickboxing ) a tarde.
Realização : Thiago Lapolli “Tubarão” / Apoio : Mauricio Machado e Edson Jesus.

CARD IMPERDÍVEL COM 40 LUTAS

( * O CARD É SUJEITO À ALTERAÇÕES ).

MMA:

[Main Event 66kg] Lucas Oliveira (CT Lagomar / Macaé - Rio de Janeiro) VS. Allan Guerra (Guerra Team São Paulo / Fadda JJ)

[Co-Main Event 75kg] Willian Fernandes “Mutante” - 07 vitórias (CT Strong) VS. Pedro Finger - 06 vitórias (CT Finger)

[77kg] Elvis Cubano (Guetto Diamond) X Thiago Moikano (Moikano Gold Team / Pelé Team)

[58kg] Daiane Trentin (Thiago Tubarão / Daiane Team) X SILVANIA “LEOA” (Wado DeLaRiva)

[61kg] Tiago “PitBull” Xavier (CT Lagomar / Macaé - Rio de Janeiro) X Ariel Chips (Black Top Team – Lages)

[77kg] Sandro “PitBull” (Guetto Diamond) X Jhonny Bran (Moikano Gold Team / Pelé Team )

[75kg] Brigido “Soldado Universal” (Wado DeLARiva) X Matheus Souza (OCSJJ / CT Finger)

[91KG] WELLINTON ALVES DO AMARAL (prof. Glautus) X RAFAEL “PANTERA” (prof. Guilherme Coutinho)

[61kg] Lucas Forquim (CT Finger) X Jack Quilante (Black Top Team – Lages)

[75k] Lucas “Japa” Santana (Japa MMA) X Dionata Machado (Winners MMA - Felino)

[85kg] CRISTIAN “CHACAL” (Thiago Tubarão) X EDUARDO SANTOS MAIA (Shotobushin)

KICKBOXING (Regras do K-1, sem cotovelos e duas joelhadas no ‘clinch’):

[75KG Master] MESTRE WADO (CT DeLaRiva Floripa) X FABIO ALEX (CT Strong/Overhand - CANOAS/SC)

[84kg] Alex Trindade (Anjos do Tatame) X Celso Rodrigo (Felino – Criciúma)

[Pesados] VICTOR EMANUEL (Tonhão Biguaçu) X RENAN SALVADOR (School Fight)

MUAY-THAI (Estilo Tailandês, com uso de cotovelos e ‘clinche’):

[75 Kg] João Vitor Senem (Tonhão Biguaçu) X Luiz (King Boxing Floripa)

[57kg, estreantes] Jhonatan “Açougueiro” (Marafiga Thai) X Adriano Santos (Mega Fight Team)

[63kg, 15 anos] Nicolas “Draco” Langher (Mega Fight Team) X Darwin Oliveira (King Boxing Floripa)

[43kg, 12 anos] Jeniffer Nascimento (Mega Fight - prof. Leandro Frederico) X Crislaine Marquesotti (Master Fight - prof. Cristiano / Blumenau)

[Infantil, 06 aninhos] NOAH (Mega Fight - prof. Leandro Frederico) X ISAC “SPIDER" (Anjos do Tatame)

BOXE (Válido pro Ranking do Titãs Boxe):

[Título 66kg] LUCIAN CLAUDIO (Marafiga Claudio Costa) - Vencedor do torneio Titãs 4 VS Desafiante: DANIEL PIKO (Felinos do Sul) -  Invicto na Copa Dojokai.

[Título 75kg] NATHANAEL MESQUITA (Flávio Alexandre) VS LEANDRO FREDERICO “LESTATT” (Mega Fight)

[95KG] VINICIUS KUMMER (Guetto Diamond) X EDGAR FARIAS (CM System)

[80kg] Alessandro Custódio (Wado DeLaRiva) X João Nunes (School Fight)

[66 kg] Luiz Hilário (Felinos do Sul) X Clevinho Motta (School Fight)

[63 Kg] Gustavo “Parazinho” (Tonhão Boxe) X Kelvem “Cascudo” (Felinos do Sul)

[42kg JUVENIL FEMININO] Heloísa Demérito (Mega Fight Team / Leandro Frederico) X Brenda Luiza (Marafiga Boxe / Claudio Costa

SEM KIMONO:

[100kg] Elton “Monstrão” Kimura (GFTEAM Palhoça) X Carlos André “Black” (Black Top Team – Lages)

JIU-JITSU

[76kg] Mauricio “BadBoy” Machado (Guetto Diamond) X Ronaldo Oliveira “Kako” (Fadda Jiu-Jitsu)

[74kg Master] Ronaldo “Felino” (ASM BJJ TEAM – Criciúma) X João Paulo (Team Bronx – Curitiba)

[74kg] Jorge Marcelo Missil (GFTEAM Palhoça) X Douglas Gonçalves (Infynit Brotherhood - Lages)

[84KG] Fernando “Sherek” (Sherek JJ – Curitiba) X Fabrício Tives (Infynit Brotherhood - Lages)

[61kg] Fabiano Crispim (Crispim Jiu-Jitsu) X Welinton (Infynit Brotherhood - Lages)

[Marrom 86kg] Alysson Santos (Ricardo Mello) X Jaisson Machida (Black Top Team – Lages)

[Roxa 79kg] Sandro Buralde (Guetto Diamond) X Thiago Branco (Rillion Gracie – Lages)

[Roxa 93kg] Ricardo “Tatau” Alexandre (Guetto Diamond) X MAX (Infynit Brotherhood - Lages)

[Azul até 90kg MASTER] ANTÔNIO JOÃO “TONHÃO” (Little John JJ) X ADRIANO “GAÚCHO” (ASM BJJ TEAM - Felino)

[Azul 65kg] MICHAEL (GFTEAM Palhoça) X Ariel Chips (Black Top Team – Lages)

[Azul 85kg] IGOR (GFTEAM Palhoça) X Carlos “PitBull” (The Brothers)

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/titas-fight-comunidades-nocauteando-a-fome

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 01/07/2020
_
Foto : Evento na comunidade Chico Mendes terá lutas com os professores e consagrados lutadores Mestre Wado, Alessandro Custódio, Mauricio “Bad Boy”, Ronaldo “Felino” , “Tonhão ” e Jorge Missil, entre outros. ( Cortesia | Créditos : ( C ) Titãs Fight Comunidades | Divulgação ).

Eventos com lutas de Muay Thai retornarão à partir do dia 15 de Junho

A pandemia de covid-19 atingiu o Muay Thai com força na Tailândia, com torneios e estádios sendo os primeiros a fechar devido a quarentena decretada em Bangkok à partir de 21 de março e que, inicialmente, duraria 14 dias. Com o aumento de casos e mortes, além da prorrogação do confinamento, o toque de recolher foi decretado.

Sem qualquer renda, muitos lutadores voltaram para suas províncias onde o treinamento parou. Os lutadores juntaram-se assim à milhões de desempregados por causa do vírus, que devastou as indústrias de turismo, entretenimento e restaurantes da Tailândia.
Para a maioria dos lutadores profissionais na Tailândia, o ringue serviu como uma saída da pobreza para eles e suas famílias.

O governo prometeu uma entrega mensal em dinheiro de 5.000 baht ( R$ 800 ) aos trabalhadores afetados.
Mas lutadores sem licença específica não são elegíveis para o auxílio, diz Jade Sirisompan, da Organização Mundial de Muay Thai.

Contudo, os lutadores poderão retornar aos ringues em breve, pois com o aparente controle da pandemia, a quarentena deverá terminar já no final de maio e a proibição das lutas nos estádios deverá cair em meados do mês de junho.

Inclusive, já foi anunciado pela mídia geral e especializada que os estádios de boxe tailandês ( Muay Thai ), notoriamente o Ratchadamnoen ( ou Rajadamnern ) e o Lumpinee, deverão reabrir em 15 de junho. A notícia também foi confirmada por um dos organizadores do esporte em Bangkok, capital e cidade mais populosa da Tailândia.

Sumet Suesattabongkoch, um promotor de Muay Thai do Estádio Ratchadamnoen, disse que as lutas provavelmente serão transmitidas apenas pela TV e que o público não poderá assistir às lutas dentro dos estádios.

-“A boa notícia é que há esperança para a indústria do boxe tailandês, pois já se comenta que os [estádios] serão destravados até, mais tardar, 15 de junho.”-disse Sumet.

Ele também expressou condolências por aqueles que morreram na pandemia do coronavírus e pediu ao governo tailandês para ajudar a indústria do Muay Thai que foi atingida com força pelo novo vírus.

-“Gostaria de pedir a todos da indústria do boxe tailandês que aguentem um pouco mais. Tudo ficará bem em breve.”-complementou Sumet.

Dezenas de infecções por coronavírus na Tailândia foram atribuídas a uma noite de lutas em 6 de março no Estádio Lumpinee. As lutas ocorreram nas instalações pertencentes ao exército, apesar de uma ordem de fechamento emitida pelo governo. A arena lotada levou a centenas de contaminações, incluindo o locutor, funcionários do estádio, políticos e oficiais do exército.

Mais tarde, os militares anunciaram uma investigação sobre o incidente, mas nenhum resultado foi publicado até o momento da publicação desta matéria.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 05/05/2020
_
Foto : O boxe tailandês se tornou popular em todo o mundo graças aos filmes de Jean Claude Van Damme e aos lutadores que representaram o Muay Thai nas competições de MMA, além de eventos como o K-1. ( Créditos | Cortesia : tvtoday.de | Pinterest.com | Divulgação ).

Grande surto na Tailândia ligado a eventos de Muay Thai

Um evento de Muay Thai realizado no dia 6 de março na Tailândia pode ser uma das causas de um grande surto do novo coronavírus ( Sars-Cov-2 ), o vírus responsável pela doença Covid-19, naquele país. Atualmente, 72 dos 322 primeiros casos confirmados do novo coronavírus na Tailândia podem ser vinculados a um trio de shows de Muay Thai, um dos quais teve lugar no Lumpinee Stadium e contou com cerca de 5.000 fãs em 6 de março, segundo o Gulf News.

O evento foi realizado apesar de uma ordem três dias antes para que todos os eventos esportivos fossem adiados ou cancelados.

Entre as pessoas que compareceram ao estádio naquela noite e que contraíram o Covid-19 estão celebridades, políticos e oficiais militares de alto escalão, bem como árbitros, técnicos, lutadores e até mesmo o “announcer” das lutas. Em 23 de março, o número de infecções ligadas ao estádio havia ultrapassado a marca de 130 pessoas.

O Lumpinee Stadium pertence e é operado pelo exército tailandês, que anunciou recentemente que iniciaria uma investigação.

O Rajadamnern Stadium - outro templo sagrado do Muay Thai no país berço da ‘arte das oito armas’ - também continuou a sediar eventos após a ordem de cancelamento.

As medidas preventivas, adotadas em diversas partes do mundo, para combater a propagação do novo coronavírus tem levado muitos promotores à modificar seus planos traçados para os próximos eventos, adiando-os, com o objetivo de retomar suas atividades assim que for possível, após a desaceleração do surto.

Aqueles promotores que insistem em “remar contra a maré” e buscam soluções para ‘driblar’ as medidas de combate à propagação da doença, deveriam ser responsabilizados, se for comprovado que suas atividades contribuíram para o aumento da contaminação.

A boa notícia é que o mundo da promoção de eventos de artes marciais no país deverá ser reiniciado já no segundo semestre, semelhante à tendência mundial.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 01/04/2020
_
Foto : O exército tailandês lançará uma investigação sobre como o Lumpinee Stadium desencadeou uma série de casos do novo coronavírus. ( Cortesia | Créditos : Lumpinee Stadium | Divulgação ).

Resultados do ONE : “Warrior’s Code” que contou com lutas de MMA e Muay Thai na Indonésia

O mais recente show do ONE, batizado de ONE: “Warrior’s Code” foi realizado no dia 7 de fevereiro de 2020 ( sexta-feira, horário local ) no Istora Senayan, em Jacarta, na Indonésia. O torneio foi um grande sucesso.

Em luta válida pela divisão peso átomo feminino ( 52,2 kg no ONE ), a atleta japonesa de 20 anos de idade, Itsuki Hirata ( 6-0 ), manteve a sua invencibilidade no MMA. A judoca já havia vencido Angelie Sabanal com uma chave americana ainda no primeiro round em junho de 2019 e na sequência finalizou Rika Ishige com um arm-lock no segundo round da sua luta no torneio de outubro.

Sua adversária inicial, Bi Nguyen ( EUA ), retirou-se da luta devido à uma lesão e, em seu lugar, foi escalada Nyrene Crowley ( 3-3 ).

Crowley fez sua estreia como profissional de MMA em fevereiro de 2017 no Glory of Heroes. Na sequência, ela assinou com o ONE onde acumulou 2 vitórias e 2 derrotas. Se vencesse a luta, a atleta da Nova Zelândia seria escalada para o ‘card’ principal em uma próxima edição do ONE.

Crowley, que é experiente com habilidades em pé, e é ortodoxa, iniciou o duelo com a “trocação” e tentando manter a luta, pois sabia que a sua adversária tinha preferência pela luta “corpo à corpo”.

Mas após os dois primeiros rounds, Hirata foi capaz de usar o seu Judô para derrubar Crowley, controlando-a e procurando várias finalizações.

Já no terceiro round, Hirata optou por desistir das tentativas de finalização e com apenas dois minutos restantes obteve a vitória com um nocaute técnico.

Hirata melhorou o seu ‘recorde’ para 7-0-0 ( entre lutas profissionais e amadoras de MMA ) e conquistou a sua primeira vitória por nocaute técnico ao longo de uma carreira em que vinha obtendo 100% sucesso com as finalizações.

No ‘co-main event’ ( evento co-principal ) da programação, o candidato holandês ao título dos médios, Reinier de Ridder ( 12-0 ), conquistou a vitória sobre o brasileiro Leandro Ataides ( 11-4 ) e credenciou-se à disputa do cinturão da divisão, atualmente sob o poder de Aung La N Sang.

O brasileiro Ataides vinha de três vitórias consecutivas no ONE, sobre Mohammed Ali, Michael Pastanak e Vitaly Bigdash, respectivamente.
Já de Ridder - atleta originário do Judô - vinha de vitórias sobre Ron Juan e Gilbert Gaubaon.

Reinier de Ridder levou a luta com o brasileiro por 3 a 0 na decisão dos juízes após 3 rounds e aumentou o seu ‘recorde’ para 12 vitórias consecutivas.

Já o ‘main event’ ( evento principal ), contou com uma luta entre P. Sangprapai e Pongsiri PK, que competiram pelo título mundial inaugural do ONE Muay Thai na categoria peso pena.

Todo o ‘card’ de lutas do ONE: “Warrior’s Code” estará disponível para visualização ‘ao vivo’ e gratuito em alguns territórios usando o aplicativo recém-lançado pela franquia, onde você também poderá acompanhar os próximos eventos.

Todo o ‘card’ de lutas do ONE: “Warrior’s Code” estará disponível para visualização ‘ao vivo’ e gratuito em alguns territórios usando o aplicativo recém-lançado pela franquia, onde você também poderá acompanhar os próximos eventos.

Os resultados do ONE : “Warrior’s Code” incluem :

ONE : “Warrior’s Code”
7 de fevereiro de 2020
Istora Senayan
Jacarta, Indonésia

CARD PRINCIPAL  :

Muay Thai: P. Sangprapai venceu Pongsiri PK por decisão unânime - pelo título do peso pena
MMA : Reinier De Ridder venceu Leandro Ataides por decisão unânime
MMA : Iuri Lapicus venceu Marat Gafurov por finalização ( mata-leão ). Round 1, 1:07
MMA : Eko Roni Saputra venceu Khon Sichan por finalização ( mata-leão ). Round 1, 3:45
MMA : Koyomi Matsushima venceu Kim Jae Woong por nocaute técnico. Round 3, 0:24

CARD PRELIMINAR :

MMA : Itsuki Hirata venceu Nyrene Crowley por TKO. Round 3, 3:27
MMA : Sunoto Peringkat venceu Yang Fei por decisão unânime
MMA : Abro Fernandes venceu Eko Priandono por decisão unânime
Muay Thai : Taiki Naito venceu Savvas Michael por decisão unânime
Muay Thai : Josh Tonna venceu Andy Howson por nocaute. Round 2, 2:39
MMA : Fajar venceu Egi Rozten por TKO. Round 1, 2:39

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 08/02/2020
_
Foto acima : O torneio realizado em Jacarta, na Indonésia, foi um grande sucesso. ( Cortesia | Créditos : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).

Abaixo : A judoca japonesa Itsuki Hirata manteve a sua invencibilidade no MMA ao passar pela atleta da Nova Zelândia. ( Cortesia | Créditos : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).

DC 1670 5a3d6

Nota de esclarecimento pública

Website gratuito, não cobrança os nossos leitores ou visitantes, o único objetivo e a divulgação da informação e notícias reais, todos os créditos são de suas respectivas fontes e autores.

Em conformidade com as Leis:

Em conformidade com Artigo 46, I da Lei 9610/98 Brasil - Artigo 46, I da Lei 9610/98 e Lei nº 5.250 de 9 de fevereiro de 1967 - Lei 2083/53 | Lei nº 2.083 de 12 de novembro de 1953.

Para maiores informações e suporte jurídico consulte nosso advogado colaborador: Raphael Guilherme da Silva - OAB/SP Sob o Nº 316.914.

Caso discorde de algum artigo removeremos o mesmo de imediatamente e nós desculpamos de forma publica mediante uma retratação conforme a Lei se assim for solicitado.

Desde já muito obrigado.

Este portal de notícias e uma iniciativa de um Grupo de colaboradores voluntários sobre registro no Japão -目標新聞 (コネクション・ジャパン). - connectionjapan.com .

E é mantido pelos seus voluntários e colaboradores a fim de permitir que a colônia de Brasileiros possa ter acesso a essas informações de forma gratuita e a todos os demais visitantes que assim desejarem acessa nosso website.

Algumas observações na Lei n.º 9.610/98.

Uso de obra autoral para fins de estudo ou crítica;

Uso de obra autoral para exposição de um produto (por exemplo: uma loja de porta-retratos que expõe um porta-retrato contendo uma foto);

Uso de obra autoral para fim privado (se você compartihar com alguém, já não é mais uso privado!);

E outras previstas na Lei n.º 9.610/98.

« October 2021 »
Mon Tue Wed Thu Fri Sat Sun
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

FreeCurrencyRates.com

 

Contador de visitas

0.png4.png0.png3.png3.png0.png9.png
Hoje:212
Ontem:942
Últimos 7 dias:3345
Mês:19663
Total:403309

Conectados simultaneamente

12
Online

21-10-21

Visitantes online

Parceiros

Go to top