ptzh-CNenfritjakoruesvi

Mie: teste PCR gratuito para residentes na província

O governo da província de Mie oferecerá teste PCR gratuito às pessoas assintomáticas. Enviará o kit para a residência.

O governador da província de Mie, Katsuyuki Ichimi, informou que iniciará uma campanha para oferecer teste PCR gratuito, da saliva, para os assintomáticos, como uma das medidas preventivas à epidemia do novo coronavírus.

Todos os residentes da província que queiram fazer o teste podem se inscrever pela página web (toque aqui) para requisitar o kit, o qual será enviado para a residência.

O período para a solicitação é das 10h de 11 de outubro até 17h30 de 10 de dezembro. Nesse mesmo período, pode-se obter informações pelo telefone 059-213-3810.

O resultado do teste sairá após alguns dias e não será emitido certificado positivo ou negativo.

Cada pessoa assintomática pode solicitar o kit do teste, no máximo, 1 vez por mês.

O objetivo é identificar as pessoas infectadas no estágio inicial, por isso, foram adquiridos 120 mil kits. Caso falte, o governador considera adicionar mais a esse lote.

Fontes: Gov. Mie e Ise Shimbun

Quinta-feira: 1,7 mil testam positivo

Em 42 províncias e aeroportos foram confirmados 1.754 novos casos de infecção pelo coronavírus, na quinta-feira (1.º). A soma cumulativa subiu para 801.250 pessoas infectadas.

Okinawa, ainda sob estado de emergência, teve 63 testados positivo.

Nas 10 províncias sob as medidas prioritárias, foram 39 em Hokkaido, 26 em Fukuoka, 32 em Hyogo, 14 em Quioto, 108 em Osaka, 142 em Saitama, 139 em Chiba, 211 em Kanagawa, 673 em Tóquio e 49 em Aichi.

Foram 37 em Shizuoka, 12 em Fukui, 4 em Shiga e em Gifu, 5 em Mie, 27 em Tochigi e em Ibaraki, entre outras.

Nesse dia o país teve 24 óbitos, aumentando a soma para 14.807 perdas nesta epidemia.

São 517 enfermos graves dentre os 16.965 pacientes em tratamento.

Em contrapartida 769.478 pessoas se recuperaram da Covid-19.

Na terça-feira (29) foram realizados 38.167 testes PCR.

Na quarta-feira (30) mais de 700 mil foram vacinadas, sendo 399,6 mil receberam a segunda dose. Assim, o total de doses aplicadas até essa data aumentou para 44.910.572.

Fontes: NHK e News Digest

Gifu e Mie: o que muda após com o fim das medidas prioritárias

Embora a aplicação das medidas prioritárias em Gifu e Mie tenha chegado ao fim no domingo (20), a partir de segunda-feira (21), cada uma dessas províncias têm novas regras para frear a disseminação da infecção pelo novo coronavírus.

Não é porque os números diários tenham caído que se pode relaxar, pois as variantes são motivo de preocupação.

Em Gifu.

O governador Hajime Furuta informou que continuará a solicitar aos restaurantes e bares que reduzam o expediente em algumas cidades onde é necessário cautela. A abstenção de servir bebidas alcoólicas será suspensa em toda província.

Em 6 cidades os estabelecimentos que servem bebidas alcoólicas deverão encerrar o expediente às 21 horas, sendo que o último pedido da bebida deve ser feito até 20h.

Os mesmos horários valem para grandes complexos comerciais como shopping centers.

As cidades alvo são Gifu, Ogaki, Kani, Minokano, Kakamigahara e Mizuho, no período que começa na segunda-feira (21) até 4 de julho, portanto, de 2 semanas.

Nas demais cidades não há pedido de restrição para os estabelecimentos comerciais. Para toda a província o governador pede à população que continue tomando os cuidados diários básicos, como uso de máscara e desinfecção.

Em Mie.

A única cidade que o governador pede redução do expediente para bares, restaurantes e outros, é Yokkaichi, onde está com índice um pouco mais elevado de infecção.

No período de segunda-feira até 30 deste mês, o pedido é de adiantar o encerramento do expediente às 21h. 

Caso sejam confirmados clusters de infecção pode ser que esse pedido seja estendido a outras cidades.

Fontes: Tokai TV e CBC TV.

Variante indiana: primeiro caso em Mie e segundo em Aichi

Na região Tokai duas províncias tiveram confirmação da infecção pela cepa indiana.

Na quarta-feira (26) os governos das províncias de Aichi e Mie informaram sobre a infecção pela cepa indiana.

Em Aichi foi o segundo caso, enquanto em Mie foi o primeiro.

Trata-se de um homem, faixa dos 40 anos, que voltou da Índia na segunda quinzena de fevereiro.

No teste da Quarentena do aeroporto o resultado foi negativo para o coronavírus. Durante sua permanência em um hotel da província testou positivo e só depois soube-se que se tratava da variante indiana.

Fontes: Tokai TV e Nagoya TV

Gifu e Mie: mais confirmações de infecção pela variante do coronavírus

Depois das 8 confirmações em Aichi, no dia seguinte, soube-se de novos casos de infecção pelo vírus mutante em Gifu e Mie.

Semanalmente o governo divulga os dados da infecção pelo vírus mutante no país. Até 21 o número de pessoas infectadas por uma das variantes do coronavírus aumentou para 540 no país, incluindo os 87 passageiros nos aeroportos.

As províncias com maior número são Osaka, Hyogo e Saitama. No entanto, o vírus mutante está se expandindo, tanto que na segunda-feira (22) foram confirmados os primeiros 8 casos em Aichi.

Na terça-feira (23) o governo da província de Mie informou que 5 pessoas já testadas positivo, tiveram confirmação da infecção por uma das cepas do vírus mutante.

São duas pessoas na faixa dos 20, mais uma de cada na casa dos 30, 40 e 70 anos. Com esses novos casos, aumenta para 11 confirmações na província.

As amostragens foram enviadas para o NIID-Instituto Nacional de Doenças Infecciosas para verificar a cepa.

Na província de Gifu foram confirmados mais 2 novos casos no mesmo dia. Assim, o total de pessoas com confirmação da infecção por uma das variantes do coronavírus aumentou para 21.

Fontes: Ise Shinbum, NHK, ANN, Nagoya TV e Gifu Shimbun

Nota de esclarecimento pública

Website gratuito, não cobrança os nossos leitores ou visitantes, o único objetivo e a divulgação da informação e notícias reais, todos os créditos são de suas respectivas fontes e autores.

Em conformidade com as Leis:

Em conformidade com Artigo 46, I da Lei 9610/98 Brasil - Artigo 46, I da Lei 9610/98 e Lei nº 5.250 de 9 de fevereiro de 1967 - Lei 2083/53 | Lei nº 2.083 de 12 de novembro de 1953.

Para maiores informações e suporte jurídico consulte nosso advogado colaborador: Raphael Guilherme da Silva - OAB/SP Sob o Nº 316.914.

Caso discorde de algum artigo removeremos o mesmo de imediatamente e nós desculpamos de forma publica mediante uma retratação conforme a Lei se assim for solicitado.

Desde já muito obrigado.

Este portal de notícias e uma iniciativa de um Grupo de colaboradores voluntários sobre registro no Japão -目標新聞 (コネクション・ジャパン). - connectionjapan.com .

E é mantido pelos seus voluntários e colaboradores a fim de permitir que a colônia de Brasileiros possa ter acesso a essas informações de forma gratuita e a todos os demais visitantes que assim desejarem acessa nosso website.

Algumas observações na Lei n.º 9.610/98.

Uso de obra autoral para fins de estudo ou crítica;

Uso de obra autoral para exposição de um produto (por exemplo: uma loja de porta-retratos que expõe um porta-retrato contendo uma foto);

Uso de obra autoral para fim privado (se você compartihar com alguém, já não é mais uso privado!);

E outras previstas na Lei n.º 9.610/98.

« October 2021 »
Mon Tue Wed Thu Fri Sat Sun
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

FreeCurrencyRates.com

 

Contador de visitas

0.png3.png9.png7.png8.png2.png0.png
Hoje:1160
Ontem:1060
Últimos 7 dias:5996
Mês:14174
Total:397820

Conectados simultaneamente

19
Online

15-10-21

Visitantes online

Parceiros

Go to top