ptzh-CNenfritjakoruesvi

Balneário Camboriú ( SC ) sediará a 5ª edição do BRAVE CF no Brasil em março

O Brasil será um dos destinos do BRAVE Combat Federation em 2020. Um dos objetivos da vinda da promoção fundada pelo xeque Khalid bin Hamad Al Khalifa é renovar o seu compromisso com a cena do MMA em nosso país.

Esta será a quinta vez que a promoção de artes marciais mistas do Bahrein irá realizar um evento em solo brasileiro. Nas outras quatro oportunidades, a companhia desembarcou em Curitiba e Belo Horizonte - duas vezes em cada destino.

No dia 28 de março, a cidade de Balneário Camboriú, localizada no estado de Santa Catarina, receberá pela primeira vez um evento da organização de MMA que mais cresce no mundo.

A cidade resort é famosa por seu teleférico único e é apelidada de “capital do e-music no Brasil”. Entre os destinos turísticos da cidade estão Cristo Luz, Parque Unipraias, Parque Cyro Gevaerd, Capela de Santo Amaro e Parque Natural Municipal Raimundo Gonçalez Malta.

Com o evento em Balneário Camboriú, o Brasil se iguala ao Bahrein como o país que mais recebeu eventos da franquia.

O Brasil também pode se orgulhar de ter sido o primeiro país fora do Reino do Bahrein a receber eventos do BRAVE CF. Hoje, o BRAVE CF já visitou outras 16 localidades em 33 eventos.

A vinda ao Brasil deu o tom para o alcance mundial da promoção que voltou ao país mais três vezes, todas com lutas válidas por disputas de títulos incluídas em seus ‘cards’ em nosso país.

Em 19 de março de 2017, o “Brave 3 : Battle in Brazil” abriu o caminho para shows internacionais com um ‘card’ no Ginásio Max Rosenmann, em Curitiba (PR ).

Em 12 de agosto de 2017, o “Brave 8 : The Rise of Champions” organizou a primeira disputa de título mundial entre estrangeiros em solo brasileiro. Na ocasião, Carlston Harris, da Guiana, venceu o inglês Carl Booth e se tornou campeão do peso meio-médio. O evento teve lugar no Ginásio de Esportes Professor Almir Nelson de Almeida, em Curitiba.

De 2016 à 2019, 77 atletas já representaram o Brasil no BRAVE CF, dando ao país o maior contingente de lutadores na lista da promoção. Dos 33 eventos realizados até agora, apenas quatro dos shows anteriores da promoção não apresentaram pelo menos um lutador brasileiro. O dia 19 de janeiro - portanto hoje - marcará a estreia da promoção na Eslovênia com o BRAVE CF 34.

Atualmente, dois dos atuais campeões do BRAVE CF também são brasileiros : Cleiton “Predator” Silva , 33 anos, e Daniel “Gaucho” Souza , 28 anos. Ambos os lutadores de Belo Horizonte ( MG ) são campeões nas divisões dos pesos  leve e médio, respectivamente.

O ‘card’ do quinto evento do BRAVE CF no Brasil será divulgado em breve.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 19/01/2020
_
Foto : No dia 28 de março Balneário Camboriú receberá uma edição do BRAVE CF pela primeira vez na história. ( Créditos | Cortesia : BRAVE CF | Divulgação ).

Confira os resultados da 21ª edição do Circuito Nordestino de K-1 & Boxe em Mauriti-CE

Foi realizada no dia 16 de Novembro de 2019, a 21ª edição do Circuito Nordestino, a mais tradicional competição de “lutas em pé” do Nordeste, que desta vez aconteceu no formato de um evento misto com as modalidades de K-1 ( Kickboxing ) e Boxe.
As lutas tiveram lugar na quadra do Proares, na cidade de Mauriti, no interior do estado do Ceará.

Localizada ao redor dos municípios limítrofes dos estados do Ceará, Paraíba e Pernambuco, a cidade já havia recebido uma etapa anterior da competição em Julho de 2017.
Participaram da competição lutadores dos estados do Ceará, Paraíba e Pernambuco.

Aconteceram alguns grandes combates na modalidade K-1 ( Kickboxing ) entre os lutadores dos estados que se fizeram representados.

Entre estes, destacamos as lutas de Jeibson ( PB ) que venceu Rodolfo ( CE ) por nocaute e Vandeilson ( CE ) que venceu Wallison ( PE ), por pontos.

No ‘co-main event’ ( luta co-principal da noite ), tivemos um duelo feminino eletrizante entre as atletas Samia Lyno ( CE ) x Alana ( PE ), válido pelo título nordestino de K-1 pelo CIAM - Conselho Internacional de Artes Marciais.

O combate ocorreu de forma intensa durante os três rounds entre as atletas Samya e Alana, sendo que a arbitragem não chegou à uma conclusão e daria um empate, mas foi solicitado um round extra para desempatar a luta. Após a disputa do round extra, a vitória foi para atleta do Ceará,  Samia Lyno.

Já o ‘main event’ ( luta principal ), foi uma disputa de Boxe profissional válida pelo título nordestino de Boxe do peso-leve da IBFed - Intercontinental Boxing Federation,  entre os atletas Ravi de Moraes ( CE ) e Matheus Yuri ( PE ).

O combate entre os estreantes na carreira profissional de Boxe tinha uma previsão de 10 rounds,  porém, no final do 3º round, o atleta Ravi lesionou-se no braço direito e a luta foi encerrada, uma vez que o lutador do Ceará não poderia seguir em frente e o árbitro central  deu a vitória técnica “RTD” para Matheus Yuri, que defenderá seu título em 2020.

A luta foi registrada no site da IBFed - Intercontinental Boxing Federation, e em duas outras fontes de registros, vistas até nos EUA, com destaque para o fightstat.com.

O confronto deu início à uma nova fase no Boxe profissional brasileiro que aos poucos sairá apenas da visão olímpica que impera atualmente, e passará, no futuro, à trabalhar com excelentes cifras na disputa de títulos nacionais e internacionais.

As perspectivas também são boas para o Circuito Nordestino de K-1 daqui para a frente, uma vez uma vez que essa edição marcou o início de uma parceria com a Prefeitura do Município de Mauriti.

Para o próximo ano, serão promovidas novas etapas do “maior evento de ‘trocação’ do Nordeste” abrangendo cidades próximas da região do Cariri ( Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha ). Também já foi confirmado o retorno do evento à cidade de Recife, capital do estado de Pernambuco.

Todas as lutas do ‘card’ desta 21ª edição do Circuito Nordestino de K-1 foram transmitidas ‘ao vivo’ pela TV Cariri, através do Canal 178 para os clientes da Brisanet.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 26/12/2019
_
Foto : O pernambucano Matheus Yuri foi um dos destaques da 21ª edição do Circuito Nordestino de K-1 & Boxe em Mauriti-CE. ( Créditos | Cortesia : Assessoria de imprensa do evento | Eliane Barreto ).

Wang Sai defenderá título dos médios diante do brasileiro Adriano “The Rock” Balby no REBEL FC

O REBEL Fighting Championship ( ou simplesmente “REBEL FC” ), é uma das principais empresas de entretenimento e de artes marciais mistas ( MMA, na sigla em inglês ) do sudeste da Ásia.
A 9ª edição do show, batizada de REBEL FC : “Return of the Champion”, foi realizada no último sábado ( dia 7 de setembro ) e teve lugar no Hongkou Indoor Stadium, em Shangai, na China, uma vez que o objetivo da promoção é liderar a maior parte do mercado de MMA daquele país.

A China é um país estratégico para a franquia, uma vez que - segundo estimativas - existem 300 milhões de fãs de artes marciais, e entre estes, 30 milhões são fãs de MMA.
Inclusive, os dados que foram disponibilizados mais mais recentemente mostram que o número de fãs que acompanham o REBEL FC pela TV aumentou de quatro à sete vezes quando comparados com o número de espectadores de outras organizações líderes mundiais de MMA entre 2017 e 2018.

Quanto ao evento do último sábado, este foi encabeçado por uma luta de classe mundial e duas lutas válidas por disputas de títulos com lutadores da China e outros vindos de todo o mundo, incluindo Rússia, Japão, Filipinas, Brasil, Ucrânia, Azerbaijão e Estados Unidos.

O ‘main event’ ( evento principal ) do ‘card’ foi uma luta pelo título de campeão do peso médio ( 84 kg ) entre  Wang Sai ( China ) e Phil Baroni ( EUA ).
Wang Sai ( 25-6-1 ) competiu em sua primeira luta profissional de MMA em 2009 e já foi campeão intercontinental do M-1 Global e campeão mundial dos médios do Kunlun Fight, entre outras realizações.
Já o seu adversário, o norte-americano Phil Baroni, ( conhecido pela alcunha de ‘The New York Bad Ass’ ) iniciou sua carreira no MMA em 2000 e lutou em várias promoções ilustres de MMA, como UFC, PRIDE, DREAM, Strikeforce e Bellator, acumulando um registro de 16-19-0.

Nessa sua segunda aparição no REBEL FC, Wang Sai foi atingindo por um forte golpe de Phil Baroni, mas se recuperou rapidamente e revidou com vários golpes de joelho e cotovelo. Wang acabou conquistando o título dos médios depois de finalizar Baroni com um mata-leão ainda no round inicial.

Agora Wang Sai irá lutar com o brasileiro Adriano “The Rock” Balby, que deveria ter sido o seu adversário nesse evento.
Adriano Balby já desafiou o chinês através do seu gerente Brandon Perry e a luta foi confirmada pelos promotores do REBEL FC.
O brasileiro já é o campeão dos meio-médios do REBEL FC ( categoria até 77 kg ) mas está decidido à disputar o cinturão dos médios ( 84 kg ) e ser duplamente coroado.
Balby - que iniciou nas competições de MMA há 20 anos atrás - já lutou em 5 ( cinco ) categorias de pesos diferentes : 120, 110, 93, 84 e 77 Kgs e agora parte novamente para o octógono na China em busca de mais essa conquista para a sua carreira.

Voltando à grande noite do REBEL FC em Shangai, tivemos o ‘co-evento principal’, com a disputa  pelo título do peso galo ( 61 kg ) onde o prospecto do MMA chinês Wang Shuo melhorou seu recorde na modalidade para 10-3. A luta de Wang Shuo durou os cinco rounds previstos, com ele e o japonês Shuhei Sakano ( 12-4-4 ) trocando socos e chutes até o chinês ser coroado como campeão do peso-galo do REBEL, título que só veio após a decisão unânime dos juízes.

No confronto entre nações do continente europeu, o finlandês Glenn Sparv dominou o ucraniano Konstantin Linnik, com chutes potentes desde o início do confronto até levar a luta para o chão onde ele acertou muitos socos até a interrupção do duelo com 1 minuto e 34 segundos de luta. Essa foi a terceira vitória consecutiva para o finlandês.

Em outra luta internacional, Asikerbai Jinensebieke despachou rapidamente Gazavat Suleymanov, da Rússia, no primeiro minuto, com um arm-lock.

Os resultados do REBEL FC  9 : “Return of the Champion”  incluem :

REBEL FC 9 : “Return of the Champion”
07 de setembro de 2019
Hongkou Indoor Stadium
Shangai, China

Wang Sai venceu Phil Baroni
por finalização ( mata-leão ) aos 4:10 s do primeiro round

Wang Shuo venceu Shuhei Sakano
por decisão unânime

Glenn Sparv venceu  Konstantin Linnik
por TKO aos 1:30 s do primeiro round

Ali Magomedkhanov venceu  Yibugele
por decisão unânime

Anvar Amirli venceu Reydon Romero
por TKO aos 4:46 seg do primeiro round

Asikerbai Jinensebieke venceu Gazavat Suleymanov
por finalização (arm-lock) a 1 minuto do primeiro round

Abdulmutalip Gayirbekov venceu Michel Lima
por decisão dividida

Daniel Jones Gazavat Suleymanov  Yu Lei
por decisão unânime

Anvar Alizhanov venceu Jaypee Espinosa
por TKO aos 48 segundos do primeiro round

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 11/09/2019
_
Foto : Wang Sai derrotou Phil Baroni para conquistar o cinturão dos médios do REBEL FC em Xangai. Seu próximo adversário será o brasileiro Adriano “The Rock” Balby. ( Cortesia : Acervo pessoal Adriano Balby | REBEL FC ).

Jungle Fight e DAZN anunciam parceria que pode reaquecer o mercado de MMA no Brasil

Desde o acordo da Reebok com o UFC, o MMA no Brasil tem estado em queda, mas esse cenário poderá começar à mudar em breve.
Promovido por Wallid Ismail, o Jungle Fight - também considerado por muitos o maior evento de MMA da América Latina - acaba de ter os seus direitos de transmissão vendidos para o DAZN, a maior plataforma de ‘streaming’ do mundo.

A parceria poderá alavancar a promoção de eventos de MMA em solo brasileiro e apesar de ainda não ter promovido um único show este ano, Ismail já planeja elevar o número de eventos do Jungle Fight para três ou quatro por mês em um futuro próximo.

A promoção - cujo último evento aconteceu na academia do peso-pesado do UFC, Paulo “borrachinha” Costa, em dezembro de 2018, em Contagem, Minas Gerais - deverá retornar à atividade já no próximo mês de setembro e, apesar de ainda ter anunciado a data exata para o Jungle Fight 95, manterá o plano de ter São Paulo ou Rio de Janeiro como sede.

O Jungle Fight se torna assim o primeiro evento brasileiro da modalidade a ser regular com a nova plataforma, que oferece o primeiro serviço de ‘streaming’ de esportes como Boxe, Kickboxing e MMA ‘ao vivo’ e sob demanda do mundo.

O acordo, que já foi assinado, terá uma duração de 33 meses e o DAZN terá o direito global das transmissões mensais do Jungle Fight durante esse período de contrato entre as organizações, como foi anunciado em um comunicado de imprensa.

Wallid Ismail, fundador do Jungle Fight, celebrou o acordo entre as partes:
-“Estamos trabalhando com o maior serviço de ‘streaming’ do mundo agora. O esporte finalmente voltará a ser forte no Brasil e mostraremos isso para o mundo inteiro. Você normalmente só vê a ponta do iceberg no Brasil e agora vamos mostrar o iceberg inteiro.”- afirmou Wallid.

A promoção brasileira já realizou mais de 1.000 lutas ao longo de seus 16 anos de história, com nomes como José Aldo, Fabricio Werdum, Ronaldo Souza, Lyoto Machida, Stephan Bonnar, Paulo Costa, Elizeu Zaleski, John Lineker, Renato Moicano, Bethe Correia, Gabriel Gonzaga, Amanda Ribas, Irene Aldana e Erick Silva.

Já o DAZN estreou suas transmissões em 2016 e chegou oficialmente ao Brasil em maio deste ano. Desde sua criação, transmite eventos de Futebol, Atletismo, Automobilismo, Basquete, Tênis, além dos já citados Boxe, Kickboxing e MMA, entre outros esportes.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 17/08/2019
_
Foto : Jungle Fight retornará com força ao cenário do MMA após novo acordo com o DAZN. ( Cortesia | Créditos : Divulgação Jungle Fight | DAZN ).

Circuito Nordestino de K-1 pela 1ª vez no Vale do Jaguaribe

Desde o início das suas atividades no dia 20 de junho de 2014 até os dias atuais, o Circuito nordestino de K-1 tornou-se a competição de Kickboxing e Muay Thai que mais cresce na região Nordeste do Brasil.

A promoção originária do estado de Pernambuco já realizou suas edições na capital Recife e também em cidades do interior como Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes e Cabo, mas também em cidades de outros estados como Maceió-AL, João Pessoa-PB e Mauriti-CE.

Agora, o grupo organizador do “maior evento de ‘trocação’ ( lutas em pé ) do Nordeste” trará a competição pela 1ª vez à cidade de Limoeiro do Norte, localizada na região do Vale do Jaguaribe, no interior do estado do Ceará.
A data definitiva ainda não foi anunciada, mas os organizadores estão programando a competição para o mês de Novembro.

O ‘card’ do evento atrairá lutadores vindos de Fortaleza e do interior do Ceará, além de outros estados do Nordeste, em uma programação que contará com várias lutas casadas sob as regras do Kickboxing e do Muay Thai, algumas destas válidas pela disputa de títulos.

Destaque para a disputa de cinturão no Muay Thai entre Rodrigo Ganecha ( Max Fight ) e Josué “Cipozim” ( Adalberto Top Team ).
Ganecha vem de vitória por nocaute em luta profissional no Maranhão Super Fight ( evento realizado em São Luíz-MA ), enquanto Josué é atleta da seleção cearense de Muay Thai e já disputou o campeonato brasileiro da modalidade.
Ambos os lutadores são de Fortaleza e a luta será realizada na categoria de 50 à 55 kg.

Em outra disputa de cinturão, desta feita na categoria de peso 65 à 66,500 kg ( que está em aberto ) e também nas regras do Muay Thai, Henrique Silva ( Adalberto Top Team ) de  Fortaleza, encara William ‘Tigre’ ( equipe ACT Combate ), de Quixeramobim.

Ao longo da programação teremos outras lutas casadas sob as regras do Kickboxing.

Haverá ainda uma luta de MMA válida pelo evento World Kombat Challenge, cujo campeão terá a chance de lutar em outros estados brasileiros e países da América do Sul, uma vez que o Grupo WKC MMA é um dos maiores da América latina e tem expressividade internacional.

Com grandes expectativas para a co-promoção Circuito Nordestino de K-1 & World Kombat Challenge na cidade, os organizadores afirmam que outras edições já estão sendo planejadas. A ideia é levar o evento a outros municípios e estados vizinhos.

Para maiores informações sobre as próximas etapas, falar com o presidente da competição, Grão Mestre Eduardo Moraes, pelo número : ( 88 ) 9 9468 4246.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 12/08/2019
_
Foto : O evento, que será uma co-promoção do Circuito Nordestino de K-1 ( CN K-1 ) & World Kombat Challenge ( WKC MMA ), contará com lutas válidas pela disputa de cinturões. ( Cortesia | Créditos : Circuito Nordestino de K-1  ).

Resultados do Circuito Nordestino de K-1 & Copa Pernambuco de Kickboxing

Aconteceu no Domingo ( 21 de Julho ), em Recife-PE, a 21ª edição do Circuito Nordestino de K-1 em uma ‘co-promoção’ com a Copa Pernambuco de Kickboxing.

A competição foi organizada pelo professor Mário Souza, um dos representantes do C.I.A.M. na capital do pernambucana e as lutas tiveram lugar no CT Strikers Kickboxing ( Rua João Cardoso Pires, 1005c – Setubal ).

A luta principal do evento foi entre Edgar “Boca” e Jackson “Sucuri” valendo o título de campeão do estado de Pernambuco, na categoria 61 kg.

O campeão foi Edgar “Boca”, que obteve o nocaute no 2º round com um chute giratório ‘back kick’ no tronco do atleta “Sucuri”.

Após a luta, o desafiante “Sucuri” assinou contrato para lutar em futuras edições do Circuito Nordestino de K-1.

Ele desafiará os novos campeões do evento em diferentes categorias de peso.

Em alguns dias o resultado oficial de todas as lutas será divulgado no site oficial do C.I.A.M. - Conselho Internacional de Artes Marciais.

Agora o Circuito Nordestino de K-1 fará o seu retorno ao estado do Ceará.

Maiores informações sobre as próximas etapas com o Grão Mestre Eduardo Moraes pelo número : ( 88 ) 9 9468 4246.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 22/07/2019

_

Foto acima : A competição foi realizada em Recife-PE, no Domingo ( 21 de Julho ), pelo professor Mário Souza. ( Cortesia | Créditos : Divulgação ).

Abaixo : As lutas do Circuito Nordestino de K-1 & Copa Pernambuco de Kickboxing contaram com um excelente nível técnico. ( Cortesia | Créditos : Divulgação ).

67268220 505891453518480 1495080533804187648 n abe81

Circuito Nordestino de K-1 anuncia apoiadores e início de uma nova fase

Ao contrário do que foi divulgado anteriormente, a próxima edição do Circuito Nordestino de K-1 não será realizada em uma cidade da região do Vale do Jaguaribe, mas sim em Mauriti, também no interior cearense.

Localizada ao redor de municípios limítrofes dos estados do Ceará, Paraíba e Pernambuco, a cidade já havia recebido uma etapa anterior da competição em Julho de 2017.
Agora, graças à uma parceria com a Prefeitura do Município, através do secretário Municipal de Esportes, José Artalio Barroso Leite, a cidade voltará à sediar uma etapa do “maior evento de ‘trocação’ do Nordeste” no dia 16 de novembro de 2019.
O evento terá lugar na quadra do Proares.

Outra novidade que gostaríamos de destacar é a parceria com a TV Cariri, que transmitirá as lutas ‘ao vivo’ através do Canal 178 para os clientes da Brisanet.

Quantos às lutas propriamente ditas, o ‘main event’ ou “evento principal” será um duelo entre Ravi de Moraes ( Mauriti-CE ) e Matheus Yuri ( Recife-PE ), que se enfrentarão nas regras do Boxe.
A luta já está registrada no site da I.B.Fed. ( Intercontinental Boxing Federation ) - que sancionará esse confronto - e em duas outras fontes de registros, vistas até nos EUA, com destaque para o fightstat.com.

As outras lutas que irão compor o ‘card’ da 22ª edição do Circuito Nordestino de K-1 serão realizadas sob as regras do Kickboxing e do Muay Thai, com direito à disputas de cinturões em distintas categorias de peso, sob a chancela do W.P.K.B. ( World Professional Kickboxing ) e do C.I.A.M. ( Conselho Internacional de Artes Marciais ).

O Presidente do Circuito Nordestino de K-1, Grão Mestre Eduardo Moraes, está bastante empolgado com as novas parceiras e já está agendando novas competições para os meses de Abril e Setembro do próximo ano, abrangendo cidades próximas da região do Cariri ( Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha ).

Também para o próximo ano, a co-promoção com o World Kombat Challenge ( WKC MMA ) terá continuidade, uma vez que os organizadores planejam incluir pelo menos uma luta de Artes Marciais Mistas ( MMA, na sigla em inglês ) à cada edição do evento.

Desde o início das suas atividades no dia 20 de junho de 2014, o Circuito Nordestino de K-1 já sediou edições em Recife e em outras cidades do interior do estado de Pernambuco como Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes e Cabo, além de outras localidades como Maceió-AL e João Pessoa-PB.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 07/10/2019
_
Foto : Entre as novidades, destacamos a parceria com a TV Cariri, que transmitirá as lutas ‘ao vivo’ através do Canal 178 para os clientes da Brisanet. ( Cortesia | Créditos : TV Cariri | Circuito Nordestino de K-1 ).

Lutador paulista Sandro Vieira anuncia suas próximas batalhas

Atleta consagrado internacionalmente, Sandro Vieira da Silva ( 36 anos ) já conquistou excelentes títulos em grandes eventos que lhe rendaram belas premiações como lutador e treinador.
O lutador de São José dos Campos-SP ostenta um registro no Sherdog composto por 15 vitórias e 12 derrotas em lutas de MMA disputadas em eventos do porte do Hombres de Honor, JVT Championship, ImpactForce MMA League e Nação Cyborg, só para citar alguns.

Sandro já foi considerado um dos “strikers” mais perigosos do Brasil pela mídia especializada da Europa e da Ásia, uma vez que teve uma excelente passagem como competidor por estes continentes em 2016.
Não era para menos. Sandro está à 13 anos sem perder em lutas em pé e mantêm um cartel invejado nas modalidades de “trocação”.
Somando lutas de Kickboxing e Muay Thai, Sandro tem 98 lutas com apenas 9 derrotas em eventos tais como Desafio Brasil x França, Mundial da UIAMA, Campeonato Pan-americano de Thai Kick, Campeonato Sul-americano, Copa São Paulo, Combat Fight Muay Thai e Gigantes do Thai, entre outros.

Vieira também tem contrato assinado com sheiks árabes para lutas de MMA e K-1 em eventos que serão realizados em lugares como Abu Dhabi, Dubai, Egito, Marrocos, Líbano, e China.

Enquanto aguarda a confirmação das datas das lutas, ele está liberado para dar continuidade à sua carreira como lutador de boxe, que por sinal vem sendo bem trabalhada.
Como ‘boxer’, Sandro conta com um cartel de 11 lutas e segue invicto no boxe profissional ( todas as lutas estão registradas no Fightstat - site especializado em catalogar lutas da “nobre arte” ), e atualmente está mantendo seu foco nas atividades como pugilista.

Assim sendo, Vieira já está se preparando para disputar o cinturão brasileiro de boxe profissional pela I.B.Fed. ( Intercontinental Boxing Federation ), na categoria peso pesado, no próximo mês de agosto.

Como lutador profissional, Sandro Vieira luta sob pagamento de bolsa em dinheiro e viaja com cobertura de despesas de transporte e estadia.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 08/06/2019
_
Foto : Sandro Viera durante a pesagem do Nação Cyborg, evento de MMA promovida pela consagrada atleta do UFC, Cris Cyborg. ( Cortesia | créditos : 1° Round ).

Rio de Janeiro e São Paulo na disputa para sediar a edição de estreia do ONE Championship no Brasil

O ONE Championship continua crescendo cada vez mais. Após se consolidar como a maior promoção de MMA da Ásia na atualidade, a franquia está se dirigindo para o outro lado do mundo, mais especificamente para o Brasil.

Durante essa semana, o ex-campeão do UFC Vítor Belfort esteve em reuniões com o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, e também com o prefeito de São Paulo, Bruno Covas.
Na sequência, foi anunciado que o ONE Championship realizaria um evento em uma das principais cidades brasileiras.

Segundo as palavras do próprio Governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, a capital carioca poderá sediar a primeira edição do ONE em nosso país :

-“Iniciei uma parceria com o lutador Vitor ‘The Phenom’ Belfort a fim de trazer para o Rio de Janeiro o One Championship, uma organização de artes marciais mistas, conhecida por ser a atual melhor promoção de MMA na Ásia.”-postou Witzel, em anúncio feito nas redes sociais do governo.

Hoje, o “fenômeno” revelou que também esteve em uma reunião de negócios com o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, e que o ONE Championship estará chegando a uma grande cidade da América do Sul.

No início deste ano, Belfort assinou um contrato para lutar no ONE Championship, mas ainda deverá aguardar um pouco mais para fazer a sua estréia na promoção, uma vez que a edição inaugural da franquia em nosso país deverá ser mesmo no início de 2020, quando espera-se que o carioca faça a sua estréia no ‘card’ do Brasil.

O lutador disse anteriormente que ele deseja fazer o seu ‘debut’ na promoção contra a lenda do boxe, Roy Jones Jr. sob as regras da “nobre arte”.

Ainda com vistas à sua expansão internacional, espera-se também que o ONE Championship tenha o seu primeiro show nos Estados Unidos no próximo ano, quando Nova York deverá sediar a edição de estréia da promoção na terra do Tio Sam.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 19/07/2019
_
Foto : Rio de Janeiro e São Paulo estão no páreo para sediar a edição de estreia do ONE Championship no Brasil. No flagrante, o lutador Vitor Belfort após reunião com o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel. ( Cortesia | Créditos : ONE Championship | Governo do Rio de Janeiro).

Atleta de MMA do Mato Grosso do Sul conquista título inédito no Japão

A lutadora de MMA Sidy Rocha, natural de Rio Verde de Mato Grosso, e atualmente residindo em Bonito ( cidade que fica a 300 km da capital Campo Grande ), fez bonito e colocou o estado do Mato Grosso do Sul na “rota do MMA mundial” ao conquistar um título inédito para o Brasil.
A atleta de 41 anos conquistou o cinturão da categoria peso mosca feminino ( até 57 kg ) no Pancrase 304, após vencer a japonesa Takayo Hashi, em uma luta duríssima.
O evento foi realizado no domingo ( 14.4.2019 ) e teve lugar no Studio Coast, em Tóquio, no Japão.

Até esse confronto, Sidy mantinha um cartel de 17 lutas ( 10 vitórias, 05 derrotas, 02 empates ).
A atleta é detentora de dois cinturões de MMA, conquistados nos eventos Bonito ECO Fight e Corumbá Fight Combat.

Já Takayo Hashi, também de 41 anos, ostentava um currículo composto por quinze vitórias, seis derrota e um empate na carreira.
A japonesa já enfrentou nomes como Cat Zingano, Roxanne Modafferi, Tara LaRosa e Sarah Kaufman.

O Pancrase é o “evento Japonês de maior tradição na Ásia”.

Em dezembro de 2018, Sidy Rocha e a colega de academia, a atleta Edna Trakinas, participaram do  Pancrase 302, quando Sidy venceu a atleta japonesa Mariya Suzuki por nocaute.
Foi a primeira participação da praticante de Jiu-jitsu no evento e mesmo com o desafio de atingir o peso para a pesagem oficial, ela conseguiu sair vitoriosa.

Sidy Rocha é esposa do também atleta Cláudio Rocha. Eles são os fundadores da equipe Rocha Top Team e ambos mantêm uma academia de MMA em Bonito.
Cláudio já conquistou diversos títulos e em janeiro representou Bonito e o Mato Grosso do Sul na Holanda, onde disputou a luta principal do Z.H.S da Polônia, evento tradicional da modalidade naquele país, enfrentando o atleta da casa, Adrian Zanky, na categoria 84 kg.

Voltando à falar do Pancrase 304, outra atleta brasileira que também lutou foi Mayra Cantuária, que finalizou a experiente japonesa Emiko Raika ainda no primeiro round da luta inserida no ‘card’ principal.
A luta marcou duplamente para Mayra, por ser a sua primeira luta internacional e também a sua estreia na promoção japonesa.

Ainda tivemos mais um lutador brasileiro competindo nesse Pancrase 304.
Tom Santos, representante da equipe Brazilian Thai, capitaneada pelo consagrado lutador Danilo Zanolini.
Infelizmente, dessa vez o baiano de Jequié ( radicado em Araçatuba, no estado de São Paulo ), não conseguiu a vitória, ao contrário das suas duas últimas participações no Pancrase ( nas edições 294 e 296 ), quando venceu os japoneses Yusaku Inoue ( por TKO ) e Kenichiro Togashi ( por KO ), respectivamente.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 15/04/2019
_

Foto : A atleta Sidy Rocha após uma de suas vitórias no Pancrase, em Tóquio, no Japão. ( Cortesia : divulgação ).

Nota de esclarecimento pública

Website gratuito, não cobrança os nossos leitores ou visitantes, o único objetivo e a divulgação da informação e notícias reais, todos os créditos são de suas respectivas fontes e autores.

Em conformidade com as Leis:

Em conformidade com Artigo 46, I da Lei 9610/98 Brasil - Artigo 46, I da Lei 9610/98 e Lei nº 5.250 de 9 de fevereiro de 1967 - Lei 2083/53 | Lei nº 2.083 de 12 de novembro de 1953.

Para maiores informações e suporte jurídico consulte nosso advogado colaborador: Raphael Guilherme da Silva - OAB/SP Sob o Nº 316.914.

Caso discorde de algum artigo removeremos o mesmo de imediatamente e nós desculpamos de forma publica mediante uma retratação conforme a Lei se assim for solicitado.

Desde já muito obrigado.

Este portal de notícias e uma iniciativa de um Grupo de colaboradores voluntários sobre registro no Japão -目標新聞 (コネクション・ジャパン). - connectionjapan.com .

E é mantido pelos seus voluntários e colaboradores a fim de permitir que a colônia de Brasileiros possa ter acesso a essas informações de forma gratuita e a todos os demais visitantes que assim desejarem acessa nosso website.

Algumas observações na Lei n.º 9.610/98.

Uso de obra autoral para fins de estudo ou crítica;

Uso de obra autoral para exposição de um produto (por exemplo: uma loja de porta-retratos que expõe um porta-retrato contendo uma foto);

Uso de obra autoral para fim privado (se você compartihar com alguém, já não é mais uso privado!);

E outras previstas na Lei n.º 9.610/98.

« October 2021 »
Mon Tue Wed Thu Fri Sat Sun
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

FreeCurrencyRates.com

 

Contador de visitas

0.png4.png0.png3.png8.png9.png6.png
Hoje:799
Ontem:942
Últimos 7 dias:3932
Mês:20250
Total:403896

Conectados simultaneamente

25
Online

21-10-21

Visitantes online

Parceiros

Go to top