ptzh-CNenfritjakoruesvi

Jorge Masvidal anuncia a 2ª edição do Gamebred Fighting Championship

 

O lutador da categoria de peso meio-médio do UFC, Jorge “Gamebred” Masvidal, anunciou a 2ª edição do ‘Gamebred Fighting Championship’, uma liga que promove lutas sob as ‘regras profissionais unificadas de MMA’, mas ‘sem luvas’. Esse tipo de combate se chama “bare knuckle”, e a escolha por ele não foi por acaso.
Antes de alcançar a fama no MMA, Masvidal ficou conhecido por competir em “lutas de rua” promovidas pelo lendário ‘Kimbo Slice’. Na época, os vídeos deste tipo de lutas faziam muito sucesso no YouTube.
Por isso, Masvidal quer dar à outros lutadores a chance de fazer o mesmo e está procurando o próximo grande “lutador de rua” para chegar até as grandes promoções profissionais, seguindo os seus passos e os de ‘Kimbo’.

Os lutadores que assinam com o ‘Gamebred Fighting Championship’ tem uma cláusula em seus contratos que permite que eles assinem com o UFC, caso recebam uma oferta.
Mas a liga de “Gamebred” também promove eventos de MMA “com luvas” em estados onde as lutas ‘sem luvas’ não são permitidas.

O programa de Masvidal junta-se à um campo crescente de promoções, incluindo o “Bare Knuckle Fighting Championship”, que organizou vários eventos de boxe ‘sem luvas’ em alguns estados norte-americanos e à algumas outras ligas em países do continente europeu.

Por falar no “BKFC”, o ‘Gamebred Fighting Championship’ também assinou um contrato de transmissão de um ano com a “Bare Knuckle TV”, que irá transmitir exclusivamente o conteúdo de promoções de lutas ‘sem luvas’.

Agora, de acordo com publicação feita nas redes sociais do lutador, o ‘Gamebred Fighting Championship 2’ terá lugar em Biloxi, Mississippi, USA, ( mesmo local do evento inaugural do GFC ) no próximo dia 11 de setembro de 2021.

O ‘main event’ ( ou “evento principal” ) do ‘card’ trará o brasileiro Antonio ‘Bigfoot’ Silva ( 19-13-0 ) em uma luta contra Alex Nicholson ( 14-9-0 ) - como Masvidal também anunciou durante uma aparição no “The MMA Hour”.
Além de sua seqüência de derrotas no MMA, Silva também foi batido pelo compatriota Gabriel Gonzaga em luta de boxe ‘sem luvas’ no “BKFC”. Nicholson, por sua vez, acumula lutas em promoções do porte do CamSoda Legends, LFA, PFL e no próprio Ultimate Fighting Championship.

Já no ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) teremos um duelo entre o lutador favorito dos fãs e veterano do Pride FC, Charles Bennett ( 30-41-2 ), diante de Robert Emerson ( 20-15-0 ), que vem de derrotas no ACA e WFCA 54.

Entre as mulheres, a veterana do UFC e do BKFC, Maia Kahaunaele ( 6-5-0 ) - da equipe Cobra Kai, de Victorville, Califórnia - medirá forças com Isis Verbeek ( 3-1-0 ), vinda da Holanda e que acumula participações no Invicta FC, Kunlun Fight, Glory e Shoot Boxing.

A outra luta do ‘card’ trará o grandalhão Rashaun Jackson ( 5-4-0 ) diante do experiente lutador de MMA Johnathan Ivey ( 41-57-0 ).

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 19/08/2021
_
Legenda : O lutador favorito dos fãs e veterano do Pride FC, Charles Bennett, lutará com Robert Emerson.
Foto acima : ( Cortesia | Créditos : ( C ) Gamebred Fighting Championship | Divulgação ).

Legenda : O promotor do GFC, Jorge Masvidal, é atleta da categoria de peso meio-médio do UFC.
Foto abaixo : ( Cortesia | Créditos : ( C ) Gamebred Fighting Championship | Divulgação ).

maxresdefault 1 de254

 

Thiago “Pitbull” Alves se torna o 1° brasileiro campeão mundial de boxe ‘sem luvas’

O brasileiro Thiago “Pitbull” Alves fez história na noite de 26 de junho de 2021 ao se consagrar duplamente. Além de se tornar o primeiro campeão dos médios do Bare Knuckle Fighting Championship, ele também pode se orgulhar do fato de ser o primeiro brasileiro à conquistar um cinturão de campeão mundial na modalidade conhecida como boxe ‘sem luvas’.

Nascido em Fortaleza-CE, ele fez a sua estréia no MMA quando as competições desse esporte ainda eram realizadas no antigo formato de “Vale Tudo”. Com apenas 15 anos de idade, Thiago já lutava com atletas de 25 à 30 anos e era temido também nos torneios de Kickboxing. Posteriormente, mudou-se para os EUA e chegou à disputar o cinturão dos meio-médios ( até 77kg. ) do UFC ( em 2009 ). Já em setembro de 2020, depois de quase 15 anos no Ultimate, estreou no Bare Knuckle Fighting Championship, organização presidida por David Feldman, quando superou Julian Lane.

No último sábado do mês de junho, no Bare Knuckle FC 18, disputado em Miami, Flórida, EUA, Alves venceu uma batalha sangrenta contra Ulysses Diaz e levou o título da categoria, inédito para o nosso país.

O cearense começou o combate de maneira agressiva, mas sofreu com os ataques do adversário, que inclusive o derrubaram em uma ocasião. Os dois atletas ficaram ensanguentados logo no primeiro round. No round seguinte, o cubano derrubou o representante da American Top Team restando um minuto para o fim da parcial. “Pitbull”, no entanto, logo se levantou e voltou para a ‘trocação’. No terceiro round, o brasileiro voltou muito melhor que o adversário, chegando à aplicar-lhe três ‘knockdowns’ ao longo do último período, até que o árbitro decidiu paralisar a disputa para preservar a integridade física de Ulysses, que não se recuperou dos duros golpes que sofreu.

O BKFC 18 contou ainda com outras três disputas de título. Entre estas, destacamos a luta do peruano Luis “Baboon” Palomino, muito conhecido no sul da Flórida por sua carreira no MMA. Ele já ostenta um ‘registro’ de 3-0 ( 3 KO’s ) em lutas de “Bare Knuckle Boxing” e manteve o cinturão dos leves do BKFC por decisão unânime após os cinco rounds da luta com Tyler Goodjohn. Segundo a mídia especializada, Palomino continua provando que é o melhor ‘absoluto’ no esporte.

Já entre as mulheres, o destaque ficou para a ex-competidora do UFC Pearl Gonzalez que fez sua estreia no BKFC contra Charisa Sigala ( 0-1 ). Gonzalez pressionou a ação ao longo da luta e venceu por decisão unânime dos juízes ( 50-45, 50-45, 50-45 ). Após a luta, Gonzalez creditou a “mudança para o Brooklyn, onde treina com o Team Serrano” como uma virada de jogo em sua carreira.

Para detalhes adicionais sobre o BKFC 18, bem como maiores informações sobre os próximos eventos, favor acessar o site oficial da franquia : Bare Knuckle

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 30/06/2021
_

Legenda : O cearense conquistou o título da categoria, inédito para o nosso país.
Foto acima : ( Créditos | Cortesia : ( C ) Acervo pessoal Thiago “Pitbull” Alves | ( C ) Bare Knuckle Fighting Championships | Reprodução Instagram ).

Legenda : A ex-competidora do UFC Pearl Gonzalez fez sua estreia no BKFC 18.
Foto abaixo : ( Créditos | Cortesia : ( C ) Bare Knuckle Fighting Championships | Divulgação ).

204173457 4078443282262471 6289854694578291903 n 8daee

 

O ‘boxe sem luvas’ cuidará dos seus lutadores após suas aposentadorias

O ‘boxe sem luvas’ é o esporte mais quente, de crescimento mais rápido e mais emocionante do mundo, e - à partir de agora - os promotores da modalidade cuidarão de seus lutadores após as suas aposentadorias. 

A maioria das ligas esportivas importantes nos EUA como NFL, NBA e MLB já fornece algum tipo de plano de pensão para atletas, geralmente como parte de um acordo coletivo de trabalho entre a liga e sindicatos de jogadores. Inspirado nisso, o Bare Knuckle Fighting Championships, popularmente conhecido pela sigla BKFC, se tornará a primeira grande promoção de esportes de combate da era moderna a estabelecer um plano de pensão para seus atletas; a Comissão Atlética do Estado da Califórnia mantém uma pensão para boxeadores que atendam aos requisitos de elegibilidade por tempo no ringue.
 
David Feldman, presidente e CEO do BKFC, disse em entrevista à mídia especializada que a ideia de um plano de previdência está sendo trabalhada há cerca de seis meses e que a promoção fará o anuncio durante o seu próximo grande evento, o BKFC 17, programado para Birmingham, Alabama, EUA, em 30 de abril, quando o novo plano de pensão terá início para os seus atletas.
 
-“Nossos lutadores são o ativo mais importante da empresa. Queremos garantir que eles sejam indenizados não só na noite da luta, mas também cuidados na aposentadoria. Para cada luta do BKFC, o dinheiro será colocado em uma conta de pensão para eles sacarem na aposentadoria.”-disse Feldman, garantindo que os atletas receberão os pagamentos em contas individuais de pensão após se aposentarem das lutas, ou no mínimo cinco anos após a promoção parar de fazer contribuições.
 
-“Nós colocamos um mínimo de cinco anos nisso, para que os lutadores tenham o dinheiro quando realmente precisarem.”-complementou o mandatário, esclarecendo que apenas os atletas que assinarem acordos de várias lutas serão elegíveis para o programa.
 
No entanto, o promotor não revelou maiores detalhes sobre como a promoção contribuiria para a conta, ou a porcentagem de dinheiro, se as contribuições seriam definidas como uma porcentagem das bolsas ou um valor definido por luta. Mas reiterou que o dinheiro será distribuído, uma vez que um lutador atenda aos requisitos para receber os pagamentos.
 
-“Uma empresa de serviços financeiros supervisionará o ‘BKFC Wealth Management Fund’, com o BKFC como o proprietário da apólice e os lutadores listados como coproprietários.”-concluiu Feldman.
 
*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 09/04/2021
_
Legenda : A iniciativa é do Bare Knuckle Fighting Championships. No flagrante, o presidente e CEO David Feldman, ladeado por Nguyen, Hart, Bedford, entre outros.
Foto : ( Créditos | Cortesia : ( C ) Acervo pessoal David Feldman | ( C ) Bare Knuckle Fighting Championships | Divulgação ).
 

Nota de esclarecimento pública

Website gratuito, não cobrança os nossos leitores ou visitantes, o único objetivo e a divulgação da informação e notícias reais, todos os créditos são de suas respectivas fontes e autores.

Em conformidade com as Leis:

Em conformidade com Artigo 46, I da Lei 9610/98 Brasil - Artigo 46, I da Lei 9610/98 e Lei nº 5.250 de 9 de fevereiro de 1967 - Lei 2083/53 | Lei nº 2.083 de 12 de novembro de 1953.

Para maiores informações e suporte jurídico consulte nosso advogado colaborador: Raphael Guilherme da Silva - OAB/SP Sob o Nº 316.914.

Caso discorde de algum artigo removeremos o mesmo de imediatamente e nós desculpamos de forma publica mediante uma retratação conforme a Lei se assim for solicitado.

Desde já muito obrigado.

Este portal de notícias e uma iniciativa de um Grupo de colaboradores voluntários sobre registro no Japão -目標新聞 (コネクション・ジャパン). - connectionjapan.com .

E é mantido pelos seus voluntários e colaboradores a fim de permitir que a colônia de Brasileiros possa ter acesso a essas informações de forma gratuita e a todos os demais visitantes que assim desejarem acessa nosso website.

Algumas observações na Lei n.º 9.610/98.

Uso de obra autoral para fins de estudo ou crítica;

Uso de obra autoral para exposição de um produto (por exemplo: uma loja de porta-retratos que expõe um porta-retrato contendo uma foto);

Uso de obra autoral para fim privado (se você compartihar com alguém, já não é mais uso privado!);

E outras previstas na Lei n.º 9.610/98.

« September 2021 »
Mon Tue Wed Thu Fri Sat Sun
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30      

FreeCurrencyRates.com

Visitantes online

Advertising area




Contador de visitas

0.png3.png7.png8.png4.png9.png3.png
Hoje:358
Ontem:516
Últimos 7 dias:358
Mês:53931
Total:378493

Conectados simultaneamente

1
Online

20-09-21

Parceiros

Go to top