ptzh-CNenfritjakoruesvi

Items filtered by date: Sábado, 08 Fevereiro 2020

Desde o início das suas atividades no dia 20 de junho de 2014, o Circuito Nordestino de K-1 e Boxe já sediou edições em Recife e em outras cidades do interior do estado de Pernambuco como Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes e Cabo, além de outras etapas em localidades como Maceió-AL e João Pessoa-PB.

Agora, o “maior evento de ‘trocação’ do Nordeste” retorna à cidade de Mauriti, no interior do estado do Ceará.

Localizada ao redor de municípios limítrofes dos estados do Ceará, Paraíba e Pernambuco, a cidade já havia recebido uma etapa anterior da competição no dia 8 de Julho de 2017 e outra no dia 16 de novembro de 2019.

A edição deste ano está agendada inicialmente para o dia 14 de novembro, praticamente “um ano após o último show na cidade”.

O presidente do Circuito Nordestino de K-1 e Boxe, Grão Mestre Eduardo Moraes, está bastante empolgado e promete lutas de alto nível, uma vez que lutadores de cidades próximas da região do Cariri ( Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha ) sempre demonstraram interesse em participar do evento, bem como atletas dos estados vizinhos.

Os confrontos serão disputados sob as regras do Kickboxing, Muay Thai e Boxe e as lutas serão chanceladas pelo CIAM - Conselho Internacional de Artes Marciais, WPKB - World Professional Kickboxing e IBFed - Intercontinental Boxing Federation.

Os planos para o próximo evento começam por ter uma disputa pelo título brasileiro de K-1 com o atleta de Juazeiro do Norte-CE, Anderson Silva, ( do Bibiano Team ), que conquistou o cinturão de campeão Norte-Nordeste no evento do ano anterior, além de alguns outros confrontos que serão casados nas regras do Kickboxing e do Muay Thai.

Alguns dos vencedores da 21ª edição do Circuito Nordestino de K-1 e Boxe em Mauriti-CE, como Jeibson ( PB ) e Vandeilson ( CE ), ainda não confirmaram presença no “card”.

Os organizadores também estão negociando com Raphael Dom Garcia, Campeão Mundial de Boxe pela World Boxing Union ( WBU ), para que o mesmo faça uma luta nas regras da ‘nobre arte’.

Não custa lembrar que Roy Jones Jr. - que conquistou títulos mundiais em quatro categorias de peso - também já foi campeão pela WBU e deixou o título vago.

Raphael Dom Garcia é carioca e já foi campeão brasileiro pela Associação Nacional de Boxe ( ANB ) e latino-americano pela World Boxing League ( WBL ).

Apesar de algumas dificuldades em torno das últimas edições, os promotores do Circuito Nordestino de K-1 e Boxe estão trabalhando e lutando para melhorar o seu produto. Qualquer um que já tenha lutado, seja em boxe ou em qualquer outra disciplina de artes marciais sabe que uma falha ou decepção não pode fazê-lo desistir de continuar tentando e tentando, até obter sucesso.

Esta lição está agora aparentemente sendo aplicada pelos promotores do Circuito Nordestino de K-1 e Boxe. Esperamos fazer a reportagem com a cobertura do show de 14 de novembro em Mauriti-CE já com os reflexos destes esforços.

Atletas interessados em lutar ou que desejam obter maiores informações sobre as próximas etapas, favor entrar em com o presidente do Circuito Nordestino de K-1 e Boxe, Grão Mestre Eduardo Moraes, pelo número : ( 88 ) 9 9468 4226.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 09/02/2020
_
Foto : O “maior evento de ‘trocação’ do Nordeste” retorna à cidade de Mauriti, no interior do estado do Ceará. ( Créditos | Cortesia : Assessoria de imprensa do evento | Eliane Barreto ).

O mais recente show do ONE, batizado de ONE: “Warrior’s Code” foi realizado no dia 7 de fevereiro de 2020 ( sexta-feira, horário local ) no Istora Senayan, em Jacarta, na Indonésia. O torneio foi um grande sucesso.

Em luta válida pela divisão peso átomo feminino ( 52,2 kg no ONE ), a atleta japonesa de 20 anos de idade, Itsuki Hirata ( 6-0 ), manteve a sua invencibilidade no MMA. A judoca já havia vencido Angelie Sabanal com uma chave americana ainda no primeiro round em junho de 2019 e na sequência finalizou Rika Ishige com um arm-lock no segundo round da sua luta no torneio de outubro.

Sua adversária inicial, Bi Nguyen ( EUA ), retirou-se da luta devido à uma lesão e, em seu lugar, foi escalada Nyrene Crowley ( 3-3 ).

Crowley fez sua estreia como profissional de MMA em fevereiro de 2017 no Glory of Heroes. Na sequência, ela assinou com o ONE onde acumulou 2 vitórias e 2 derrotas. Se vencesse a luta, a atleta da Nova Zelândia seria escalada para o ‘card’ principal em uma próxima edição do ONE.

Crowley, que é experiente com habilidades em pé, e é ortodoxa, iniciou o duelo com a “trocação” e tentando manter a luta, pois sabia que a sua adversária tinha preferência pela luta “corpo à corpo”.

Mas após os dois primeiros rounds, Hirata foi capaz de usar o seu Judô para derrubar Crowley, controlando-a e procurando várias finalizações.

Já no terceiro round, Hirata optou por desistir das tentativas de finalização e com apenas dois minutos restantes obteve a vitória com um nocaute técnico.

Hirata melhorou o seu ‘recorde’ para 7-0-0 ( entre lutas profissionais e amadoras de MMA ) e conquistou a sua primeira vitória por nocaute técnico ao longo de uma carreira em que vinha obtendo 100% sucesso com as finalizações.

No ‘co-main event’ ( evento co-principal ) da programação, o candidato holandês ao título dos médios, Reinier de Ridder ( 12-0 ), conquistou a vitória sobre o brasileiro Leandro Ataides ( 11-4 ) e credenciou-se à disputa do cinturão da divisão, atualmente sob o poder de Aung La N Sang.

O brasileiro Ataides vinha de três vitórias consecutivas no ONE, sobre Mohammed Ali, Michael Pastanak e Vitaly Bigdash, respectivamente.
Já de Ridder - atleta originário do Judô - vinha de vitórias sobre Ron Juan e Gilbert Gaubaon.

Reinier de Ridder levou a luta com o brasileiro por 3 a 0 na decisão dos juízes após 3 rounds e aumentou o seu ‘recorde’ para 12 vitórias consecutivas.

Já o ‘main event’ ( evento principal ), contou com uma luta entre P. Sangprapai e Pongsiri PK, que competiram pelo título mundial inaugural do ONE Muay Thai na categoria peso pena.

Todo o ‘card’ de lutas do ONE: “Warrior’s Code” estará disponível para visualização ‘ao vivo’ e gratuito em alguns territórios usando o aplicativo recém-lançado pela franquia, onde você também poderá acompanhar os próximos eventos.

Todo o ‘card’ de lutas do ONE: “Warrior’s Code” estará disponível para visualização ‘ao vivo’ e gratuito em alguns territórios usando o aplicativo recém-lançado pela franquia, onde você também poderá acompanhar os próximos eventos.

Os resultados do ONE : “Warrior’s Code” incluem :

ONE : “Warrior’s Code”
7 de fevereiro de 2020
Istora Senayan
Jacarta, Indonésia

CARD PRINCIPAL  :

Muay Thai: P. Sangprapai venceu Pongsiri PK por decisão unânime - pelo título do peso pena
MMA : Reinier De Ridder venceu Leandro Ataides por decisão unânime
MMA : Iuri Lapicus venceu Marat Gafurov por finalização ( mata-leão ). Round 1, 1:07
MMA : Eko Roni Saputra venceu Khon Sichan por finalização ( mata-leão ). Round 1, 3:45
MMA : Koyomi Matsushima venceu Kim Jae Woong por nocaute técnico. Round 3, 0:24

CARD PRELIMINAR :

MMA : Itsuki Hirata venceu Nyrene Crowley por TKO. Round 3, 3:27
MMA : Sunoto Peringkat venceu Yang Fei por decisão unânime
MMA : Abro Fernandes venceu Eko Priandono por decisão unânime
Muay Thai : Taiki Naito venceu Savvas Michael por decisão unânime
Muay Thai : Josh Tonna venceu Andy Howson por nocaute. Round 2, 2:39
MMA : Fajar venceu Egi Rozten por TKO. Round 1, 2:39

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 08/02/2020
_
Foto acima : O torneio realizado em Jacarta, na Indonésia, foi um grande sucesso. ( Cortesia | Créditos : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).

Abaixo : A judoca japonesa Itsuki Hirata manteve a sua invencibilidade no MMA ao passar pela atleta da Nova Zelândia. ( Cortesia | Créditos : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).

DC 1670 5a3d6

Nota de esclarecimento pública

Website gratuito, não cobrança os nossos leitores ou visitantes, o único objetivo e a divulgação da informação e notícias reais, todos os créditos são de suas respectivas fontes e autores.

Em conformidade com as Leis:

Em conformidade com Artigo 46, I da Lei 9610/98 Brasil - Artigo 46, I da Lei 9610/98 e Lei nº 5.250 de 9 de fevereiro de 1967 - Lei 2083/53 | Lei nº 2.083 de 12 de novembro de 1953.

Para maiores informações e suporte jurídico consulte nosso advogado colaborador: Raphael Guilherme da Silva - OAB/SP Sob o Nº 316.914.

Caso discorde de algum artigo removeremos o mesmo de imediatamente e nós desculpamos de forma publica mediante uma retratação conforme a Lei se assim for solicitado.

Desde já muito obrigado.

Este portal de notícias e uma iniciativa de um Grupo de colaboradores voluntários sobre registro no Japão -目標新聞 (コネクション・ジャパン). - connectionjapan.com .

E é mantido pelos seus voluntários e colaboradores a fim de permitir que a colônia de Brasileiros possa ter acesso a essas informações de forma gratuita e a todos os demais visitantes que assim desejarem acessa nosso website.

Algumas observações na Lei n.º 9.610/98.

Uso de obra autoral para fins de estudo ou crítica;

Uso de obra autoral para exposição de um produto (por exemplo: uma loja de porta-retratos que expõe um porta-retrato contendo uma foto);

Uso de obra autoral para fim privado (se você compartihar com alguém, já não é mais uso privado!);

E outras previstas na Lei n.º 9.610/98.

« February 2020 »
Mon Tue Wed Thu Fri Sat Sun
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29  

FreeCurrencyRates.com

 

Contador de visitas

0.png3.png9.png7.png9.png6.png5.png
Hoje:120
Ontem:1185
Últimos 7 dias:6141
Mês:14319
Total:397965

Conectados simultaneamente

21
Online

16-10-21

Visitantes online

Parceiros

Go to top