Print this page

Gifu e Mie: o que muda após com o fim das medidas prioritárias

Gifu e Mie: o que muda após com o fim das medidas prioritárias Imagem divulgação

Embora a aplicação das medidas prioritárias em Gifu e Mie tenha chegado ao fim no domingo (20), a partir de segunda-feira (21), cada uma dessas províncias têm novas regras para frear a disseminação da infecção pelo novo coronavírus.

Não é porque os números diários tenham caído que se pode relaxar, pois as variantes são motivo de preocupação.

Em Gifu.

O governador Hajime Furuta informou que continuará a solicitar aos restaurantes e bares que reduzam o expediente em algumas cidades onde é necessário cautela. A abstenção de servir bebidas alcoólicas será suspensa em toda província.

Em 6 cidades os estabelecimentos que servem bebidas alcoólicas deverão encerrar o expediente às 21 horas, sendo que o último pedido da bebida deve ser feito até 20h.

Os mesmos horários valem para grandes complexos comerciais como shopping centers.

As cidades alvo são Gifu, Ogaki, Kani, Minokano, Kakamigahara e Mizuho, no período que começa na segunda-feira (21) até 4 de julho, portanto, de 2 semanas.

Nas demais cidades não há pedido de restrição para os estabelecimentos comerciais. Para toda a província o governador pede à população que continue tomando os cuidados diários básicos, como uso de máscara e desinfecção.

Em Mie.

A única cidade que o governador pede redução do expediente para bares, restaurantes e outros, é Yokkaichi, onde está com índice um pouco mais elevado de infecção.

No período de segunda-feira até 30 deste mês, o pedido é de adiantar o encerramento do expediente às 21h. 

Caso sejam confirmados clusters de infecção pode ser que esse pedido seja estendido a outras cidades.

Fontes: Tokai TV e CBC TV.

Read 161 times