ptzh-CNenfritjakoruesvi

Atitude pioneira do WLC deveria ser seguida por outras promoções de lutas pelo mundo

Foto : A atitude do WLC traz a sensibilidade das precauções contra o coronavírus. ( Cortesia | Créditos : World Lethwei Championship | Divulgação ). Foto : A atitude do WLC traz a sensibilidade das precauções contra o coronavírus. ( Cortesia | Créditos : World Lethwei Championship | Divulgação ).

A medida que a pandemia do novo coronavírus ( Sars-Cov-2 ), o vírus responsável pela doença Covid-19, se espalha para mais e mais países, incluindo os Estados Unidos, praticamente todas as principais ligas esportivas adiaram seus próximos jogos e partidas, incluindo a NBA, MLB, NHL, PGA Tour, NCAA’s March Madness, XFL e MLS, entre outras.

Como diz o ditado : “O que acontece nos Estados Unidos tem reflexo no mundo inteiro” e na sequência, o mundo das artes marciais mistas seguiu o exemplo, com dezenas de promoções de MMA adiando os seus eventos devido ao vírus.

Ainda houve o pronunciamento recente do presidente dos EUA Donald Trump desaconselhando eventos que tivessem mais de 10 pessoas reunidas em um espaço fechado, assim sendo, ficou impossível para as organizações esportivas manter os eventos planejados. Agora, o exemplo, está sendo seguido em alguns países pelo mundo, ao menos aparentemente.

Antes disso, porém, um movimento que passou despercebido foi a decisão do World Lethwei Championship de adiar o WLC : ‘Khmer Kingdom’ há três semanas, que inicialmente seria o primeiro evento internacional da promoção e quando o pensamento do mundo esportivo ainda era de realizar os seus eventos ‘à portas fechadas’. A promoção foi questionada pela atitude, na época.

Embora Mianmar não tivesse casos confirmados na ocasião, os organizadores do WLC decidiram que a coisa mais prudente a ser feita, especialmente com equipes e lutadores internacionais, seria adiar o que foi um dos eventos de artes marciais mais esperados este ano.

Ao falar com os repórteres para anunciar o cancelamento, o presidente do WLC, Zay Thiha, explicou como chegou à difícil decisão.

-“Somos socialmente responsáveis por nossas ações e cautela e segurança devem ser a prioridade número um. Embora seja difícil, é a decisão certa.”-explicou ele.

Antes impopular entre os fãs de Lethwei, agora a decisão tomada provou ser uma medida inteligente.

O Lethwei é considerada uma das artes marciais mais brutais do mundo. A modalidade faz  uso de quedas, punhos, cotovelos, joelhos, pés e, até mesmo, de cabeçadas, uma arma importante no arsenal de um lutador de Lethwei. Esta é a razão pela qual também é conhecida como “A Arte dos 9 Membros”.

Já a promoção WLC revolucionou a milenar arte marcial birmanesa do Lethwei, com inovações em seus eventos para mostrá-la ao mundo, que combinam as tradições históricas do Lethwei com entretenimento ‘ao vivo’, efeitos pirotécnicos, entradas de lutadores, música e dançarinas.

O WLC já produziu eventos em todo Mianmar, com shows sendo realizados em cidades como Hpa-an, Yangon, Naypitaw e Mandalay. A franquia tinha planos grandiosos para esse ano de 2020 e que incluíam uma expansão global, como a promoção de eventos em países como Tailândia, Camboja, Japão e até mesmo, EUA.

É imperativo manter sua confiança em tempos difíceis, mas os promotores de eventos de lutas terão que esperar um pouco mais para que retornem às suas atividades.

Na segunda-feira, o presidente dos Estados Unidos Donald Trump voltou à se manifestar e disse que o número de casos de Covid-19 no país deve começar à cair em julho, agosto ou “talvez até mais tarde”.

Já no Brasil, o Governo de São Paulo avalia que o surto de coronavírus deve durar “de quatro a cinco meses”. No entanto, as medidas restritivas adotadas pela administração estadual, como a suspensão das aulas e a restrição de eventos, não devem ser aplicadas durante todo este período.

-“Nós entendemos que essa epidemia e essa onda vai durar de 4 a 5 meses, o que não quer dizer que as medidas restritivas necessariamente durarão tal tempo. A decisão será feita por um grupo de pesquisadores e cientistas extremamente experientes, juntamente com secretário de estado e governador.”-disse David Uip, Coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus de São Paulo.

Se faz necessário lembrar que, o esporte de artes marciais mistas ainda é um negócio, mas é muito mais do que isso.

O esporte pode ser um grande unificador, onde a tensão e o conflito de raça, religião, política e outros assuntos atuais podem ser esquecidos, permitindo que os atletas se reúnam pelo amor comum ao esporte. No entanto, em tempos de crise, as organizações esportivas também têm uma responsabilidade e os lutadores estão cada vez mais mencionando as suas esperanças de evitar a infecção e permanecer em segurança.

Lembrando que o distanciamento social e a lavagem das mãos serão bons para todos a longo prazo.

Como bem disse Max Holloway, ex-campeão dos pesos-penas do UFC :

-“Quanto mais rápido pudermos diminuir a propagação, mais rápido voltaremos a nossa vida normal.”-comentou Max, em um ‘post’ no seu  Instagram.

É oportuno seguir a recomendação da Organização Mundial da Saúde ( OMS ) e evitar aglomerações enquanto aguardamos o retorno da normalidade, pois o esporte é uma representação das esperanças e sonhos de milhões e milhões de fãs em todo o mundo e se todos fizerem a sua parte, então o show poderá continuar.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 18/03/2020
_
Foto : A atitude do WLC traz a sensibilidade das precauções contra o coronavírus. ( Cortesia | Créditos : World Lethwei Championship | Divulgação ).

Read 130 times

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

Nota de esclarecimento pública

Website gratuito, não cobrança os nossos leitores ou visitantes, o único objetivo e a divulgação da informação e notícias reais, todos os créditos são de suas respectivas fontes e autores.

Em conformidade com as Leis:

Em conformidade com Artigo 46, I da Lei 9610/98 Brasil - Artigo 46, I da Lei 9610/98 e Lei nº 5.250 de 9 de fevereiro de 1967 - Lei 2083/53 | Lei nº 2.083 de 12 de novembro de 1953.

Para maiores informações e suporte jurídico consulte nosso advogado colaborador: Raphael Guilherme da Silva - OAB/SP Sob o Nº 316.914.

Caso discorde de algum artigo removeremos o mesmo de imediatamente e nós desculpamos de forma publica mediante uma retratação conforme a Lei se assim for solicitado.

Desde já muito obrigado.

Este portal de notícias e uma iniciativa de um Grupo de colaboradores voluntários sobre registro no Japão -目標新聞 (コネクション・ジャパン). - connectionjapan.com .

E é mantido pelos seus voluntários e colaboradores a fim de permitir que a colônia de Brasileiros possa ter acesso a essas informações de forma gratuita e a todos os demais visitantes que assim desejarem acessa nosso website.

Algumas observações na Lei n.º 9.610/98.

Uso de obra autoral para fins de estudo ou crítica;

Uso de obra autoral para exposição de um produto (por exemplo: uma loja de porta-retratos que expõe um porta-retrato contendo uma foto);

Uso de obra autoral para fim privado (se você compartihar com alguém, já não é mais uso privado!);

E outras previstas na Lei n.º 9.610/98.

« October 2021 »
Mon Tue Wed Thu Fri Sat Sun
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

FreeCurrencyRates.com

 

Contador de visitas

0.png3.png9.png7.png7.png3.png0.png
Hoje:1070
Ontem:1060
Últimos 7 dias:5906
Mês:14084
Total:397730

Conectados simultaneamente

14
Online

15-10-21

Visitantes online

Parceiros

Go to top