Imigração cancela registro de empreiteira como ‘Organização de Apoio’

É a primeira vez que a Agência de Serviços de Imigração cancela esse tipo de registro.

A empreiteira Grunway, com sede em Nagoia (Aichi), teve sua permissão de procedimentos na Imigração cancelada. Ou seja, está fora da lista como Organização de Apoio Registrada, por ter apresentado um documento de forma ilegal.

É a primeira vez que a Agência dos Serviços de Imigração toma essa medida, segundo o jornal Asahi, de quarta-feira (19). As empreiteiras, agências de recrutamento e seleção, escritórios, despachantes e outros possuem um registro como Organização de Apoio Registrada para dar suporte aos estrangeiros que vêm ao Japão com vistos especiais.

A questão da criação de documento falso foi levantada pelo Asahi em maio deste ano. Com a reforma da lei da imigração, a qual entrou em vigor em abril do ano passado, esse tipo de registro pode ser cancelado caso se constate irregularidades dentro de 5 anos antes da requisição.

De acordo com a fonte da Imigração, a Grunway foi aprovada como Organização de Apoio Registrada em maio do ano passado.

No entanto, em documentos para solicitação de um visto de tecnologia, humanidades e negócios internacionais para intérpretes ou tecnólogos, a Grunway teria colocado assinatura dos requerentes sem a devida autorização.

Teria feito esse procedimento ilegal mais de uma vez, supostamente para facilitar a obtenção do visto de residência para os estrangeiros.

Segundo informação atualizada em 13 deste mês, na página do Ministério da Justiça, atualmente são 4.922 empresas listadas como Organização de Apoio Registrada, onde não consta o nome da Grunway.

Fontes: Asahi e MOJ

Imagem: pixabay.com

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments