Diante de uma terceira onda de casos de COVID-19, Hong Kong fecha suas escolas

Hong Kong, que tem sido elogiada por seu tratamento agressivo do surto, está enfrentando uma terceira onda de infecções e, na sexta-feira, fechou o sistema escolar.

A cidade de sete milhões de pessoas registrou mais de 1.400 casos e apenas sete mortes durante o surto. O uso generalizado de máscaras faciais quando a epidemia eclodiu – um legado da epidemia de SARS que devastou a cidade em 2003 – foi creditado por ajudar a conter o vírus. As autoridades também obrigaram todos os recém-chegados a passar por uma quarentena estrita de duas semanas. De meados de abril a junho, Hong Kong registrou muito poucas infecções transmitidas localmente.

Mas na sexta-feira as autoridades notificaram 38 novos casos – 32 dos quais foram transmitidos localmente – levando a cidade a fechar as escolas a partir de segunda-feira. O impacto prático será limitado, já que a maioria das escolas sai nas férias de verão na semana seguinte.

O secretário de educação da cidade, Kevin Yueng, disse estar preocupado com o aumento nos casos locais, observando que alguns deles envolvem escolas.

“Depois de considerar e ouvir os conselhos de especialistas, decidimos que todo o jardim de infância, escola primária e secundária podem começar as férias de verão a partir da próxima segunda-feira”, disse ele.

A terceira onda, que ocorre depois de uma segunda onda de infecções ocorrida em março e foi contida em maio, foi um revés para uma cidade que havia voltado ao normal em grande parte, com muitos restaurantes desfrutando de multidões lotadas e trabalhadores voltando a seus escritórios nos últimos meses .

O último aumento nos casos incluiu aglomerados locais vinculados a uma casa de repouso e lanchonetes, fazendo com que o território chinês também anunciasse novas regras de distanciamento social após um período de relaxamento.

Fonte: The NY Times // Créditos: Pool / Jerome Favre

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments