Chefe da ONU não participará do Memorial da Paz em Hiroshima este ano

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, não comparecerá a uma cerimônia memorial da paz em Hiroshima este ano, em meio a restrições de viagens em andamento devido à pandemia de coronavírus, indicou seu porta-voz na sexta-feira. O evento é uma cerimônia anual a todas as vitimas dos bombardeiros de Hiroshima e Nagasaki que ocorreu em 1975, e enfatiza a importância do desarmamento nuclear.

A chance de Guterres visitar a cidade do oeste do Japão para o 75º aniversário do bombardeio atômico neste ano é muito baixa, disse o porta-voz Stephane Dujarric.

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, discursa em uma conferência de imprensa na sede da ONU em Nova York, em 10 de março de 2020. (Créditos: Kyodo)

O chefe da ONU disse em entrevista coletiva na quinta-feira que não é realista prever sua participação na cerimônia em Hiroshima, dadas as incertezas causadas pela pandemia.

Em 2018, Guterres se tornou o primeiro chefe da ONU a participar do serviço memorial de Nagasaki pelo bombardeio atômico que ocorreu três dias após o ataque a Hiroshima em 6 de agosto de 1945.

O ex-secretário geral da ONU, Ban Ki Moon, foi o primeiro chefe da ONU a participar de uma cerimônia quando se juntou ao evento em 2010 em Hiroshima, uma cidade que Guterres ainda não visitou em sua capacidade atual.

Fonte: Manichi/Kyodo // Créditos da imagem: Kyodo

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments