Empresa russa cria túnel de desinfecção e Putin já a instalou em diversos locais

O presidente russo Vladimir Putin está protegido do novo coronavírus por um túnel especial de desinfecção pelo qual qualquer pessoa que visite sua residência fora de Moscou deve passar, informou a agência de notícias estatal RIA na terça-feira.

O túnel especial, fabricado por uma empresa russa com sede na cidade de Penza, foi instalado em sua residência oficial de Novo-Ogaryovo, nos arredores de Moscou, onde recebe visitantes.

Imagens de demonstração do túnel, publicadas pela RIA, mostraram pessoas mascaradas passando por ele sendo pulverizadas com desinfetante do teto e do lado.

A agência de notícias russa descreveu o desinfetante como uma fina nuvem de líquido que cobria as roupas das pessoas e qualquer carne exposta na parte superior do corpo.

Dmitry Peskov, porta-voz de Putin, disse em abril que quem conheceu Putin pessoalmente foi testado para o novo vírus. Um mês depois, Peskov disse que havia sido infectado.

A Rússia registrou mais de 500.000 infecções, o terceiro maior número de casos no mundo depois do Brasil e dos Estados Unidos, algo que atribui a um programa de testes massivo.

A Rússia registrou 7.284 mortes até agora – menos do que muitos outros países. Os críticos duvidam da precisão de seus números de mortalidade.

Fonte: Guardian

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments