简体中文 - English - 日本語 - 한국어 - Português - Español

Rejeição a Bolsonaro cresce 13 pontos, taxa de aprovação continua 28%

Durante a pandemia do novo coronavírus, que já matou mais de 40 mil pessoas no Brasil, o presidente Jair Bolsonaro teve um aumento significativo em sua rejeição. Foi o que mostrou uma pesquisa realizada pelo site Poder360, divulgada nesta quinta-feira 11.

Hoje, 47% dos entrevistados acham o governo “ruim” ou “péssimo”. Na última pesquisa do site, realizada de 13 a 15 de abril, o número era de 33%.

A insatisfação com o presidente coincide com o recrudescimento da pandemia de covid-19 e com outros episódios como a demissão de ministros (Sergio Moro, da Justiça, e Henrique Mandetta e Nelson Teich, ambos da Saúde), polêmica com membros do STF, ofensas à mídia e participação em atos antidemocráticos.

A taxa de regular variou de 23% para 20%. A aprovação ficou na mesma, em 28%.

Ao perguntar para os entrevistados se eles aprovam ou desaprovam o governo de uma forma geral, 41%  responderam que aprovam e  50% desaprovam.

A pesquisa, feita de 8 a 10 de junho de 2020, entrevistou por telefone 2500 pessoas de 518 municípios.  A margem de erro é de 2 pontos percentuais. O nível de confiança é de 95%.

Fonte: Carta Capital // Créditos da imagem: AFP

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments