Números de membros do grupo Yakuza caem pelo 15º ano consecutivo

O número total de membros dos sindicatos de yakuza no Japão diminuiu pelo 15º ano consecutivo, atingindo um nível recorde em 2019, informou a Agência Nacional de Polícia nesta quinta-feira.

O total, incluindo associados, chegou a 28.200 no final de 2019, uma queda de 2.300 em relação ao ano anterior.

“Os membros estão diminuindo ainda mais porque as ações mais severas destinadas a eliminar os grupos yakuza dificultaram a obtenção de fundos”, disse uma autoridade da agência.

O número de membros regulares caiu 1.200 para 14.400, e o número de associados caiu 1.100 em 13.800.

O número total de membros está em constante declínio após marcar 87.000 em 2004.

Enquanto isso, outros grupos criminosos, principalmente constituídos por membros mais jovens, estão aumentando. A polícia está reforçando suas ações contra esses sindicatos.

No final de 2019, Yamaguchi-gumi, o maior grupo yakuza, tinha 8.900 membros, seguido por Sumiyoshi-kai com 4.500 membros e Inagawa-kai com 3.400.

Os membros do Kobe Yamaguchi-gumi, um grupo dissidente estabelecido pelos que se separaram de Yamaguchi-gumi, totalizaram 3.000.

Ninkyo Yamaguchi-gumi, agora chamado Kizuna-kai, tinha 610 membros. Este grupo foi lançado por ex-membros do Kobe Yamaguchi-gumi.

Yamaguchi-gumi e Kobe Yamaguchi-gumi foram designados como sindicatos do crime sujeitos a restrições severas depois que causaram uma série de incidentes relacionados à cisão. Em novembro do ano passado, um homem afiliado a Yamaguchi-gumi matou a tiros um membro sênior do Kobe Yamaguchi-gumi com uma espingarda automática em Amagasaki, na província de Hyogo.

Fonte: Mainichi // Créditos da imagem: Kyodo

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments