Quanto tempo o coronavírus sobrevive em diferentes superfícies?

Mais pessoas ficam em ambientes fechados para evitar o contato com pessoas potencialmente infectadas pelo Covid-19. Mas, à luz de um relatório recente dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA, segundo o qual o RNA do vírus que causa o Covid-19 foi encontrado no navio Princess Cruise 17 dias após a partida dos passageiros, quais são os riscos de manuseio de embalagens, mantimentos e o que os cientistas chamam de superfícies de “toque provável”?

O relatório do navio de cruzeiro implica que os vírus sobrevivem até 17 dias nas superfícies?

Dra. Julia Marcus: Uma investigação do CDC sobre o navio de cruzeiro encontrou evidências de RNA viral em cabines que ainda não haviam sido limpas. Mas, para ficar claro, isso significa apenas que o vírus foi detectável – não que seja viável ou que o contato com esses serviços possa infectar alguém. (Nota do editor: o RNA ou ácido ribonucleico transporta as informações genéticas do vírus.)

Dr. Akiko Iwasaki: Significa apenas que ainda existem partes do vírus. O vírus precisa de muitos outros componentes para estar intacto. Se você tem pedaços de RNA, que não produzem vírus, você precisa de um genoma inteiro intacto. Só porque você tinha um pequeno pedaço de RNA não significa que há uma infecção.

Quanto tempo o vírus pode sobreviver em superfícies?

Marcus: O New England Journal of Medicine acaba de publicar um estudo que testou por quanto tempo o vírus pode permanecer estável em diferentes tipos de superfícies em um ambiente controlado de laboratório. Eles descobriram que ainda era detectável em cobre por até quatro horas, em papelão por até 24 horas e em plástico e aço por até 72 horas.

Mas é importante observar que a quantidade de vírus diminuiu rapidamente ao longo do tempo em cada uma dessas superfícies. E assim o risco de infecção de tocá-los provavelmente diminuiria com o tempo também.

Você poderia ser infectado por apenas uma partícula do Covid-19?

Iwasaki: Há uma certa quantidade de partículas virais que você precisa ser exposto para se infectar. Se você tivesse apenas uma partícula viral em seu dedo, é improvável que você seja infectado. Alguns vírus são muito potentes, você só precisa de 10 partículas para se infectar, enquanto outros precisam de milhões. Quanto menos partículas virais você estiver exposto, menor a probabilidade de ser infectado. É por isso que a quantidade de vírus na superfície é importante.

Quantas pessoas estão sendo contaminadas através de superfícies em vez de partículas transportadas pelo ar ou contato direto com uma pessoa infectada?

Marcus: Até onde sabemos, é muito mais provável que as pessoas sejam infectadas por contato próximo com uma pessoa infectada do que tocando em uma superfície contaminada. Dito isto, ainda é importante ter consciência do que estamos tocando, especialmente as superfícies de alto toque, e ter cuidado ao limpar as mãos depois de tocar nas coisas. Por exemplo, transporte público ou mercearias e lugares onde costuma haver muita gente.

Iwasaki: O vírus é bastante estável em materiais como plástico e aço – eles podem persistir por alguns dias. Portanto, é muito possível que alguém que esteja doente deposite o vírus na superfície e que outra pessoa o toque e toque em seu rosto.

Existe o risco de ser infectado por mantimentos e pacotes que entregamos?

Marcus: é um risco baixo, mas é possível que, se alguém estiver entregando um pacote em sua casa e estiver doente, esse seja um caminho para a transmissão. Eu recomendaria que sempre que surgisse algo novo em sua casa, lembre-se de lavar as mãos depois de manusear.

Iwasaki: A estabilidade do [vírus] é muito boa no papelão. Depois de conseguir esses pacotes, abra-os, jogue fora o papelão rapidamente, lave as mãos e tente evitar tocar seu rosto. Tome as medidas possíveis para minimizar o contato da superfície da embalagem ao seu rosto.

É possível que o conteúdo de uma embalagem possa ter sido contaminado por quem a embalou?

Iwasaki: Há definitivamente uma possibilidade de contaminação, mas é muito mais provável que o próprio papelão externo entre em contato com muito mais pessoas do que o que está dentro. E se levar dias para chegar em sua casa, qualquer vírus que estivesse dentro já estará desativado.

Você tem alguma dica para limpar superfícies?

Marcus: É bom limpar rotineiramente quaisquer superfícies de alto toque, como maçanetas e banheiros. Produtos de limpeza domésticos regulares são eficazes, incluindo soluções de água sanitária e soluções alcoólicas com pelo menos 70% de álcool. Se alguém em sua casa foi diagnosticado com Covid-19, a limpeza e a desinfecção se tornam muito mais importantes e devem ser feitas com mais frequência.

Iwasaki: A [Food and Drug Administration] possui uma lista de produtos de limpeza doméstica que são conhecidos por matar o Covid-19. Este vírus é um vírus envelopado, por isso não sobrevive bem em sabão e álcool.

Especialistas:

  • Dr. Akiko Iwasaki, professor de imunologia na Universidade de Yale
  • Dra. Julia Marcus, epidemiologista de doenças infecciosas e professora do Departamento de Medicina de População da Harvard Medical School

Fonte: Guardian // Créditos da imagem: John Minchillo/AP

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments