Mulher que se recuperou de coronavírus volta a testar positivo no Japão

Osaka – Uma mulher que contraiu coronavírus no final de janeiro e se recuperou da doença voltou a testar positivo três semanas depois, informou na noite de quarta-feira (26) o governo da província de Osaka, onde a paciente mora.

A mulher, com idade entre 40 e 49 anos, foi diagnosticada com o coronavírus pela primeira vez em 29 de janeiro. Ela se recuperou dos sintomas e recebeu alta hospitalar depois de um novo exame PCR ter dado negativo, em 6 de fevereiro, informou a emissora NHK.

No entanto, a mulher começou a ter dores na garganta e no peito em 19 de fevereiro e procurou um médico. Um outro exame PCR de coronavírus foi feito e ela testou positivo pela segunda vez na quarta-feira, quase três semanas depois do exame que deu negativo. Segundo o governo de Osaka, podem existir duas hipóteses para explicar o fato. A mulher, depois de curada, teria contraído o vírus novamente de alguma outra pessoa. Mas especialistas dizem que uma pessoa que foi infectada uma vez dificilmente contrai o mesmo vírus porque o organismo adquire anticorpos, a não ser que o vírus tenha sofrido mutação.

A outra hipótese, mais provável, é de que ela não estava totalmente curada e tinha uma quantidade muito baixa de vírus quando foi examinada em 6 de fevereiro, dando negativo, mas depois de um certo tempo o vírus voltou a se reproduzir em quantidade suficiente para causar sintomas.

O exame PCR consiste em coletar secreção da garganta do paciente usando um tipo de cotonete comprido, mas existe a possibilidade de o vírus não ser detectado em pequena quantidade, segundo a NHK.
Na China, onde o surto começou, foram relatados muitos casos de pacientes que receberam alta hospitalar, mas depois voltaram a ser diagnosticados com coronavírus após o reaparecimento de sintomas.

Foto: Reuters
Fonte: alternativa.co.jp

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments