Funcionário de banco é diagnosticado com coronavírus em Aichi

Konan – Um bancário foi diagnosticado com coronavírus em Konan (Aichi), na noite de quarta-feira (27), e 10 colegas de trabalho que tiveram contato direto com ele ficarão em casa por duas semanas, informou o jornal Mainichi.

O homem que testou positivo trabalha na agência Konan do banco Mitsubishi UFJ (三菱UFJ銀行 江南支店). Sua função principal não é atender clientes, mas ele pode ter conversado com algumas pessoas que estiveram na agência.

O banco providenciou a desinfecção de mesas, cadeiras e outros móveis.

A agência abriu normalmente às 9h desta quinta-feira, mas os clientes que chegam são comunicados sobre o contágio e quem se recusa a entrar está sendo encaminhado para uma outra agência.

As autoridades de Aichi estão monitorando os 10 colegas de trabalho que estão em casa e tentando identificar os clientes que o funcionário pode ter atendido antes de terça-feira (25), quando os sintomas apareceram e ele procurou um médico.

O homem tem apenas sintomas leves e deverá ser internado nesta quinta-feira.

Uma mulher que queria sacar dinheiro no caixa eletrônico desistiu de entrar no banco. “Tenho um filho pequeno e fiquei com medo”, disse ela à emissora NHK.

NÚMEROS DO CORONAVÍRUS NO JAPÃO

(atualização em 27 de fevereiro, às 13h30).

705 infectados (japoneses e estrangeiros) no navio de cruzeiro Diamond Princess, que ficou em quarentena no porto de Yokohama (Kanagawa).

7 funcionários do governo infectados no navio.

14 infectados entre os 700 japoneses repatriadas da China.

39 infectados em Hokkaido (incluem duas crianças de uma mesma escola primária).

35 infectados em Tóquio (incluindo seis taxistas, um médico e o filho dele e uma enfermeira) relacionadas a uma festa de confraternização.

25 infectados em Aichi (incluem casal de Nagoia que esteve no Havaí, três amigos da região de Owari e 10 pessoas de Nagoia).

18 infectados em Kanagawa (incluem uma enfermeira e três pacientes relacionados ao hospital Sagamihara Chuo).

13 infectados em Wakayama (incluem 10 pessoas relacionadas ao hospital Saiseikai Arida, sendo dois médicos, a esposa e o filho de um dos médicos, três pacientes e três familiares de um dos pacientes).

13 infectados em Chiba (incluindo uma professora).

5 casos em Kumamoto.

5 casos em Ishikawa.

3 infectados em Okinawa (incluem dois taxistas).

2 infectados em Quioto.

2 casos em Fukuoka.

2 casos em Nagano.

1 infectado em Mie.

1 caso em Osaka.

1 caso em Nara (motorista de ônibus).

1 caso em Saitama.

1 caso em Tochigi.

1 caso em Tokushima.

1 caso em Gifu.

895 casos no total, incluindo sete mortes (uma mulher de Kanagawa, um paciente de Hokkaido, um homem de Tóquio e quatro passageiros do navio). Cerca de 50 infectados estão em estado grave.

Excluindo os passageiros e tripulantes do navio, 32 pacientes se recuperaram e receberam alta hospitalar, segundo a emissora NHK.

Créditos da imagem: Imagem: Freepik .

Fonte: www.alternativa.co.jp , NHK.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments