Exame para coronavírus continuará gratuito no Japão com uso de seguro

Tóquio – O Ministério da Saúde do Japão informou que os exames para detectar coronavírus vão custar de ¥13.500 a ¥18.000, mas o governo pretende cobrir o valor integral para que as pessoas tenham custo zero, informou a agência de notícias Jiji Press neste sábado (29).

Atualmente, o exame é gratuito, mas em março o paciente precisará usar o seguro de saúde (kokumin kenko hoken ou shakai hoken), que cobre 70% das despesas. Os outros 30% deverão ser custeados pelo governo.

O tratamento médico para pessoas que testaram positivo também é gratuito.

O Ministério da Saúde espera que os testes possam ser feitos em hospitais comuns, após a adoção de kits que mostram o resultado em menos de meia hora, mas os procedimentos atuais continuam.

Uma pessoa não poderá solicitar o exame somente por achar que está infectado. Será preciso fazer consulta no hospital e o médico vai decidir se o teste é necessário, de acordo com os critérios do Ministério da Saúde.

O exame PCR atual, que consiste em coletar secreção nasal e da garganta, demora cerca de seis horas até o resultado ficar pronto.

O governo japonês tem sido criticado porque muitas pessoas com febre por mais de quatro dias e outros sintomas suspeitos não estão conseguindo fazer o exame, mesmo com orientação médica. Parlamentares da oposição desconfiam que o governo pode estar limitando os testes para que o número de infectados não aumente no país.

Pessoas saudáveis costumam ter apenas sintomas leves iguais a uma gripe comum, mas elas podem estar transmitindo o coronavírus para familiares e colegas de trabalho sem saber, por isso o governo está pedindo que as pessoas com febre fiquem em casa.

Fonte: www.alternativa.co.jp

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments