简体中文 - English - 日本語 - 한국어 - Português - Español

Homem contrai coronavírus no Japão, após contato com turistas

O Ministério da Saúde anunciou em 28 de janeiro que um homem que nunca visitou Wuhan na China possui sintomas do novo coronavírus.

Wuhan, na província de Hubei, entrou em quarentena depois que milhares de moradores locais foram diagnosticados com a nova doença.

Mas, de acordo com o anúncio do Ministério da Saúde, as duas últimas confirmações da doença incluem um motorista de ônibus na província de Nara, na casa dos 60 anos, que nunca visitou Wuhan. No entanto, o motorista do ônibus operou um ônibus de turismo em Tóquio em 12 de janeiro, que incluía turistas de Wuhan.

Ele desenvolveu sintomas como calafrios, tosse e dor nas articulações a partir de 14 de janeiro. Ele foi a uma instituição médica na província de Nara em 17 de janeiro, mas nenhuma irregularidade foi descoberta naquele momento.

No entanto, em 22 de janeiro, seus sintomas pioraram e ele voltou a visitar a instituição médica em 25 de janeiro. Ele confirmou ter sintomas de pneumonia e foi hospitalizado em outra instituição médica da prefeitura de Nara. O motorista do ônibus disse que usava uma máscara facial enquanto visitava as várias instituições.

O outro caso confirmado foi para um homem de 40 anos que reside em Wuhan. Ele veio ao Japão em 20 de janeiro, mas não mostrou sinais de ter uma doença semelhante à pneumonia. Mas ele visitou uma instituição médica na província de Aichi em 26 de janeiro, depois de sua condição piorar a partir de 22 de janeiro. Ele está hospitalizado desde 28 de janeiro após ser diagnosticado com sintomas de pneumonia.

Funcionários do Ministério da Saúde que entrevistaram o homem foram informados de que não visitou o mercado de frutos do mar em Wuhan, que tem sido associado a muitos pacientes que sofrem da nova doença. Ele também disse às autoridades que usava uma máscara facial ao ar livre.

As confirmações mais recentes elevam o número total de casos no Japão para seis.

O governo planejava enviar um voo fretado para Wuhan no dia 28 de janeiro para repatriar cidadãos japoneses que moravam naquela cidade do leste da China.

Fonte: Asahi // Créditos da imagem: Tatsuo Kanai/Asahi

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments