简体中文 - English - 日本語 - 한국어 - Português - Español

Confira os resultados da 46ª edição do HEAT que rolou no Domingo em Tóquio

O ‘decasségui’ Jairo Kusunoki fez uma luta dura com o tri campeão do K-1, Peter Aerts. ( Créditos | Cortesia : Emilio Y. Inafuku | @HEATofficialcom ).

O HEAT, sediado na cidade de Nagoya, na província de Aichi, realizou um torneio em Tóquio pela primeira vez em cinco anos e sete meses, desde o torneio “HEAT32” no Differ Ariake, em 8 de junho de 2014. Além disso, este torneio foi realizado no ringue pela primeira vez em 13 anos desde o “HEAT3”, em março de 2007.

No ‘main event’ ( evento principal ), vimos Satoshi Ishii – que já venceu o brasileiro Gibrainn de Oliveira no “HEAT44” ( em março de 2007 ), em Nagoya, para se tornar o campeão dos pesos pesados da regra geral ( MMA ) do HEAT – fazer as pazes com a vitória.
O judoca vinha de derrotas para Denis Goltsov nas quartas de final da PFL, em outubro, e para Jake Heun no RIZIN 20, em dezembro.

Novamente foi escolhido outro brasileiro para enfrenta-lo no HEAT. Cleber Souza é o campeão do evento brasileiro “STF”, com um registro de 19-9-0 na sua carreira de MMA.

No início do primeiro round, Souza mostrou uma série de ataques baseados em socos, até que Ishii conseguiu derrubá-lo. No chão, Ishii segura Souza com força e tenta uma finalização no braço do brasileiro, que resiste, até que o japonês muda para outra chave de braço, forçando-o à bater. Esta foi a primeira defesa de cinturão de Ishii no HEAT.

Após a vitória, o japonês desafiou Peter Aerts para enfrenta-lo nas regras do Kickboxing. A ‘temperatura’ aumentou no interior do salão com a “declaração de guerra”.

À esta altura, o holandês Aerts já havia protagonizado o ‘co-main event’ ( evento co-principal ) diante do brasileiro Jairo Kusunoki.

Peter Aerts, campeão do K-1 em 1994, 1995 e 1998, vinha de vitória sobre Christian Muller por KO, graças à um chute no joelho esquerdo, ainda no primeiro round de sua luta no ‘La Familia Fight Night X’, realizado na Alemanha em maio de 2019, e buscava nova vitória.

Já o ‘decasségui’ Jairo, por outro lado, é um ex-campeão dos pesos pesados da J-NETWORK. Em março passado, Kusunoki perdeu por TKO no segundo round para Jérôme LeBanner, outra ‘lenda viva’ do K-1. Em dezembro, ele fez outra luta de Kickboxing no evento de MMA chamado GRACHAN, mas teve que abandonar a disputa devido à uma lesão adquirida no primeiro round.

No início do primeiro round, Aerts estava atacando bem, com chutes baixos, médios e altos, um após o outro. Kusunoki solidifica a sua guarda e avança, caçando Aerts pelos cantos do ringue.

O Holandês acabou definindo a luta ao seu favor no início do segundo round após desferir uma sequência, forçando o árbitro a interromper o duelo imediatamente e declará-lo vencedor.
Já Jairo Kusunoki representou muito bem o Brasil, ele também quase nocauteou o tri campeão do K-1, Peter Arts. Agora, ele e sua equipe voltam para Nagoya de cabeça erguida e com novos desafios à vista.

Os resultados do “HEAT46” incluem :

HEAT 46 ( MMA & KICKBOXING EVENT )
19 de Janeiro de 2020
New Pier Hall
Tóquio, Japão

MMA : Satoshi Ishii venceu Cleber Souza por finalização ( chave de braço ) aos 3 min. e 25 seg. do primeiro round
Kickboxing Bout : Peter Aerts venceu Jairo Kusunoki por KO aos 28 seg. do segundo round
MMA : Saša Milinković venceu Tsuyoshi Kosaka por TKO ( paralisação do árbitro ) aos 3 min. e 23 seg. do primeiro round
MMA : Jérôme LeBanner venceu Chang Hee Kim por TKO ( paralisação do árbitro ) aos 50 seg. do primeiro round
Kickboxing Bout : Shoki venceu Henry Cejas por TKO aos 2 min. do segundo round
Kickboxing Bout : Himalayan Cheetah venceu Ichiyo Morimoto por TKO aos 2 min. e 20 seg. do primeiro round
MMA : Won Sik Park venceu Shigeaki Kusayanagi por decisão unânime dos juízes ( 3-0 )
Kickboxing Bout : Haruka Asai venceu Banri Suzuki por decisão majoritária dos juízes ( 29-29, 30-28, 29- 28 )
Kickboxing Bout : Yuki Yasukawa venceu Yu-ya por TKO aos 2 min. do primeiro round
MMA : Yoon Tae Soon venceu Hayato Yoshizawa por KO no Segundo round
MMA : Kazuya Tanaka venceu Takuya Kuramoto por decisão unânime dos juízes ( 3-0 )

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 20/01/2020

Satoshi Ishii venceu Cleber Souza com esta chave de braço para manter o cinturão de campeão dos pesos pesados de MMA do HEAT. ( Créditos | Cortesia : Emilio Y. Inafuku | @HEATofficialcom ).
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments