Globo negocia transmissão da luta de Esquiva Falcão direto da China

A emissora está em negociações com a Top Rank para comprar os direitos de transmissão da luta da China para o Brasil. ( Créditos | Cortesia : Arquivo pessoal Esquiva Falcão | Sergio Batarelli ).

Boxe em alta e MMA em baixa. Esta é a tendência atual na maioria dos países pelo mundo e tentar negar essa realidade é, no mínimo, uma ingenuidade.

Algumas edições do Ultimate Fighting Championship – maior organização de MMA na atualidade – realmente geram mais lucros que o boxe nos EUA, mas paradoxalmente, os campeões de boxe ainda ganham mais dinheiro do que os campeões de MMA.
Este é um dos motivos que levaram os lutadores a parar um pouco de migrar para o MMA, já que viram que podem sobreviver com o boxe.

Inclusive, o próprio Dana White – presidente do UFC – já anunciou que também entrará na área da promoção de boxe, o que é mais uma prova de que o esporte está retomando a sua popularidade.

Aqui no Brasil o cenário não é diferente.

Após o período de “ebulição” do MMA em nosso país iniciado em 2011, o contrato entre a Rede Globo e o Ultimate terminou e com isso o UFC 237 ficou sem transmissão na TV aberta no ano passado.

À princípio a notícia me soou estranha, e eu não sei se houve uma rescisão de contrato, pois o mesmo deveria ser estendido até 2022, mas foi noticiado que os dois lados estão longe de chegarem a um acordo. Nos bastidores do canal já se é falado que essa renovação não mais acontecerá.

Por outro lado, a Globo – que é a segunda maior rede de televisão comercial do mundo e faz parte de um dos principais conglomerados de mídia do planeta – está em negociações com a Top Rank – empresa presidida por Bob Arum e maior produtora de lutas de boxe do mundo – para comprar os direitos de transmissão da próxima luta de Esquiva Falcão que será realizada na China.
Caso o negócio seja fechado, o evento será transmitido pelo SporTV no dia 2 de fevereiro.

O interesse da emissora sediada na cidade do Rio de Janeiro pela modalidade poderá mudar os rumos do boxe brasileiro.

Esquiva Falcão, 30 anos, lutará na divisão de até 72,5 kg. O duelo, que será realizado na cidade de Haikou, na China, é válido pelo título ‘silver’ do Conselho Mundial de Boxe e também será eliminatório pelo título mundial ‘linear’ dos médios.

Quinto colocado no ranking do CMB, o capixaba irá encarar o chinês Ainiwaer Yilixiati, 26 anos, que não está ranqueado por nenhuma organização importante do boxe mundial. Entretanto, é um lutador com boa resistência e uma boa pegada.

Não custa lembrar também que o brasileiro está invicto desde 2014, com um cartel de 25 vitórias, sendo 17 por nocaute.

Mas as novidades para o boxe do Brasil não param por aí.

Sérgio Batarelli, ‘manager’ de Esquiva Falcão, Robson Conceição e Adriana Araújo, além de CEO do Boxing For You, o maior evento de boxe profissional no Brasil, está trabalhando duro para que a “nobre arte” volte à ocupar o seu merecido lugar no país.

Neste ano de 2020, graças à parceria firmada com a Fox Sport Internacional, o Boxing For You garantiu pelo menos 8 eventos para a temporada e pode chegar até 10 shows. A primeira noite de combates está prevista para o dia 1º de março e contará com Adriana Araújo defendendo seu título ‘silver’ do WBC. A luta valerá também como eliminatória pelo título mundial principal WBC.

-“O contrato com a Fox Sports não é como os que tivemos com outros canais que apenas transmitiam as lutas. É uma parceria mesmo, com investimentos das duas empresas, além, claro, de possibilitar que o Boxing For You seja exibido ‘ao vivo’ para todo o mundo. Agora o evento é exclusivo do Canal Fox Sports. Vamos juntos fazer o boxe profissional do Brasil ser respeitado.”- explicou o empresário.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 13/01/2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.