Vendas de carros no Japão caem 1,5% em 2019, pelo segundo ano consecutivo

As vendas de carros novos no Japão caíram 1,5 por cento em 2019 em relação ao ano anterior, o primeiro declínio em três anos, devido à demanda lenta após uma série de desastres naturais e um aumento nos impostos sobre o consumo, disseram órgãos da indústria na segunda-feira.

As vendas, excluindo as de mini carros, caíram 1,9% no segundo ano consecutivo informou a Associação de Concessionárias de Automóveis do Japão.

Por marca, a Nissan Motor Co registrou um declínio de 13,8%, aparentemente afetados por confusão na administração e corte de custos após a prisão do ex-presidente Carlos Ghosn em novembro de 2018.

A Toyota Motor Corp registrou um aumento de 2,7%, enquanto as vendas da Honda Motor Co. diminuíram 5,4%.

As vendas de miniveículos, que possuem motores não superiores a 660 cc, caíram 0,7%, no ano passado, a primeira queda em três anos, informou a Associação Japonesa de Veículos a Motor e Motocicletas.

“Uma série de desastres naturais, incluindo tufões (atingindo grandes áreas do Japão em setembro e outubro), teve um impacto negativo no mercado automotivo”, disse um porta-voz da associação.

Ele acrescentou que o aumento do imposto sobre o consumo de 8% a partir de 8% a partir de 1º de outubro também prejudicou o sentimento do consumidor.

Fonte: Kyodo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.