PM Combat retorna em 2020 para agitar o cenário das artes marciais em Natal-RN

O lutador Vicente Silva representou a Guarda Municipal do Rio de Janeiro e venceu “Macaco Louco ”, do Rio Grande do Norte, em uma das lutas de MMA da 3ª edição do PM Combat. ( Cortesia | Créditos : Acervo Pessoal Mario Sérgio da Silva | Divulgação PM Combat ).

Conhecida como “a esquina do Brasil” e famosa por suas dunas, a bela cidade de Natal, capital do estado do Rio Grande do Norte, possui um dos mais importantes nomes no que diz respeito à promoção de eventos de artes marciais no Brasil.

Pouca gente em nosso país tem um currículo como o do policial militar Mário Sérgio da Silva. Praticante de Muay Thai e Kickboxing, Mário vem promovendo eventos desde 1997 e continua contribuindo muito para o esporte, revelando novos nomes para as artes marciais e lançando-os para os grandes shows nacionais e internacionais.

Seus eventos já contaram com a participação de nomes hoje consagrados tais como Renan ‘Barão’, Jussier ‘Formiga’, Jorge Rodrigues, Sérgio Júnior, José Mauricio da Rocha Júnior ( o ‘Dedinho’ ) e os irmãos Patrício e Patricky ‘Pitbull’ Freire, entre muitos outros.

Sempre ao lado da esposa Léssya Cardoso, que é advogada, Mário Sérgio já promoveu vários eventos numerados de artes marciais, entre os quais destacamos : Fighter de Bairros Original, Sportmix e Duelo de Campeões.

Aproveitado a onda de eventos promovidos para homenagear as Forças Armadas como o UFC : “Figth for the Troops”, Bellator : “Salute the Troops”, Shooto BOPE e Caveira Fight, Mário estará promovendo o retorno de outra franquia lançada por ele no ano de 2010 : o PM Combat, cuja temática é homenagear todos os profissionais da área de segurança pública que atuam em nosso país.

Como acontece todos os anos, a competição será aberta aos policiais militares, bombeiros, agentes penitenciários, guardas municipais e forças armadas. Mas também teremos dez lutas de civis ( vagas limitadas ).

As modalidades disputadas no evento serão Jiu-Jítsu, Karatê, Boxe, K-1, Submission e MMA. Além das lutas casadas, haverão ainda disputas na categoria absoluto no Submission e no Jiu-Jítsu ( faixa azul e preta ).A premiação constará de medalhas para 1° e 2° lugar na categoria e cinturão no absoluto. Serão distribuídas camisas para todos os atletas participantes.

Como não poderia deixar de ser, o evento contará com ampla divulgação pela TV, cartazes, camisas, redes sociais e mídias especializadas.
Inclusive, jornais de muitos estados prestigiaram e fizeram a cobertura das edições anteriores, chegando a elogiar a qualidade estrutural do evento, onde comentavam que tal acontecimento esportivo não deixava a desejar para nenhum outro do tipo em todo o Brasil.

A estrutura do PM Combat 2020 será composta por ringue e duas áreas de tatame, ambulância, segurança, aréa ‘vip’, ‘stands’ de apoio e jogo de luz e fumaça.
O evento terá o subtítulo “o dia em que os policiais militares trocam as armas pelo ringue”.

Será cobrada uma taxa de inscrição no valor de R$ 40 ( Quarenta Reais ) e as mesmas já estão abertas para todo o Brasil desde o dia 1° de dezembro deste ano, se estendendo até o dia 20 de agosto de 2020, uma vez que o evento está programado para o dia 5 de setembro, na CFAPM ( local à confirmar ).
A pesagem acontecerá às 12 horas no dia competição, com o início das lutas previsto para as 15 horas.

O PM Combat 2020 cuja organização é da Associação de Cabos e Soldados do Rio Grande do Norte ( ACS PM RN ) contará com o apoio da FEBERN, SEEL, Sombra Sports e DN Suplementos.
Maiores informações : ( 84 ) 9 8887 9664. Falar c/ Mário Sérgio.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 09/12/2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.