Vício em jogos digitais aumenta no Japão

Quase 10% das pessoas entre 10 e 29 anos jogam pelo menos quatro horas de videogames por dia, de acordo com a primeira pesquisa nacional sobre o assunto pelo Ministério da Saúde.

Desses, 30% jogam por pelo menos seis horas e continuam mesmo se a atividade interferir na educação ou trabalho.

Normalmente, os jovens obstinados reclamam de dores nas costas e olhos devido a demasiada exposição a telas de dispositivos eletrônicos.

A equipe de pesquisa entrevistou 9.000 pessoas entre 10 e 29 anos, aleatoriamente em todo o país, de janeiro a março e 56,6% responderam.

Foi a primeira pesquisa nacional, de acordo com Susumu Higuchi, que chefiou a equipe e é diretor do Centro Médico e de Dependência de Kurihama da Organização Hospitalar Nacional.

A pesquisa constatou que 85% dos entrevistados jogaram jogos digitais durante o ano passado. Desses, 7% passaram mais de quatro horas, mas menos de seis horas por dia, jogando nos dias de semana. Três por cento jogaram por seis horas ou mais.

Um quarto dos entrevistados jogou pelo menos quatro horas por dia nos dias de folga. O número ultrapassa um terço entre os entrevistados do sexo masculino.

Uma em cada quatro pessoas que jogam por seis horas ou mais a cada dia da semana considera que “jogar é a coisa mais importante da vida”, segundo a pesquisa.

Além disso, 40% dos que jogavam por seis horas ou mais em um dia da semana continuavam jogando mesmo depois de desenvolverem problemas físicos e mentais, como dificuldade em dormir e se sentir deprimido ou ansioso.

Fonte: Asahi

Imagem: Kotaro Ebara/Asahi

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments