Nissan investe 33 bilhões de ienes em fábrica de veículos elétricos

A Nissan está investindo 33 bilhões de ienes (US $ 303 milhões) em sua principal fábrica de automóveis na província de Tochigi, no Japão, focando em um sistema de produção voltado para veículos elétricos.

O vice-presidente executivo da Nissan Motor Co., Hideyuki Sakamoto, disse na quinta-feira que os métodos de fabricação devem mudar porque os veículos têm cada vez mais motores híbridos e elétricos e novas peças para serviços de conectividade e inteligência artificial.

Sakamoto disse que as mudanças na produção, que devem ser concluídas no próximo ano, usam robótica e sensores para diminuir o estresse físico dos trabalhadores da linha de montagem. Eles são adaptados para uma força de trabalho cada vez mais tripulada por mulheres e trabalhadores seniores.

Entre as inovações da chamada “fábrica inteligente” da Nissan, está um sistema de montagem de trem de força que permite que pelo menos 27 configurações sejam instaladas em um procedimento.

As peças, incluindo a bateria para veículos elétricos, são montadas em uma “palete” ou unidade de fundação, para facilitar a instalação no veículo.

Outra inovação envolve a programação de um trabalhador automatizado. Os movimentos são tão refinados no processo de vedação automatizada que os ângulos e toques delicados de um trabalhador humano são duplicados.

A vantagem de tal sistema é que o trabalho de um robô é consistente e incansável, mantendo a qualidade do artesanato, de acordo com a Nissan.

“A competitividade de uma montadora reside na produção, bem como no desenvolvimento de design e tecnologia”, disse Sakamoto a repórteres.

Os métodos de produção de automóveis permaneceram basicamente os mesmos desde o início dos anos 1900. Mas os veículos estão se tornando mais complexos, pois é necessário instalar tecnologia de apoio ao motorista, sistemas híbridos e vários tipos de baterias, dependendo do veículo, disse Sakamoto.

Os métodos de produção serão implementados posteriormente nas fábricas da Nissan no Japão e em outros lugares do mundo, mas os detalhes são indecisos.

A Nissan, com sede em Yokohama, que fabrica o carro elétrico Leaf, subcompacto de março e modelos de luxo Infiniti, está ansiosa para transmitir uma mensagem de inovação, pois enfrenta um sério risco à sua reputação em meio a lucros e vendas em queda.

Fonte: Asahi

Imagem: AP Photo/Yuri Kageyama

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments