Governo tcheco aprova imposto digital destinado a gigantes da Internet

O governo tcheco aprovou na segunda-feira uma proposta de imposto digital de 7%, destinada a aumentar os a arrecadação estatal, tributando a publicidade de gigantes da Internet como Google e Facebook, informou o Ministério das Finanças.

O imposto proposto, que ainda deve passar por legisladores no parlamento, cobre as receitas obtidas com a publicidade direcionada, o fornecimento de mercados digitais e a venda de dados de usuários.

Será destinado a serviços prestados a usuários tchecos.

Seria aplicável a empresas com receita global superior a 750 milhões de euros (US $ 826,50 milhões) por ano, faturamento de 100 milhões de coroas (US $ 4,32 milhões) no mercado tcheco e alcance superior a 200.000 contas de usuários.

O Ministério das Finanças disse que estima que o imposto, que seria temporário até que um acordo global seja alcançado, aumentará 2,1 bilhões de coroas no próximo ano, se entrar em vigor em junho, e cerca de 5 bilhões anualmente nos anos seguintes.

A República Tcheca seguiu alguns outros países da Europa com o imposto digital depois que a União Européia (UE) não conseguiu chegar a um acordo em todo o bloco no ano passado.

O ministério disse que a proposta tcheca se baseava nas idéias anteriores de legislação pan-européia.

Movimentos semelhantes de países como a França ou a Itália perturbaram os Estados Unidos, lar dos maiores players da Internet.

Fonte: Reuters

Foto: REUTERS / Hannah McKay

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.