Confira os destaques e resultados do AFL 21 Brasil

Fabrício Nunes foi a revelação do evento ao nocautear Roger “Totó” com esta joelhada aos 14 segundos de luta. ( Créditos | Cortesia : Júnior Magalhães | Number 1 | AFL 21 | YouTube Mundo das Lutas ).

Na última sexta-feira, 08 de Novembro, Limoeiro do Norte ( município do interior cearense localizado a 209 km quilômetros da capital Fortaleza ) mostrou que já conquistou seu espaço e faz por merecer o título de “Cidade do MMA” ao sediar a primeira edição brasileira do Ansgar Fighting League, promoção originária da Espanha.
O AFL nasceu em 2013 e promoveu seu primeiro evento em 10 de Maio de 2014, em Barcelona.

Batizado de ‘AFL 21 : Fome de Vitória’, o evento teve lugar no Ginásio da Escola Diocesano Padre Anchieta, a partir das 21hs, com lutas emocionantes, um público vibrante e um verdadeiro show do esporte. Destaque para o alto nível técnico dos lutadores vindo de países como Argentina, Bolívia, Uruguai e, claro, Brasil.
Assim sendo, o evento que contou com transmissão pelo sistema de Pay-Per-View da TV Fit foi um sucesso em todos os sentidos.

O ‘card’ do “AFL 21 Brasil” teve início com Débora Oliveira ( 2-3-0 ), uma atleta vinda de capital cearense que começou a luta no terreno que mais agrada ao público, a “trocação”. Sempre atenta às orientações do seu mestre Daniel Filho, ‘Debynha’ manteve a troca de golpes em pé até levar Priscilla “Pitty” ( sem registro no site Tapology ) para o solo, onde castigou a sua adversária no ‘Ground and Pound’. Débora acabou por nocautear a atleta treinada por Amarilson Pinheiro aos 04 minutos e 51 segundos do 1° Round e conquistou assim mais uma vitória para a sua equipe, a X Fight.

Em mais uma luta feminina da noite, Maria Silva, uma atleta treinada pelo mestre Marcos Batista – também técnico da lutadora do Invicta FC Viviane Sucuri – mostrou porque permanece invicta ( 5-0 ) em sua carreira no MMA. Conhecida pela alcunha de “Viúva Negra”, a representante da equipe Dragon Kombat venceu a atleta da Argentina, Daniela Jofre ( estreante em MMA, mas campeã de Kickboxing em sua província ), também por nocaute técnico do ‘Ground and Pound’ aos 03 minutos e 07 segundos do 1° Round. A “Viúva Negra” adicionou mais um evento de renome à lista de promoções pelas quais competiu, e que inclui promoções do porte do NFC e Future FC.

Iniciando a grande noite dos garotos da Master Kombat ( equipe liderada pelo mestre Gean do Vale ), o talentoso Fabrício Nunes conseguiu o nocaute da noite ao desferir uma joelhada em seu adversário Roger “Totó” ( sem registro no site Tapology ) e encerrar a luta com apenas 14 segundos do 1° Round. Fabrício melhora assim o seu ‘record’ para 3-0, permanecendo invicto.

Outro atleta invicto e revelação do MMA local, Alexander Mikael – também da equipe Master Kombat – mostrou todo o seu talento e versatilidade ao finalizar Wallison Caveira ( estreante em MMA ) com um mata-leão aos 01 minuto e 31 segundos do 2° Round daquela que foi uma das melhores lutas da programação. Alexander agora aponta um registro de 4-0.

Conhecida globalmente após participar do “Dana White’s Tuesday Night Contender Series-DWTNCS”, também conhecido como “DW’s Contender Series”, ou se preferir apenas Contender Series-Brasil, Mabelly Lima ( 8-1-0 ) mostrou que está mesmo de volta ao caminho das vitórias. A pupila de Gean do Vale venceu a campeã de Kickboxing vinda da Argentina, Mariana Jofre ( 0-3-0 em MMA ), por nocaute técnico do ‘Ground and Pound’ aos 02 minutos e 52 segundos do 1° Round.

Já o ídolo local Lucas Aguiar ( 6-3-0 ) mostrou por que é um dos melhores atletas de MMA da sua categoria de peso na atualidade. Nesse “AFL 21 Brasil”, o atleta da Master Kombat mostrou a sua técnica de campeão cearense de Muay Thai e fez uso de todo o seu condicionamento físico para vencer o argentino Ezequiel Benitez ( 3-2-0 ) por decisão unânime dos juízes após os três rounds daquela que foi considerada a melhor luta da noite.

Para fechar a grande noite com chave de ouro, outro ídolo local, Jhonny Carlos Guimarães, conhecido pela alcunha de ‘lenhador’ venceu o duríssimo boliviano Luciano Luna ‘Mão de Pedra’ ( 3-1-0 ) com uma finalização por estrangulamento aos 04 minutos e 49 segundos do 1° Round.
Com um registro de 9-5-0 e ostentando os títulos de campeão sul-americano e campeão europeu de MMA, Jhonny já mostrou ter nível técnico suficiente para lutar em promoções do porte do RIZIN, ONE, Bellator e até mesmo do UFC.

Confira os resultados do “AFL 21 Brasil”, que incluem:

AFL 21 Brasil
08 de Novembro de 2019
Ginásio da Escola Diocesano Padre Anchieta
Limoeiro do Norte-CE, Brasil.

Débora Oliveira venceu Priscilla “Pitty” aos 04 minutos e 51 segundos do 1° Round por nocaute técnico no ‘Ground and Pound’. Arbitro Central: Rodrigo Silva.

Danilo Quadrada venceu Anderson Santos aos 3 minutos e 01 segundos do 1° Round por Finalização em uma Chave de perna. Árbitro Central: João Mendes.

Fabrício Nunes venceu Roger “Totó” aos 14 segundos do 1° Round por nocaute com uma joelhada. Árbitro Central: Jackson Machado.

“Viúva Negra” venceu Daniela Jofre aos 03 minutos e 07 segundos do 1° Round por nocaute técnico no ‘Ground and Pound’. Árbitro Central: Rodrigo Silva.

Márcio Valério venceu José “El Titan” aos 02 minutos e 33 segundos do 1° Round por finalização em um triângulo de perna. Arbitro Central: João Mendes.

Alexander Mikael venceu Wallison Caveira aos 01 minuto e 31 segundos do 2° Round por finalização com um mata-leão. Árbitro Central : Jackson Machado.

Mabelly Lima venceu Mariana Jofre aos 02 minutos e 52 segundos do 1° Round por nocaute técnico no ‘Ground and Pound’. Árbitro Central: Rodrigo Silva.

Lucas Aguiar venceu Ezequiel Benitez ao fim do 3° Round por decisão unânime. Árbitro Central: João Mendes.

Jhonny Carlos ‘lenhador’ venceu Luciano Luna ‘Mão de Pedra’ aos 04 minutos e 49 segundos do 1° Round por finalização em um estrangulamento. Árbitro Central: Jackson Machado.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 11/11/2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.