Escolas voltam á funcionar em partes do Japão

Muitas das escolas fortemente afetadas pelo mortal Tufão No. 19, que atingiu principalmente o leste e o centro do Japão, recomeçaram as aulas na segunda-feira, com alguns estudantes saindo de abrigos.

Uma escola primária na cidade de Osato, na província de Miyagi, reabriu pela primeira vez em 10 dias.

Durante uma assembléia escolar, os alunos fizeram orações silenciosas pelas vítimas do tufão, que inundou muitos rios dentro e fora de Miyagi. O número de mortos pelo desastre era de 81 em todo o Japão a partir de segunda-feira.

O diretor Katsumi Sasaki disse: “Estou feliz por todos nós podermos nos encontrar sem ferimentos. É importante que você brinque com os amigos e estude com os professores”.

Segundo a escola, de seus 392 alunos, as casas de 24 sofreram danos como inundações. Alguns ainda estão em abrigos.

Muitos estudantes manifestaram alegria quando se conheceram nas salas de aula, e alguns gritaram de alegria quando souberam que haveria aula de educação física.

As aulas também recomeçaram no mesmo dia em uma escola primária em Mito, na província de Ibaraki, que foi inundada devido às inundações do rio Naka.

No bairro da escola, acredita-se que as águas da enchente tenham chegado a sete metros. As rotas de deslocamento para os alunos da escola também foram submersas.

As águas já recuaram na área, mas muitos estudantes chegaram à escola de carro com seus responsáveis.

Os alunos devolveram vigorosamente os cumprimentos aos professores quando chegaram à escola.

A diretora Keiichi Sue disse: “Espero ficar atenta aos alunos afetados e ajudar a trazer suas vidas ao normal o mais rápido possível.”

Na segunda-feira, 86 escolas primárias, secundárias e secundárias e outros institutos ainda estavam fechados após o tufão, segundo uma pesquisa do Ministério da Educação.

Fonte: Jiji Press