‘Abominável’ da Dreamworks é retirado de cinemas no Vietnã devido a mapa do Mar do Sul da China

A maior cadeia de cinema do Vietnã retirou um novo filme de animação da Dreamworks dos cinemas, porque apresenta um mapa afirmando que a China é proprietária do Mar da China Meridional.

“Abominável” é um filme de animação sobre uma jovem chinesa que embarca em uma viagem elaborada pela China para devolver um mágico Yeti, chamado Everest, ao Himalaia.

O filme é uma colaboração conjunta entre a Dreamworks Animation e o Pearl Studios, com sede em Xangai, na China, e é dublado predominantemente por atores de ascendência asiática.

Em uma cena próxima ao início do filme, a personagem principal, Yi, vai para o seu esconderijo na cobertura, onde ela estendeu um mapa da China.

É claramente visível no mapa uma linha pontilhada em forma de U que se estende da costa sul da China e circundando quase todo o Mar da China Meridional.

A linha de nove traços, que denota a reivindicação unilateral da China à área potencialmente rica em minerais, é a política oficial do governo chinês e aparece em todos os mapas vendidos dentro da China.

Mas a linha é contestada por pelo menos outros quatro países da região, incluindo o Vietnã, que afirma que a linha se sobrepõe a suas próprias reivindicações territoriais sob o direito internacional.

‘Abominável’ foi lançado em 4 de outubro no Vietnã, mas a mídia estatal disse que queixas começaram a aparecer. No Vietnã, a linha de nove traços é chamada de “linha da língua do boi”.

A CGV Cinemas disse que só descobriu o filme em 13 de outubro, com o mapa controverso, e imediatamente retirou todas as exibições e anúncios.

Em comunicado divulgado na segunda-feira, a CGV Cinemas disse que havia sido negligente durante o lançamento do filme. “A CGV sinceramente envia desculpas profundas ao público vietnamita e cumprirá as orientações da autoridade reguladora nacional”, afirmou o comunicado.

“O filme da DreamWorks, Abominável, foi retirado abruptamente dos cinemas vietnamitas devido a um mapa que mostrava ‘linha de nove traços’ no mar do Sul da China.”

Em 2016, um tribunal internacional rejeitou as amplas reivindicações da China no Mar da China Meridional e considerou a linha de nove traços como legalmente inválida.

A reivindicação da China à hidrovia tornou-se uma questão delicada para empresas e agências governamentais que operam na região – não incluir a linha de nove traços nos mapas da China gera críticas do governo chinês; incluí-la perturba os países vizinhos.

No Vietnã, os turistas chineses enfrentaram uma reação contrária às reivindicações territoriais. Em 2018, um grupo de 14 pessoas teria sido solicitado a remover camisetas mostrando um mapa da China, incluindo as linhas.

Dois anos antes, um chinês alegou que seu passaporte foi desfigurado com palavrões por um oficial de controle de fronteira vietnamita. Desde 2012, todos os novos passaportes chineses apresentam a linha de nove traços.

Fonte: CNN

In this article

Join the Conversation

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.