Vacinação de porcos no Japão pode começar no final de outubro

A vacinação de porcos em áreas do Japão com casos confirmados de cólera suína pode começar ainda este mês, depois que um painel de especialistas aprovou as diretrizes de vacinação revisadas, uma etapa necessária para a inoculação.

Com o Japão lutando para conter infecções por cólera de porco que resultaram em mais de 140.000 porcos sendo abatidos por um ano, o ministro da fazenda Taku Eto deve endossar as diretrizes em breve, permitindo que 10 prefeituras iniciem a vacinação.

O ministério tinha sido cauteloso com a vacinação devido ao potencial impacto nas exportações de carne suína.

Após a inoculação, o transporte de animais vivos e ovos fertilizados para áreas não vacinadas será proibido porque é difícil diferenciar porcos vacinados de animais infectados, de acordo com o ministério.

As remessas de produtos à base de carne processada não serão afetadas.

As 10 prefeituras são Aichi, Fukui, Gifu, Gunma, Ishikawa, Mie, Nagano, Saitama, Shiga e Toyama. Seus governadores formularão programas especificando a quantidade de vacinas e áreas a serem verificadas pelo ministério da fazenda antes de dar a aprovação final.

A doença, também conhecida como peste suína, afeta apenas porcos e javalis e tem uma alta taxa de mortalidade. Não afeta os seres humanos, mesmo que a carne de um animal infectado seja consumida.

Os especialistas do Ministério da Agricultura, Florestas e Pescas também decidiram aumentar as inspeções da peste suína africana, que está se espalhando pela Ásia, permitindo testes no nível da província.

Até o momento, os testes para a doença foram realizados apenas em instalações estaduais.

Fonte: Kyodo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.