Tribunal alemão decide que ressaca é uma ‘doença’

Um tribunal alemão decidiu que a ressaca é uma “doença”, em um julgamento oportuno dias após o início do festival anual de cerveja da Oktoberfest em Munique.

O caso chegou aos juízes de Frankfurt quando os demandantes alegaram que uma empresa que oferecia pós contra a ressaca para misturar com a água estava fazendo alegações de saúde ilegais.

“As informações sobre um produto alimentício não podem atribuir propriedades para prevenir, tratar ou curar uma doença humana ou dar a impressão de que essa propriedade”, afirmou a decisão sóbria do tribunal regional superior na segunda-feira.

“Por doença, deve-se entender até pequenas interrupções ou temporárias no estado normal ou na atividade normal do corpo”, incluindo o cansaço, náuseas e dores de cabeça que a empresa alegou que seu produto poderia acabar, acrescentou a decisão.

De fato, os médicos há muito tempo usam a palavra “veisalgia” como termo médico especializado na manhã seguinte à noite anterior, observaram os juízes.

Em fevereiro, cientistas na Alemanha e na Grã-Bretanha descobriram que a ordem das bebidas não afeta a magnitude da ressaca.

Os pesquisadores entregaram 90 voluntários com cerveja e vinho para descobrir de uma vez por todas se a ressaca é piorada pela ordem em que as bebidas são consumidas.

Cerca de um em cada dez vomitou. Mas os resultados, publicados no American Journal of Clinical Nutrition, mostraram que a ordem em que as bebidas foram consumidas não teve impacto na “intensidade da ressaca”.

Fonte: Guardian

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.