Professores de japonês farão teste nacional de habilidades linguísticas

Um painel consultivo do ministro da Educação recomendou em 20 de setembro que o governo estabelecesse um sistema nacional de qualificação para professores de língua japonesa.

Um subcomitê do Conselho de Assuntos Culturais disse que a decisão pretendia elevar os padrões de ensino da língua japonesa, já que mais estrangeiros vivem no Japão.

Outro objetivo é aumentar o número de professores de língua japonesa, elevando seu status social com o sistema nacional de qualificação.

Os sistemas nacionais de qualificação têm respaldo legal e existem para ocupações como médicos, advogados, professores de enfermagem e cabeleireiros.

Mesmo que uma pessoa não tenha a qualificação nacional como professora de japonês, ela ainda pode ensinar japonês.

Mas obter a qualificação nacional significa que são certificadas pelo estado.

Para obter esse status, as pessoas devem passar em um teste que avalie sua capacidade de ensino da língua japonesa. Isto é seguido por pelo menos 45 sessões de prática de ensino, que envolvem a realização de aulas por 45 minutos ou mais.

Aqueles que solicitam a qualificação nacional devem ser graduados na universidade.

O painel também decidiu que os professores de língua japonesa devem renovar a qualificação nacional a cada 10 anos, aproximadamente, após a aprovação inicial.

O painel não tomou nenhuma decisão sobre isentar os candidatos à qualificação nacional de todo ou parte do teste, se já tiverem concluído cursos de treinamento em universidades ou institutos de treinamento.

Quanto aos que atualmente atendem aos critérios de professores de escolas de língua japonesa certificados pelo Ministério da Justiça para aceitar estudantes estrangeiros, o painel planeja classificá-los como tendo a qualificação nacional como uma medida de transição.

O painel buscará informações públicas sobre suas propostas ainda este ano, depois de decidir os detalhes e, em seguida, elaborará a legislação proposta para consideração pela Dieta.

Fonte: Asahi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.